Blog

Junho 2005

Vendo Artigos de: Junho , 2005

Help Desk da Capoeira

O site www.capoeirista.com.br – esta inalgurando mais uma ferramenta de extrema importancia para a comunidade capoeirística!
Luciano Milani – 25/06/05

 
Estamos saindo para o jogo… O Help Desk da Capoeira, onde suas perguntas serão respondidas por um grande Mestre, já esta funcionando!!!
 
Esta ferramenta será de fundamental importancia para os capoeiristas, que poderão esclarecer as suas principais dúvidas e questões referentes a capoeira e todo o universo que a cerca!!!
 
O mais importante é que estas perguntas serão respondidas sempre por Mestres conceituados.
Cada mestre ficará responsavel pelo serviço por um determinado tempo, ainda a ser definido, mais que provavelmente será algo em torno de 45 ou 60 dias.
 
Nosso primeiro convidado para esclarecer todas as questões dos capoeiristas será: Mestre Jaime de Mar Grande.
 

Mestre Ananias & Vivência na UNESP de Botucatu

Neste final de semana Mestre Ananias, 80 anos, e um dos pioneiros da Capoeira Paulista, realizará uma vivência de Capoeira Angola, quando fará novo lançamento de seu CD.
 
 Prezados Capoeiras,
Estaremos em Botucatu / SP dia 25 e 26 de junho, levando o 1o documento original do Mestre Ananias, lançado em São Paulo em dez/2004 e desenvolvendo uma vivência com Mestre Ananias, seus discípulos, alunos e amigos.
 
Esse encontro é realizado pelo curso de extensão da UNESP a cerca de 8 anos e nada  mais é do que viver a capoeira e o samba por um princípio básico: o prazer e o respeito à nossa ancestralidade.
 
As atividades serão espontâneas nos dois dias, porém haverá uma, das muitas rodas, agendada para as 14hs do sábado (25/06) no anfiteatro do terreiro de café da UNESP – campus Lageado.
 
Convidamos a todos sem distinção. Teremos alojamento, será uma honra recebê-los. Para maiores informações www.uirapurubr.com.br (Destaque – UNESP).
 
 
Rodrigo Bruno Lima (Minhoca)                           
 
Uirapuru Marketing e Cultura
 
www.uirapurubr.com.br

Jornal do Capoeira – www.capoeira.jex.com.br
 
 

DICIONÁRIO DE CAPOEIRA – Autor: Mano Lima

DICIONÁRIO DE CAPOEIRA

Autor: Mano Lima (jornalista, historiador e editor da Revista Capoeira em Evidência)
 
Reservas e contatos para entrevistas, palestras e lançamentos:

(61)  8407 7960 (Mano)       9296 4757 (Hallyny)

manolima@pop.com.br  manoicesp@yahoo.com.br manoguiness@hotmail.com

Q. 107 rua A lote 3 apt. 302, ed. Pequiá, Aguas Claras, Distrito Federal, Brasil, 72.190000

Investimento:

a)  R$ 20,00 + tarifa postal (unitário)

b)  R$ 15,00 + tarifa postal (de 10 a 49 exemplares)

c)  R$ 10,00 + tarifa postal  (a partir de 50 exemplares)

Forma de pagamento:

a) A vista: depósito bancário identificando o depositante, transferência eletrônica ou DOC, nominal a Manoel Cordeiro Lima, no Banco do Brasil

(banco 001), agência 12319, contacorrente 21.9878, ou Banco de Brasília

(banco 070), agência 217, contacorrente 136.6146

b) A prazo (para encomendas superiores a 10 exemplares): cheque prédatado nominal a Manoel Cordeiro Lima, prédatado para a data a ser acertada.

Envio do dicionário: imediatamente após a confirmação do desito por telefone ou por email, por meio de encomenda postal.

Editora: Maxxima  (61) 344 7321
 
Prefácio: Agnelo Queiroz (Ministro dos Esportes)
 
Referências: Mestre Gilvan (61) 475 2511, Mestre Zulu (61) 591 1227 e Mestre Squisito (61) 8437 5119.

Formato: 14 X 23 cm           Pg: 136                 Verbetes: 1.030  Capa: Couchet 250

 

Convenção Internacional de Capoeira

Porto, Portugal, 22 de Junho de 2005
Aos Grupos de Capoeira
Att.: Mestres, Profissionais e Adeptos desta Arte
Prezados Senhores,
O presente tem por objetivo comunicar a todos que a 1ª CONVENÇÃO INTERNACIONAL DE CAPOEIRA E O 1º FÓRUM INTERNACIONAL DE CAPOEIRA, previstos para acontecer na cidade de Salvador no período de 28 de Novembro a 04 de Dezembro de 2005 foi transferido para o período de 07 a 13 de Agosto de 2006, na cidade de Salvador.
A mudança de data e as poucas alterações previstas na programação do evento, estarão disponíveis no site da convenção a partir do mês de Agosto deste ano.
Com o intuito de:
Possibilitar a adesão de vários grupos de fora do Brasil.
Contar com o apoio de órgãos públicos de alguns países interessados em participar desta grande iniciática cultural.
Facilitar a participação dos órgãos de turismo estaduais e federais no período de baixa estação dentro do Brasil
Criar melhores condições de organização para firmar parcerias que possam contribuir de  forma definitiva para que alcancemos todos os propósitos do evento.
Não chocar com as datas de realização de outros eventos de Capoeira previstos para acontecer em Salvador no ano de 2005 e que tem o mesmo
propósito da convenção.
Sendo assim, contamos com a compreensão de todos, especialmente aqueles que já se colocaram a disposição para participar e colaborar com o evento e aproveitamos o ensejo para reafirmar o nosso respeito e consideração por todos os mestres e profissionais que constantemente se empenham para contribuir com esta histórica arte.
Cordialmente,
Marta Salles
Tel. 351 933844220
www.convencaodecapoeira.com
E-mail: martasales@sapo.pt

Livro sobre Capoeira Angola

Release do livro recém-lançado, versando sobre Capoeira Angola & Cultura Popular, de autoria de Pedro Abib (Pedrão de João Pequeno de Pastinha).
 
 Capoeira Angola: cultura popular e o jogo dos saberes na roda
Neste trabalho o autor sugere ao leitor algo além de uma simples e boa etnografia. Sugere mesmo algo mais do que a tomada de algum ângulo novo, pouco explorado entre autores antecedentes. O trabalho revela dimensões da experiência da criatividade e do aprendizado humano. Resulta de pesquisa de vários anos e também da vivência pessoal do autor no universo da cultura popular, sobretudo no âmbito da capoeira Angola não apenas na condição de pesquisador como também como praticante.
Informações: pedrabib@ufba.br
 
 

Atlas Geográfico da Capoeira

Atlas Geográfico da Capoeira
 
Neste artigo apresentamos uma proposta alternativa de um Atlas para a Capoeira, cuja ênfase é a localização Geográfica de seus praticantes.
 
Miltinho Astronauta
Jornal do Capoeira  / Junho-05

 
 
Há bom tempo estamos batendo na mesma tecla: é impossível fazer qualquer planejamento sem Diagnóstico. Isto vale para a sociedade como um todo, vale também para a Capoeira. Tal preceito faz parte da Teoria Geral de Administração.
Com a Capoeira não é diferente. Na há como estabelecer uma política adequada em prol de nossa arte se antes não se fizer um levantamento detalhado de a quantas anda a Capoeira. Levantamento que pode – e deve – ser feito Cidade por Cidade, Estado por Estado, no Brasil como um todo, e por que não dizer País por País.
            Gastam-se rios de dinheiros em questionáveis programas de inclusão social (sic), mas sem realmente saber quem está sendo incluído no final das (gordas) contas. E o pior de tudo, por conta desta tal "inclusão", as vezes está se criando jovens castros de luta por reais direitos de igualdade e de fraternidade. Estão criando, a bem da verdade, jovens "socialmente comportados", para que estes não venham a bater de frente com o próprio Governo.
            Os mega-grupos, às vezes, por conhecerem o "caminho da pedras", acabam sendo apadrinhado por mega-projetos, com mega-mensalões, faz-se alguns projetos-vitrine, e o jovem marginalizado continua seguindo sem Educação, sem perspectiva de Trabalho digno, sem Saúde e sem uma Casa para morar.
 
            Resumindo: Diagnóstico na Capoeira!

ATLAS DA CAPOEIRA
 
            O Atlas do Esporte no Brasil (mil páginas!) foi lançado em Novembro de 2004, no SESC do Rio. A partir de então passou a ser lançado também nas principais capitais do Brasil. Tal obra é mais um resultado do heróico Mestre-Dr. Lamartine Pereira da Costa. Tal estudo conta com duas entradas sobre a Capoeira. A própria série "Capoeira em São Luiz do Maranhão", de autoria do Prof. Leopoldo Vaz (UEMA) e que tem sido republicada no Jornal do Capoeira, faz parte do Atlas acima mencionado.
            Aí vem a questão: por que os Governos, especialmente o Federal e os Estaduais, não aproveitam a experiência para por para marchar o Atlas da Capoeiragem no Brasil? Cada Estado faria sua parte, a exemplo do trabalho já em andamento no Maranhão, e dos também iniciado na Paraíba (Bené!), Rio Grande do Sul (Tairone Gigante!), Rio de Janeiro (André Lacé, Paulão do Rio & Bogado!) e em São Paulo (Carlos Cavalheiro, Raphael Moreno e outros que estão se achegando).
            É claro, do Atlas dos Esportes ao Atlas da Capoeira há necessidade de fazerem-se algumas "adaptações". Mas nada que uma boa equipe de Base, bem distribuída pelos estados, bem gerenciada do ponto de vista estratégico, e com apoio explícito dos diversos Ministérios afim – Cultura, Educação, Esporte, Relações Exteriores e Igualdades Raciais – o trabalho sairá de qualidade.

 
CAPOEIRA & ATLAS GEOGRÁFICO
 
            Enquanto o Atlas da Capoeira no Brasil não sai do sonho, de Portugal, mais precisamente da costa oeste, cidade de Mogadouro, o Prof. Luciano Milani, um "expert" em informática, em parceria com a Equipe Capoeirista.com.br (Fernandes Wellington & Cia), está fazendo sua parte.
            No mês de maio de 2005, o Capoeirista.com.br – o Orkut da Capoeira! – disponibilizou mais um conjunto funções adicionais para permitir que cada usuário (o cadastro é gratuito), a opção de incluir a coordenada geográfica.
            A partir de então, o ponto adicionado aparece em um mapa mundi planificado, indicando a localização (e outras informações) do Capoeira-usuário.
            O Serviço já está dando resultado, mas o sucesso pleno do Atlas Geográfico da Capoeira depende também de nossa parte.
           
            Então, cadastremo-nos! Eu já faço parte do Atlas Geográfico da Capoeira, e na posição da cidade de São José dos Campos aparece pelo menos um representante.
 
Web site: www.capoeirista.com.br/content/view/55/63/
Autor: Milton Cezar Ribeiro
 

O Jogo do saber

O Jogo do saber

Capoeira é uma fonte
Infinita de saber…
Mata a minha e a sua sede
E de quem quiser beber…

O que vale é a mandinga
Tem também a traição…
Tem que ter sabedoria
Tem que ter educação…

Pois no joga da malícia
Camarada atenção…
Pra não ser surpreendido
E vadiar com seu irmão…

Numa roda de Angola
Onde tem vadiação…
Cante uma ladainha
Faça uma louvação…

Então saia para o jogo
Para o jogo do saber…
Mata a minha e a sua sede
E a de quem quiser beber…

Iêêê… viva meu Deus…

Iêêê… viva meu mestre…

Iêêê…. O meu irmão…



Autor:

Luciano Milani

Ritmo:

Angola

Obs:

Todos os direitos reservados. Para publicar, favor citar fonte e autor

Read More

Aulão de Capoeira na Escola Secundária de Mogadouro


Novos Horizontes – Nº 5 Edição 1 – Junho 2005
Jornal editado pelos alunos da Escola Secundária com 3º Ciclo de Mogadouro
Agradecimentos ao Clube de Jornalismo, corpo docente e aos alunos da escola.

Angola de Itaparica (BA) em novo espaço de São Paulo

Mestre Jaime de Mar Grande, autêntico angoleiro da Ilha de Itaparica, dá início a novo trabalho na Mooca, capital de São Paulo.
 
Quando se fala em Capoeira Angola, de pronto vem à mente a Mandingueira Cidade de São Salvador da Bahia. Pouco se fala da angola das demais regiões do Recôncavo, de Santo Amaro da Purificação (Saravá Mestre Gato Preto!) e do interior do Estado, como é o caso de Feira de Santana onde Mestre Cláudio Angoleiro – que frequentemente carimba seu Passaport por toda a Europa – mantêm um trabalho exemplar de resgate e preservação das tradições de nossa Dança de Nêgo Banto-Nagô.
Pouco se fala também da Ilha de Itaparica, recanto de excelentes angoleiros, excelentes cantadores de samba e de representantes da legítima Cultura Afro-Braiana.
 
Assim como a Capoeira já não pertence exclusivamente ao Brasil – em breve será tombada como Patrimônio Cultural Mundial " a Capoeira Angola não se restringe mais somente à Bahia. Até mesmo por conta do exemplar trabalho de divulgação e de ensino que os velhos mestres fizeram para que a angola prosperasse em outras paragens. Mestres como Caiçara, Canjiquinha, Boca Rica, Paulo dos Anjos e Gato Preto, por exemplo, constantemente viajaram e passaram algum tempo no Sudeste e Sul do Brasil, ensinando suas angolas. Graças ao elevado quilate desses mestres, muitos discípulos se formaram ao longo das últimas três décadas.
 
Quando falo de Capoeira Angola, falo em um "sentido plural", uma vez que seria impossível restringi-la a uma ou outra forma de praticá-la ou de concebê-la.
 
Por falar em Itaparica, Mestre Jaime de Mar Grande é um legítimo representante da Angola daquela Ilha. Capoeira Angola de Raiz, de Tradição e de Fundamento, Mestre Jaime aprendeu com Mestre Paulo dos Anjos, que por sua vez foi discípulo de Mestre Canjiquinha.
 
O primeiro contato de Jaime com a Angola de Mestre Paulo foi em Mar Grande, costa leste de Itaparica, no ano de 1965, quando Paulo dos Anjos mudou-se por um tempo de Salvador para a Ilha, e ali passou a ensinar "seus meninos". De lá para cá muita coisa mudou na capoeira como um todo, mas mestre Jaime sempre praticou e preservou o que seu mestre lhe ensinou e confiou.
 
Hoje, por São Paulo, existem outros representantes da Capoeira Angola de Mestre Paulo, como é o caso dos Mestres Jequié (Ubatuba), Raimundinho (Jacareí) e Dominguinhos (São Sebastião).
 
ESPAÇO DE VADIAÇÃO "RABO DE ARRAIA"
 
Em Mar Grande, Mestre Jaime orienta um trabalho que deu início há muitos anos. Mas há dois ou três anos o mestre se achegou pela "Terra da Garoa", por onde, com seu carisma e simplicidade, tem conquistado o respeito dos Capoeiras Paulistas e Paulistanos. Na Ilha, o grupo do Mestre é a Associação Cultural de Capoeira Angola Escrava Anastácia.
Em São Paulo, neste mês de Junho, Mestre Jaime está dando início a um novo trabalho, em um espaço que, em primeiro momento, está sendo batizado de "Espaço de Vadiação Rabo de Arraia", em parceria com o amigo Fernandes Wellington, que não por coincidência é contramestre de Capoeira.
            A inauguração do novo espaço será no próximo dia 18 de Junho de 2005, sábado, a partir das 16h00, Rua da Mooca, 3108, Mooca, São Paulo, próximo ao metro Bresser, e a duas quadras da Faculdade São Judas.
            Mestre Jaime estende convite a todos os amigos e capoeiras da Capital Paulistana, do Interior do Estado, do Vale do Paraíba e do Litoral Norte – além dos capoeiras que estiverem passando por Sampa no dia. Seu novo "Campo de Vadiação" e promete:
 
"Neste espaço, vou dar início ao mesmo trabalho que desenvolvo na Ilha, com a legítima Capoeira Angola de Itaparica!"
 
 A Roda Inaugural será uma homenagem especial ao Mestre Gerson Quadrado, Capoeirista, Cantadô, Poeta, Compositor e Artista Popular da rica cultura da Ilha. Mestre Gerson fez sua "passagem" em 17 de abril de 2005, às vésperas da comemoração de sua octogésima "Vorta do Mundo", momento em que seria lançado seu novo CD Samba Tradicional da Ilha (STI). Mestre Jaime de Mar Grande é o responsável pelo retorno de mestre Gerson Quadrado à Capoeira, em 1993, e com ele privou de respeitável convivência a partir de então. O CD foi elaborado com auxílio de diversos "pares", dentre eles a musicóloga alemã Catarina Dorin. Por email, mestre Jaime informa que o CD está pronto e que será lançado nos próximos dias.
 
Se para você a Capoeira é a arte de vadiar, então venha vadiar neste novo "Terreiro de Angola da Capital Paulista".
 
Contatos com Mestre Jaime: (11) 3399-4927, (11) 9954-6668 ou então por email: jaimedemargrande@hotmail.com. O espaço estará abrindo novas turmas já neste mês de junho, em diversos horários e dias da semana.
 
"Êê meu irmão
 Vocês me traz alegria
 Eu sei que vocês são a letra
 E eu sou… a melodia"
     (M.Gerson Francisco Quadrado).
 
Simbora Vadiá… e Dá-lhe volta do mundo!
Yêêê!
 
Miltinho Astronauta – www.capoeira.jex.com.br
 

Vadiação no Parque do Trianon

O Grupo Negaça Capoeira Angola Convida todos os nossos amigos para Vadiação no Parque do Trianon com muita Capoeira Angola e Samba de Roda.
 
Local: Parque do Trianon, entrada principal pela Av. Paulista
Dia: 19 / 06 / 2005 – Domingo
Horário: das 15:00 às 17:00hrs
Contato: Mestre Cavaco: (55 11) 6901-1365
 
Veja as fotos da última roda: http://www.negaca.com/trianon_050605.htm
 
Agende-se aí galera, pois no dia 02 / 07/ 2005 o Grupo Negaça estará completando 10 anos, onde iremos realizar uma tarde com muita capoeira e samba de roda. Logo passaremos a programação.
 
Fone : (55-11)-6901-1365
Mestre Cavaco
 
Abraço a todos
Ratão