Blog

Setembro 2005

Vendo Artigos de: Setembro , 2005

Dança, Capoeira, Ioga, Artes Marciais e Pilates estão novamente sob ameaça na Câmara dos Deputados

A tramitação do Projeto de Lei Nº 7.370/2002, de autoria do deputado Luiz Antônio Fleury (PTB/SP), que acrescenta parágrafo único ao art. 2º da Lei 9.696, de 1º de setembro de 1998, dispondo que não estão sujeitos à fiscalização dos Conselhos Regionais de Educação Física os profissionais de dança, artes marciais e ioga, continua emperrada na Câmara dos Deputados por força do poderoso lobby exercido por setores ligados ao Conselho Federal de Educação Física.

O projeto foi apresentado em 21 de novembro de 2002 e arquivado em 31 de janeiro de 2003 sem ter sido apreciado em nenhuma comissão. Em 21 de março de 2003, o PL 7.370/2002 foi desarquivado e enviado à Comissão de Educação, Cultura e Desporto, onde o deputado Gilmar Machado foi designado seu relator. Em 19 de abril de 2004, o deputado Gilmar Machado devolveu o projeto sem apresentar seu parecer. A Comissão de Educação e Cultura designou então a deputada Alice Portugal para relatar a matéria.

Na condição de relatora do projeto, a deputada Alice Portugal propôs e realizou audiências públicas para debater o assunto com os diferentes segmentos profissionais e culturais envolvidos. Realizadas as audiências públicas, a deputada elaborou seu parecer, apresentando substitutivo que estabelecia que “Não estão sujeitos à fiscalização dos Conselhos previstos nesta lei os profissionais de dança, capoeira, artes marciais, ioga e método pilates, seus instrutores e academias”.

O substitutivo da deputada Alice Portugal foi aprovado por unanimidade na Comissão de Educação e Cultura e o projeto foi encaminhado à Comissão de Turismo e Desporto, onde o deputado Josué Bengtson (PTB-PA) foi designado relator. Também nesta Comissão, a despeito das pressões em contrário, o texto da deputada Alice Portugal foi mantido pelo relator, que teve seu parecer aprovado em 4 de maio de 2005.

Com a aprovação em duas comissões temáticas, o Projeto de Lei nº 7.373/2002 seguiria então para a Comissão de Constituição e Justiça, onde poderia ser aprovado em caráter terminativo. Porém, antes da distribuição da matéria para a Comissão de Constituição e Justiça, o deputado Gilmar Machado (PT/MG) e o deputado Cláudio Cajado (PFL/BA) apresentaram requerimento solicitando que o projeto fosse apreciado também pela Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público. Acatados os requerimentos, o PL 7.370/2002 foi remetido em 20 de maio de 2005 à Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público, onde o deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB/SP) foi designado relator.

Aberto o prazo para a apresentação de emendas, estranhamente foram apresentadas emendas modificativas exatamente iguais, tanto no conteúdo das modificações propostas, quanto nas justificativas apresentadas. Os autores das emendas são os deputados Cláudio Cajado (PFL/BA), Alceu Colares (PDT/RS), Laura Carneiro (PFL/RJ), André Figueiredo (PDT/CE), Nelson Marquezelli (PTB/SP), Mário Maia (PT/RS) e Tacísio Zimmermann (PT/RS). As emendas apresentadas por esses parlamentares estabelecem que as atividades de dança, artes marciais, ioga, capoeira e método plilates, “praticadas com características desportivas e/ou  com o cunho de exercícios, na busca de condicionamento físico”, ficarão sujeitas à fiscalização do Conselho Federal de Educação Física.

A coincidência nas emendas apresentadas revela que o poderoso lobby dos setores ligados ao CONFEF continua ativo para manter sob sua fiscalização atividades como capoeira, ioga, artes marciais, dança e método pilates. A criação de subterfúgios como os incluídos nas sete emendas apresentadas na Comissão de Trabalho somente atesta o desejo do CONFEF de ampliar seu raio de fiscalização, ignorando as especificidades de cada atividade e o fato do profissional de educação física não ter em seu currículo escolar nenhuma matéria que lhe habilite a fiscalizar tais atividades.

Diante das ameaças que pairam sobre o conteúdo do Projeto de Lei nº 7.370/2002 na Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público, torna-se necessário e urgente o retorno da mobilização das entidades e dos profissionais ligados à dança, ioga, capoeira, artes marciais e pilates, para que as vitórias até aqui alcançadas sejam mantidas e o projeto não sofra as modificações propostas pelas sete idênticas emendas a ele apresentadas.

 

Texto atual do Projeto de Lei Nº 7.370/2002

Substitutivo da deputada Alice Portugal aprovado nas comissões de Educação e Cultura e de Turismo e Desporto

O Congresso Nacional decreta:

Art. 1º Acrescente-se ao art. 4º da Lei nº 9.696, de 1º de setembro de 1998, o Parágrafo Único, com a seguinte redação:

"Art. 2º………………………………………………………..

Parágrafo Único.  Não estão sujeitos à fiscalização dos Conselhos previstos nesta lei os profissionais de dança, capoeira, artes marciais, yôga e Método Pilates, seus instrutores e academias."

Art. 2º Esta lei entre em vigor na data de sua publicação.

OBS: O texto acima, constante de substitutivo da deputada Alice Portugal, foi aprovado por unanimidade na Comissão de Educação e Cultura e foi mantido inalterado pela Comissão de Turismo e Desporto.

 

EMENDAS APRESENTADAS NA COMISSÃO DE TRABALHO, ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO

 

Emenda do deputado Cláudio Cajado – PFL/BA

EMENDA MODIFICATIVA AO PROJETO DE LEI Nº 7.370, DE 2002

O Congresso Nacional decreta:

Art. 1º Acrescente-se ao art. 2º da Lei nº 9.696, de 1º de setembro de 1998, os incisos 4, 5 e 6 com a seguinte redação:

……..§ 4º Deverão ser respeitadas para fins de fiscalização pelos Conselhos Federal e Regionais de Educação Física, as atividades de dança, capoeira, método pilates e artes marciais, com a intencionalidade de atividade física e ou desportiva, em ambientes destinados à pratica profissional e comercial, destas áreas, devidamente habilitados e registrados.

§ 5º Ficam também sujeitas à fiscalização dos Conselhos Federal e Regionais de Educação Física, as atividades de Ioga com características desportivas e/ou notadamente com o cunho de exercícios, na busca de condicionamento físico.

§ 6º Exclui-se do procedimento de fiscalização, as atividades com objetivo artístico e de espetáculo, ou ainda as de cunho religioso /filosófico.

 

Emenda do deputado Alceu Colares – PDT/RS

EMENDA MODIFICATIVA AO PROJETO DE LEI N°7.370, DE 2002.

O Congresso Nacional decreta:

Art. 1° Acrescente-se ao artigo 2° da Lei n° 9.696, de 1° de setembro de 1998, os incisos 4, 5 e 6 com a seguinte redação:

……..§ 4° A Dança arte, a Dança coreográfica, a Capoeira arte, a Capoeira coreográfica são expressões artísticas e culturais desvinculadas de qualquer fiscalização dos Conselhos Profissionais de Educação Física.

……..§ 5° Ioga Filosofia é expressão milenar tradicional, portanto desvinculada de qualquer fiscalização de Conselhos Profissionais.

……..§ 6° A Dança, a Ioga, a Capoeira, a Arte Marcial/Luta Desportiva, todas na vertente ou na intencionalidade de atividades físicas e desportivas, especialmente as executadas em ambiente próprio a práticas profissionais do ramo de atividades físicas devidamente habilitados, serão fiscalizados pelos Conselho Federal de Educação Física e Conselhos Regionais de Educação Física, bem como o Método Pilates quando utilizado por Profissionais de Educação Física.

 

 

Emenda da deputada Laura Carneiro – PFL/RJ

 EMENDA MODIFICATIVA

    O Congresso Nacional decreta:

  Art. 1°  Acrescente-se ao Art. 2° da Lei n° 9696, de 1° de setembro de 1998, os incisos 4, 5, 6 e 7 com a seguinte redação:

 ……..§  4° As Artes Marciais, as Lutas Desportivas, as atividades de Dança, Capoeira, Ioga e de utilização do Método Pilates, todas com a intencionalidade de atividades físicas e ou desportivas executadas em ambientes destinados à prática profissional e comercial do ramo de atividades físicas devidamente legalizados, deverão ser fiscalizados e permitidos pelos Conselho Federal de Educação Física e Conselhos Regionais de Educação Física.

  ……..§  5° Ioga Filosofia é expressão milenar tradicional não tendo relação direta com a busca do condicionamento físico através de atividades físicas, ficando neste caso, desvinculada de qualquer procedimento de habilitação e fiscalização de Conselhos Profissionais.

  ……..§    A Dança Arte ou Coreográfica, a Capoeira Arte ou Coreográfica, são expressões culturais de significativa importância para o patrimônio Brasileiro, desvinculadas de qualquer necessidade de habilitação e de fiscalização de Conselhos Profissionais.

  ……..§    As atividades voltadas ao espetáculo com objetivo artístico, ou ainda, as de cunho religioso/filosófico ficam excluídas do procedimento de habilitação e fiscalização por Conselhos Profissionais.

 

 

Emenda do deputado André Figueiredo – PDT/CE

EMENDA MODIFICATIVA AO PROJETO DE LEI Nº 7.370, DE 2002

O Congresso Nacional decreta:

Art. 1° Acrescente-se ao artigo 2° da Lei 9.696, de 1° de setembro de 1998, os incisos  1 e 2  com a seguinte redação :

 …….§ 1º A Dança, a Ioga, as Artes Marciais e a Capoeira em suas vertentes artísticas, culturais, de espetáculo ou filosóficas, são desvinculadas de qualquer fiscalização dos Conselhos Federal  de Educação Física e Regionais de Educação Física.

 …….§ 2º Deverá ser habilitado e fiscalizado pelos Conselhos Federal de Educação Física e Regionais de Educação Física todo Profissional que for ensinar, conduzir ao aprendizado, instruir, preparar ou prestar serviços de Dança, Ioga, Artes Marciais, Lutas Desportivas, Capoeira ou fazer uso do Método Pilates, desde que a intencionalidade seja a de atividades físicas ou desportivas, em qualquer ambiente voltado a serviços de preparação cárdio-respiratória ou condicionamento físico, preparação desportiva e recreativa e similares.

 

Emenda do deputado Deputado Nelson Marquezelli – PTB/SP

EMENDA MODIFICATIVA Nº

Art. 1º Altera o Parágrafo Único e adiciona-se novo parágrafo ao art. 2º da Lei nº 9.696, de 1º de setembro de 1998.

Art. 2º …………………………………………………………………………

§ 1º A dança, a ioga, as artes marciais e a capoeira em suas vertentes artísticas, culturais, de espetáculo ou filosóficas, são desvinculadas de qualquer fiscalização dos Conselhos Federal e Regionais de Educação Física.

§ 2º Deverá ser habilitado e fiscalizado pelos Conselhos Federal e Regionais de Educação Física, todo profissional que for ensinar, conduzir ao aprendizado, instruir, preparar ou prestar serviços de dança, ioga, artes marciais, lutas desportivas, capoeira ou fazer uso do método pilates, desde que a intencionalidade seja a de atividades físicas ou desportivas, em qualquer ambiente voltado a serviços de preparação cardio-respiratórias ou condicionamento físico, preparação desportiva e recreativa.

 

Emenda do Deputado Mário Maia  – PT/RS

EMENDA MODIFICATIVA Nº          /2005

Art. 1º  Altera o Parágrafo Único e adiciona-se novo parágrafo ao art. 2º da Lei nº 9.696, de 1º de setembro de 1998.

Art. 2º …………………………………………………………………………

§ 1º  A dança, a ioga, as artes marciais e a capoeira em suas vertentes artísticas, culturais, de espetáculo ou filosóficas, são desvinculadas de qualquer fiscalização dos Conselhos Federal e Regionais de Educação Física.

§ 2º Deverá ser habilitado e fiscalizado pelos Conselhos Federal e Regionais de Educação Física, todo profissional que for ensinar, conduzir ao aprendizado, instruir, preparar ou prestar serviços de dança, ioga, artes marciais, lutas desportivas, capoeira ou fazer uso do método pilates, desde que a intencionalidade seja a de atividades físicas ou desportivas, em qualquer ambiente voltado a serviços de preparação cardio-respiratórias ou condicionamento físico, preparação desportiva e recreativa.

 

Emenda do Deputado Tarcísio Zimmermann – PT/RS

EMENDA MODIFICATIVA Nº

Art. 1º  Altera o Parágrafo Único e adiciona-se novo parágrafo ao art. 2º da Lei nº 9.696, de 1º de setembro de 1998.

Art. 2º …………………………………………………………………………

§ 1º  A dança, a ioga, as artes marciais e a capoeira em suas vertentes artísticas, culturais, de espetáculo ou filosóficas, são desvinculadas de qualquer fiscalização dos Conselhos Federal e Regionais de Educação Física.

§ 2º Deverá ser habilitado e fiscalizado pelos Conselhos Federal e Regionais de Educação Física, todo profissional que for ensinar, conduzir ao aprendizado, instruir, preparar ou prestar serviços de dança, ioga, artes marciais, lutas desportivas, capoeira ou fazer uso do método pilates, desde que a intencionalidade seja a de atividades físicas ou desportivas, em qualquer ambiente voltado a serviços de preparação cardio-respiratórias ou condicionamento físico, preparação desportiva e recreativa.

Encontro de Capoeira Angola

 

Ilha dos Frades Salvador-Bahia

De 12 a 15 de Janeiro de 2006


Programação

Dia 12 de Janeiro de 2006 – quinta-feira


Das 8:00 as 17:00 h Participação na festa da lavagem do Bonfim – Salvador – BA, finalizando com uma grande Roda de Capoeira em frente à Igreja do Bonfim.


Dia 13 de Janeiro de 2006 – sexta-feira


Das 9:00 as 12:00h Visita a Fazenda de plantio da madeira biriba – na Ilha do Frades.

* Tarde livre p/ praia

* Noite Das 19:00 as 20:30

*Palestra com Mestre Augusto Januário/ Mestre Almir – BA

* Das 20:30 as 22:30

Roda de Capoeira Angola com todos os Mestres

* Dia 14 de Janeiro de 2006 – Sábado – Das 9:00 as 12:00

Oficina de movimentos de Capoeira Angola com Me Almir, Me Augusto e Me René Bitencout ACANNE.

* Das 12:00 ás 14: 00 intervalo para Almoço – Das 14:00 as 16:00

Oficina de movimentos de Capoeira Angola com Me Roxinho, Me Virgilio,

Me. Valmir Fica-Ba

* Das 16:00 as 18:00

Oficina de confecções de instrumentos – Berimbau com Me. Zé do Lenço

Caxixi com Me. Valmir – Fica

* Das 18:00 as 20:00

Oficina de toques e ritmos com Me Virgilio, Me Roxinho, Me Almir e Me Az de Branco.

* Das 20:00 as 22:00

Roda de Capoeira Angola com todos os Mestres e participantes

* Dia 15 de Janeiro de 2006 – Domingo – Das 9:00 as 12:00

Roda de Encerramento, samba de roda e almoço de confraternização.

* Tarde livre para Praia

*Retorno previsto para as 19:00.



O Encontro de Capoeira Angola na Ilha dos Frades, será um evento de quatro dias, com transporte incluso.

Saindo de São Paulo -SP X SALVADOR X (ILHA DOS FRADES) os valores abaixo não inclui alimentação e alojamento

OBS: temos local para acampamento.

Investimento

PACOTE ENCONTRO ANGOLA – nº 01


-R$ 350,00 = 3 X R$ 116,70

Até 31 de Outubro/até 30 de Novembro/até 31 de Dezembro

  • Oficinas c/ todos Mestres

  • Transporte (São Paulo X SALVADOR X ILHA DOS FRADES)

  • Local para acampamento

  • Passeio de barco R$ 2,00 por pessoa

  • Mais atrativos do roteiro


PACOTE ENCONTRO ANGOLA – nº 02

R$ 380,00 = 3 X R$ 126,70

Até 31 de Outubro/até 30 de Novembro/até 31 de Dezembro

  • Oficinas com todos Mestres

  • Transporte (São Paulo X SALVADOR X ILHA DOS FRADES)

  • Local para acampamento

  • Passeio de barco R$ 2,00 por pessoa

  • Mais atrativos do roteiro citado acima

  • CD de Capoeira Angola Mestre Roxinho

  • CD de Capoeira Angola Mestre Virgilio

  • Camiseta do evento

PACOTE ENCONTRO ANGOLA – nº 03

(Participantes de outros Estados)

Poderão entrar em contatos nos telefones e/ou e-mail abaixo, para obter informações referente as possibilidades de participar do encontro, utilizando ou não o transporte oferecido.

Local de saída

Saída prevista para o dia 09 de Janeiro de 2006 as 19:00

Endereço: Rua Major Quedinho, s/n ao lado do Bar Estadão – Centro de São Paulo próximo ao Metrô Anhangabaú.

Retorno previsto para o dia 15 de Janeiro de 2006 as 19:00 – Madre de Deus – Bahia


Dados Bancários para depósito

Banco Bradesco

AG 548-7

CC 74912-5

Ângela Damasceno Gonçalves

Banco Real

AG 0595

CC 1709047

Edielson da Silva Miranda


Banco Nossa Caixa

AG 0109-1

CC 01014297-2

Edielson da Silva Miranda

Contatos

Mestre Roxinho

011- 6263-9915

011-9294-7207

011 –9390-7894

mestreroxinhoecamar@yahoo.com.br

mestreroxinho@hotmail.com

Realização:

Escola de Capoeira Angola Mato Rasteiro – Ba /SP

Grupo de Capoeira Angola União Livre – Ba

Roxinho (19)9127-1696 (71)3303-7426
Mestre de Capoeira Angola
Escola de Capoeira Angola Mato Rasteiro

Angola no Cazuá em Bremen… Alemanha

É com muita alegria que recebemos a notícia, através do Contra Mestre Wellington, Berim Brasil, de que em outubro, na Alemanha irá acontecer um evento muito importante para a nossa capoeira… evento este que pretendo estar presente e assim enriquecer minha cultura, minha capoeira e acima de tudo construir novas amizades!!!

Luciano Milani


O Grupo de Capoeira Angola Irmão Guerreiros, está comemorando o 1º aniversário do seu "Cazuá", nome carinhoso e repleto de brasilidade…, da sua academia em Bremen, Alemanha, comandada pelo Contra mestre Pernalonga que a 4 anos saiu do Brasil para a sua volta ao mundo…

Considero este evento uma excelente oportunidade para os capoeiristas que estão aqui na Europa poderem se reciclar e aumentar os seus conhecimentos capoeiristícos.

O time que irá entrar em campo para estes quatro dias de festa é sem dúvida uma equipe campeã… Teremos a presença do Mestre Pernalonga do Grupo Nova Geração de Angola, do Contra mestre Pernalonga e de uma rapaziada de primeira… 

O site oficial do evento para maiores informações é: http://www.capoeira-angola-bremen.de/de/index.htm


Roda no Barracão da Fábrica do Mestre Cavaco

O Grupo Negaça Capoeira Angola
convida a todos para Roda do Mês de Outubro
 
Data: 01/10/05 – Sábado
Local: Barracão da Fábrica do Mestre Cavaco
End: Rua Marieta da Silva, 197 – Vila Guilherme – SP
Hora: Apartir das 16:00
Contato: Mestre Cavaco: (55 11) 6901-1365
 
Meus amigos visando uma melhor comunicação deixo aqui um link com o nosso calendário, as rodas do Barracão já estão definidas até o final do ano, já o do trianon iremos definindo ao decorrer do ano. Assim todos poderão estar se programando.
 
Abraço a todos
Trenel Ratão

Aniversário de um ano do Cazuá em Bremen.

O Grupo de Capoeira Angola Irmãos Guerreiros tem há um ano o seu Cazuá em Bremen na Alemanha. Já vão 4 anos que o Contra-mestre Pernalonga partiu daqui para lá e agora nós vamos comemorar esse primeiro ano de aniversário porque temos uma outra casa, também nossa, na outra metade do globo terrestre.
Comemorar por toda nossa luta, trabalho, indas e vindas e por ser parte daquela humanidade que diariamente descobre formas inéditas de se esforçar para continuar vivendo.
 
Aqui a gente tem certeza que a Capoeira Angola é uma vida que pulsa a todo momento. E toda a vida que se inicia é resultado de movimentos. Foram e são muitos os que aconteceram para fazer essa festa ser ainda mais importante.
Aquela casa de lá não existiria se a casa daqui não tivesse sido guardada por quem ficou, mantendo o ritmo do núcleo Castilho. As guerreiras e guerreiros Moleza, Pecadinho, Cacau, Malvadeza, Fala Grossa, Sorriso, Ciganão e Ciganinho, Batata, os Professores Beto Branco, Soneca, Vagalume, os meninos e meninas, são quem levam e prosseguem com o trabalho que o Contra-mestre Perna construiu desde que entrou pra essa vida capoeirística.
A nova casa na Alemanha também não seria a mesma se o Prof. Cunhadinho não tivesse ido fortalecer as raízes, ajudando a firmar as paredes, deixando também outras saudades nesse ano que passou.
  
Temos que lembrar o quanto significou ter a presença do nosso Mestre Marrom no Cazuá, há quase um ano atrás, para apadrinhar nossa nova morada, mostrando aos olhos desconhecidos o sentido do trabalho, do reconhecimento de ser Mestre. E de agradecer também a chance de receber Mestre Roberval de Salvador e Mestre Cláudio de Feira de Santana.
A festa vai ser nos dias 13-16 de outubro, quando vamos ter a participação de Mura, um taboanense que também vive em Bremen há mais de 18 anos desenvolvendo a sua arte com dedicação e profissionalismo à dança afro, mostrando também seu companheirismo conosco e o quanto há de beleza nessa expressão. Outra ilustre presença que irá nos visitar diretamente de São Bernardo do Campo é o amigo e Mestre Pernalonga do Grupo Nova Geração de Angola, uma outra grande conquista para essa família que estamos formando.
Família que conta com pessoas abertas e dispostas a conhecer e se dedicar a uma realidade como a da comunidade que vive no Jardim Pirajussara, o Piracity, em Taboão da Serra, São Paulo, Brasil. Desde o começo de agosto recebemos a força e apoio e mostramos o tamanho da nossa batalha diária para o pessoal trazido pelo Perna: o Fogueira, a Tigreza, Mulher Grande, a Juju. Não são os primeiros e nem serão os últimos a levar muitas estórias desse lado de cá e nos deixar com uma baita saudade de suas presenças.
Com isso a gente vê o quanto o Brasil e a Alemanha estão ficando mais próximos, através de nós, do nosso trabalho e da nossa luta pela Capoeira Angola. Porque se trazemos os alemães para sentir a brasilidade aqui em nossa terra, lá no Cazuá o Brasil se faz tocando, cantando e mostrando sobre nós brasileiros.
O trabalho de intercâmbio cultural é dos dois lados do oceano. Deu para sentir essa harmonia no nosso encontro Vadiando entre Amigos que fizemos no final de Agosto. O pessoal da Alemanha e o pessoal do Piracity fizeram do salão uma expressão de todas as cores, imagens, gestos, movimentos e palavras que saem dessa troca. Foi lindo!
E o valor da troca, o que ela representa é que é o resultado dessa distância de 4 anos, do que ela gerou. È aquela velha estória: quando a semente é boa e a terra fecunda só nascem bons frutos. Nós somos a prova disso.
 
O nosso Cazuá é um ponto de apoio para a divulgação e valorização do Brasil e do que nós temos de melhor para oferecer ao mundo de hoje: nossa cultura. Será através desse caminho que o Brasil vai assumir o importante papel de reconhecer o quanto é precioso para a humanidade as manifestações culturais típicas de cada sociedade, especialmente dos que foram postos na margem dela. E nós já estamos lutando por isso.
Daí que além da capoeira, outros ritmos brasileiros são tocados e cantados, aprendidos e difundidos entre os alemães. Porque queremos mostrar que tem muita coisa boa aqui, de valor, principalmente porque quem está mostrando tudo isso lá é alguém que veio da periferia, desfazendo a mentira que da pobreza não sai encanto.
Queremos divulgar essa festa pra dizer que nós realmente somos a mudança que queremos ver no mundo e que, esquentando o frio da Alemanha com o calor de nossos corpos tropicais estamos mostrando isso a todos os camaradinhas que, como amigos, estão juntos conosco e nos querem ver crescer e aprender com nossa experiência.
 

       Manchinha – setembro 2005.

1 Jogos Abertos de Capoeira do Grupo Canto e Magia do ABC.

Ola pessoal…!!!
 
    No dia 15 de Outubro de 2005, acontecerá o 1 Jogos Abertos de
Capoeira do Grupo Canto e Magia do ABC.
    Saiba sobre o regulamento, inscrições, enfim, tudo que voce
precisa saber para participar desse evento, que está sendo preparado
para voce…

    INFORMAÇÕES – acesse nosso site – www.cantoemagia.com.br

                   Axé camarada…

" Nunca deixe a vaidade ser maior que a sua capoeira…
   e que entre o contemporâneo ou primitivo,
     certou ou errado, bom ou ruim…
        que a sua escolha seja sempre a…

                 C A P O E I R A ".

                                                Montanha

ZUMBI + 10

CONVOCAÇÃO GERAL
22 de Novembro de 2005 – Todas(os) à Brasília
ZUMBI + 10
II Marcha Zumbi dos Palmares – Contra o Racismo, pela Igualdade e a Vida
 
O Movimento Negro Brasileiro que congrega um conjunto de Entidades, Terreiros de Candomblé, Movimento Quilombola, Movimento Hip-Hop, Comissões Sindicais de Combate à Discriminação Racial, Associação de Moradores e Organizações de Combate ao Racismo, CONVOCA toda a população negra e a sociedade em geral, para uma grande manifestação em Brasília, no dia 22 de Novembro. Vamos exigir do Estado Brasileiro: Reparações, Políticas Públicas de Ações Afirmativas, o fim da Violência Policial, da Intolerância Religiosa, do Machismo e Sexismo, da Homofobia, da manipulação da Cultura Negra, contra o genocídio do Povo Negro e outras formas de discriminação racial. Exigimos maior distribuição de renda, o fim da fome e da miséria, mais moradia, saúde e educação de qualidade, pela titulação das terras dos remanescentes de quilombos.
 
COMISSÃO ORGANIZADORA
 
Agentes de Pastoral Negros do Brasil-APN’s / Centro de Articulação das Populações Marginalizadas-CEAP-RJ / Comissão Nacional Contra a Discriminação Racial da Central Única dos Trabalhadores- CNCDR-CUT / Coordenação Nacional de Entidades Negras-CONEN / Movimento Negro Unificado-MNU / Setorial de Negros e Negras da Central dos Movimentos Populares-CMP / União de Negros pela Igualdade-UNEGRO / Religião de Matriz Africana / Quilombolas / Juventude Negra/ Mulheres Negras.
 
Contato:
 
 
Nzambi ye bakulu etu kakala yeto