Blog

Dezembro 2005

Vendo Artigos de: Dezembro , 2005

João Pessoa: Prefeitura abre inscrições de Oficinas de Férias

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por sua Assessoria de Políticas Públicas para Juventude, abre inscrições para as "Oficinas de Férias para Jovens", a partir desta quarta-feira (28) e até o dia 6 janeiro. O início das atividades está previsto para 9 de janeiro.
 
As inscrições e as oficinas são gratuitas e vão acontecer de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h. Os interessados em se inscrever devem comparecer a um dos seis Centros de Juventude existentes na cidade, preencher a ficha respectiva e escolher uma oficina.
 
Read More

Mestre Rogério: a verdadeira luta pela Capoeira e pela cidadania

Fonte: Campos Online – www.camposonline.com.br
Fotos: Julio Souza 
   
Uma noite de carnaval em Lavras, interior de Minas Gerais, trouxe aos ouvidos de Rogério os primeiros sons do batuque e do berimbau e vislumbrou-lhe os olhos com a descoberta dos movimentos da Capoeira. Na semana seguinte, o menino, que viria a se tornar o mestre Rogério, já procurava iniciar-se no estudo e na prática de todo o universo daquela arte-marcial, que também é dança, esporte, folclore e, acima de tudo, uma herança cultural genuinamente brasileira.
 
Daquela noite carnavalesca do final da década de 70 em diante, a história de Mestre Rogério é de dedicação integral à Capoeira e às crianças carentes. Veio para o estado de São Paulo trabalhar e, principalmente, aperfeiçoar seu treinamento e obter sua formação na Capoeira. Chegou em Campos do Jordão em 1989 e, desde então, tem lutado para impulsionar projetos que misturam Capoeira e cidadania, buscando integrar as crianças carentes à vida social por meio do esporte.
Read More

ESPANHA: Capoeira, Dança, Futebol e F1

OVIEDO, ESPANHA – Campeão mundial de Fórmula 1 em 2005, o espanhol Fernando Alonso foi a grande atração da oitava edição do “Dia da Solidariedade”, evento realizado na manã deste sábado, em Oviedo, para arrecadar recursos em benefício de crianças carentes da região. A partida de futebol de salão entre esportistas locais, incluindo jogadores do Oviedo e Sporting de Gijón, foi o momento mais esperado do dia. O piloto da Renault participou do evento em 2004 e este ano repetiu o feito de distribuir brinquedos para as centenas de crianças que compareceram ao Palacio de los Deportes, todas atrás também de um contato mais próximo com o ídolo. Mas a festa não se resumiu ao jogo entre os famosos, com os colégios de Oviedo realizando apresentações. O evenco começou com uma demonstração de capoeira e houve ainda apresentação de dança do Colegio Ventanielles, partidas de futebol entre alunos de escolas municipais, competição de ginástica realizado pelo Gimnasio Oviedo Sport, show de artes marciais e diversos eventos com as crianças de Oviedo.

Capoeira, escola e integração…

Li esta notícia no Jornal digital Globo Online e confesso ter ficado bastante feliz…
Já conversei algumas vezes com mestres que estão envolvidos neste processo de integração da capoeira em nossas escolas…
Mais ainda existe um caminho muito arduo e complexo a ser seguido… e todos "capoeiristas educadores" devem se sentir responsabilizados por este importante passo.
Luciano Milani 

Capoeira pode entrar no currículo escolar como atividade de integração

Globo Online

RIO – A capoeira está próxima de entrar no currículo das unidades de ensino fundamental e médio da rede pública e privada, como atividade de integração sócio-cultural e desportiva da cultura afro-brasileira. É o que prevê o projeto de lei do deputado Edmilson Valentim (PCdoB) aprovado em primeira discussão na sessão extraordinária desta sexta-feira na Assembléia Legislativa (Alerj).

– A capoeira é um esporte genuinamente brasileiro. Nossa intenção é despertar o interesse dos alunos para a atividade – justifica o parlamentar.

Forte Santo Antônio será revitalizado para receber centro de capoeira

SALVADOR – O Forte Santo Antônio Além do Carmo, em Salvador, construído no século XVII, passará por um processo de revitalização para receber um centro de capoeira. As obras de recuperação do edifício histórico serão acompanhadas pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultura e devem começar no início de 2006. A idéia é transformar o espaço no Centro de Referência Estudos, Pesquisa e Memória da Capoeira, ou, simplesmente, no Forte da Capoeira.
O governador Paulo Souto, acompanhado do secretário da Cultura e Turismo, Paulo Gaudenzi, assinam nesta terça-feira o edital de licitação para a reforma e restauração do Forte.
O monumento irá abrigar seis salas de atividades, além de um grande palco ao ar livre para as grandes rodas de capoeira. A reforma vai devolver ao Santo Antônio suas características arquitetônicas originais, ao mesmo em que irá modernizá-lo com vestiários feminino e masculino, centro de documentação com sala de leitura, biblioteca, videoteca, sala de vídeo, oficina de instrumentos (para a fabricação de berimbaus, caxixis e pandeiros), lanchonete, memorial da capoeira, auditório, loja e área para abrigar exposições.

Brasília: Congresso vazio dá lugar à fórum de capoeira

Jovens cantam e tocam berinbau no Congresso

Em meio ao marasmo que continua tomando conta do Congresso durante a convocação extraordinário, cerca de 300 jovens chamaram a atenção hoje. Eles desfilaram pela Câmara dos Deputados cantando e tocando berimbau. O motivo da festa foi a abertura do 8º Fórum Nacional de Capoeira, que ocorre hoje e amanhã. Segundo os organizadores, o intuito é abraçar o Congresso no final do dia.

O evento contará com palestras e debates que vão desde a introdução básica ao esporte até ações para promover aproximação com os comitês olímpicos nacionais e internacionais, com os jogos olímpicos e pan-americanos.

Mestre Cobra Mansa: “Que 2006 seja um ano de muita paz, saúde…”

Prezados companheiros de vida,

Mais um ano se encerra e a sensação que temos é que, apesar de muita coisa concluída, muito ainda há para se fazer.
Corremos para dar conta de nossas obrigações, vamos tão rápido que, por vezes, deixamos de retribuir pequenos gestos de amizade e companheirismo.
 
Este é um momento para reavaliar nossos atos e definir nossos projetos, reconhecer que as circunstâncias têm influência sobre nós, mas que somos responsáveis por nós mesmos !
 
Desejo a você liberdade para pensar e agir em prol de seus sonhos, mantendo-se sempre com olhar adiante de seu presente.
 
Que 2006 seja um ano de muita paz, saúde, felicidades, sucesso e muita roda de capoeira para todos.
 
 M Cobra mansa

Tangará da Serra: Oficina de capoeira marca encerramento das atividades 2005

Cerca de 100 capoeiristas estiveram reunidos no último final de semana em Tangará da Serra, participando da 1ª Oficina de Capoeira e do encerramento das atividades esportivas do Grupo Vip, juntamente com os alunos do projeto Formando um Cidadão.
    
     O evento foi realizado no ginásio da Vila Olimpia reunindo capoeristas de Cuiabá, Brasnorte, Sapezal, Tangará da Serra, Várzea Grande, Nova Olímpia e Barra do Bugres.
    
     Segundo o instrutor do Projeto e coordenador de capoeira do Grupo Vip em Tangará da Serra, Wilian, este encontro foi importante para fechar com chave ouro as atividades de 2005, haja visto que o desempenho dos alunos melhorou ao longo do ano.
    
     “Tivemos um encontro onde os capoeristas tangaraenses interagiram com alunos de outros municipios, com troca de conhecimentos entre os novos e os mais experientes” comentou o instrutor.
    
     De acordo com Wilian, o projeto vem dando certo devido ao apoio dos patrocinadores: Posto das Bandeiras, Policia Militar, Rotary, Retifrare e Pierry Alexander.

A Capoeira por Lima Campos (1906)

Clássico da Literatura da Capoeira, com ilustrações de Kalixto
 
Jornal do Capoeira – www.capoeira.jex.com.br
Edição AUGUSTO MÁRIO FERREIRA – Mestre GUGA (n.49)
de 13 a 19 de Novembro  de 2005
Nota do Editor:
Temos publicado, aos poucos, algumas crônicas e textos da literatura clássica da Capoeira, sendo a maioria delas publicadas originalmente no Rio de Janeiro, entre o final do século XIX e início do século XX. O clássico que publicamos nesta edição – "A Capoeira", por Lima Campos, Revista Kosmos, 1906 – foi enviada foi há algum tempo pelo capoeira-pesquisador Carlos Carvalho Cavalheiro, Sorocaba, SP. Para abrilhantar tal clássico, o autor contou com famosas ilustrações de Kalixto. Tanto o texto quanto as ilustrações descrevem minúcias do cotidiano capoeirístico do Rio de Janeiro, com detalhes sobre seus jeitos, tipos e vestimentas. O facsimili enviado por Cavalheiro é parte integrante do acervo particular do historiador Adolfo Frioli. 
Miltinho Astronauta


A capoeira
(parte I)
 
Lima Campos, Rio de Janeiro
Revista Kosmos, 1906
 
"TYPOS E UNIFORMES DOS ANTIGOS NAGOAS E GUAYAMÚS SENDO OS PRINCIPAES DISTINCTIVOS DOS PRIMEIROS CINTA COM CORES BRANCA SOBRE A ENCARNADA E CHAPÉO DE ABA BATIDA PARA A FRENTE E DOS SEGUNDOS COM CORES ENCARNADAS SOBRE A BRANCA E CHAPÉO DE ABA ELEVADA NA FRENTE.
 Não te conto nada seu compadre! o samba esteve cuerêréca. No fim que houve uma chorumella de escacha. O Cara Queimada estava de sorte com a Quinota quando o marchante chegou. Ih! seu camarada! Foi um estrompicio!
O Marchante era sarado, foi logo encaroçando a joça. Eu tive que entrar com o meu jogo, sim, tu sabes, que não vou nisso, e ali eu estava separado, não havia cara que me levasse vantagem. Quando a coisa estava preta eu fui ver como era p’ra contar como foi."
"Das cinco grandes luctas populares: a savata francesa, o jiu-jitsu japonês, o box inglêz, o páu portuguêz e a nossa capoeira, temiveis pelo que possuem de acrobacia intuitiva de elasterio e de agilidade em seus recursos e avanços tacticos e em seus golpes destros é, sem duvida, a ultima, ainda desconhecida fóra do Brasil, mesmo na América, a melhor a mais terrível como recurso individual de defesa certa ou de ataque impune.
Nas outras (com bem limitada excepção de apenas alguns golpes detentivos ou de tolhimento no Jiu-jitsu e a limitadíssima excepção do celebre circulo defensivo descripto pelo movimento giratório contínuo do páu no jogo portuguêz) o valor está no ataque; na capoeira, porém, dá-se o contrario: o seu merito básico é a defesa; ella é por excelência e na essência defensiva
 
Leia Mais: Jornal do Capoeira