Blog

Dezembro 2010

Vendo Artigos de: Dezembro , 2010

Palmas: Sessão Solene para a entrega da comenda Zumbi dos Palmares

Aconteceu Sessão Solene para a entrega da comenda Zumbi dos Palmares, na Câmara Municipal de Palmas, criada com o objetivo de homenagear Entidades e pessoas que trabalham no Combate ao Racismo no Tocantins. Os homenageados foram Mãe Magna de Oxum (Aldenora Maria do Nascimento) pioneira na expansão da religião de Matriz africana em Palmas, o Grupo de Consciência Negra (GRUCONTO) e Mestre Timbau (Luiz Carlos Silva) que leva a capoeira aos moradores de periferias na cidade de Porto Nacional.

Representando o Prefeito de Palmas Raul Filho, a Secretária da Mulher Direitos Humanos e Equidade de Palmas, Rosimar Mendes frisou em seu pronunciamento a importância do combate ao racismo e também a outras formas de discriminação. Mendes também parabenizou o Vereador “Bismarque do Movimento pela autoria no projeto que cria a Comenda Zumbi dos Palmares”.

Entre os homenageados, Mestre Timbau frisou a importância da “prática da capoeira na periferia” e ressaltou a luta do povo negro e suas conquistas. Mãe Magna de Oxum frisou a importância do respeito às religiões. O representante do GRUCONTO, André Ribeiro, apontou “A importância do reconhecimento da luta de Zumbi dos Palmares e a valorização do povo negro” durante seu discurso na tribuna.

Para o Vereador Bismarque do Movimento a Comenda Zumbi dos Palmares é importante para valorizar “as lutas e conquistas do Movimento Negro e das religiões de Matriz africana no combate ao preconceito” afirmou durante pronunciamento.

A Câmara Municipal de Palmas é a única Instituição Tocantinense a premiar trabalhos de Combate ao Racismo no Estado. O Vereador Bismarque do Movimento é o autor do Projeto de resolução que cria a Comenda Zumbi dos Palmares. (Informações da ascom/VBM)

Ginga Terapia: Capoeira na melhor idade

Atletas da terceira idade participam de grupo de capoeira.

Há dois anos mais de 70 idosos foram convidados a participar do grupo de capoeira.

Autoestima e muita determinação. O projeto “Ginga Terapia” começou em 2004 atendendo crianças e deficientes físicos, mas só há dois anos esse grupo com mais de 70 idosos foram convidados a participar do grupo de capoeira.

Antes dos treinamentos o professor Sérgio Araújo faz uma bateria de exercícios para evitar qualquer distensão muscular. “O nosso objetivo é ajudar os idosos a terem um recurso de saúde”, explica Sérgio Araújo.

 

Fonte: http://gazetaweb.globo.com

III Jogos Benelux e Curso com o Mestre Cobra

O comitê de organização sob a supervisão do Mestre Camisa,presidente fundador da Abada-Capoeira, tem orgulho de convidar-lhes para os III Jogos Benelux da Abadá Capoeira que serão realizados em Bruxelas – Bélgica nos dias  04,05 e 06 de fevereiro de 2011o Curso com o Mestre Cobra.

Neste evento serão realizadas várias atividades,entre elas : Cursos ministrados pelo

Mestre Cobra ( Direcionado para os alunos iniciantes,graduados,instrutores e professores), oficinas de maculêlê e percussão para todos os níveis (crianças e adultos) e competições de Capoeira à partir da graduação Amarelo e Laranja .

O evento vai acontecer no centro da capital de Bruxelas no Stade Charles Vander Putten Boulevard de l’Abattoir 51 – 1000 Bruxelles ( Centre ) e será uma grande oportunidade para  todos de se perfeccionarem tecnicamente e também poder encontrar Capoeiristas da Europa e do Brasil.

As finais dos III Jogos vai acontecer no domingo, dia 06 de fevereiro de 2011, entre 14h30 e 17h3O no Stade Charles Vander Putten Boulevard de l’Abattoir 51 – 1000 Bruxelles
(entrada às 15h30 para o público) e teremos a presença  dos melhores Capoeiristas da Bélgica,Luxemburgo e da Holanda, sob os olhos observadores de um corpo de jurado profissional . Para o evento estaremos convidando as autoridades da capital  😮 Sr.Ministro de esportes, o Prefeito,o secretário de esportes  e o governador de Bruxelas ,o Sr. Embaixador do Brasil na Bélgica e embaixadores da Holanda e do Luxemburgo.

Será um grande prazer contar com sua presença em Bruxelas, pois sua participação vai contribuir para o evento ser mais competitivo, especial, divertido e prazeroso para todos nós.

Esperamos encontrar-lhe.

Até breve e boas festas,

O Comitê de Organização

( Instrutor Braz e Instrutor Cachorrão )

As inscrições para os III Jogos Benelux Abadá-Capoeira já estam abertas e para mais informações sobre alojamento e a programação detalhada consulte o blog:

http://jogosbenelux.blogspot.com/

Congresso Mundial de Educação Física FIEP 2011 – Curso de Capoeira Pedagógica

Curso de Capoeira Pedagógica, que iremos ministrar em Janeiro no Congresso Mundial de Educação Física FIEP 2011.

O curso é destinado à profissionais de Educação Física, e de Capoeira, que trabalham ou estão buscando trabalhar com a Capoeira em nível pedagógico, tem a chancela da FIEP – Federação Internacional de Educação Física, e é um grande avanço da nossa Capoeira dentro da Educação, mais especificamente dentro da Educação Física, uma vez que este é o maior congresso de Educação Física da América Latina, e um dos maiores do mundo!

Maiores informações:

O link para acesso à página do evento é o seguinte:

http://www.congressofiep.com/cursos.asp?a=cursosfiep&link=capoeira-pedagogica

EMAIL: castilhafabio@hotmail.com
SITE: www.capoeirapedagogica.com.br

PROF. MS. FÁBIO ANDRÉ CASTILHA
CREF. 8600 – G/PR
INSTRUTOR DE CAPOEIRA DO GRUPO MUZENZA

DOCENTE: Prof. Ms. FÁBIO A. CASTILHA/PR – CREF 008600-G/PR

CURRÍCULO: – Mestre em ciência da Motricidade Humana pela Universidade Castelo Branco (2008); Graduado em Educação Física pelo Centro Universitário Diocesano do Sudoeste do Paraná (2004); Professor de Capoeira Certificado, filiado à Superliga Brasileira de Capoeira e ao Grupo Muzenza de Capoeira, grupo fundado no Rio de Janeiro em 1972 e atualmente esta em todos os Estados do Brasil e em mais de 20 paises; Professor de Educação Física em diversas escolas no Rio de Janeiro (2006/2010 e na cidade de Foz do Iguaçu (2010) nas Séries Iniciais; Coordenador de estágios Internacionais – organização inglesa Travelquest Limited, Delegado Adjunto da FIEP no Paraná. Possui vários anos de experiências no Ensino da Capoeira, em Escolas, Clubes e Academias.

OBJETIVOS:

Apresentar uma proposta de Capoeira Pedagógica, à ser instituída dentro da Educação Regular, que vise o aprimoramento de diversas condutas nos alunos, utilizando a arte da Capoeira como uma ferramenta afim de supri as carências biofísicas, biosociais e biopsíquicas dos alunos.
– Visem o desenvolvimento da Capoeira dentro do contexto escolar, fomentando a interdisciplinariedade, e a interrelação entre instituição “Escola” e arte “Capoeira”
– Apresentar subsídios para o ensino da Capoeira, desde os primeiros níveis, até níveis mais elaborados, para diferentes grupos etários.
– Apresentar e discutir estratégias de trabalho com a Capoeira como oficina extra-curricular, ou como disciplina inserida dentro da proposta pedagógica da escola, ou como mais uma ferramenta para a Educação corporal.

CONTEÚDOS:

1) Capoeira Pedagógica – um breve histórico;
2) Capoeira como educação;
3) Subsídios para implantação de um projeto de Capoeira Pedagógica dentro de instituições e privadas;
4) Estratégias de trabalho: preparação, elaboração e utilização de material didático;
5) Metodologia e planejamento de aulas: propostas de educativos para exercícios gerais e expecíficos em diferentes níveis – teoria e prática; planejamento semanal, bimestral, semestral e anual;
6) A musicalidade dentro da escola – teoria e prática;
7) Organização de eventos de cunho capoeirístico e pedagógico: rodas infantil, apresentações intra e extra escolares, organização de campeonatos, festivais, cerimônias de troca de graduação, etc;
8) O marketing da capoeira – relação professor x aluno x pais.

SITE DE INTERESSE: www.capoeirapedagogica.com.br

Capoeirista de Maringa vence o 11º Campeonato Brasileiro de Capoeira

O maringaense Binha, mestrando em capoeira, retornou de Jales, no interior de São Paulo, com o troféu de campeão brasileiro 2010 no bagagem. Ele garantiu o primeiro lugar na categoria profissional do 11º Campeonato Brasileiro de Capoeira, disputado nos dias 11 e 12 de dezembro.

Organizada pelo Grupo Guerreiros de Aruanda, a competição também conhecida como Brasileirão reuniu os melhores capoeiristas do País, entre eles o maringaense Binha que já tinha no currículo este ano dois segundo lugares – nos Jogos Mundiais e no Encontro Nacional – e um terceiro no Festival Nacional.

Outros dois representantes da região também fizeram bonito no Brasileirão. O professor Corisco, de Cianorte, foi o segundo colocando e o professor Jacaré, de Amaporã o terceiro

 

Fonte: http://www.odiario.com/esportes

O Cabra, nova HQ de Flávio Luiz, ganha trailer animado

Depois de um cachorro boxeur (Jab), uma versão feminina de Arnold Schwarzenegger (Jayne Mastodonte) e um mini herói da capoeira (Aú), o premiado quadrinista baiano Flávio Luiz traz à luz aquela que talvez seja sua criação mais bombástica: O Cabra, um divertido e (violento pra cacete) cruzamento entre Lampião e Mad Max.

Recém-lançado em São Paulo, aonde atualmente Flávio reside, esse cangaceiro futurista chega bonitão em um álbum de formato gigante, pela sua própria editora independente: a Papel A2, que ele fundou em parceria com sua esposa e produtora, Lica de Souza.

 

Bahia: berço esplêndido dos quadrinhos

A Bahia sempre foi berço esplêndido da cultura nacional. Música, dança e teatro, mas, o que muitos não sabem é que aqui também se produz quadrinhos de qualidade RECONHECIDOS nacionalmente.

Contrariando a lógica da falta de incentivo e das dificuldades em produzir quadrinhos na Bahia, os artistas se lançam no Mercado independente buscam suporte na internet e se consolidam entre os grandes de todo país, marcando presença nas maiores premiações nacionais


Ver: http://flavioluizcartum.fotoblog.uol.com.br/

 

Onjó Angoma a Casa do Tambor

“A música me ama
ela me deixa fazê-la
a música é uma estrela
deitada em minha cama”
Paulo Cesar Pinheiro

Há muitos, mas não tantos anos, descobri o quanto a música me era importante. Especialmente a música popular, de raiz – aquela criada com caldo de sururu, mugunzá, canjiquinha e feijoada. Música da terra brasileira, da estância, do sertão, do banhado, do alagado, da mata, da serra, da caatinga, do quilombo e da praia.

Onjó Angoma nasceu do prazer, mas também da necessidade e da sorte. O prazer de ouvir o couro rufar, de sentir rolar o rolo, de chocalhar o ganzá, de sapatear na catira e gingar na capoeira. A necessidade de colocar o pão na mesa, rechear o bucho. E a sorte de conhecer o grande artesão que é Fernando Gupiara.

Fernando trabalha construindo instrumentos musicais há quase duas décadas. Atabaques, caixas de folia, pandeiros, berimbaus, xequerês, zabumbas, pandeiros, caxixis, cuícas – com todos eles se entende, a todos eles dá vida.

Onjó Angoma é um lugar para poetizar, e também uma loja. Cada produto exposto está à venda, a menos que explicitamente informado o contrário. Com umas poucas exceções, cada instrumento é feito artesanalmente, e por isso nunca haverá dois iguais.

Aceitamos encomendas de qualquer porte, e despachamos para qualquer lugar do mundo.

Agora deixe de cerimônia, e passeie um bocado. Seja bem-vindo para ver, ouvir e batucar !

Axé,
Teimosia

 

Onjó, s. f. Casa, rancho, cafua. Do umbundo “onjó”, casa. Angoma, s. f. (1) Nome genérico, no Brasil, dos tambores da área banta. (2) Do termo multilingüístico “ngoma”, tambor, através do quimbundo ou do quicongo.

UNESDOC Database: Coleção História Geral da África em português

Brasília: UNESCO, Secad/MEC, UFSCar, 2010.

Resumo: Publicada em oito volumes, a coleção História Geral da África está agora também disponível em português. A edição completa da coleção já foi publicada em árabe, inglês e francês; e sua versão condensada está editada em inglês, francês e em várias outras línguas, incluindo hausa, peul e swahili. Um dos projetos editoriais mais importantes da UNESCO nos últimos trinta anos, a coleção História Geral da África é um grande marco no processo de reconhecimento do patrimônio cultural da África, pois ela permite compreender o desenvolvimento histórico dos povos africanos e sua relação com outras civilizações a partir de uma visão panorâmica, diacrônica e objetiva, obtida de dentro do continente. A coleção foi produzida por mais de 350 especialistas das mais variadas áreas do conhecimento, sob a direção de um Comitê Científico Internacional formado por 39 intelectuais, dos quais dois terços eram africanos.

Download gratuito (somente na versão em português):

  • Volume I: Metodologia e Pré-História da África (PDF, 8.8 Mb)
    ISBN: 978-85-7652-123-5
  • Volume II: África Antiga (PDF, 11.5 Mb)
    ISBN: 978-85-7652-124-2
  • Volume III: África do século VII ao XI (PDF, 9.6 Mb)
    ISBN: 978-85-7652-125-9
  • Volume IV: África do século XII ao XVI (PDF, 9.3 Mb)
    ISBN: 978-85-7652-126-6
  • Volume V: África do século XVI ao XVIII (PDF, 18.2 Mb) 
    ISBN: 978-85-7652-127-3
  • Volume VI: África do século XIX à década de 1880 (PDF, 10.3 Mb)
    ISBN: 978-85-7652-128-0
  • Volume VII: África sob dominação colonial, 1880-1935 (9.6 Mb)
    ISBN: 978-85-7652-129-7
  • Volume VIII: África desde 1935 (9.9 Mb)
    ISBN: 978-85-7652-130-3
  • UNESDOC Database – http://www.unesco.org/new/en/unesco/resources/online-materials/publications/unesdoc-database/

     

    UNESCO works to create the conditions for dialogue among civilizations, cultures and peoples, based upon respect for commonly shared values. It is through this dialogue that the world can achieve global visions of sustainable development encompassing observance of human rights, mutual respect and the alleviation of poverty, all of which are at the heart of UNESCO’S mission and activities.

    The broad goals and concrete objectives of the international community – as set out in the internationally agreed development goals, including the Millennium Development Goals (MDGs) – underpin all UNESCO’s strategies and activities. Thus UNESCO’s unique competencies in education, the sciences, culture and communication and information contribute towards the realization of those goals.

    UNESCO’s mission is to contribute to the building of peace, the eradication of poverty, sustainable development and intercultural dialogue through education, the sciences, culture, communication and information. The Organization focuses, in particular, on two global priorities:

    And on a number of overarching objectives:

    C.E.C.A. Rio Vermelho – Angola Bienal 2011

    ACADEMIA DE JOÃO PEQUENO DE PASTINHA – C.E.C.A.  RIO VERMELHO

    A Academia de João Pequeno de Pastinha – Centro Esportivo de Capoeira Angola do Rio Vermelho em Salvador, vem, em sua Bienal 2011, apresentar o seguinte tema para reflexão:

    Mestre Faísca e sua ação pela cultura afro-brasileira: O saber do Drº João Pequeno de Pastinha preservado e propagado pelo C. E. C. A. – Rio Vermelho.

    Responsável pela direção do núcleo do Rio Vermelho e dos trabalhos a ele relacionados, Mestre Faísca reafirma diariamente o compromisso com a cultura afro-brasileira que lhe foi confiado pelo Doutor João Pequeno de Pastinha quando este o formou Mestre de Capoeira Angola. Buscando sempre a realização de um trabalho voltado à pesquisa e à propagação do saber acumulado pelo Doutor João Pequeno e pela Velha Guarda da Capoeira Angola, Mestre Faísca segue uma linha de transmissão de conhecimento que remete ancestralmente aos Doutores Pastinha e Benedito.

    Com uma vida voltada ao aprendizado e ensino da Capoeira Angola, Mestre Faísca oficializa um trabalho que já vinha sendo realizado desde 1989, e cria no ano de 2003, a ONG – João Pequeno de Pastinha, prestando uma homenagem àquele que é sua maior fonte de conhecimentos, com a missão de “preservar a cultura afro-brasileira, através da Capoeira Angola e demais manifestações artísticas, utilizando-as como elemento de mudança sócio-educativa.” Esta iniciativa visa buscar apoio junto ao poder público para os projetos sócio-culturais por ele dirigidos. Projetos estes executados por trabalho voluntário e motivados unicamente pela crença na força da cultura afro-brasileira como uma fonte rica de conhecimento e transformação social.

    Exemplo atual de projeto sócio-educativos bem sucedido coordenados por Mestre Faísca, através da Cultura Afro-brasileira como meio de transformação, é o Projeto João e Maria Capoeira Angola e Cidadania.

    Hoje em dia há, por parte do Estado brasileiro, o reconhecimento da capoeira como um bem cultural surgido a partir da herança africana no Brasil. O que sinaliza uma novidade, pois a arte já foi em períodos anteriores tratada como crime ou como esporte nacional. Tal inovação se deve ao tombamento da capoeira como patrimônio cultural imaterial brasileiro pelo IPHAN em 2008. Momento em que também se atestou oficialmente a existência de um saber transmitido oralmente através de gerações pelos mestres de capoeira, reconhecidos enquanto tais por seus pares.

    Também faz parte do contexto atual a obrigatoriedade da temática História Africana, Cultura Afro-brasileira e indigena na Rede de Ensino, determinação imposta pela Lei 11.645/08. Imposição que busca combater uma exclusão histórica destes conjuntos de saberes, fundamentais para a formação do povo brasileiro.

    Dessa forma, tendo em vista o caráter do trabalho realizado por Mestre Faísca de preservação da Capoeira Angola – iniciativa que hoje abarca cidades brasileiras  São José do Rio Pardo – SP, Florianópolis – SC e as estrangeiras Bruxelas, Coimbra, Madri e Montevidéu – e o atual estado de relativa inércia do poder público em relação à capoeira e à cultura afro-brasileira, buscamos com a Angola Bienal 2011 destacar a importância que ações como a do C.E.C.A. – Rio Vermelho trazem para a valorização e afirmação da riqueza histórico-cultural da Capoeira Angola para o Brasil e para o mundo.  conjuntos de saberes, fundamentais para a formação do povo brasileiro.

    Dessa forma, tendo em vista o caráter do trabalho realizado por Mestre Faísca de preservação da Capoeira Angola – iniciativa que hoje abarca cidades brasileiras  São José do Rio Pardo – SP, Florianópolis – SC e as estrangeiras Bruxelas, Coimbra, Madri e Montevidéu – e o atual estado de relativa inércia do poder público em relação à capoeira e à cultura afro-brasileira, buscamos com a Angola Bienal 2011 destacar a importância que ações como a do C.E.C.A. – Rio Vermelho trazem para a valorização e afirmação da riqueza histórico-cultural da Capoeira Angola para o Brasil e para o mundo.

     

    PROGRAMAÇÃO

    11/01 – Terça feira

    15:00h – Boas vindas aos participantes, visita à comunidade do Vale das Pedrinhas e ao bairro Rio vermelho.

    Local: Sede do C.E.C.A – Raimundo Viana, 61-E Rio Vermelho

    12/01 – Quarta feira

    17:00h – Oficina de Capoeira Angola: Teórico, Prático, Ritmo.

    Formador: Mestre Faísca

    Local: SESC – Piatã

    13/01 –Quinta feira

    08:00h – Oficina de Construção do instr. musical  ATABAQUE

    Formador: Mestre Zé do Lenço

    Local: Sede do C.E.C.A. – Raimundo Viana, 61-E Rio Vermelho

    19:00h – Participação na tradicional vadiação da AJPP-CECA

    Local: Forte Santo Antônio além do Carmo

     

    14/01 – Sexta feira

    09:00h – Oficina de Samba de roda do recôncavo

    Formador: Mestre Pelé da Bomba

     

    15:00h – Exposição de fotos e Mostra de vídeo.

    17:00h – Em cena: Projeto João e Maria C.A. e cidadania

    17:30h – Palestra: “Valorização e afirmação da riqueza histórico-cultural afro-brasileira para o Brasil e  o mundo”.

    Palestrantes – Mestre Faísca – Ativista Social e Cultural

    –  A definir

    Local: Sede do C.E.C.A. – Raimundo Viana, 61-E Rio Vermelho

    15/01– Sábado

     

    08:30h Oficina de Capoeira Angola: Teórico, Prático  e Ritmo avançado.

    15:00 h – Reunião da Rede CECA Rio Vermelho

    16:30 h – Vadiação de Capoeira Angola e Samba de Roda, exclusivo aos integrantes da oficina.

    Formador: Mestre Faísca

    Local: SESC – Piatã

     

    16/01 – Domingo

    15:00h –  Vadiação  de capoeira com  a velha e jovem guarda da Capoeira Angola

     

    · Apresentação de Mestres e Professores

    · Vadiação com Alunos C.E.C.A. e convidados

    · Entrega de carteiras para  rede CECA – RV

    ·              Vadiação de Mestres e Professores

     

    20:00h – Roda de Samba

     

    Mestre Pelé da Bomba e CECA Rio vermelho

     

    Local: Anfiteatro do SESC/ SENAC Pelourinho.

     

    Capoeirista traje: camisa de manga, calça e sapato.

     

    O Evento é aberta ao público, exceto as oficinas.

     

    Valor das 4 Oficinas: R$ 100,00

    Obs. Haverá sorteio de atabaque aos inscritos nas oficinas

    Inscrição e informações: mestrefaisca@hotmail.com

    www.ceca-riovermelho.org.br

    (71) 3345-2311 / 8813-9060 / 9214-5476

    Vagas limitadas

    Italia: Batizado Roça do Lobo Capoeira Regional

    Este convite é para todos os amigos capoeiristas que têm acompanhado o nosso caminho no mundo da capoeira de qualquer forma: è um grande prazer para nòs de convidá-los para a nossa Festa de Batizado – cerimónia que segue a tradição da Capoeira Regional de Mestre Bimba, – sábado, 18 de dezembro de 16:00 horas na nossa academia Fight Club em via Premuda n.16 –  Pádua, Itália.

    A cerimónia é presidida pelo Mestre Onça Negra, discipulo de Mestre Bimba, c om a presença de Mestre Garrincha e Professor Pardal da Filhos de Bimba Escola de Capoeira.
     

    Programação:
    – 16:00 hòras: Cerimònia de Batizado de Capoeira Regional – entrega de certificados
    – 18:00 hòras: Roda de Comemoração
    – 19:30 hòras: Festa de Batizado
    Entrada livre, confirme a sua presença escrevendo para info@rocadolo.com.

    Muito Axé!

    Andrinha, Indio, Elvis
     
     

    Questo invito è indirizzato a tutti i nostri amici capoeiristi che in vari modi hanno accompagnato il nostro percorso nel mondo della capoeira: è un piacere per noi invitarvi alla nostra Festa de Batizado – cerimonia che segue la tradizione della Capoeira Regional di Mestre Bimba – sabato 18 dicembre dalle ore 16:00 presso la nostra sede di Padova alla palestra Fight Club in via Premuda n.16.

    La cerimonia è presieduta  da Mestre Onça Negra, allievo di Mestre Bimba, con la presenza di Mestre Garrincha e Professor Pardal della Filhos de Bimba Escola de Capoeira.
    Programma:
    – ore 16:00: Cerimonia de Batizado de Capoeira Regional – consegna dei certificati
    – ore 18:00: Roda aperta
    – ore 19:30: Festa de Batizado
    Ingresso libero, confermate la vostra presenza scrivendo a info@rocadolobo.com.

    Muito Axé!
    Andorinha, Indio, Elvis


    www.rocadolobo.com