Carolina Soares: A voz feminina ecoando em um universo tipicamente masculino…
06 Mar 2006

Carolina Soares: A voz feminina ecoando em um universo tipicamente masculino…

"Músicas de Capoeira Vol 2" é o segundo trabalho da Paulista, Carolina Soares, interpretando cantigas de capoeira, de forma mágica e inovadora,

06 Mar 2006
"Músicas de Capoeira Vol 2" é o segundo trabalho da Paulista, Carolina Soares, interpretando cantigas de capoeira, de forma mágica e inovadora, a voz feminina ecoando em um universo tipicamente masculino… (se não me engano, Carolina foi a primeira mulher a gravar um CD de Capoeira). O Cd vem repleto de boas surpresas e com qualidade músical indiscútivel.

Natural da cidade de Iguape, São Paulo, Carolina começou sua carreira artística cantando em bares de sua cidade natal com um repertório que ia do blues ao rock Brasil de Cássia Eller. Em 1998 ela travou seu primeiro contato com a cultura afro-brasileira no lançamento da Revista Capoeira, do editor Adriano Chediak.

Apontado como uma de suas principais influências musicais, o trabalho da cantora Clara Nunes, marcou sua carreira de forma fundamental: "Clara pra mim é uma inspiração, eu me identifico muito com o trabalho dela. Há 25 anos, a Clara introduziu sutilmente a palavra capoeira em suas músicas. E ela foi muito a fundo nesse assunto da vida na senzala, do negro, do índio e de toda miscigenação que compõe o nosso povo. Eu me identifico com ela, porque acho que o trabalho que estou fazendo é muito parecido com o dela, ela introduziu isso indiretamente na música popular brasileira, e eu estou tentando introduzir diretamente, levar essa ‘cozinha’ das senzalas e da capoeira pra dentro da música popular brasileira, pela grandiosidade e pela riqueza das letras, e pelo swing ‘bacana’ que traz a própria melodia", enfatiza Carolina.

* Agradecimento especial ao camarada Piter Bedoian – N´Zinga – SP, por ter me presenteado com este fantástico CD

Usamos a faixa nº6: Mulher na Roda, como música tema da Semana Internacional da Mulher "Capoeirista"… é claro!

Leave a comment
Mais Artigos
comentários
Comentário

1 × two =