09 Dez 2005

A CAPOEIRA NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA NAS ESCOLAS MUNICIPAIS DE BARRA MANSA

Capoeira em Barra Mansa, RioProfessor Lindinalvo Natividade, de Barra Mansa, Rio de Janeiro, destaca habilidades da Capoeira. Jornal do Capoeira – www.capoeira.jex.com.brrnrnEdição

09 Dez 2005

Capoeira em Barra Mansa, Rio
Professor Lindinalvo Natividade, de Barra Mansa, Rio de Janeiro, destaca habilidades da Capoeira. Jornal do Capoeira – www.capoeira.jex.com.brrnrn
Edição 48: 05 a 11 de Novembro de 2005

Há treze anos, Lindinalvo Natividade dedica-se à Capoeira, assunto que tem evidência em sua conversa, quando se mostra sabedor de vasto conhecimento. Atualmente, dividindo o tempo como professor de Educação Física nos colégios municipais Washington Luiz e Humberto Quinto Chiesse, Lindinalvo vê realizado outro sonho, concentrado em duas comunidades de Barra Mansa: no Centro Esportivo de Capoeira Quarto Crescente, com filiais no Centro Comunitário São Luiz, onde os alunos praticam Capoeira toda 3ª e 6ª feira, de 19 às 21 horas e sábados, de 18 às 20 horas e no salão de festas do Leir, no São Pedro, onde as aulas acontecem 2ª, 4ª e 6ª feira, de 19 às 21 horas. Os alunos pagam R$ 5 reais por mês, valor que cobre as despesas com manutenção dos locais. Como auxiliares de seu trabalho, Lindinalvo divide responsabilidades com o monitor Ferrugem, no São Luiz e Marimbondo, no São Pedro. \"Eles têm prática e em 2009, serão professores de Capoeira\", diz o contra-mestre Lindi. \"Quando estudava na faculdade de Educação Física, tinha uma visão sobre a Capoeira.

Hoje ela é uma filosofia de vida\", destaca, lembrando a história de um aluno do Colégio Municipal Marcelo Drable, em 1992, do período em que era discípulo do Mestre 21: \"O jovem de 17 anos, pertencia à classe dos Portadores de Deficiência e ao ter aulas de Capoeira, melhorou sua atividade motora. Ele não conseguia ficar em pé e tinha deficiência auditiva. Com as aulas, ganhou resistência, força e velocidade. Teve uma melhora de 70%\", comenta o professor entusiasmado.rnrnNas turmas, o contra-mestre Lindi tem alunos que variam dos 5 aos 63 anos. \"Todos gostam da Capoeira pelos movimentos acrobáticos e das músicas. Ela desenvolve a parte cognitiva, social e principalmente, motora\", explica o professor, que dá aulas de Capoeira na cadeira de Lutas, na faculdade de Educação Física da FOA.rnrnMAIS INFORMAÇÕES – A idade mínima para aprender a Capoeira é 5 anos. Nesta fase, a criança corre, fala e já entende o que o mestre ensina. Para assimilar o aprendizado, o aluno depende de sua habilidade e para ser professor, tem que se dedicar durante 17 anos ininterruptos. Neste período, acontecem as trocas de cordas. Na 1ª categoria, de Iniciante, o período corresponde a 3 anos; Graduado, 4 anos e Formado, 10 anos.
 
Contato com Lindinalvo através dos telefones (24) 3324-3117 ou 9945-7599 e e-mail: nativacapoeira@bol.com.brrnrn rnrnWeb site: www.barramansaonline.com.br/030.htm

Leave a comment
Mais Artigos
comentários
Comentário

20 − 5 =