APAE Itupeva dá show de capoeira em Jundiaí
24 Ago 2010

APAE Itupeva dá show de capoeira em Jundiaí

Em pleno calçadão de Jundiaí, alunos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Itupeva jogaram capoeira, na manhã da

24 Ago 2010

Em pleno calçadão de Jundiaí, alunos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Itupeva jogaram capoeira, na manhã da última terça-feira, dia 17. O evento deu prosseguimento à Semana Regional de Cultura Popular, promovida pela Secretaria de Cultura e Prefeitura de Jundiaí.

A participação da capoeira pela APAE/Itupeva faz parte do calendário oficial da Semana, que abrange apresentações vindas das cidades de Cajamar, Campo Limpo Paulista, Itatiba, Itupeva, Jundiaí, Louveira e Vinhedo.

O gingado, as músicas entoadas em coro e a disciplina culminaram no sucesso da roda. Mas, logo em seguida, despertaram interesse e admiração dos presentes diante da constatação de que os capoeiristas eram alunos da APAE.

Surpresa maior, ainda, pelo fato de que há apenas três meses – desde maio – eles jogam capoeira.

Todos os alunos – moças, rapazes e crianças – tiveram aulas com o “Mestre Dentinho”, da CECAB Água de Beber, dentro do Programa de Capoeira para Adolescente e Deficiente Intelectual, desenvolvido pela Diretoria de Assistência e Desenvolvimento Social de Itupeva e APAE.

Professor de capoeira há mais de 25 anos em Jundiaí, “Dentinho”, joga capoeira na APAE toda semana dentro das atividades do calendário extracurricular dos alunos.

Sem uniforme normal da APAE, os alunos se apresentaram, em Jundiaí, com roupa própria de roda de capoeira, sem chamar atenção pelo fato de serem especiais.

Diante da Casa de Cultura de Jundiaí, foram apresentados como mais um evento, fizeram os primeiros gingados, entraram na roda, aos pares, e cada um, dentro de suas limitações físicas e intelectuais, mostraram o que sabiam fazer, dando sua contribuição cultural e popular, motivo pelo qual foram convidados.

Durante uma hora, incansavelmente, mostraram sua capacidade de assimilação, coordenação e atenção às ordens do “Mestre Dentinho” que, auxiliado por outros capoeirista, dava as coordenadas para a entrada na roda, tamanha era o entusiasmo dos alunos.

 

Vilma Higa – Jornal de Itupeva Online – http://www.jornaldeitupeva.com.br

Leave a comment
Mais Artigos
comentários
Comentário

eighteen + eight =