MS: Crianças de CG aprendem a ginga e a história da capoeira
15 Abr 2011

MS: Crianças de CG aprendem a ginga e a história da capoeira

A Legião da Boa Vontade na capital sul-mato-grossense realiza o projeto Capoeira no Brasil. Na atividade, os meninos e meninas atendidos pela

15 Abr 2011

A Legião da Boa Vontade na capital sul-mato-grossense realiza o projeto Capoeira no Brasil. Na atividade, os meninos e meninas atendidos pela Instituição, por meio do programa LBV: Criança – Futuro no Presente!, fazem pesquisas sobre a forte influência histórica dos africanos no Brasil. Ao todo, 200 crianças com a faixa etária entre 6 e 12 anos participam da iniciativa, que será desenvolvida durante o ano todo.

A proposta da LBV é relacionar os conhecimentos do grupo sobre o tema, promover o respeito mútuo quanto à cultura de cada participante, produzir peças visuais, estimular a interpretação individual e conjunta do assunto proposto, além de ressaltar a herança cultural deixada pelos africanos.

Durante a atividade, meninos e meninas, interessados e com muita disposição, conheceram o gingado da capoeira. Porém, a educadora social da LBV Fabiana Leopoldina acrescenta: “Não basta ter ginga; é importante que as crianças saibam a origem da dança, que conheçam seus instrumentos musicais, ritmos e movimentos para um bom desempenho na atividade”.

É notório o entusiasmo das crianças não só pela capoeira, mas também por conhecer outras importantes contribuições dos negros à sociedade em que vivemos. “Foram os negros que nos ensinaram a fazer arroz-doce, tapioca, bobó, feijoada, arroz, milho e outros pratos. A criatividade dos povos escravizados contribuiu para melhorar nossas refeições. Eles nos ensinaram a utilizar os cereais”, diz, eufórica, a atendida Cibele, de 11 anos.

Vitória, de 10 anos, ressaltou: “O estudo sobre a capoeira é muito divertido”. Ela conta que, com a ajuda das educadoras, fizeram “alguns pratos para nossa própria degustação”.

Em Campo Grande, MS, a Legião da Boa Vontade está localizada na Av. Marechal Deodoro, 5.055, Conjunto Aero Rancho — Setor VII. Para outras informações, ligue: (67) 3378-1700.

 

Fonte: http://www.msnoticias.com.br/

Leave a comment
Mais Artigos
comentários
Comentário

nine + seventeen =