BH: 4º Encontro Nacional de Capoeira Angola
12 Nov 2014

BH: 4º Encontro Nacional de Capoeira Angola

Símbolo de cultura, miscigenação e resistência, a Capoeira Angola envolve Belo Horizonte O 4º Encontro Nacional de Capoeira Angola traz informação e

12 Nov 2014

Símbolo de cultura, miscigenação e resistência, a Capoeira Angola envolve Belo Horizonte

O 4º Encontro Nacional de Capoeira Angola traz informação e faz reflexões sobre o papel cultural e social da capoeira

Belo Horizonte, sedia pela quarta vez o Encontro Nacional de Capoeira Angola, que, nesta edição, será realizado de 13 a 15 de novembro de 2014. O evento vai discutir a participação da Capoeira Angola na educação e os 10 anos da Lei 10.639/03, que torna obrigatório o ensino de História e Cultura Africana e Afro-Brasileira nas escolas de Ensino Fundamental e Médio. O Encontro também vai proporcionar reflexões críticas sobre os impactos simbólicos e políticos da capoeira como patrimônio imaterial. Ainda, este ano o Encontro presta uma homenagem aos 125 anos de Mestre Pastinha.

 

Com entrada gratuita em toda a programação, o 4º Encontro Nacional de Capoeira Angola vai gerar a troca de informações sobre o papel cultural e social da capoeira, por meio de palestras, debates, oficinas, exposições fotográficas e rodas de capoeira, além da Festa do Encontro. As oficinas serão ministradas por Mestres da BA, SP, RJ e GO, que participarão também das rodas de capoeira durante o Encontro, nos dias 13 e 14 de novembro. O evento vai reunir, na capital mineira, grupos de capoeira, pesquisadores, mestres, contramestres, capoeiristas de diversos lugares do Brasil, admiradores da prática, educadores, estudantes, professores, artistas, músicos, bailarinos, lideranças comunitárias e ONGs interessadas.

 

A capoeira é considerada, desde 2008, patrimônio Cultural Imaterial do Brasil por iniciativa do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e do Ministério da Cultura. 14º saber imaterial a ser registrado como um bem cultural brasileiro, sendo reconhecido o seu valor político como prática ancestral de resistência dos negros aos antigos feitores. Uma expressão cultural que mistura arte-marcial, esporte, cultura e música, isso é a capoeira. Símbolo da cultura afro-brasileira, símbolo da miscigenação de etnias, símbolo de resistência à opressão. Outro benefício do Registro no IPHAN foi assegurar os direitos dos profissionais dessa expressão cultural afro-brasileira.

 

O Encontro Nacional de Capoeira Angola acontece desde 1998, em Belo Horizonte, e é promovido pelo Grupo IUNA de Capoeira Angola, ONG criada em 1983. Coordenado por Mestre Primo e organizado por jovens e moradores da comunidade do bairro Saudade/BH, o grupo é um Ponto de Cultura e oferece em sua sede oficinas gratuitas de Capoeira Angola para mais de 150 crianças, adolescentes e adultos.

 

O 4º Encontro Nacional de Capoeira Angola de BH é financiado pelo Fundo Municipal de Incentivo à Cultura de BH, com o apoio do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN MG), Ponto de Cultura Dim…Dim…Dom….Berimbau chamou, eu vou!, Conselho de Mestres de MG, em parceria com a SMED-PBH, CPIR e Centro Cultural da UFMG.

 

Outras informações e inscrições, gratuitas e obrigatórias, devem ser feitas pelo telefone (31) 3483-5301

Programação:

 

4º Encontro Nacional de Capoeira Angola de Belo Horizonte – 2014

 

13 de novembro

Debate – A escola na roda de Capoeira

Auditório na SMED – 13h às 17h

Rua Carangola, 288, 7º andar, Santo Antônio – BH

13h15 – Abertura com a bateria da capoeira do Grupo Iuna

13h30 / 14h30 – Mesa 1 – Educação Integral e Cultura: a Capoeira como Patrimônio

– A Capoeira e o Patrimônio Cultural – IPHAN

– O Ensino da cultura Afro-brasileira nas Escolas e a Lei 10.369

– CPIR | Política de Promoção Racial de BH

15 min aberto ao público para debate

 

Intervalo

 

15h / 17h – Mesa 2 – A Educação Integral na Roda de Capoeira

– A Escola na Roda de Capoeira – Representante da Escola Integrada da PBH

– Conselho de Mestres de MG | Objetivos e metas do Conselho – Mestre Legalzinho

– Fechamento com Mestre Primo

– Mediadora – Sra. Mara Evaristo – SMED/PBH

20 min aberto ao público

 

19h – Roda de Capoeira na Praça da Liberdade

 

14 de novembro

Oficinas e Roda – 9h às 21h

Centro Cultural da UFMG

Avenida Santos Dumont, 174 – Centro

9h às 10h – Oficina – Mestre Cenorinha/SP

10h30 às 11h30 – Oficina – Mestre Célio/ RJ

14h às 15h – Oficina –  Mestre Guaraná/GO

15h30 às 16h30 Oficina – Mestre Roberval/ BA

17h às 18h – Oficina – Nani de João Pequeno/BA

18h às 19h – Mostra CineAfroBH *

                    – PAZ NO MUNDO CAMARÁ: a Capoeira Angola e a volta que o mundo dá Brasil

          54´, 2012, Brasil

                     – Berimbau Chamou Eu Vou – Grupo Iuna

                       8´, 2011, Brasil

19h às 21h – Roda com todos os mestres, participantes e convidados

 

15 de novembro

Festa do Encontro – 13h às 18h

Sede do Grupo Iuna de Capoeira Angola

Rua Doutor Brochado, 1500 – Saudade

Apresentações culturais (Aberto ao público):

Grupo 1 Novo Jeito

Veríssimo e os Gigantes

Intervenções do Palhaço Bambulino

Grupo de Flauta do Iuna

Anderson Junior (voz e violão)

 

Assessoria de Imprensa:

Ágora Comunicação e Cultura

(31) 3075.9190

 

Assessora responsável:

Luciana Braga

(31) 8742-9632

Leave a comment
Mais Artigos
comentários
Comentário

4 + 15 =