I Batizado e Entrega de Cordas do Projeto Gingando pela Paz no Haiti
06 Nov 2009

I Batizado e Entrega de Cordas do Projeto Gingando pela Paz no Haiti

Entre os dias 30 de novembro a 4 de dezembro de 2009 será realizado o I Batizado e Entrega de Cordas do

06 Nov 2009

Entre os dias 30 de novembro a 4 de dezembro de 2009 será realizado o I Batizado e Entrega de Cordas do Projeto Gingando pela Paz no Haiti. Ocasião em que também será celebrado o primeiro ano do projeto no país.

A programação prevê  apresentações em locais públicos, como a Praça Champ Mars, no centro da Capital Porto Príncipe, onde é grande a concentração de pessoas. O Batizado está marcado para o dia 4 de dezembro e contará com a participação dos 150 alunos do projeto, alunos da classe do Centro Cultural do Brasil Celso Ortega Terra, mestres e capoeiristas do Brasil, da República Dominicana, do contigente do Batalhão Brasileiro – BRABATT, autoridades, pais e responsáveis dos alunos e demais amigos.

As atividades do projeto tiveram início em outubro de 2008, inicialmente atendendo crianças e jovens provenientes das bases (guangues) que se auto-denominavam “soldados”, moradoras em sua maioria do bairro de Bel Air, que ficou conhecido pelos conflitos em meados do ano de 2004 e ainda é considerada Zona Vermelha pela ONU. Hoje o projeto conta com cerca de 150 alunos de diversas comunidades que, além de aprender o jogo da capoeira, recebem apoio para frequentar a escola através de uma parceria com outros projetos do Viva Rio.

Capoeira: Mais um fenômeno no Haiti.

Após atuar na mobilização de educadores no Rio de Janeiro, que culminou com a caminhada de cerca de 800 capoeiristas na Orla de Copacabana pela proibição do comércio de armas de fogo no Brasil, no ano de 2005, o projeto Gingando pela Paz leva a capoeira para o Haiti.

Com exeção das tropas do Batalhão Brasileiro – BRABATT, que sempre conta com algum capoeirista em seus contigentes, para a maior parte da população haitiana este é o primeiro contato com esta singular expressão da cultura brasileira. No primeiro momento a capoeira desperta estranhamento e fascínio. Mas, logo as pessoas se envolvem pela beleza do seu jogo e musicalidade. E não demora para ela cair no gosto do povo haitiano, e assim como o futebol brasileiro tornar-se um fenômeno neste país caribenho. Prova disso são as palavas de um pai de aluno em um dos encontros de responsáveis do projeto. Segundo ele, hoje as crianças de Bel-Air não sabem fazer outra coisa senão ficar com as pernas para o ar brincando de capoeira.

Com um grupo bastante coeso e diversas apresentações realizadas, o projeto caminha, ou ginga, embalados ao contagiante som do berimbau em direção à um futuro melhor.

 

Mais informações no blog: http://flaviosaudade.wordpress.com

Para vídeos no youtube basta pesquisar por: Gingando pela Paz no Haiti.

Flávio Saudade 
Coordonnateur Sport  
Coordonnateur Projet Gingando pela Paz 
www.vivario.org.br
Blog: http://flaviosaudade.wordpress.com

Leave a comment
Mais Artigos
comentários
Comentário

seven − 1 =