Roda de Capoeira e Ofício dos Mestres de Capoeira
14 Jul 2008

Roda de Capoeira e Ofício dos Mestres de Capoeira

Roda de Capoeira poderá ser reconhecida como Patrimônio Cultural brasileiro A prática e o conhecimento da manifestação devem ser reconhecidos como Patrimônio

14 Jul 2008

Roda de Capoeira poderá ser reconhecida como Patrimônio Cultural brasileiro
A prática e o conhecimento da manifestação devem ser reconhecidos como Patrimônio Cultural brasileiro

A Capoeira, arte que já sofreu intensa perseguição no Brasil, é a próxima manifestação candidata a Patrimônio Cultural brasileiro. O pedido de registro será apreciado pelo Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) na reunião do dia 15 de julho, no Palácio Rio Branco, em Salvador.

A proposta prevê o registro da Roda de Capoeira, caracterizada como elemento estruturador e fundamental dessa manifestação, no Livro das Formas de Expressão. O processo de registro inclui, também, a inscrição do Ofício dos Mestres de Capoeira no Livro de Saberes.

Responsáveis pela divulgação desta atividade em mais de 150 países, os mestres terão, provavelmente, sua habilidade de ensino reconhecida. Cerca de 20 grupos baianos de Capoeira, juntamente com outros do Rio de Janeiro e do Recife, estarão em frente ao Palácio, se apresentando e aguardando o resultado da reunião.

Às 19h30, no Teatro Castro Alves, será aberta a exposição Na Roda da Capoeira, produzida a partir do inventário de referência cultural, realizado entre 2006 e 2007, para o registro da manifestação como Bem Cultural de Natureza Imaterial. Pinturas, esculturas em barro, instrumentos musicais, xilogravuras e folhetos de cordel compõem a mostra, que retrata o universo da Capoeira.

Em seguida, no mesmo local, haverá um grande evento em homenagem à Capoeira, oferecido pelo Ministério da Cultura, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Fundação Cultural Palmares e pelo Governo do Estado da Bahia. Já estão confirmadas as apresentações de Roberto Mendes e Marienne de Castro, baianos do Recôncavo, dos percussionistas Naná Vasconcelos, Wilson Café e Ramiro Musotto, além do mestre capoeirista Lourimbau.

Programação

15h – Palácio Rio Branco – Praça Tomé de Sousa, s/ nº, Centro

* Reunião do Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural do Iphan/MinC, no Salão dos Espelhos
* Apresentação de grupos de Capoeira, em frente ao Palácio Rio Branco

19h30 – Teatro Castro Alves – Praça 2 de Julho, s/ nº, Campo Grande

* Abertura da exposição Na Roda da Capoeira
* Apresentações de Roberto Mendes, Naná Vasconcelos, Wilson Café, Ramiro Musotto e Mestre Lourimbau, no Teatro Castro Alves

Informações à Imprensa

Assessoria de Comunicação do Iphan: (61) 3326-8014/6864 e ascom@iphan.gov.br, com Helena Brandi ou Carine Almeida.

Assessoria de Comunicação do MinC: (61) 3316-2240/2205 e redacao@minc.gov.br, com Márcio Bueno ou Carol Lobo.

* Publicado por Comunicação Social/MinC – http://www.cultura.gov.br/site/2008/07/10/aviso-de-pauta-32/

Leave a comment
Mais Artigos
comentários
Comentário

5 + 19 =