Seminário Internacional de Capoeiragem Acontece em Salvador e Santo Amaro da Purificação
06 Out 2011

Seminário Internacional de Capoeiragem Acontece em Salvador e Santo Amaro da Purificação

Evento, que receberá capoeiristas do Brasil, Bélgica e Suíça, lança campanha pela preservação da Lagoa do Abaeté A Associação Cultural Camugerê Capoeira

06 Out 2011

Evento, que receberá capoeiristas do Brasil, Bélgica e Suíça, lança campanha pela preservação da Lagoa do Abaeté

A Associação Cultural Camugerê Capoeira promove, de 19 a 23 de outubro, o III Seminário Internacional de Capoeiragem. Este ano, o evento homenageará antigos mestres da capoeira e personalidades culturais do bairro de Itapuã, e contará com a presença de capoeiristas do Brasil, da Bélgica e da Suíça. Além das oficinas, apresentações culturais, e doação de sangue, que já são realizadas anualmente, o Seminário lançará uma campanha pela preservação do Parque Metropolitano do Abaeté.

A programação do evento se inicia no dia 19 (quarta), às 10h, com a tradicional doação de sangue de capoeiristas ao Hemocentro da Bahia (Hemoba), na Av. Vasco da Gama. O ato já acontece há 9 anos, e é uma forma de incentivar a doação de sangue durante todo o ano. Mestre Tosta, responsável pelo grupo de capoeira, comenta que “a campanha faz parte da preocupação do Camugerê em fazer o trabalho de conscientização sobre a saúde, e tem ajudado a comunidade de Itapuã a se interessar pela causa e, é claro, também ajuda a aumentar o estoque do banco de sangue”.

A mesa redonda “A importância da Figura do Mestre como orientador e educador” acontece no dia 20 (quinta), às 19h, na Sede do Camugerê, em Itapuã, com a presença de grandes mestres de capoeira da Bahia e de todo o Brasil. O debate tem como objetivo valorizar o trabalho dos mestres, responsáveis não só pelo ensino e manutenção da tradição da capoeira, como também pela formação ética, intelectual, e de vida de seus discípulos.

No dia 21, a partir das 18h30, no largo da Cira, haverá uma cerimônia de formatura, com apresentação das Ganhadeiras de Itapuã, homenagem a personalidades do bairro, como Cira do Acarajé, , o artista plástico Sante Scaldaferri, o puxador de rede Mafia, o músico Nengo, o pescador Pai Vei, Jocélio Araújo, do grupo afro Malê de Balê, Amadeu Alves, gestor da Casa da Música, entre outros.

A cerimônia promete relembrar os velhos tempos de capoeiragem da Bahia. Para isso, discípulos do Mestre Bimba e do Mestre Valdemar, como Mestre Itapoan, Mestre Flecha, Mestre Olavo, Mestre Montenegro, Mestre Salário Mínimo, Mestre Lázaro, Mestre Zé Dário, e Mestre Dedé também receberão homenagem. 

No sábado (22), pela manhã, será lançada a campanha ambiental pela preservação do Parque Metropolitano do Abaeté, com um abraço simbólico à lagoa, e a plantação de mudas nativas. Mestre Tosta, que frequenta a lagoa do Abaeté há 20 anos, observa que “cada vez mais, a degradação do meio ambiente na área avança. Nossa intenção é sensibilizar as pessoas para tomar uma atitude em relação ao nosso patrimônio ambiental, para que daqui a 20 anos, um jovem possa dizer que plantou aquela árvore quando criança, e ajudou a preserva a lagoa”.

No mesmo dia, pela tarde, a programação segue em Santo Amaro da Purificação, no recôncavo baiano, onde serão realizadas oficinas de Maculelê e Samba de Roda. No dia 22 (domingo), haverá festa de confraternização com apresentação de Samba de Viola na mesma cidade.

Durante a semana, também serão realizadas oficinas de capoeira, de instrumentos, além de rodas. Toda programação é gratuita e aberta ao público. A programação completa e outras informações estão no blog http://seminariocapoeiragem.blogspot.com

Camugerê Capoeira

Após 10 anos de trabalhos desenvolvidos com capoeira, o Mestre Hamilton Tosta fundou, em 2002, a Associação Cultural Camugerê Capoeira. O grupo é filiado à Federação Baiana de Capoeira e a Associação Brasileira de Professores de Capoeira. O Mestre Tosta, licenciado em Educação Física pela Universidade Católica do Salvador, criou a Associação com o objetivo de divulgar e elevar os ensinamentos socio-culturais desta arte, utilizando a capoeira como mais uma ferramenta de educação.

A Associação Camugerê já formou 18 profissionais, que desenvolvem trabalhos em mais de 20 escolas da rede pública e particular de ensino, além de realizar aulas em academias e condomínios, em Salvador e Região Metropolitana. Entre os professores formados, jovens que já estão desenvolvendo trabalhos em São Paulo, Alagoas, Espanha, Bélgica e Suíça.

A Associação mantém, também, o projeto social GINGA MENINO, onde atendem mais 100 crianças no bairro de Itapuã. Essas crianças não têm custo algum para fazer as atividades, ganhando inclusive o uniforme de treino. A única obrigação exigida pela Associação para participação nas atividades é que estejam estudando. 

O projeto GINGA MENINO tem o objetivo de educar crianças e jovens em situação de risco pessoal e social. O Camugerê desenvolve atividades em comunidades de baixa renda, utilizando a capoeira, o maculelê, o samba de roda, a puxada de rede, a dança afro, entre outras manifestações, como ferramenta de educação. 

III Seminário Internacional de Capoeiragem

Data: 19 a 23 de outubro de 2011
Mais informações: http://seminariocapoeiragem.blogspot.com
Ingressos: gratuito
Mais informações: Mestre Tosta 8725-1013 tostacamugere@hotmail.com / Cambuí Produções (71) 8606-3042 contato@cambuiproducoes.com

Leave a comment
Mais Artigos
comentários
Comentário

3 × quatro =