Capoeira apresentada para Turistas no PAN 2007
18 Jul 2007

Capoeira apresentada para Turistas no PAN 2007

MTur apresenta atrações culturais ao turista do Pan  Mais de 100 mil pessoas visitaram a Praça das Medalhas, em Copacabana, no primeiro

18 Jul 2007
MTur apresenta atrações culturais ao turista do Pan 
Mais de 100 mil pessoas visitaram a Praça das Medalhas, em Copacabana, no primeiro final de semana dos Jogos Pan-americanos, atraídos pela programação cultural das regiões brasileiras.  Turistas e cariocas tiveram a oportunidade de assistir a apresentações de grupos locais de capoeira; de Boi-Bumbá, vindo especialmente do Amazonas e representando o festival folclórico de Parintins, e o conjunto de forró Naurêa, formado por nove músicos de Sergipe.  A Praça é uma realização do Ministério do Turismo em parceria com o CO-Rio e apoio da Prefeitura do Rio de Janeiro.
 
Na apresentação de capoeira, com músicas típicas, alunos do Rio de Janeiro representaram vários mestres locais. O presidente da Confederação Brasileira de Capoeira, Gersonilto Heleno de Sousa, disse que é importante a participação na Praça das Medalhas para divulgar o esporte, já reconhecido pelo Comitê Olímpico Brasileiro. No Brasil, a Confederação estima em seis milhões o número de praticantes e onze milhões nos 116 países onde há praticantes. A capoeira também está organizada em 64 países.
"A capoeira é patrimônio cultural brasileiro e agora pretendemos que seja reconhecida pela Organização Desportiva Pan-americana (Odepa). Aqui no País, vamos participar do projeto Ginga Brasil, para levar o esporte às comunidades carentes. A capoeira ajuda a divulgar o turismo brasileiro, porque é esporte, é cultura e é social", afirmou Mestre Neguinho, como Gersonilto é conhecido.
O grupo Boi-Bumbá, de Parintins (AM), fez uma apresentação plural, pois cantou músicas dos blocos "Caprichoso" e "Garantido", conhecidos pela rivalidade no maior festival de música da Amazônia.  Há doze anos no grupo, o vocalista Prince afirmou que a experiência de cantar na Praça das Medalhas foi emocionante, pela participação do público, e interessante, por mostrar as toadas e o ritmo da música regional que representa a Amazônia, um dos destinos mais procurados por brasileiros e estrangeiros.
 
O show do grupo sergipano de forró Naurêa – "na orelha" -, foi bastante aplaudido pelo público. O vocalista Márcio de Dona Litinha contou que o grupo mescla três elementos do forró – a zabumba, o triângulo e a sanfona – mais três elementos do samba – o cavaquinho, o surdo e a percussão, além dos acordes da guitarra e do baixo. O conjunto "Cantos do Brasil" também animou a festa do primeiro dia de homenagens da Praça da Medalha. Nesta segunda-feira (16/07), os grupos de capoeira, o grupo "Boi Bumba" e o conjunto "Naurêa" voltam a se apresentar.
 
Fonte: Mesrcado e Eventos – http://www.mercadoeeventos.com.br

Leave a comment
Mais Artigos
comentários
Comentário

one × 2 =