Capoeira é oferecida de graça aos moradores do Guará
08 Out 2007

Capoeira é oferecida de graça aos moradores do Guará

Quem sonha em jogar capoeira, mas está com o orçamento apertado tem a chance de aprender, de graça, essa luta. O grupo

08 Out 2007
Quem sonha em jogar capoeira, mas está com o orçamento apertado tem a chance de aprender, de graça, essa luta. O grupo N´Golo oferece aulas em cinco pontos do Distrito Federal: Centro Educacional 02 e Escola Classe 01, no Guará, Condomínio Residencial Park, na mesma cidade, Universidade Católica, em Taguatinga e Faculdade Alvorada, na Asa Norte.
 
A equipe do Você Repórter esteve no Guará no último fim de semana e pôde acompanhar uma apresentação do grupo. No primeiro domingo de cada mês os integrantes do N´Golo se apresentam no Arco da Cultura, ao lado da feira da cidade.
 
De acordo com o professor Igor Araújo, o objetivo é fazer uma confraternização entre os alunos e divulgar o trabalho para quem desconhece. "Queremos mostrar que tem pessoas de todas as idades aqui. Quem quiser pode se juntar a nós", conta.
 
Ao longo da apresentação, uma multidão de curiosos foi se formando no local. Entre eles estava o pequeno Gabriel Ferreira, de 7 anos. O garoto passeava pela Feira do Guará quando se sentiu atraído pelo som dos berimbaus.
 
Diversão
 
"Quero fazer essa aula porque é divertido e dá pra aprender muita coisa", comenta. Igor concorda: segundo ele, aprendizado é o que não falta na capoeira. "Além de tudo, os jovens aprendem, aqui, a ter disciplina. Eles percebem que existe a hora certa para jogar e que há uma hierarquia dentro do grupo", diz.
 
Além da disciplina, outro ponto forte do N’Golo é a união entre seus integrantes. Para a estudante Camila Alves, 17 anos, os amigos da capoeira são a segunda família. "A amizade é o que mais me admira no grupo. Sei que posso contar com todo mundo", destaca. Durante muitos anos, ela foi proibida pelo pai de aprender a luta. "Ele tinha preconceito, achava que era coisa de menino", diz. Mas, ao completar 16 anos, achou que era hora de lutar pelos seus direitos. Resultado: há 1 ano e 3 meses, a garota trocou o balé pela capoeira. "Estou adorando as aulas. Se a pessoa leva a sério, dá para ficar em forma".
 
Apoio
 
Para fazer as apresentações mensais, o N´Golo recebe apoio da Administração do Guará, que sede espaço sem cobrar nada por isso. O diretor regional de cultura Adilson Cordeiro opina que, além de trazer cultura para a cidade, esse tipo de apresentação ajuda a chamar clientes para a feira.
 
Ele acrescenta que, para dar mais incentivos a grupos que queiram se apresentar, a administração pretende fazer a reforma de todo o Arco da Cultura. "Já estamos trabalhando no projeto, que deve sair até o ano que vem", afirma.
 
 
Grupo N´Golo – Aulas gratuitas de capoeira em diferentes turnos. 
Inscrições e outras informações com mestre Igor, pelo telefone 8155-3106
 
Fonte: clicabrasilia.com.br – Brasília, DF, BR
Foto: Antônio Siqueira

Leave a comment
Mais Artigos
comentários
Comentário

13 − 6 =