Política, Cooperação, Instituição & CAPOEIRA
30 Nov 2006

Política, Cooperação, Instituição & CAPOEIRA

Nas últimas semanas muito tem se falado sobre capoeira como um bem cultural de extrema importância para o nosso País (isto é

30 Nov 2006

Nas últimas semanas muito tem se falado sobre capoeira como um bem cultural de extrema importância para o nosso País (isto é fato!), tem se falado sobre as ações governamentais, dentre elas o Projeto Capoeira Viva, que saiu para o “jogo” através de duas vertentes: 

  • Chamada pública, que beneficiou diversos projetos que abordam o desenvolvimento, pesquisa, divulgação e criação de acervos, etc… (ver matéria com o RESULTADO DO PROJETO CAPOEIRA VIVA).
  • Conselho de Mestres e Academia de Mestres:  Os mestres escolhidos, por sua história de vida, sua participação na preservação da capoeira, na formação de outros mestres e importância regional, recebem bolsas de estudo para que, através de oficinas e palestras, possam dar seus depoimentos, subsidiando estudos e publicações futuras sobre a capoeira

Estamos vivendo um momento de extrema importância dentro do universo da capoeiragem, visto que as instituições governamentais, assim como entidades e empresas privadas começam a apostar na CAPOEIRA.
 
Podemos ainda refletir sobre a inclusão da nossa “arte luta” nas instituições de ensino formal e por que não refletirmos também sobre a crescente “esportização”, os campeonatos e até os “figths” de “capoeira” a lista é extensa assim como é complexa e multifacetada a nossa capoeira.
 
No Acre, representantes de entidades, empresas, secretarias e pessoas que incentivam a prática da capoeira, receberam um certificado – como forma de reconhecimento ao apoio cedido aos projetos de extensão da modalidade.
 
No Rio de Janeiro, o Museu da República e o Acervo Cultural de Capoeira "Artur Emídio de Oliveira" da EEFD-UFRJ fortalecem o time da capoeira.
 
Em Brasília, Mestre Gilvan organizou o ENCA, Encontro Nacional de Capoeira, que já vem em sua 16ª edição e vem ano após ano colhendo bons frutos.
 
No Norte do Brasil, aconteceu a I Semana de Capoeira da Amazônia e o III   Encontro Internacional Ecológico de Capoeira do Amazonas. Ambos os eventos trataram de questões importantes para a nossa capoeira, o primeiro discutiu as praticas culturais e os saberes no contexto das politicas publicas (fica aqui o comentário sobre um outro importante evento, o SENECA, que aconteceu no Sul do País, onde também foi abordado o tema "Políticas Públicas.) O segundo evento, sobre a supervisão de Mestre Squisito, tratou de assuntos importantes, tais como a "capoeira, o eco-turismo e a ecologia" inseridos em uma região de infinitas possibilidades.
 
No Sul, o MIC – Mosaico Integrado de Capoeira e a Semana Municipal de Capoeira de Porto Alegre surpreendem pela integração e colaboração inter-grupos.

Recentemente na Bahia, aconteceu um encontro muito importante onde grandes nomes da “Velha Guarda” participaram e compartilharam seus conhecimentos, numa iniciativa do Forte da Capoeira em Parceria com a ABCA.

No Brasil e no mundo, fervilham atividades, eventos, encontros, seminários, etc… (vejam: Agenda de Eventos do Portal Capoeira). Toda esta demanda, esta oferta de atividades está gerando um movimento de difusão e fortificação muito interessante a nível mundial.

O momento é positivo, a expectativa é grande mais é preciso “pisar devagarinho…”
Construir um alicerce sólido e confiável é uma missão dura, mas não impossível, que cabe a cada um de nós, mas que já vem de muito tempo atrás…
 
Devemos todos abraçar este desejo e este momento, “gingando” no ritmo da cooperação e cidadania somando sempre dentro de um espírito de união para fortalecermos ainda mais a nossa capoeira!

 

Leave a comment
Mais Artigos
comentários
Comentário

sete + 5 =