Portugal – Carta de Repúdia: Grupo Muzenza de Capoeira.
20 Nov 2015

Portugal – Carta de Repúdia: Grupo Muzenza de Capoeira.

COMUNICADO: Posição Oficial do Grupo Muzenza de Capoeira: Braga: Professor de artes marciais preso por pedofilia Exmos. Senhores,   O Grupo Muzenza de

20 Nov 2015

COMUNICADO: Posição Oficial do Grupo Muzenza de Capoeira: Braga: Professor de artes marciais preso por pedofilia

Exmos. Senhores,
 
O Grupo Muzenza de Capoeira (GMC) vem, por este meio, solicitar que o V. órgão de comunicação social, portalcapoeira.com, faça uma alteração na notícia supracitada, no que diz respeito ao nome da pessoa visada e do bom nome do GMC.
Conforme a notícia menciona, Fabiano Pedro era professor de artes marciais (incluindo capoeira) e conhecido no meio como “Binho”Lecionava aulas de capoeira nas regiões de Braga e Vila Verde, com o grau de Instrutor, pelo GMC. No entanto, o GMC repudia quaisquer tipos de abusos e maus tratos a crianças e mulheres, pelo que, tendo tido conhecimento do processo judicial em questão, no passado dia 21 de agosto de 2015, a presidência do GMC, através do seu presidente, Antônio Carlos de Menezes (Mestre Burguês), decidiu afastar de imediato o referido Instrutor de qualquer ligação com o GMC, em comunicado oficial, “ficando o mesmo impedido de responder, publicitar, ou divulgar qualquer imagem que vincule o GMC ao caso”.
O GMC tem mais de 40 anos de existência, atua em mais de 40 países e os seus profissionais desenvolvem trabalhos com todo o tipo de pessoas, sem preconceitos de idade, raça, credo, classe social ou posição política. A presidência do GMC procura ainda zelar sempre pela boa conduta dos seus profissionais e acompanhar o desenvolvimento do seu trabalho junto dos alunos, num processo contínuo de evolução.
A condenação prévia, bem como as mais recentes denúncias referidas na notícia só chegaram ao conhecimento do GMC no passado dia 21, pelo que a posição da presidência do Grupo e a decisão de afastamento do referido instrutor só puderam ser tomadas nesta altura.
Neste sentido, esclarecidos os factos, e de modo a que o trabalho dos restantes profissionais de capoeira no país e no mundo e a idoneidade do GMC não sejam postas em causa, solicitamos que seja feita a devida correção à notícia veiculada por este órgão de comunicação, e que, em futuras referências a este caso, não seja referido o nome do GMC. Solicitamos ainda que quaisquer imagens utilizadas para ilustrar o tema (incluindo fotografias do instrutor em causa) sejam devidamente editadas, ocultado a marca do GMC.
Certos da V. atenção para este assunto, agradecemos antecipadamente as devidas correções.
 
Sem mais de momento, subscrevo-me, em nome do Grupo Muzenza de Capoeira,
 
Mestre Sargento

Nota do Editor:

A matéria publicada no nosso Portal, será alterada, de acordo com a solicitação dos Mestres Burguês e Sargento, em conformidade com nossa postura e ética de trabalho… Entendemos que é fundamental para o processo, esta comunicação, e nada melhor do que trabalhar em parceria, com respeito e transparência… 
Deve ficar claro que a matéria aqui referida, foi largamente divulgada na mídia Impressa e Digital Portuguesa,com um certo nível de relevância que até ocupou uma página inteira do Jornal de Notícias. Esta matéria, foi vinculada no Portal Capoeira, seguindo a lógica e a ética de qualquer publicação… foi citada a fonte, assim como foi inserido um link para o artigo original, tivemos o cuidado de alterar a imagem original da publicação que continha uma referência visual muito forte ao Grupo Muzenza.
Fica ainda um “chamado de atenção” ou uma dica… Os grupos e Associações deveriam ter uma atenção especial, principalmente nas redes sociais a utilização de alcunhas ou apelidos ligados diretamente ao nome do Grupo.
Nosso compromisso esta em informar nossa comunidade, sem levantar bandeiras…nos últimos 10 anos o Portal Capoeira se firmou como um dos principais meios de comunicação especializados na nossa capoeiragem e em suas manifestações correlatas… tendo uma média diária de cerca de 5.000 visitantes e uma vasta rede social conectada, onde contamos com mais de 13.000 seguidores…
Luciano Milani
Leave a comment
Mais Artigos
comentários
Comentário

dois × 2 =