06 Fev 2005

Aviso

Segundo Waldeloir Rego, Mestre Canjiquinha (Washington Bruno da Silva) usava um toque chamado de “Aviso”, que seu mestre Aberrê dizia ser tocado

06 Fev 2005

Segundo Waldeloir Rego, Mestre Canjiquinha (Washington Bruno da Silva) usava um toque chamado de “Aviso”, que seu mestre Aberrê dizia ser tocado por um observador, um tocador que ficava num oiteiro, vigiando a presença do senhor de engenho, capitão do mato ou a polícia. Tão logo era sentida a presença de um deles, os capoeiristas eram avisados por meio desse toque. Em nossos dias, o comum a todos os capoeiras é o toque chamado “Cavalaria”, usado para denunciar a presença da polícia montada, do conhecido Esquadrão de Cavalaria, cuja grande atuação na Bahia ocorreu no tempo do chefe de polícia chamado Pedrito (Pedro de Azevedo Gordilho), que perseguia candomblés e capoeiristas, passando para o folclore, através da imaginação popular, em cantigas como: Toca o pandeiro Sacuda o caxixi Anda depressa Qui Pedrito evém aí.

« Back to Glossary Index
Leave a comment
Mais Artigos
comentários
Comentário

11 + quinze =

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.