Cultura: Florianópolis e Biguaçu celebram a herança africana na região, durante a semana
20 Nov 2007

Cultura: Florianópolis e Biguaçu celebram a herança africana na região, durante a semana

A Semana Municipal da Cultura Negra – Akomabu, que acontece de 16 a 24 de novembro, promove atividades diversas com o propósito

20 Nov 2007

A Semana Municipal da Cultura Negra – Akomabu, que acontece de 16 a 24 de novembro, promove atividades diversas com o propósito de preservar e difundir as contribuições da população negra dentro dos aspectos políticos, econômicos e cultural de nossa história.

A programação iniciou no sábado (17), às 9h30, com a concentração dos grupos culturais no vão do mercado público, Centro da Capital.

O evento presta um tributo à figura de Zumbi, morto em 20 de novembro de 1695 ao lutar pela liberdade do seu povo.

Os objetivos são dar visibilidade à agenda do movimento negro e a entidades que atuam no combate ao racismo; difundir todas as formas de manifestações culturais afro-brasileiras; e buscar conscientizar que a consciência negra não está restrita a somente uma semana de comemorações.

Pretende-se chamar a atenção para a importância de se ter uma visão que leve realmente em consideração a participação de negros e negras em nossa sociedade.

Segundo o IBGE, 12% da população catarinense é negra – cerca de 600 mil pessoas.

Em Biguaçu, a 4ª Semana Afro-Biguaçuense, iniciada na sexta-feira (16), será realizada até o dia 20, com o intuito de fomentar o debate e a reflexão sobre a situação atual das populações afro-descendentes.

O evento apóia a implementação da Lei 10.639, que trata da inclusão da temática africana nos currículos escolares.

A programação inicia às 9h, com roda de capoeira na praça Nereu Ramos, no centro de Biguaçu.

Às 16h, haverá batismo e troca de graduação, no Ginásio de Esportes Nagib Calum, localizado no centro do município.

Às 20h, acontece a abertura da Semana Afro-Biguaçuense, com samba, acarajé, apresentações culturais, entre outros, no G.E.M.

Célia Lisboa dos Santos, no Morro da Boa, Centro de Biguaçu.

A programação prevê também exposição da cultura afro-descendente, oficinas, apresentações de Capoeira, puxada de rede e maculelê, exibição de filmes aos estudantes das escolas e debates sobre ações afirmativas e políticas contra o preconceito.

Segundo o Secretário Municipal da Cultura, Esporte, Turismo e Lazer, Afonso José dos Santos Filhos, ‘as atividades não são somente uma celebração do ícone brasileiro Zumbi dos Palmares, mas também um estímulo a debates sobre a situação atual do negro na sociedade’.

Fonte: Redação Notícias do Dia – http://www.redesc.com

rodrigo@jornalnoticiasdodia.com.br

Leave a comment
Mais Artigos
comentários
Comentário

four − one =