Blog

bigodinho

Vendo Artigos etiquetados em: bigodinho

Mestre Bigodinho: Capoeira não se faz, se joga !

Mestre Bigodinho, batizado como Reinaldo Santana, nasceu em Conceição de Feira, no ano de 1933, mas foi no Acupe – distrito de Santo Amaro que se criou em meio a efervecência cultural do Recôncavo, onde também teve as primeiras lições na capoeiragem. Já rapaz, se mudou em 1950 para Salvador, onde logo conheceu Auvelino, mestre de Berimbau que o acolheu e ensinou os segredos da arte desse instrumento, que acabou tornando mestre Bigodinho famoso.

Mas não foi só tocando berimbau que Bigodinho encantava a todos, não ! Durante mais de 25 anos Bigodinho frequentou o famoso Barracão de Mestre Valdemar da Paixão, tempo em que, segundo ele, “menino e mulher não jogavam”. Conviveu com capoeiras famosos como Traíra, Zacarias, e tantos outros que frequentavam o Barracão, sendo ele também um dos capoeiras mais respeitados do lugar. Excelente cantor e compositor, ficou conhecido também pela forma muito particular de entoar as ladainhas e corridos que compunha.

Coordenou na década de 1960 o Grupo Resistência, no bairro da Lapinha, em Salvador. Sempre dizia que ele era do tempo em que polícia reprimia as rodas e ameaçava: “pare, senão eu furo o pandeiro e quebro o berimbau !”. Chegou a integrar também o Grupo Folclórico “Viva Bahia”, coordenado por Emília Biancardi, que teve importância na divulgação da capoeira pelo Brasil e também pelo mundo. Se tornou mestre em 1968.

Bigodinho se afastou da capoeira na década de 1970, ficando um longo período inativo. Voltou à cena somente na década de 1990, por influência de seu amigo Lua Rasta. Segundo o pesquisador Frede Abreu, mestre Bigodinho teve grande importância no processo de revitalização da Capoeira Angola nos anos 70/80, pelo conhecimento que possuía. Diz Frede que “ele conheceu e conviveu com muitos mestres antigos e sabia das coisas”.

Em 2007 aconteceu o “Tributo à Mestre Bigodinho”, uma iniciativa de seu amigo, o mestre Lua Rasta, que junto com o seu “bando anunciador”, formado por capoeiristas de todas as linhagens, fez das ruas do Acupe uma grande festa a céu aberto. Uma justa homenagem em vida que teve até registro em vídeo – o documentário com o mesmo nome, dirigido por Gabriela Barreto, onde pode-se ver a alegria de Mestre Bigodinho desfilando pelas ruas do lugar, sendo aclamado e reconhecido por todos ali presentes.

Bigodinho gravou um CD, juntamente com Mestre Boca Rica, que mostra um pouco do seu talento de cantor e compositor não só de músicas de capoeira, como também de samba-de-roda, outra paixão de Bigodinho, que era considerado também um exímio sambista. Era um boêmio nato, diziam seus amigos mais próximos.

Com sua perspicácia, dizia Bigodinho que a capoeira “é uma farmácia: está com dor na perna, no músculo…então você dá uns pulo de capoeira com a rapaziada, quando você volta já volta bom, aquela dor já saiu tudo”.

Morreu na Santa Casa de Misericórdia de Santo Amaro, mesmo local onde morreu o famoso Besouro Mangangá. Foi num dia cinzento, 5 de abril de 2011, data de aniversário de outro grande personagem da capoeira: Mestre Pastinha.

Para o Mestre Bigodinho: “ A capoeira não se faz, capoeira se joga. A capoeira é vadiagem, é o lazer que tinha dia de domingo…é jogo, é mandinga, é magia” !

I DEUTSCHE CAPOEIRA TURNIER

A meta deste evento, é divulgar a Capoeira ainda mais aqui no pais da  alemanha, porico se chama Tournee por que realizaremos varias etapas por toda a alemanha. Sendo a primeira em Hamburg e as outras em Köln, Berlim, wofsburg e Achen. hoje este esporte é práticado por  mais de 160 paises, com a estimativa de 05% dos praticantes sao idosos, 35% criancas e 60% sao jovens e adolecentes. A capoeira atualmente esta sendo uma valiosa ferramenta para todo mundo, como educacao, esporte e cultura especialmente como acao social. A  capoeira esta sendo práticada em academias, escolas, associacoes, presidios e universidades, sem nem um preconceito social, de raça ou de cor.

 

Nosso objetivo é realizar o 1° DEUTSCHE CAPOEIRA TURNIER, com o apoio da TSG Bergedorf Hamburg e do grupo Internacional capoeira vip na supervisao de Mestre Bigodinho. O evento contará com a presenca dos práticantes de capoeira da alemanha.

 

Como será realizado:

Todo o evento será aplicado com atividades da Capoeira, Averá shows de acrobacias, danza, musicalidade e competicao de capoeira, Tambem Será realizado um workshop gratutito de capoeira especialmente para  os leigos, no intuit de conquistar novos alunos, tambem averá um workshop aberto para quem já prática capoeira no intuit de engrandecer o conhecimento dos mesmos.E por fim realizaremos um competicao de capoeira com normas e regras elaboradas por mestre bigodinho no intuito de oferecer uma opcao a mais para os capoeiristas continuarem a treinar forte, tambem fazer de tres em tres meses o mesmo encontro para integrar com socialismo e ao mesmo tempo construer uma cidadania entre os praticantes mostrando os valores pessoais e nao de grupo.

 

Quando será realizado:

A primeira etápa está programado para  ser na cidade de Hamburg alemanha nos dias 04, 05 e 06 de novembro de 2011.

 

BRASIL E ALMANHA, UNIDOS PELA ARTE DA CAPOEIRA

 

WORKSHOP E CAMPEONATO

NOVEMBER 04, 05 e 06 de 2011 Aulas com:

Mestre Bigodinho (ritmos e músicas com técnicas)

Mestre Bailarino (técnicas da capoeira)

Mestrando Moreno (aula para leigos)

Professor Fumaca e Instrutor Zoreia (acrobacias e floreios)

 

 

Programacao:

Dia 04  (Freitag)

Am 18.00 bis 19.30  (Treino aberto).

Am 19:30 bis 21.00  (Roda aberta).

Am 22:00 bis 23.30  ( cinema familiar).

 

Dia 05 (Samstag)

Am 08.30  – Café da manha

Am 09.30  – Palestra  (importancia da educacao fisica na capoeira).

Am 10:00  – Técnicas de  entrada e finalizacao com quedas. ( mestre bigodinho)

Am 11.00  – técnicas de benguela, regional e S.G.A. (30 min de roda) (Mestre Mailarino, Prof. Fumaca)

Am 12.30  – Roda todos juntos

 

Am 13.00  – (pause para comer)

 

Am 14.00  – aula de coliografia de maculelê com ritmo e cantigas  no final roda    ( Mestre Bailarino, instructor zoreira, Professor Fumaca)

–  aula de iniciantes  para leigos    ( Mestrando Moreno)

–  preparação dos atletas para as competicoes   (Mestre Bigodinho)

 

Am 15.30                   – campeonato  (e roda aberta no final)

 

Am 20.00  – jantar ( após o jantar paty livre pela cidade de Bergedorf)

 

Dia 06 (Sonntag)

Am 09.00  – café da manha

Am 10.00  -workshop de roda (postura, comportamento, deveres, com Roda de benguela, regional e S.G.de A).

Am  13.00 – Diversao geral  (futebol, piscina  ou passeio livre)

 

 

 

Info: 0177 870 22 81 –   MESTRE BIGODINHO www.capoeiravip.eu

 

Iniciativa: grupo internacional capoeira vip

Organização geral: Mestre Bigodinho

Support: TSG BERGEDORF

Realização: praticantes de capoeira da Alemanha

Nota de Falecimento: Mestre Bigodinho

Morre um dos maiores representantes da cultura popular da Bahia.

Morreu, nesta terça-feira (05/04/11), no hospital  em Santo Amaro, Mestre Bigodinho, conhecido por seu trabalho na capoeira, um Mestre conceituado

O enterro será realizado na Quinta dos Lazaros.

O mestre nos deixa a lembrança da importância de se valorizar e se reconhecer os constituintes da nossa cultura popular enquanto vivos.

Mestre Bigodinho

Reinaldo Santana – Mestre Bigodinho, Exímio cantador e tocador de berimbau, nascido em 13 de setembro de 1933 na cidade de Santo Amaro, na Bahia, começou na capoeira em 1950 com Mestre Waldemar Rodrigues da Paixão, permanecendo até 1970, onde se afastou devido a repressão e discriminação sofrida na época.

Em 1997, incentivado por seu amigo – o Mestre Lua Rasta, retornou ao convívio da capoeira, para a satisfação de todos que admiram essa nobre arte.

Mestre Bigodinho reside atualmente em Salvador/BA e viaja por todo o mundo levando seu conhecimento e amor pela capoeira.

 

“A Capoeira é uma defesa pessoal e cada qual se defende como pode na hora da necessidade. A capoeira não é valentia”.

“Faça pouco bem feito do que muito mal feito”.

 

Nossos mais sinceros pesames a todos os “membros da familia Santana” e nossa singela homenagem a um dos mais conceituados e respeitados mestres da nossa capoeiragem… Um cantador de timbre único e entoação ímpar… Muita paz para continuar gingando nesta “eterna roda da vida”.

Portal Capoeira


Bahia: Mestre Bigodinho e Ação Solidária

Mestre Bigodinho está se recuperando de uma fratura na perna e está impedido de se locomover e, consequentemente, de trabalhar.
Por isso, queremos formar uma corrente pra poder ajudá-lo nesse momento.
Se cada um que entende o valor do Mestre fizer um pouquinho, acho que poderemos ‘amaciar’ este momento que ele vive. 

As seguintes ações podem gerar bons frutos:

– Promover em seu grupo/espaço algum evento (roda, oficina, sessão de filme, festa, feijoada) que possa arrecadar algum dinheiro para reverter ao Mestre;
– Comprar o cd (unidade ou caixa) de Mestre Waldemar que tem como responsável o Teimosia que propõe doar a renda das vendas para o Mestre.


E-mail para pedidos de cds : cdmestrewaldemar@gmail.com
– Comprar o dvd “Tributo ao Mestre Bigodinho” atravês do Atelier de Mestre Lua Rasta. A renda das vendas também é revertida para o Mestre.
E-mail para pedidos de dvds : atelierlua@hotmail.com

– Fazer visitas ao Mestre, pois se sentir sozinho em um momento como este é muito ruim.

O contato do Mestre é feito atravês de sua filha Joanice no telefone : (71) 3257 98 05 ou 8854 56 80

O CD “MESTRE WALDEMAR, EU CANTEI A CAPOEIRA” contém gravações do grande mestre da Pero Vaz e alunos, no ano de 1951.
À época, foram realizadas pelo pesquisador americano Anthony Leeds e descobertas na Universidade de Indiana, EUA. 
Contém ainda gravações e depoimentos do mestre, oriundas de uma roda na casa do Mestre Itapoan em comemoraçãoao aniversário de Mestre Paulo dos Anjos (1989).

O DVD “TRIBUTO A MESTRE BIGODINHO” intercala trechos dos depoimentos de M.Bigodinho com imagens da rica cultura de Acupe no Recôncavo baiano : o Bando
Anunciador, Burrinha, Negôs fugidos, Samba de roda, Maculêlê e Capoeira se unem em homenagem ao velho Mestre. Com inumeras intervenções, o calderão cultural encanta 
as ruas de Acupe.


É, mais uma vez, preocupante o que acontece com os mestres de capoeira no Brasil. Enquanto mil processos, onde rios de dinheiro são gastos para contratação de profissionais que, muitas vezes, nem capoeiristas são para “decidir” o destino da capoeira como patrimônio histórico, nossos verdadeiros patrimônios (os guardiões da cultura como os intelectuais mesmo gostam de chamar) estão aí sem apoio, sem qualquer suporte do poder público em momentos como este, e que acontecem a todo instante. 
Cabe aos capoeiristas, a galera que sente e sabe o que é o caminho de um mestre de capoeira tomar atitudes que possam, pelo menos, amenizar o sofrimento de alguém que foi capoeirista a vida toda e que agora, tem dificuldades para comprar os remédios caríssimos que lhe são receitados, manter as contas da casa em dia e até mesmo poder ser cuidado e alimentado dignamente.
Por essas e por outras, pedimos o seu apoio. E não dá pra demorar. É hora é hora. 

Entrem em contato, quem puder ajudar!


Obrigado”

Mestre Lua Rasta

Mestre Waldemar – Eu cantei a capoeira: Um projeto que deu certo!

Olá, camaradas !

 

Hoje é um dia feliz para o projeto “Mestre Waldemar – Eu cantei a capoeira” !

Encerramos oficialmente a 1a fornada, e fizemos o envio do dinheiro para o Mestre Bigodinho, através de um depósito bancário para o Mestre Lua Rasta.

No total, foram:

  • R$750,00 em mercadorias (50 CDs enviados sem custo, para o Mestre Bigodinho dispor como melhor entender)

  • R$1018,00 em dinheiro

Os demonstrativos financeiros do projeto podem ser encontrados diretamente no site: http://campodemandinga.googlepages.com/mestrewaldemarE como jacaré parado vira bolsa, iniciamos oficialmente hoje a 2a fornada !

São mais 200 CDs (pagos com parte do lucro da 1a fornada) à venda, para quem quiser ajudar e ao mesmo tempo ouvir um pouco da história da capoeira – na voz do Mestre Waldemar.

Axé, Teimosia

 

O CD “Mestre Waldemar – Eu Cantei a Capoeira” contém gravações do grande mestre da Pero Vaz e alunos, no ano de 1951. À época, foram realizadas pelo pesquisador americano Anthony Leeds e descobertas na Universidade de Indiana, EUA.

Contém ainda gravações e depoimentos do mestre,  oriundas de uma roda na casa do Mestre Itapoan em comemoração ao aniversário de Mestre Paulo dos Anjos (1989).

Agradecimentos à Comunidade Mestre Pastinha pelo apoio e esforço, e ao Mestre Burguês, por ter dado acesso às gravações de 1989.

01 – Valente Vilela (1951) – Canta M. Zacarias 02 – Todo mundo quer ser bom (1989) – Canta M. Waldemar
03 – Eu ja vivo enjoado (1989) – Canta M. Waldemar
04 – Era eu, era meu mano (1951) – Cantam M. Waldemar e M. Traíra
05 – Valente Vilela (1989) – Canta M. Waldemar
06 – Eu vim de onde não vai (1989) – Canta M. Waldemar
07 – Eu já canto há muitos anos (1989) – Cantam M. Waldemar e M. Paulo dos Anjos
08 – Toques de berimbau (1951)
09 – Igreja do bonfim (1989) – Cantam M. Waldemar e M. Paulo dos Anjos
10 – Depoimento do M. Waldemar (1989)

O CD “Mestre Waldemar – Eu Cantei a Capoeira” contém gravações do grande mestre da Pero Vaz e alunos, no ano de 1951. À época, foram realizadas pelo pesquisador americano Anthony Leeds e descobertas na Universidade de Indiana, EUA.

Contém ainda gravações e depoimentos do mestre, oriundas de uma roda na casa do Mestre Itapoan em comemoração ao aniversário de Mestre Paulo dos Anjos (1989).

O CD foi produzido a partir da iniciativa de membros da comunidade “Mestre Pastinha” (Orkut), e tem como intuito de ajudar o Mestre Bigodinho, discípulo do Mestre Waldemar.

Todo o lucro da venda será destinado ao Mestre Bigodinho.

Custo: R$15,00 + frete

Para adquirir o álbum, entre em contato com cdmestrewaldemar@gmail.com


Agradecimentos à Comunidade Mestre Pastinha pelo apoio e esforço, e ao Mestre Burguês, por ter dado acesso às gravações de 1989.

Bahia: Tributo a Mestre Bigodinho

Tributo a Mestre Bigodinho

Mestre Bigodinho, exímo cantador e tocador de berimbau, nasceu em Acupe de Santo Amaro em setembro de 1933. Ele començou na capoeira em 1950 com o Mestre Waldemar da Paixão. Nos anos 70, afastou-se devido a repressão e discriminação sofrida na epoca. Em 97, incentivado por seu amigo, o Mestre Lua Rasta, retornou ao convívio da capoeira para a satisfação de todos que admiram essa arte.
O Mestre reside atualmente em Salvador e leva seu conhecimento e amor pela capoeira a todos que se aproximam dele.

O Mestre Ivan de Santo Amaro da Associação de capoeira Netos de Angola
(ACANA) e o Ateliê Percussivo do Mestre Lua Rasta convidam a comunidade da capoeira a participar do:

Programação :

Sexta-feira, 22/08, em Salvador

10:00 : Lançamento do documentário "Memórias do Recôncavo : Besouro e outros capoeiras", de Pedro Abib, na Sala de Arte da Faculdade de Educação na UFBA com a presença das crianças capoeiristas de Santo Amaro.

15:00 : Apresentação e roda das crianças capoeiristas de Santo Amaro no Terreiro de Jesus, Pelourinho.

20:00 : Roda de rua com presença de Mestres e confraternização no Terreiro de Jesus, Pelourinho

Sábado, 23/08, em Santo Amaro

8:00 : Saída de Salvador para Santo Amaro

11:00 : Roda de Boas vindas na Praça da Matriz.

14:30 : Oficinas na Casa do Samba de Santo Amaro

– Mestre Ivan : Capoeira Angola

– Samba de Roda de Dona Nicinha

18:00 : Bate-papo no Barracão com Mestre Bigodinho e velhos mestres do Recôncavo – Roda

19:30 : Exibição do DVD doTributo ao Mestre Ferreirinha, evento realizados em 2007 em Santo Amaro

Domingo, 24/08, em Santo Amaro e Acupe

9:00 : Café coletivo no Barracão

9:40 : Saída para Acupe, cidade natal de Mestre Bigodinho

10:30 : Roda de capoeira em Acupe

11:30 : Oficina de maculelê com Mestre Adó

14:00 : Retorno para Santo Amaro

17:00 : Roda no Passeio da Matriz

18:30 : Retorno para Salvador

Inscrição:

R$ 60,00 para residentes no Brasil

R$ 100,00 para residentes no exterior

A inscrição dará direito à camisa do evento, participação nas oficinas, transporte entre Salvador, Santo Amaro e Acupe e café da manhã coletivo no domingo, 24/08.

*Atenção ! Esta taxa não cobre as despesas com alimentação e hospedagem durante as atividades realizadas em Salvador, no dia 22/08, bem como não cobre as despesas referentes a almoço e jantar em Santo Amaro. No entanto indicaremos locais parceiros para alimentação dos participantes.

Contato e informação para inscrição :

Atelier Percussivo do Mestre Lua Rasta
Rua Inacio Aciolli, no 3
Pelourinho – Salvador – Bahia

Tel : (71) 3322 67 50 – 8786 32 03

ENCONTRO CAPOEIRA BERIM BRASIL 2007

Um grande evento com participações especiais
de dois dos maiores ícones da capoeiragem da Bahia:

Mestre Boca Rica e Bigodinho

Não Perca!!!

Clique para ampliar o cartaz…

 

Dia 22/11/2007
À partir das 19:00 Vivência com:
Mestres Boca – Rica e Bigodinho da Bahia
Aula com Mestre Plínio Angoleiro Sim Sinhô.

Dia 23/11/2007
20h00 – Roda de Amigos jogando com… não contra

Dia 24/11/2007
09h00 às 12h00 – Aulas com:
Mestre Adelmo Origens do Brasil
C. Mestre Monise Berim Brasil – destaque feminino revista Praticando
Capoeira N° 39
C. Mestre Wandola Berim Brasil

13h30 às 16h45 – Aulas com:
Mestre 1° Wellington Berim Brasil
C. Mestre Paulo Renato N´Golo
Professor Busca Longe Muzenza

À partir das 18h00 – Batizado e Troca de Cordas Berim Brasil.

INVESTIMENTO:

Aulas do dia 22 à 24/11: R$30,00 (Até o dia 19/11)
No dia: R$35,00.
Com direito à camiseta.

Somente as vivencias com Mestres Boca-Rica e Bigodinho e Aula com Mestre Plinio:
R$ 15,00 (Até o dia 19/11)
No dia: R$20,00

Mais informações:


www.berimbrasil.com.br/evento2007

Contas para depósito entrar em contato nos telefones: (11) 6607.0050/6601.3123

Sampa: Aulas gratuitas de Capoeira

 Casal de alunos de Educação Física da UNIBAN é voluntário há cinco anos em Escola da zona Leste.
Os estudantes de Educação Física da UNIBAN Glauber e Priscila são voluntários há cinco anos em escola da zona Leste.
Os estudantes de Educação Física da UNIBAN Glauber e Priscila são voluntários há cinco anos em escola da zona Leste.
 

Os alunos da UNIBAN – Universidade Bandeirante Glauber Eduardo Gomes e Priscila do Amaral Basso têm mais pontos em comum do que se possa imaginar: além de estarem matriculados no mesmo curso, Educação Física – Campus Maria Cândida (MC), são marido e mulher, capoeiristas, e ainda por cima, professores voluntários deste esporte na Escola Estadual Prof. Joaquim Silvério dos Reis.

Situada na periferia da zona Leste de São Paulo, a escola é um dos núcleos de ensino da família de Capoeira Paranauê, liderada pelo mestre Bigodinho. Ministradas gratuitamente aos sábados e domingos, das 9h30 às 11h30, as aulas atendem a crianças e jovens com média de idade entre 8 e 18 anos.


Um dos núcleos de ensino da família
Paranauê fica na zona Leste de São Paulo.


Glauber, mestre Bigodinho e Priscila
fazem parte da equipe Paranauê.

O objetivo da atividade, segundo Priscila, é muito mais amplo do que apenas incentivar a prática esportiva. “Desenvolvemos a amizade entre nossos alunos, passamos princípios de cidadania e ainda trabalhamos a cultura, o folclore e a história brasileira durante as aulas”. Depois dos treinos, o casal ensaia peças teatrais ligadas à tradição da Capoeira, que são apresentadas em encontros escolares, festivais e intercâmbios.

As disciplinas curriculares precisam andar juntas com o esporte e, de acordo com Priscila, constantemente é mantido contato com os familiares. “Algumas vezes os próprios alunos se aconselham conosco sobre os seus problemas”. Houve um caso, descrito com empolgação por Priscila, de uma criança que deixou as drogas para continuar com o grupo.

Multi-esportista, Priscila ainda é praticante de Jiu Jitsu, e chegou a ganhar o título de campeã do torneio organizado pela equipe Cohab TT JJ. Para mais informações sobre o trabalho desenvolvido por Priscila e Glauber, acesse o site:
http://paranauecapoeira.hospedagemdesite.com/saopaulo.asp

Read More

Mestre Bigodinho – Reinaldo Santana

Reinaldo Santana – Mestre Bigodinho:
 
Exímio cantador e tocador de berimbau, nascido em 13 de setembro de 1933 na cidade de Santo Amaro, na Bahia, começou na capoeira em 1950 com Mestre Waldemar Rodrigues da Paixão, permanecendo até 1970, onde se afastou devido a repressão e discriminação sofrida na época. Em 1997, incentivado por seu amigo – o Mestre Lua Rasta, retornou ao convívio da capoeira, para a satisfação de todos que admiram essa nobre arte.
 
Mestre Bigodinho reside atualmente em Salvador/BA e viaja por todo o mundo levando seu conhecimento e amor pela capoeira.
Mestre Bigodinho é o padrinho da Associação de Capoeira Nação, motivo de orgulho e satisfação para todos que fazem parte da ACN.
 
"A Capoeira é uma defesa pessoal e cada qual se defende como pode na hora da necessidade. A capoeira não é valentia".
 
"Faça pouco bem feito do que muito mal feito".
 
Mestre Bigodinho

CD: Mestres Boca Rica e Bigodinho

Uma excelente dica, pra quem gosta de boa música de capoeira é o CD "Capoeira Angola" dos Mestres Boca Rica e Bigodinho, lançado em 2002.
O repertório é uma referencia de qualidade e bom gosto,  recheado de boas surpresas…
Artistas: Mestres Boca Rica e Bigodinho
 
Título do CD: Capoeira Angola
 
Ano: 2002
1. Bahia De Todos Os Santos  
2. Riachão  
3. Ola-Ê-La-Ê-Lá  
4. Quantas Melodias / A Bananeira Caiu  
5. Na Beira Do Mar  
6. Praia Da Preguiça  
7. Não Bata Na Criança  
8. Madeira De Maçaranduba  
9. Beira-Mar  
10. Ave Maria, Meu Deus  
11. Vatapá Com Caruru  
12. Angola Ê Ê  
13. Vá Na Piedade Amanhã  
14. Mestre Bigodinho  
15. Eu Vi O Sol, Vi A Lua Clarear  
16. Nunca Vi Tanta Areia No Mar
17. A Canoa Virou Marinheiro  
18. Marinheiro Sö  
19. Pau Pereira  
20. Pé De Lima, Pé De Limão  
21. Que É Que Tem Nego?  
22. Bem-Te-Vi Jogou  
23. Tabaréu Que Vem Do Sertão  
24. Aidê / Apanha A Laranja / Sta. Bárbara  
25. Adeus, Adeus  
26. Ô João Chofer  
27. Alô Bahia  
28. Sai, Sai, Sai Ô Piranha / Boi Maia  
29. Já Tô Véio / Não Vou Em Santo Amaro  
30. Se Eu Tivesse Dinheiro / Ai Meus Amô  
31. Saco De Areia  
32. Tá Com Raiva De Mim  
33. Ói Ela De Manhã  
34. Se Nós Dois Morasse Junto  
35. Pai É Pai, Mãe É Mãe  
36. Que Luz É Aquela?  
37. Eu Sou De Minas Gerais  
38. Amanheça O Dia
Este CD faz parte das produções realizadas pela Associoação de Capoeira Angola Mestre Marrom e Alunos, do Rio de Janeiro. Mestre Marrom tem dedicado boa parte de seus projetos em documentar a parte ritma e cantada da Capoeira Angola, sendo que dentre os principais trabalhos podemos citar: 1. Capoeira Angola Marrom e Alunos; 2. Mestres Boca Rica e Bigodinho; 3. Tradições Populares – Infantil (Capoeira Angola, Maculelê, Puxada de Rede e Samba de Roda); 4. Mestres Felipe de Santo Amaro e Cláudio Angoleiro de Feira de Santana. Além de diversos CDs dos Encontros Internacionais promovidos na Europa, especialmente na França, onde o contramestre Dorado desenvolve seu trabalho, na cidade de Boudeaux. (contribuição: Miltinho Astronauta)