Blog

camaradagem

Vendo Artigos etiquetados em: camaradagem

Portugal, Leiria: Ginga e Camaradagem

Capoeira: o exercício que é mais difícil ver do que fazer

O espetáculo vai começar. A roda está formada e a bateira dá sinal para que os berimbaus e atabeques começem a soar. O ritmo tem três tempos e todos acompanham ou com instrumentos ou a cantar e bater palmas. Para o centro da roda vão dois capoeiristas que fazem o jogo. É assim que se faz a festa da capoeira.

Em Leiria, a modalidade desportiva que oferece simultaneamente uma experiência cultural, música e dança, existe há 11 anos. Primeiro em ginásios e desde 2009 com espaço próprio, 100 por cento dedicado à modalidade, na Academia Ginga Camará (“ginga” significa movimento + “camará” significa camaradagem = a movimento de camaradagem).

O grupo assinalou o quarto aniversário do espaço, localizado em Gândara dos Olivais, a 19 de dezembro.

Papagaio e Pastilha

Desenvolvida no Brasil, a capoeira surgiu como um sistema de defesa entre os escravos africanos. Contudo, a prática era proibida e os capoeiristas introduziram movimentos de dança à luta para disfarçar. O mesmo acontecia com as alcunhas que adotavam para escapar às autoridades. Hoje em dia, a tradição continua a existir.

Jimmy Papagaio, isto é, “Contramestre Papagaio” é o fundador do grupo. Natural do Brasil, desde cedo conviveu com a modalidade e, em Portugal, procurou sempre alimentar este mix de desafio-desporto-experiência-tradição. “Normalmente, ninguém acha que é capaz de fazer, porque é mais difícil ver do que fazer”, considera. Não é preciso uma preparação física perfeita, já que os exercícios se adaptam às idades e capacidades de cada um e a perfeição também se conquista.

Pedro Sintra, o “Instrutor Pastilha”, por exemplo, acompanha os mais pequenos, desde os 4 anos. Nesta categoria a principal dificuldade está na concentração, algo próprio da idade, enquanto nos adultos se trabalha mais a coordenação dos membros inferiores e superiores com os movimentos do resto do corpo e o ritmo.

Apesar de ser considerada uma arte marcial, “na base da capoeira não há contacto físico entre quem joga. Há um movimento base, a ginga, e depois um movimento de ataque e um de defesa, em que os adversários interpretam o gesto contrário e respondem com outro movimento. Há ainda os movimentos de floreio, onde estão as acrobacias e mortais”, justifica o instrutor. E tal como no judo e no karaté, a graduação do capoeirista depende da cor da corda que usa à cintura. A atribuição acontece uma vez por ano, no batismo, e depende da prática e empenho de cada um.

Além do espaço de Leiria, frequentado por 40 atletas, o Ginga Camará tem também delegações em Alcobaça, Condeixa, Lisboa e em Pescara, Itália, num projeto de dois antigos alunos.

 

Fonte: http://www.regiaodeleiria.pt

Marina Guerra
marina.guerra@regiaodeleiria.pt

Alemanha: CAMARADAGEM 2010

 

Este é o nome do evento de capoeira de porte internacional, que será realizado em Mönchengladbach – Alemanha, com o objetivo de reunir capoeiristas, pesquisadores e admiradores da arte.

Como o nome camaradagem já diz tudo, a ideia é reunir capoeiristas de vários segmentos, possibilitando uma integração entre distintas escolas. Aliás capoeira é uma arte de se fazer camaradas.

A programação acontecerá em dois lugares, na sede do CAPOEIRA IBECA – EU dia 8 de Outubro, Sophienstraße 15 – Mönchengladbach e na sala de esporte, MG Neuwerk, Gathersweg 55 em Mönchengladbach, dias 9 e 10 de Outubro 2010.

Contaremos com a participação de mestres e professores da capoeira (angola, regional e contemporânea) – rodas de capoeira, mostras audiovisuais, bate-papos, oficinas de danças brasileiras como: maculelê, frevo, forró, cavalo marinho, ciranda, ritmo, samba de roda e muito mais…

Você não pode ficar de fora dessa!

Um dos maiores encontro de capoeira da europa acontecerá dias 8,9 e 10 de Outubro de 2010 em Moenchengladbach – Alemanha.

Mais de 50 mestres e professores, e muitos alunos juntos, fazendo camaradagem.

Confirme sua presença no www.camaradagem.de


CAMARADAGEM 2010 (deutsch)

Dies ist der Name des internationalen Capoeira-Events, der in Mönchengladbach – Deutschland realisiert wird mit dem Ziel, Capoeiristas, Forscher und Bewunderer der Kunst zusammenzubringen.
Wie der Name CAMARADAGEM bereits verdeutlicht, ist die Idee Capoeiristas aus verschiedenen Teilen zu vereinen und die Integration verschiedener Schulen zu nutzen. Ohnehin ist Capoeira eine Kunst, die Freunde macht.
Das Programm wird an zwei Orten stattfinden, im Hauptsitz von IBECA – EU am 8. Oktober, Sophienstraße 15 – Mönchengladbach und in der Sporthalle, Gathersweg 55, MG Neuwerk, am 9. und 10. Oktober 2010.

Wir erwarten verschiedene Capoeira-Meister und Lehrer (Angola, Regional und zeitgenössische Capoeira) – Capoeira-Rodas, Videopräsentationen, Diskussionen, Unterricht brasilianischer Tänze wie: Maculelê, Frevo, Forró, Cavalo Marinho, Ciranda, Ritmo, Samba de Roda und viel mehr….

CAMARADAGEM 2010 (english)

This is the name of the international capoeira event, taking place in Mönchengladbach-Germany, with the goal of bringing together capoeiristas, admirers and researchers of this art.
The idea, like the name CAMARADAGEM already indicates, is to unite capoeiristas of different backgrounds and to realise this through the integration of different schools. Anyhow, capoeira is an art that creates friendships.

The program will take place at two venues: at the IBECA – EU headquarters on the 8th October, Sophienstraße 15, Mönchengladbach and in the gymnasium, Gathersweg 55, MG Neuwerk, on the 9th and 10th October 2010.

We are expecting various capoeira masters and teachers (angola, regional and contemporary capoeira) – capoeira rodas, video presentations, discussions, brazilian dance lessons including: Maculelê, Frevo, Forró, Cavalo Marinho, Ciranda, Ritmo, Samba de Roda and much more…


Tiago de Camargo – Contramestre Formiga
CAPOEIRA IBECA
Lessons, Clinics, Demo’s, Shows, Events, Gear, Musical instruments, Travel
0031 64 300 70 58
www.capoeiraibeca.com

Nosso Encontro 2009 – 10 anos de “Capoeira & Camaradagem”

A OFICINA INTERNACIONAL DE CAPOEIRA, um fantástico encontro repleto de muita energia positiva, carinhosamente batizado de “Nosso Encontro”, acontece pelo décimo ano consecutivo em Évora, região do Alentejo Português, para o qual tive a honra de ser convidado pela quarta vez para atuar como responsável pela comunicação social e é claro “jogar e vadiar” bastante, é um deste acontecimentos únicos que marcam a nossa caminhada dentro do universo da capoeiragem…

A cidade de Évora, cercada por uma beleza medieval e ao mesmo tempo contemporânea, é um lugar convidativo e hospitaleiro, de clima agradavel que irá se transformar durante os tres dias do “Nosso Encontro” na CASA DA CAPOEIRA.

“uma experiência fantástica e uma grande honra poder estar com pessoas que tem trabalhado com afinco e com o coração pela nossa arte capoeira e acima de tudo uma grande satisfação ter reencontrado grandes irmãos e conquistado novos amigos…”

Um encontro de PAZ e UNIÃO e muita CAPOEIRA!!! É assim que defino o “NOSSO ENCONTRO”

Luciano Milani

 


Carta de Apresentação

Caros companheiros,

Nosso Encontro chega no décimo ano consecutivo e tencionamos brindar essa data comemorativa com mais três dias de capoeiragem norteada pelo sempre clima de camaradagem e troca de conhecimentos que se tornou marca de qualidade nesses dez anos.

Marcado para os dia 11, 12 e 13 de Setembro, contaremos esse ano com a participação especial do Mestre Plínio de São Paulo que alem de dividir com todos nós seus conhecimentos de capoeiragem angoleira, nos presenteará com uma palestra abordando aspectos do desenvolvimento histórico da capoeira angola no estado de São Paulo fazendo, também, alusão às diferentes linhagens da capoeira angola e seus rituais mais expressivos.

Teremos nossas já conhecidas oficinas de capoeira sob responsabilidade dos profissionais presentes – mestres, contramestres e professores, nossa palestra com o mestre convidado, momento de perguntas da platéia, roda da praça do Giraldo, festa de, aulas de danças afro-brasileira com nosso já conhecido Murah, Danças Africanas com o nosso, não menos conhecido, Petchu, além de toda uma equipe que mais uma vez dará suporte para que nosso encontro aconteça pela décima vez. A forma que cada um participa no nosso encontro tem definido o bom resultado. Muito obrigado e nos vemos por lá.

Umoi Souza

 


English

Dear Friends,

This year marks the 10th “Nosso Encontro” (Our Encounter) and to celebrate this achievement we will once again have three more days of Capoeiragem ruled by the same environment of camaraderie and knowledge exchange that became the quality mark for these last ten years.

Set for the 11th, 12th and 13th of September, this year we will be honored in welcoming Mestre Plinio of Sao Paulo, who will be sharing his knowledge of Capoeira Angola and also be speaking about the historical development of Capoeira Angola, as it pertains to the state of Sao Paulo, while making references along the way to the different lines of Capoeira Angola and its rituals.

We will also have our usual Capoeira workshops with the attending mestres, c.mestres and professors, and our speech with the honoured guest mestre. Question and answer sessions will follow, the roda in the town centre “Praca do Giraldo” along with a party to mingle and meet everyone. In addition, we will also have Afro-Brazilian dance classes with our friend, Murah; African dance classes with the always present Petchu, along with the efforts of an entire team that once again will support us, such that our encounter will happen for the tenth time. The continued success of this event each year is due to the contributions of all its participants. Thank you very much and we’ll see you there.

Umoi Souza

Portugal: 2º Festival Internacional de Capoeira em Vila Real

Associação Capoeira Interação estará organizando o 2º Festival Internacional de Capoeira em Vila Real no centro comercial Dolce Vita Douro, sob a responsabilidade do grande amigo Professor Lesma.

Os "meninos" de Vila Real, tem um papel de fundamental importância no contexto da capoeiragem na Região de Trás os Montes (Portugal). Dentro desta abordagem os irmão Lesma e Squisito, ambos grandes camaradas e Capoeiristas, estão preparando uma grande festa onde sem dúvida a capoeira será a grande homenageada e a camaradagem será o prato principal.

Este é mais um evento que contará com o apoio cultural do Portal Capoeira e com presenças de Mestres e profissionais de renome internacional, os organizadores, originários de Recife, prepararam ainda uma surpresa especial com cursos e vivências de Capoeira e Maculelê além de uma deliciosa aula de Maracatu. 
 

Uma ótima dica para conferir!!!
Dias 1, 2 e 3 de Junho de 2007 em Vila Real

Camaradagem, Democratização e Institucionalização do Instituo Jair Moura

Com o projeto premiado pelo "CAPOEIRA VIVA" em 2006, o Instituto Jair Moura busca, através do merecido fomento democratizar e disseminar seu extenso acervo.
Partindo daquela velha máxima que uma vez um grande capoeirista, médico e ser humano ímpar me falou: "Boa informação é aquela que é divulgada" os responsáveis pela Institucionalização do Instituo Jair Moura, começam a arregaçar as mangas para encarar esta penosa porém gratificante missão.
Apoios, colaborações e boa vontade não iraão faltar… Tudo em prol da CAPOEIRAGEM!!!
Luciano Milani

 
Biblioteca Organizada:
 
Com o objetivo de agilizar a recuperação e a disseminação da informação, a biblioteca do Instituto Jair Moura passa por um processo de organizacão das suas coleções de aporximadamente 35 mil ítens. São eles: livros, fotografias, revistas, jornais, DVD`s, Cd`s, VH`s, fitas cassetes, recortes, dissertações, teses, entre outros.
 
Essas coleções estarão disponíveis para pesquisa, indexidas e catalogadas, em base de dados a partir de setembro de 2007.
 
Novo sítio na Internet,  O Blog do INSTITUTO JAIR MOURA linkado em vocês…
 

Aí turma!
 
Oxalá encontre todos numa boa!
 
Este é o Blog do INSTITUTO JAIR MOURA linkado em vocês…
http://institutojairmoura.blogspot.com
 
Espero que já saíbam: O projeto de institucionalização do Instituo Jair Moura foi premiado pelo Capoeira Viva, programa apoiado pelo Ministério da Cultura. Ainda é hora de agradecermos à todos que enviaram cartas com boas recomendações que foram anexadas ao projeto. Com certeza foram essenciais para o prêmio. Como foi decisivo a generosidade de Sabiá, que acolheu o IJM nas dependências do Projeto Mandinga.
 
Ganhamos R$ 75.000,00 ( setenta e cinco mil reais). Uma boa nota! Com essa grana adequamos espaços físicos para a instalação do acervo e sala de leitura; contratamos bibliotecárias para catalogação de toda documentação, adquerimos equipamentos eletrônicos tendo em vista a implantação e divulgação do acervo e aumentamos razoávelmente o número de títulos. 
 
Camaradagem, Democratização e Institucionalização do Instituo Jair MouraSe Deus quiser em breve o IJM vai ampliar o seu raio de ação. Logo estaremos disponibilizando (por meios digitais), na medida do possivél, parte significativa do acervo, estimado em mais de trinta mil títulos, que da sua casa você poderá acessar.
Nem núcleo, nem centro, nem pólo, o Instituto Jair Moura é um ponto de apoio nesta empreitada, a favor de fazer a LIGA MUNDIAL DA CAMARADAGEM.
 
 
Instituto Jair Moura – Capoeira
 

Rua Comendador José Alves Ferreira, 160, Garcia
Salvador-Bahia-Brasil
institutojairmoura@gmail.com
 

Crônica: Criativa como CAPOEIRA

Capoeira Confiante Construindo Com Carinho!!!

Camarada Capoeira.
 
Costumamos caminhar contra crises, contratempos, complicações, confluências, constrangimentos, contrariedades. Contudo colocamos capricho, carinho, conquistas, companheirismo, conhecimento, consciência, cooperação, contribuição como cuidados com capoeirandos. Convictos, conversamos com controle consertando costumeiros confrontos. Capacitamos constantemente consciências consternadas. Criamos contatos confiáveis consolidados com compaixão, carisma, conduta. Como capoeiras; cambamos, caímos, cometemos criancices, covardias, comodidades. Contudo, consternados…calamos!
 
Conscientes, combatemos controvérsias convivendo com constância, coragem, consonância. Contornamos catástrofes completamente coerentes com “caminhos caquéticos”. Continuamos confiando! Construímos castelos confiando, clamando camaradagem. Costumeiramente colocamos cara, coragem, carreira, conquistas como calço. Cambaleamos cordialmente, concluindo confusos como calar-se, camuflar-se consegue comprometer caminhos consistentes. Corremos como campeões canalizando correntes coesas. Conhecemos colegas, compadres, comadres, crioulos, caucasianos, cooperadores, cafajestes, crucificados, crianças, cretinos, caiporas, caipiras, convencidos, conterrâneos, corporativistas, companheiros, credores.
 
 
Curamos crueldades colocando como contrapartida capacidades corrompidas. Criamos confiança, confluência, condolência; conscientizando cabeças cansadas. Corrupiamos com cautela conhecendo calmamente capoeiras corretos, contrários, contemporâneos, classificados, calculistas, companheiros, coroados, corruptos, capacitados. Clamamos companheiros construindo calabouços completamente camuflados congregando cambadas. Como convulsões, castelos caem contrariando confiança, companheirismo, camaradagem. Com cadência, continuamos capoeirando, confiantes como caciques cobertos com cocares coloridos. Comparamos capoeira constantemente com caminhos congruentes. Caminhos condutores com capacidades completamente concretas. Capazes categoricamente, com classe cardeal. Capoeira cai, contorna, continua conduzindo canais compatíveis. Capoeiramos, capoeirastes, capoeirás!
 
Continuamos como costumeiramente corrigindo cabeças confusas. Com cabeçadas conseguimos cambar capoeiristas. Compreensíveis, concluímos: cambamos como caxinguelês. Com cutiladas conquistamos cargos. Contudo criamos cobras.
 
Calma! Capoeiras clamam camaradagem. Compartilham companheirismos, confraternizações, contatos. Concluo confirmando com clareza: Capoeira congrega, constrói, cativa, comove, carrega confiança, cautela, companhia; compromissos, camaradagens. Capoeira caminha comigo, contigo, conosco, convosco!
 
Cordialmente
 
Capoeira Comum.
 
Colega capoeira, comente com C.
 
Professor Beija-Flor
 
http://bfcapoeira.vilabol.com.br
 
Nota: Em homenagem ao poeta GOG, inspirador e criativo.
 

Com criatividade, cabeça e coração o camarada Beija Flor, contribui com esta crônica… Gingando com C de CAPOEIRA, CORAÇÃO, COMPANHEIRISMO, CAMARADAGEM E CIDADADANIA.