Blog

cigana

Vendo Artigos etiquetados em: cigana

Documentário sobre Mestra Cigana

O acervo cultural sobre a mulher na capoeira ganhará uma contribuição gigantesca: um documentário sobre a Mestra Cigana.

Com o excesso de chuva em Angra dos Reis no início do ano, foram perdidos muitos materiais sobre a Mestra. O documentário vem preencher esta lacuna e, além disso, quebrar paradigmas e preconceitos em relação à mulher na capoeira.

No momento, o documentário ainda está em fase de reunião de materiais. Serão coletadas fotos, vídeos, revistas, entre outros materiais e documentos. A busca estará focada na trajetória da Mestra, incluindo as cidades de Salvador, São Paulo, Rio de Janeiro e Volta Redonda.

Quem tiver algum material sobre a Mestra Cigana, pode colaborar entrando em contato com a Contra-Mestra Arara pelo e-mail arara.duroes@bol.com.br

História

Fátima Colombiano, a Mestra Cigana, nasceu no Rio de Janeiro, mas começou a praticar capoeira em Belém do Pará, com o Mestre Bezerra, em 1970. Na época o preconceito contra a mulher capoeirista era ainda maior e mais evidente. A mulher que praticava capoeira era malvista pela sociedade e, com isso, durante muito tempo Fátima era a única mulher nas rodas que frequentava.

Em 1975, Fátima conheceu o Mestre Canjiquinha, em São Paulo, e com ele seguiu para Salvador. Após cinco anos de treinamento, segundo informações do blog Filhos de Mestra Cigana, Fátima foi a primeira mulher a se formar Mestra de Capoeira no Brasil.

De volta ao Rio de Janeiro, Mestra Cigana abriu em 1980, a Associação de Mestre Canjiquinha, em Volta Redonda, onde teve mais de 100 alunos.

Impedida de ensinar capoeira em escola, Mestra Cigana se formou em Educação Física para conquistar este objetivo. Hoje é também formada em Filosofia e Pedagogia.

Mais tarde, fundou a Associação Cigana Capoeira, onde se graduou cerca de 20 instrutores. Mestra Cigana também presidiu a Federação de Capoeira do Estado do Rio de Janeiro.

Fontes: 

 

Neila Vasconcelos – Venusiana
capoeiradevenus.blogspot.com

 

 

Nota de Falecimento Carlos Gonçalves

Informo com pesar o falecimento do Jornalista CARLOS GONÇALVES, ex-capoeirista, foi aluno do Mestre Valdenor e fundador do jornal "ABCAPOEIRA – a voz do capoeirista", ferrenho defensor das causas da capoeira, ocorrido no dia 27/05/06 devido a um infarto do miocárdio.
 
Agradeço carinhosamente se puderem divulgar.
Grata,
Celina Gonçalves (irmã)
Tel. (11) 6919-7113/6115-9081


HOMENAGEM DA MESTRA CIGANA AO AMIGO CARLOS

"DESPEDIDA, DESPEDIDA
FAZ CHORAR MEU CORAÇÃO
COMO É TRISTE A PARTIDA
DE UM AMIGO,  DE UM IRMÃO.
EU NÃO TROQUEI MEU AMIGO
PELO OURO DE SALOMÃO
RIQUEZA SE VAI UM DIA
CARLOS ESTEVE SEMPRE À MÃO.
NAS HORAS DE ALEGRIA
NOS DIA DE SOLIDÃO
É HORA DE DESPEDIDA
LEVE TODA MINHA GRATIDÃO, CAMARADA"

IÊ, É HORA É HORA
IÊ, CHEGOU A HORA
DE VOCÊ IR EMBORA
IÊ, PARTA COM DEUS
IÊ! E NOSSA SENHORA

Mestra Cigana e filiados da FCERJ/ FNC do Br

Mestra Cigana: Ladainha em Homenagem a Dona Ivone

Muitas vezes nesta vida
Muitas vezes nesta vida
Só se enxerga o que se quer
mais por traz de grande mestre
tem sempre grande mulher
vou falar de uma delas
voces vão saber quem é
ela é seu braço direito
em tudo que ele fizer
na saude ou na doença
está do lado esta mulher
chorando quando ele chora
sorrindo se ele quizer
desde os tempos de menina
ela lhe jurou amor
hoje depois de alguns anos
parece que começou
namorar o grande mestre
todo o tempo não passou, ah! ah!
Iê! Viva o amor
Iê! desta mulher
Iê! vou falar seu nome
Ela é DONA IVONE
Ele é CANJIQUINHA
Paraná, paraná
Paraná, paô
Canjiquinha sofreu, dona Ivone "segurou"
Paraná Paraná, Paraná Paô
Mas quando ele sorriu ela já participou…
 
Iê!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
 
 
Fatima Colombiano – Mestra Cigana

Mestra Cigana: CENTRO DE MEMÓRIA DA CAPOEIRA DO RIO DE JANEIRO

Fátima Colombiano, mais conhecida no mundo da capoeiragem como Mestra Cigana, esta propondo a criação de um Centro de Memória da Capoeira do Rio de Janeiro, para isto está pedindo a colaboração dos camaradas…
É isso ai Mestra!!! Ao meu ver a senhora está no bom caminho pois só com a participação aberta e democratica e com humildade é que poderá obter sucesso nesta empreitada.
Nós do Portal Capoeira, nos colocamos a inteira disposição para ajudar no que for preciso e fica aqui a sugestão de informatizar o CMCRJ, colocando os documentos e todo o material na Internet, usando o Portal Capoeira como ferramenta e meio de divulgação.
 
Um grande abraço e sucesso!!!

Luciano Milani


 
Salve, Camaradas!
 
Gostaria de começar a montar o CENTRO DE MEMÓRIA DA CAPOEIRA DO RIO DE
JANEIRO, tendo em vista que o Rio tem importancia suprema na historia da
capoeira do Brasil.
 
Logo, solicito TUDO que puderem contribuir sobre NOMES, HISTORICO etc e até
mesmo um apanhado da história feminina.
 
Pretendemos fazer este centro histórico em TODOS os Est. do Brasil,
começando pelo DIREITO, com o Rio de Janeiro
Quem tiver ORKUT, podem enviar direto pra COMUNIDADE   "Federação de
Capoeira Est. RJ"
 
Obrigada
FEDERAÇÃO DE CAPOEIRA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
Presidente: Profª Fatima Colombiano (Mestra Cigana) Gestão 2004/2008
Endereço: Estádio Caio Martins – Rua Pres. Backer s/n – Icaraí –
21051-470 – Niterói – RJ
Telefone: Tel (21) 2564 5542/ 9709 3020/ (24) 98413714
Fax: (21) 2564 5542

Mestra Cigana: “Feliz Natal de Luz a todos!”

Quero falar do real significado deste momento de amor, compaixão e paz.

Vou escolher meus presentes de maneira diferente.

Vou lembrar de todas as pessoas que um dia já passaram pela minha vida e mandarei a elas uma mensagem com meu profundo amor.

Lembrarei a todos do poder real que temos. Poder de escolher, de criar, de manifestar nossa divindade. O primeiro é de fazer parte de um enorme grupo e circundar o mundo num abraço de Luz, envolvendo a todos indistintamente numa energia vibrante, brilhante, que carregará afeto e alegria verdadeiras a todos nossos irmãos e irmãs, sobretudo aos que estiverem sozinhos, cansados e deprimidos.

Ninguém estará ou se sentirá sozinho se conseguir se conectar com esta Luz que irá emanar dos corações de tantos e tantos seres humanos despertos, abertos e cada vez mais conscientes da Unidade, do Amor Incondicional e da urgente necessidade de paz. Paz em todos os corações, a começar pelo nosso, que poderá estar mais capaz – dia após dia, de romper barreiras, de gerar tréguas cada vez mais longas e por todo lado, a começar pelo nosso núcleo familiar e de relacionamentos, se espalhando como semente poderosa por toda a Terra.

Este ano quero convidar a todos a fazerem este pensamento de amor. Mesmo que seja por apenas alguns minutos. Façam com intenção, lembrando sempre que o amor que mandamos aos outros, enche primeiro o nosso coração!

Que neste Natal nossos presentes sejam para a Alma.

Que se multipliquem ao infinito os abraços, os sorrisos, os perdões, os carinhos, os beijos, enfim, todos os gestos de boa vontade e que este abraço de Luz se torne a grande e verdadeira corrente do bem.

Que possamos lembrar de manter esta conexão de Luz a cada dia, com clareza e perseverança. Com ardor e humildade. Que façamos desta aliança na Luz nossa sintonia constante, para que o Natal se torne presente permanente em nós e à nossa volta, se manifestando em todos os corações todos os dias de nossa vida.

Feliz Natal de Luz a todos!

Mestra Cigana, iê!