Blog

contramestres

Vendo Artigos etiquetados em: contramestres

Porto: Encontro “Irmãos de Roda”

Todos DIFERENTES… JUNTOS pelo mesmo… CAPOEIRA

Porto: Encontro “Irmãos de Roda”

“A cada edição o Evento, que tem sido uma referência na Capoeira de Portugal, ganha mais corpo e mais visibilidade… os “Irmãos de Roda” extrapolam o contexto e a essência do que significa capoeiragem… fazendo valer a sua visão da unidade através das diferenças… e que tudo gira em torno da mesma capoeira…

O evento tem início nesta sexta-feira e continua até o próximo domingo, na cidade do Porto em Portugal.

 

 

 

Convidados:

Mestres – Barão, Bozó, Magôo, Ediandro, Caramúru, PernaLonga, Jean Pangolin, Nagô, entre outros…

ContraMestres – Careca, Milani, Fantasma,Sapo, Oria Zambi, Grilo, Kula, entre outros…

Professores – Thiago, Diego, Péle, Lesma, Wiris, Curinga, Filósofo, Carrapeta, Piu,
Stress, entre outros…

 

PARA MAIS INFORMAÇÕES:

julspedro@gmail.com

Tlm: 966883484

https://www.facebook.com/groups/235562903267370/

Porto: 3º Encontro “Irmão de Roda”

Todos DIFERENTES. JUNTOS pelo mesmo…CAPOEIRA

 

Sexta-Feira (29 de Novembro)

Roda de capoeira que marca o inicio do 3º Encontro “Irmão de Roda”, Estação da 
Refer de São Bento – Porto das 20 ás 22 horas.

Sábado (30 de Novembro)

Colégio nossa Senhora da Esperança (Avenida Rodrigues de Freitas, em frente ao 
jardim de São Lazaro)
10:00 ás 18.30 hrs – Oficinas de Capoeira e rodas de Capoeira . Terminando com Roda de Capoeira de 
Encerramento do 2º Dia
20:00 – Jantar na Marina do Freixo, (junto à Rotunda do Freixo).

Domingo (1 de Dezembro)

Academia Rua Duque de Saldanha, nº301
10:00 à 18:00 hrs – Oficina de Capoeira, Papoeira com todos os Participantes. Roda de Encerramento do 3º Encontro 
“Irmãos de Roda” 2013.

Convidados:

Mestres – Barão, Magôo, Caramúru, PernaLonga e Nagô.

ContraMestres – Careca, Milani, Fantasma e Kula

Professores – Sapo, Oria Zambi, Diego, Péle, Salles, Lesma, Wiris, Curinga, Filósofo, Sardão, Carrapeta, Grilo e 
Stress.

 

julspedro@gmail.com

Tlm: 966883484

 

https://www.facebook.com/groups/235562903267370/?fref=ts

Herança Brasil grava DVD Ieee Camará 2013, no Encontro Nacional de Capoeira

Nos dias 16 e 17 de março os capoeiristas paranaenses realizam o Encontro Nacional de Capoeira e a gravação do DVD “Ieee Camará 2013!”. Promovido pelo Grupo de Capoeira Herança

Brasil e Casa da Capoeira, o evento reunirá na cidade de Wenceslau Braz capoeiristas de várias regiões do Brasil e convidados que atuam no exterior. A TV Portal Capoeira e a Revista Capoeira vão estar presentes com suas equipes de jornalismo pra fazer a cobertura do evento, alem da imprensa tradicional.

Entre os convidados que ministrarão aulas e oficinas, estão: Mestre Adelmo (Grupo Origens do Brasil), Jacaré do Lobo (Grupo Emboscada), Mestre Coité Linhares (Grupo Caymã Capoeira) e Contramestres Xandinho e Xandão (Grupo Angoleiros do Sertão).

Organizado Professor Escorpião Branco, o evento colocará a disposição dos participantes ampla estrutura que inclui Shopping de Capoeira, Praça de Alimentação, Alojamentos e Espaço para Bate Papo.

 

Veja a programação


Sábado (16 de Março)

1- Abertura, café da manhã e entrega de kits

2- Aulão de “Cantos e Toques de Capoeira”

Ministrante: Jacaré do Lobo (Emboscada)

3- Cursos de Benguela e São Bento Grande

Ministrante: Mestre Coité Linhares (Caymã Capoeira)

4- Curso de Angola

Ministrantes: Contramestres Xandinho e Xandão (Angoleiros do Sertão)

5- Roda de rua (Aberta apenas para quem estiver com a camiseta do evento)

 

Domingo (17 de março)

1- Café da manhã e entrega de kits

2- Curso de Movimentação e lançamento do 1º Áudio-Livro de Capoeira com Mestre Adelmo

(Origens do Brasil)

5- Lançamento do CD Promocional da Casa da Capoeira – Nina (Graduada Cabaça, da Irlanda)

6- Lançamentos dos livros “A ginga dos mais vividos”, “Eu, você e a capoeira” (versões em inglês,

espanhol, francês e português) e “Capoterapia, minha história, minha vida”, do jornalista Mano Lima.

7- Campeonato de Acrobacias

8- Apresentações de Maculelê e Puxada de Rede

9- Apresentação Família Herança Brasil e Homenagens

10- Roda dos Graduados

11- Roda de Graduação e Formaturas

12- Rodas Livres para alunos

13- Encerramento oficial

 

Informações e reservas: Professor Escorpião Branco, (43) 9687-1313

escorpiaobranco.hb@gmail.com

Aconteceu: Belém-PA – Mestre Pelé da Bomba

A capoeiragem de Belém-PA estes dias, de 17 a 24.02.07, foi brindada com a presença do Mestre Pelé da Bomba o Gogó-de-ouro-internacional e sua Contramestre que conheço por Dona Neca.  Ele minstrou aula de movimentos, cantoria, ritmo e, principalmente, mostrou, pelo exemplo, como devem ser conduzidos trabalhos de Capoeira.

Não bastasse isso,o Prof. Luiz Augusto Pinheiro Leal apresentou seu recém lançado livro "A política da capoeiragem". Mais informações podem ser vistas no "Jornal do Feio":

Mas não pararam por aí os momentos de alegria da galera da Capoeira de Belém-PA. Durante minha presença lá foram realizadas atividades de convivência com os Mestres Romão e Bezerra, pioneiros, além de Mestres da geração que os segue: Walcir, Laíca, Silvério, Bimba, Carlinhos, Paulo, Docinho, Ferro-do-Pé, Romildo, Fernando Rabelo e outros que não pude identificar.

Estiveram presentes, também, contramestres, mais de uma centena de alunos e alunas, outros docentes e simpatizantes. Enfim, uma grande festa.

O evento teve como tema "Homenagem aos Educadores da Capoeira" e foi realizado pelos grupos:

Asociação de Capoeira Senzala – Assocase – Mestre Walcir;
Associação Aruã Capoeira – Mestre Silvério;
Centro Cultural e social Zambo Capoeira – Mestre Laíca.

Slogan do evento: "Paz e união para todos"

Abraço

Fernando Rabelo

Capoeira como elemento de Inclusão Social e Educação

A importância da capoeira como elemento de inclusão social e de educação foi o principal ponto destacado pelos participantes do II Festival de Capoeira da Rede Municipal de Ensino de Salvador – BA, que aconteceu quinta-feira, no Parque da Cidade, no Itaigara. O evento, promovido pela Secretaria Municipal da Educação e Cultura de Salvador, contou com a presença de 330 alunos de 23 escolas e alcançou grande sucesso.          

A capoeira, que surgiu nas senzalas e sempre foi praticada em espaços públicos da cidade, chegou às escolas e hoje está tão forte que disputa a preferência com o futebol entre a garotada. O II Festival serviu também como integração e acabou se transformando numa grande aula porque reuniu os principais mestres e contramestres de Salvador e foi muito importante para a turma que está começando agora. 

A professora Ivone Portela, titular do Programa de Educação Esportiva da SMEC disse que o festival alcançou seu objetivo, porque além de manter viva uma forte cultura da nossa terra, faz um trabalho de inclusão e procura despertar o interesse pelo esporte de um modo geral. “A capoeira desenvolve uma série de habilidade que termina ajudando na formação dessas crianças e a educação é nosso objetivo principal”.  

O professor Acúrsio Esteves (Colaborador do Portal Capoeira) que trabalha no Programa de Educação Esportiva fez questão de destacar que “todo capoeira gosta de estudar, e a capoeira é um grande motivo para manter o aluno na escola” e na sua opinião isso ficou claro mais uma vez com o interesse dos alunos pelo festival. Ele citou a importância do intercâmbio dos diferentes estilos demonstrados por cada mestre e contramestre, “porque ajuda a criança que está começando agora a ter uma visão ampla sobre a arte”.     

O festival foi aberto com uma grande aula comandada pelo mestre Pimpão, que aproveitou para lançar uma nova música, feita em protesto pelo esquecimento da capoeira pelos organizadores dos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro. “ Disseram que tanto na festa de abertura como no encerramento que a cultura nacional seria valorizada, mas esqueceram logo da capoeira. Isso realmente não tem perdão”.      

Depois do aulão, cada escola fez sua apresentação e no final teve um “rodão” só com os mestres, contramestres e alunos graduados. Nessa hora, um momento muito especial foi quando os grandes mestres jogaram capoeira com crianças de até cinco anos. “Essa geração que está aqui vai manter viva nossa cultura, por isso estou muito feliz com a realização desse festival”, disse o mestre Pimpão, fazendo questão de parabenizar o secretário Ney Campello, pela iniciativa. “Tomara que este projeto ganhe cada vez mais força e continue por muito tempo”.

 

Itabuna: Projeto conta a história da capoeira

Projeto no Vilela conta a história da capoeira
 

O projeto Avança Bahia, desenvolvido por moradores do bairro Teotônio Vilela, realiza em março a 2ª Exposição Cultural, com o tema "Histórias da Capoeira". O evento será realizado nos dias 10 e 11 de março, na sede da associação de moradores do bairro, tendo como principal objetivo divulgar o esporte e suas raízes culturais entre os jovens.

A coordenação da mostra é do professor de capoeira Edvaldo Santos de Jesus, conhecido como Professor Pequeno. Segundo ele, quem visitar o evento terá contato com os elementos que compõem o mundo da capoeira, como por exemplo os instrumentos musicais que acompanham as rodas formadas pelos capoeiristas. Agogô, berimbau e atabaque são alguns dos objetos da mostra, na qual também haverá batizado e troca de cordéis
A abertura será no sábado (10), às 14 horas, com a presença de mestres e contramestres de Ilhéus e cidades como Vitória da Conquista, Poções, Brumado e Itacaré. No domingo, das 8 às 16 horas, acontecerão roda de capoeira para professores e mestres, batizado e entrega de certificados.
 

http://www.agora-online.com.br/?url=colunas.asp&id_coluna=2768

Aconteceu: 1º MIC – Mosaico Integrado de Capoeira

Em Santa Catarina, Sul do Brasil, aconteceu um evento de grande importância para a comunidade capoeiristica, não pela grandeza, não pelos Mestres de renome e não pela quantidade de pessoas envolvidas e participantes… Mais sim pelo espírito de confraternização e pela vontade de integração e cooperação inter-grupos.
 
Os grupos envolvidos acertaram na escolha do nome, bastante sugestivo e criativo, assim como também ousaram na fórmula, pois o principal objetivo, segundo Mestre Kadu, um dos organizadores do evento era: "…mobilizar os jovens capoeiras para a democratização cultural e possibilitar novas formas de exercitar a cultura, numa perspectiva de formação para a cidadania a partir da integração entre vários grupos de capoeira da comunidade…"
 
O Portal Capoeira, em apoio a todo tipo de iniciativa positiva e inovadora que vise somar, divulgar, difundir e democratizar a nossa "Arte ", a nossa CAPOEIRA, abre espaço e ginga junto para que outros "grupos", outras "iniciativas" usem o nosso espaço para dar conhecimento a toda a comunidade capoeiristica, espalhada pelos 4 cantos do globo… navegando pelos 7 mares… possa usar este site que dia a dia… vem se tornando uma importante referencia na internet e que neste mês ultrapassou a barreira de 1.475.000 visitas
 
Luciano Milani
Segue email enviado pela organização do MIC e um link para ver a galeria de fotos deste evento:
Caro Luciano Milani.
 
Saudações.
Estou lhe escrevendo, pois gostaria de lhe comunicar um fato acontecido, extremamente importante, para a Capoeira de Santa Catarina e porque não dizer, para a Capoeira em sua totalidade. Entre outras coisas, foi importante no sentido de ter como objetivo de construção de um único evento e a integração de diferentes grupos de Capoeira. 
 
Trata-se do 1° MIC (Mosaico Integrado de Capoeira), que realizou-se nos dias 02, 03 e 04 de novembro deste ano, em Florianópolis, dirigido pêlos grupos Gunganagô (Mestre Kadu), Beribazu (Mestre Falcão) e Cordão de Ouro (Contramestre Habibis) e organizado pela Confraria Catarinense de Capoeira.
 
A programação que se desenvolveu foi a seguinte: No dia 02/11 aconteceu o encontro feminino, com a participação de mais de 150 capoeiristas de diversos grupos e estados, este encontro foi organizados e dirigidos exclusivamente por mulheres, com a participação complementar de mestres, contramestres e professores, organizadores do MIC.
 
No dia 03 realizou-se o Simpósio Nacional Universitário de Capoeira (SNUC), um Espetáculo Cultural e uma Cerimônia de Formatura de mestres, contramestres e professores pertencentes a estes grupos, com a presença de mestres como Bené (BA), Leo Borges (BSB), Ponciano e Zé Antonio (SP), Kincas (PN), Carson e Delmar (RS) e Pop, Kblera, Nanã e Cronos (SC). Também os Contramestres, Boca Rica (BH), Pepê, Kibe e Morena (SP), Chiquinho, Fabinho, Tonho e Demetrius (SC) Fabinho (RS) e diversos professores de vários estados e da região.
 
No dia 04 aconteceu pela manhã uma Oficina do Projeto “Capoeirarte” de Capoeira Especial, ministrada pelo mestre Ponciano (Cordão de Ouro-SP) e na parte da tarde a Cerimônia de Batismo e Graduação de Capoeiristas.
 
Um dos objetivos da idealização deste MIC era o de mobilizar os jovens capoeiras para a democratização cultural e possibilitar novas formas de exercitar a cultura, numa perspectiva de formação para a cidadania a partir da integração entre vários grupos de capoeira da comunidade, o que foi considerado alcançado com sucesso, não só pelos organizadores, mas por todos os convidados presentes no evento.
 
Acreditamos assim termos dado um grande passo para uma nova perspectiva de construção de eventos, com o objetivo de fomentarmos a reconstrução da antiga comunidade da capoeira.
 
Por tanto, seria para nós de extrema importância, se esta grande iniciativa fosse evidenciada pelo Portal Capoeira, exatamente pela proposta democrática e educativa que este Portal tem objetivado fundamentalmente à nossa comunidade capoeirística.
 
Agradecemos dês de já sua atenção.
 
Mestre Kadu, Mestre Falcão e Contramestre Habibis.
 
Organizadores de 1º MIC

VI oficina internacional – évora 2005

Companheiros capoeiristas,

Finalmente, tá chegando o Nosso Encontro.

Me alegro mais uma vez em lançar o desafio de mais uma oficina.

Nos dias 09. 10 e 11 de Setembro estaremos realizando nosso sexto encontro nas piscinas municipais de Évora e vocês, que fazem esse encontro ser efectivamente o "nosso", ficam, desde já, intimados a juntarem- se a nós mais uma vez.

Como falei na minha carta passada, eu considero o Nosso Encontro, uma homenagem que todos juntos prestamos à capoeira praticada em Portugal e um espaço onde os grupos em Portugal se juntam, confraternizam e passam um bom tempo, um bom final de semana, dão e recebem, trocam conhecimentos, saindo todos, alunos, professores, contramestres e mestres mais realizados enquanto capoeiristas que somos.

Teremos nossa, já conhecida, Roda na Praça do Giraldo, aulas de capoeira ao lado das piscinas, aulas de danças, vendas de materiais de capoeira, muita animação, festa no Sábado à noite, cine-capoeira, muitas rodas e nossa conversa final onde poderemos ouvir e conversar com os mestres, contramestres e professores presentes.

Read More