Blog

especialistas

Vendo Artigos etiquetados em: especialistas

SP: Seminário Internacional de Desenvolvimento Econômico para Afrodecendentes

Seminário Internacional de Desenvolvimento Econômico para Afrodecendentes no Município de São Paulo

Vimos convidá-lo para participar deste Seminário, que traz ilustres palestrantes, como Mr Tony Regusters, Produtor de Comunicação, Consultor Internacional, Secretário e Cineasta, e Ms Alison Moses, Consultora/Perita em Desenvolvimento Internacional, Consultora do Banco Mundial, Projetos, Programas e Avaliações na América Latina e outros países, ambos de Washington/DC, além de especialistas do cenário nacional.

Informamos que, serão fornecidos Certificados de participação.

Na certeza de considerar a relevância do evento, o público envolvido e os temas em debate, agradecemos sua atenção.

Gratos

 

Famílias podem se exercitar com movimentos básicos da capoeira

Mistura de arte marcial, dança e jogo inclui passos de ataque e defesa. Atividade melhora equilíbrio, flexibilidade, resistência e força muscular.

Para quem emendou o feriado e tem a oportunidade de passar esta segunda-feira (30) com a família ou entre amigos, é possível aproveitar o dia para se exercitar em grupo, independentemente da condição meteorológica.

Segundo o preparador físico José Rubens D’Elia e o educador Marcos Mourão, passos básicos da capoeira podem ser um bom começo, pois fortalecem os músculos, dão mais equilíbrio, resistência e flexibilidade.

Essa mistura de arte marcial, dança e jogo, que surgiu no Brasil na época dos escravos, inclui movimentos de ataque e defesa. Durante a prática, a pessoa pode se levantar, abaixar, esquivar, girar e chutar.

Com a ginga, os golpes e as acrobacias da capoeira, os adeptos vão ganhando fôlego e saindo do sedentarismo. Também podem melhorar o ritmo – os movimentos são acompanhados de berimbau e cantos –, a coordenação motora e a socialização.

No estúdio do programa, as famílias Navarro e Sittoni executaram os ensinamentos dos especialistas e mostraram que não existe idade para fazer atividade física nem para aprender passos novos.

Antes da prática de exercícios, também vale aquecer o corpo, procurar um lugar confortável e tirar os sapatos. De acordo com os convidados, mexer os pés, bater palmas e até engatinhar pelo chão são algumas das propostas para fazer em casa de forma saudável e lúdica, principalmente para quem tem filhos e netos.

 

Fonte: http://primeiraedicao.com.br/

Coleção História Geral da África está disponível para download

O Estatuto da Igualdade Racial foi um marco para o movimento negro. Sancionado em 20 de julho de 2010 pelo então Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, trouxe muitos benefícios para a comunidade e cultura afro-brasileiras. Mas toda grande transformação social inicia-se pela educação. É nessa área que a coleção História Geral da África, lançada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), vem dar uma grande contribuição.

Publicada em oito volumes e totalizando 10 mil páginas, a coleção conta a história da África a partir de uma visão de dentro do continente, usando uma metodologia interdisciplinar que envolve especialistas de diversas áreas do conhecimento. Seu conteúdo permite novas perspectivas para os estudos e pesquisas a respeito da África e agora está disponível para download, gratuitamente, no site da Unesco.

Lançada nacionalmente em dezembro do ano passado, a coleção foi produzida por mais de 350 especialistas, sob a direção de um Comitê Científico Internacional formado por 39 intelectuais, dos quais dois terços eram africanos. O lançamento da versão em português é fruto de uma parceria da UNESCO com o Ministério da Educação, por intermédio da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (Secad), e a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Em abril, acontece o lançamento regional, com uma série de eventos (ver quadro abaixo)

LEGISLAÇÃO – Para além da contribuição intelectual na desconstrução da imagem primitiva sobre a cultura africana que ainda domina o senso comum, a coleção História Geral da África constitui parte de um material que possibilita a execução da Lei 10.639, de 2003, que inclui, na rede de ensino pública e privada, a obrigatoriedade da temática “História e Cultura Afro-brasileira”.

A inclusão do tema no ensino regular também é citada no Estatuto da Igualdade Racial (lei nº 12.288, de 20 de julho de 2010), que dedica a segunda seção do Capítulo II à educação. Segundo o texto, “é obrigatório o estudo da história geral da África e da história da população negra no Brasil”, a fim de resgatar “sua contribuição decisiva para o desenvolvimento social, econômico, político e cultural do País”. Com a Coleção, os professores terão acesso a um material de qualidade para basear suas aulas sobre o tema.

REFERÊNCIA – Além de servir de fonte para a produção de material pedagógico voltado para as escolas, a Coleção é base para pesquisas de especialistas e profissionais de todo o mundo que, de alguma forma, lidam com a história do continente, bem como subsidia a formação de professores de diversas áreas do conhecimento.

A obra contribui para a disseminação da história e da cultura africana na educação, e também para a transformação das relações étnico-raciais no País. A intenção é fazer com que professores e estudantes lancem um novo olhar sobre o continente africano e entendam sua contribuição para a formação da sociedade brasileira.

Considerada o principal material de referência sobre o assunto, a coleção completa foi editada em inglês, francês e árabe e, pela primeira vez, tem seus oito volumes disponibilizados em português.

DISTRIBUIÇÃO – A Coleção da História Geral da África será distribuída pelo Ministério da Educação e estará à disposição dos interessados em todas as bibliotecas públicas municipais, estaduais e distritais; nas bibliotecas das Instituições de Ensino Superior, dos Polos da Universidade Aberta do Brasil, dos Núcleos de Estudos Afro-Brasileiros, dos Conselhos Estaduais ou Distrital de Educação.

Os oito volumes estarão disponíveis para download nos sites da UNESCO.

 

Programação do lançamento regional

Cachoeira – Bahia

Mesa Redonda

Data: 02 de abril de 2011-03-28

Local: Auditório do Centro de Artes e Humanidades – Universidade do Recôncavo da Bahia

Horário: 10h – 12h30min

Salvador – Bahia

Data: 04 de abril de 2011

Local: Auditório da Reitoria da Universidade Federal da Bahia

Horário: 9h – 18h

São Paulo – SP

Data: 06 de abril de 2011

Local: Auditório do Tucarena – Rua Monte Alegre, 1024

Horário: 9h -18h

Belo Horizonte – MG

Data: 13 de abril de 2011

Local: Auditório Neidson Rodrigues, Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais

Horário: 9h – 18h

 

Fontes: Unesco, Seppir, MEC

Mestre Jelon ganha mais importante prêmio das artes tradicionais dos EUA

Um brasileiro está entre os agraciados com o mais importante prêmio nacional dos Estados Unidos nas artes tradicionais. Mestre Jelon Vieira, 55, vai receber o National Treasure, concedido pelo National Endowment for the Arts (NEA, em inglês), em cerimônia na Casa Branca em Washington D.C., pela divulgação da capoeira no país.

A escolha é feita pelo público, com freqüência composto por membros das comunidades dos premiados. Em seguida, um grupo de especialistas em artes tradicionais e folclore avalia o trabalho dos indicados, baseado na contribuição e compromisso deles em ensinar e praticar a arte. O painel de especialistas indicou 235 pessoas este ano, das quais 11 foram escolhidas para receber o prêmio.

O alto nível revela a excelência artística dos escolhidos e a contribuição para a herança cultural da nação. Nativos do Brasil, Peru, Etiópia, Coréia e Estados Unidos confirmam, através do prêmio, a importância das artes nesta verdadeira mistura cultural de etnias.

Mestre Jelon recebe merecidamente o prêmio pela preocupação em divulgar a capoeira nos Estados Unidos. Desde a chegada dele no país, na década de 70, vem ensinando e realizando apresentações. Em 1977, fundou a companhia profissional de dança contemporânea DanceBrazil, sediada em Nova Iorque e com apresentações já realizadas na Europa. Promoveu ainda mais a capoeira através da Capoeira Foundation, criada por ele em 1980, dando ênfase à dança e à música. O Centro Cultural Brasileiro em Nova Iorque reconheceu Mestre Jelon como o Pioneiro da Capoeira nos Estados Unidos, no ano de 2000.

Levando a arte país afora

Os outros imigrantes agraciados com o prêmio são o artista Jeronimo E. Lozano (Peru), pela fabricação de altares portáteis, a dançarina e música coreana Sue Yeon Park, e Moges Seyoum, cantor de músicas litúrgicas da Etiópia, e Walter Murray Chiesa, especialista em artesanato de Porto Rico.
Uma série de eventos no mês de setembro marca a premiação, incluído um banquete na Biblioteca do Congresso Americano, uma apresentação no Capitólio e um concerto no Music Center de Strathmore em Bethesda, Maryland, na sexta-feira (19).

O prêmio é patrocinado pela Fundação de Restaurantes Darden, em conjunto com a família Red Lobster, Olive Garden, LongHorn Steakhouse, The Capital Grille, Bahama Breeze e os 52 restaurantes Seasons.
A NEA foi estabelecida pelo Congresso em 1965 como uma agência independente do governo federal. É dedicada a apoiar e levar as artes para todos os 50 estados americanos, inclusive para as bases militares, áreas rurais e urbanas.

Da redação: http://www.comunidadenews.com

Reunião – FECAES

Vitória/ES, 03 de Abril de 2008.

Aos

Ilmº. Srs. Especialistas no Ensino da Capoeira

M.D. “Formados, Monitores, Instrutores, Contramestres e Mestres do ES”

CONVOCAÇÃO
 
Convocamos todos os Especialistas no Ensino da Capoeira que atuam no Estado do Espírito Santo, área de competência e atuação desta Federação, a participarem de reunião às 16:00h do dia 05 de Abril de 2008 no Centro de Treinamentos Martinho Lutero – Bento Ferreira – ES (próximo a sede da Federação e na mesma rua da Secretaria Municipal de Esportes de Vitória), onde serão discutidos as seguintes temáticas:

Reorganização da Capoeira do Estado do ES:

    * Orientação para Registro e Regularização dos Grupos de Capoeira do Estado do ES;
    * Apresentação do Calendário de Eventos dos Grupos para que possamos interceder na captação de apoio aos mesmos;
    * Apresentação da Diretoria da FECAES e suas funções;
    * Conselho Superior de Mestres – CSM: Banca Examinadora para coibir com os falsos Especialistas;
    * Apresentação da Programação de Cursos de Capoeira para 2008;
    * E outras deliberações.

Esta reunião se faz necessária dado as inúmeras denúncias do surgimento de “pseudos” Professores de Capoeira, formados, não sabemos onde nem por quem; criando seus próprios grupos sem qualquer ordem, organização, qualificação, experiência,…, enfim sem qualquer condição para isso, prejudicando todo trabalho sério desenvolvido por nós em 11 (onze) anos de existência.

Elaboração de Proposta à SEDU – Secretaria de Estado da Educação para fiscalizar os “Professores de Capoeira” e suas qualificações, atuantes no Projeto Escola Aberta, e, melhoria da ajuda de custo oferecida aos verdadeiros Especialistas no Ensino da Capoeira.

Solicitamos àqueles que possuírem; trazerem toda e qualquer documentação referente ao registro e / ou CNPJ / MF de seus grupos, para que possamos orientar-vos na construção ou reformulação estatutária, redação das Atas, Registro em Cartório, obtenção do CNPJ / MF, construção de Projetos, etc..

P.s. Convidamos a todos os Especialistas no Ensino da Capoeira e seus amigos docentes de capoeira atuantes no estado a se fazerem presentes a esta reunião, esta remessa via e-mail se dá pela deflagração da greve nos Correios reiteramos esta convocação.
 

Me. Alcebíades Milton Cabral
Presidente – FECAES  / 

Cme. Bert Karl Breuel
Diretor Institucional para Assuntos Estratégicos e Políticos