Blog

eugênio

Vendo Artigos etiquetados em: eugênio

Mestre Bimba e a “Capoeira Iluminada”

110 anos de dedicação ao mais brasileiro patrimônio cultural

O De Lá pra Cá deste domingo (21), que sucede ao dia da Consciência Negra, traz uma homenagem ao mestre da capoeira, o Mestre Bimba.

Luta ou jogo? Dança ou esporte? Ou tudo junto? Não existe uma definição absoluta do que é a capoeira. Mas sabe-se que é uma manifestação cultural genuinamente brasileira e que tem em mestre Bimba o homem que a reinventou. Foi Bimba quem tirou a capoeira da marginalidade e a transformou numa cultura física, praticada por milhões de pessoas em todo o mundo. Há 300 anos que é dos maiores símbolos do Brasil e foi tombado como patrimônio cultural brasileiro desde julho de 2008.

Participam deste programa dedicado aos 110 anos de Mestre Bimba, o jornalista e presidente da Biblioteca Nacional, Muniz Sodré; o professor de História da UFBA, Carlos Eugênio; Mestre Camisa e diretor Luiz Fernando Goulart.

 

Apresentação Ancelmo Gois e Vera Barroso

Direção geral José Araripe Jr

Direção Carolina Sá

Livre

Horário: domingo, 18h

Reapresentação: sexta, 20h30

 

Fonte: http://www.tvbrasil.org.br/

V Fórum de Capoeira e Cidadania e II Festival de Capoeira Inclusiva

Nos dias 13 e 14 de novembro, o Núcleo de Formação Cidadã (NFC) da Metodista realizará o V Fórum de Capoeira e Cidadania e o II Festival de Capoeira Inclusiva, coordenados pelo Prof. Ms. Eduardo Okuhara.

Nesta 5ª edição, o evento abordará a história da capoeira e contará com a presença do Prof. Dr. Carlos Eugênio Líbano Soares, professor adjunto da Universidade Federal da Bahia, que destaca em seus trabalhos a história da escravidão africana no Brasil e atua principalmente nos temas Capoeira e Escravidão.

A entrada é franca. Confira abaixo a programação:

Dia 13 de novembro

Horário: das 19h30 às 22h
Local: Auditório Sigma
Capoeira: mitos e fatos – Prof. Dr. Carlos Eugênio Líbano Soares
Homenagem ao mestre Capoeirista Cidadão 2009
Participação do Grupo Capoeirando na Metô

Dia 14 de novembro

Horário: das 10h às 14h
Local: Ginásio do Complexo Esportivo
II Festival de Capoeira Inclusiva
Cerimônia de Batizado dos integrantes do grupo Capoeirando na Metô.

Não é necessário realizar inscrição antecipada.

Parceiros:

Núcleo de Artes, Assessoria Pedagógica para Inclusão, Cátedra Gestão de Cidades, Projeto Capoeirando na Metô, Espaço Consciência Negra, V.I.V.A Capoeira e Prefeitura Municipal de São Bernardo do Campo.

Local: Universidade Metodista de São Paulo
Campus Rudge Ramos
Rua Alfeu Tavares, 149 – Rudge Ramos
São Bernardo do Campo-SP.

Mais informações:
Núcleo de Formação Cidadã
Telefones: (11) 4366 5968 / (11) 4366 5216

Capoeiras na Bahia e no Rio do século 19 são tema de encontro

Uma das manifestações mais vigorosas da cultura popular do Rio de Janeiro do final do século XIX, a capoeira será o tema da aula inaugural, nesta terça-feira (2), do curso Conversando com sua História, promovido pela Fundação Pedro Calmon/Secult, às 17h, no auditório do Palácio Rio Branco. Na ocasião, o professor Carlos Eugênio Líbano dará destaque às ocorrências policiais envolvendo a prática da capoeira na província do Rio.

“A tradição da capoeira na Bahia já é um lugar comum nos estudos de cultura no Brasil. Mas estudos sobre a capoeira baiana do século XIX ainda são inexistentes, muito menos versando sobre capoeiristas baianos no Rio de Janeiro deste tempo”, destaca o palestrante.

Atualmente professor adjunto da Ufba, Carlos Eugênio tem doutorado em História Social do Trabalho pela Universidade Estadual de Campinas e experiência na área de História da escravidão africana no Brasil, com ênfase em História urbana.

Fonte: AGECOM

4º Mundial Muzenza de Capoeira, Lançamento de Livros e Palestras

O Grupo Muzenza estará lançando no 4º Mundial Muzenza Aberto de Capoeira na cidade de Saquarema – RJ  os Livros:
 
1 – Os Benefícios Psicofisiológico da Capoeira – Autora Professora Criança – RJ
2 – Manual Educacional de Capoeira – Professor Fabinho – Espanha Muzenza
3 – DVD Muzenza no Mundo série 1 – Autor Mestre Burguês.
E haverá também as seguintes palestras :
 
  • Historiador Carlos Eugênio com o tema \" A Capoeira no Rio de Janeiro \".
  • Palestra com Dr. Odilon Góes com o Tema \" A Capoeira a Luz do Direito Desportivo\" ( Lei e incentivo Fiscal nº 9715/98.
Atenciosamente Conto com a Presença de todos. Mestre Burguês

www.mundialmuzenza2007.com.br

BIMBA DESAFIA OS CAPOEIRISTAS BAHIANOS

          A capoeira é um jogo genuinamente brasileiro. Na Bahia, é o mesmo praticado em grande escala. Temos uma série de nomes de grande projecção na difficil lucta da "raspa e da queda".

         Infelizmente, quase que não se assiste a demonstrações desse jogo, que é aliás, bem interessante. Que se movimentam os nossos capoeiristas, para o soerguimento do jogo que abraçaram.

Um desafio

          Esteve, hontem, em nossa redacção o sr. Manoel dos Reis, mais conhecido nas nossas rodas desportivas por Mestre Bimba, que em palestra comnosco pediu que lançassemos em seu nome um desafio aos capoeiristas desta capital, dentre os quaes figura Samuel Pescador, Eugenio e Henrique Bahia, para a realização de um encontro que deverá effectuar-se no proximo domingo.

          Bimba espera que o seu desafio seja acceito.

Jornal Diário da Bahia – Salvador, 28/01/1936

Fonte: www.filhosdebimba.fhp.com.br

 

Brasil sedia fórum de software livre

Brasil sedia fórum de software livre em junho
IDG Now!
O Brasil vai sediar o VI Fórum Internacional de Software Livre, evento que acontecerá no início junho, em Porto Alegre.

O anúncio sobre o evento, que levará o nome de FISL 6.0, foi feito na quinta-feira (27/01) pelo Projeto Software Livre Brasil.

Estiveram no lançamento representantes do governo como o presidente o Instituto Nacional de Tecnologia da Informação, Sérgio Amadeu, o presidente da Radiobrás, Eugênio Bucci e o Secretário Executivo do Ministério da Educação, Fernando Haddad, entre outros.

Em sua apresentação, Sérgio Amadeu ressaltou a importância do fórum para o movimento software livre. O presidente do ITI destacou também que sua participação e de sua equipe no evento realizado em 2002 foi decisiva para a instalação do GNU/Linux no projeto de inclusão digital da capital paulista.

Eugênio Bucci comentou a migração da Radiobrás para o código aberto e Fernando Haddad comentou detalhes do uso do software livre no Ministério da Educação.

IDG Now!