Blog

fórum

Vendo Artigos etiquetados em: fórum

Berlin: Existência e Resistência do Projeto Iê Ação Cultural

Aniversário / 01. até 24. SETEMBRO 2013/ 6 ANOS – Existência e Resistência do Projeto Iê Ação Cultural

Desde 1988 o Projeto Iê Ação Cultural vem desenvolvendo no Brasil atividades entre palestras, Workshops e debate relacionados à cultura afro-brasileira no aspecto sociohistórico político cultural. Nesse ano de 2013, estamos comemorando o 6° ano de registro oficial do Projeto Iê Ação Cultural e 30° Anos de vivência do Júlio César Balbino (Mestre PimPim) na Capoeira.

Convidamos a todos para participar em nosso encontro em comemoração, que será realizado no Centro Intercultural Fórum Brasil em Berlin (Alemanha).

Roda de Capoeira Angola – Iê!…Vem jogar mais eu mano meu.

Local:

Forum Brasil e.V.

Möckernstraße 72

10965 Berlin – 030 – 780 960 54

 

 

GEBURTSTAG / 01. bis 24. SEPTEMBER 2013/ 6 JAHREExistência e Resistência do Projeto Iê Ação Cultural

Seit 1988 führt das Projekt Iê Ação Cultural Aktivitäten wie Vorträge, Workshops und Debatten bezogen auf die afro-brasilianische Kultur in ihrem sozial-historischen, politischen und kulturellem Kontext durch. Dieses Jahr, 2013, feiern wir den 6. Jahrestag der offiziellen

Registrierung des Projekts Iê Ação Cultural und 30 Jahre Capoeira-Erfahrung von Júlio César Balbino (Mestre Pim-Pim).

Wir laden alle zu unserem Treffen anläßlich dieser Jahrestage ein, das im Interkulturellen Zentrum Forum Brasil in Berlin (Deutschland) stattfinden wird .

 

Projeto Iê Ação Cultural

E-mail: projetoieacaocultural@yahoo.com.br

www.ieacaocultural.com.br

http://www.facebook.com/ie.acao.cultural.goerlitz

Info. 01771540160

Rio de Janeiro: Capoeira, Jongo e Samba são tema de debate em São Gonçalo

A Capoeira está participando do processo eleitoral do Conselho Nacional de política Cultural, através de Mestre Paulão, um dos candidatos do RJ. Por isso, um Fórum será realizado.

Com apoio da Universidade Estácio de Sá – Campus São Gonçalo, a Liga Gonçalense de Capoeira promove, no dia 20/10, das 14h às 17h, o Fórum de Debates sobre o Patrimônio Cultural Imaterial Brasileiro.

Na programação do Fórum, estão discussões sobre a Capoeira como Patrimônio Cultural Imaterial Brasileiro e a votação pela UNESCO, em 2013, da Capoeira como Patrimônio Cultural da Humanidade; o Jongo do Sudeste; o Plano de Salvaguarda do Samba do Rio de Janeiro, a Carta Compromisso com a Cultura e Religiões de Matrizes Africanas.

Promovido pelo Departamento Pedagógico, de Programas e Projetos da Liga Gonçalense de Capoeira, o encontro tem como objetivo divulgar nossas propostas, já que pleiteamos uma vaga no Conselho Nacional de Política Cultural – CNPC.

Este será um importante momento não somente para a Cultura Nacional como, em especial, para a Liga Gonçalense de Capoeira, que acata a decisão da Comissão Organizadora Nacional do Conselho Nacional de Política Cultural – CNPC.

A presidência da Liga Gonçalense de Capoeira teve seu nome aprovado pelo Ministério da Cultura para concorrer a uma das vagas no Setorial de Patrimônio Imaterial do Conselho Nacional de Política Cultural.

Esperamos, no dia 20/10, poder contar com a presença de todos e de todas.

Saudações capoeirísticas.

 

Fonte: Cultura.RJ

Barbacena sedia o I Fórum Regional de Capoeira

De sexta-feira (28) a domingo (30) Barbacena sedia o I Fórum Regional de Capoeira. A abertura acontece às 19h na UEMG, campus Barbacena, com uma palestra do Mestre Ray, de Belo Horizonte.

No sábado (29), rodas de capoeira no centro da cidade. A partir das 15h, cursos de capacitação de capoeira no Cefec com a presença de vários grupos da região e de outros estados.  As inscrições podem ser feitas no dia e no local do evento.

O ponto alto do sábado será a presença do ator e capoeirista Ailton Carmo, protagonista do filme “Besouro”. O longa conta a vida de Besouro Mangangá, um capoeirista brasileiro da década de 1920 a quem eram atribuídos feitos heróicos e lendários. A exibição gratuita do filme será no auditório da Fundac, a partir das 19h.

O encerramento do festival será no domingo  (30), a partir das 10h, na Epcar, com entrada gratuita. Na oportunidade serão graduados cerca de 30 novos alunos. A promoção é da equipe Oficina da Capoeira Barbacena. De acordo com Nicollas Guilarducci, o objetivo do festival é “divulgar a capoeira e a cultura afro-brasileira na cidade”.

 

BARBACENA

Conhecer Barbacena é conhecer uma das regiões mais importantes de Minas Gerais. A mais de 300 anos, Barbacena marcou presença em momentos decisivos na História.
A cidade possui uma média térmica de 17º C, um clima agradável, favorecendo a fruticultura e a floricultura, especialmente a de rosas.
Barbacena é conhecida em todo o Brasil, e também no exterior, como a “Cidade das Rosas”, em função da grande produção de primeira qualidade desta flor. No Brasil, o município também é conhecido como a “Cidade dos Loucos”, pelo grande número de hospitais psiquiátricos instalados no local. A cidade atraiu esses manicômicos em decorrência da antiga idéia, defendida por alguns médicos, de que seu clima ameno, com temperaturas médias bem baixas para os padrões brasileiros, faz com que os ditos “loucos” fiquem mais quietos e menos arredios, supostamente facilitando o tratamento.
Além disso abriga a EPCAR (Escola Preparatória de Cadetes do Ar), várias pousadas e chalés na Serra da Mantiqueira, além de um parque industrial bastante diversificado.

Carta da Capoeira de MT é lançada hoje

Acontece neste domingo o lançamento da Carta da Capoeira de Mato Grosso, a partir das 15 horas, na sede do Iphan, no Centro Histórico de Cuiabá.

Documento é resultante da mobilização de mais de cinco mil pessoas envolvidas diretamente com as rodas de capoeira em dezenas de cidades de Mato Grosso

A Carta da Capoeira de Mato Grosso é o resultado da mobilização de mais de 5000 pessoas envolvidas diretamente com as rodas de capoeira na Baixada Cuiabana e mais 29 municípios do Estado.

A Carta foi construída a partir das discussões do Fórum da Capoeira de Mato Grosso, fomentado pelo Iphan, e mediado pelo antropólogo Stênio Soares (Unesco/DPI-Iphan), responsável pelo Patrimônio Cultural Imaterial.

Ao longo de sete meses, foram fomentadas reuniões de formação no campo das políticas públicas de preservação do patrimônio cultural imaterial (tradições, danças, jogos, festas, oralidades). E em março de 2012 foi criado o Fórum da Capoeira de Mato Grosso, coordenado pela Comissão Prol Capoeira de Mato Grosso, organização da sociedade civil que reúne representantes de mais de 50 entidades que lidam diretamente com a roda de capoeira.

A Comissão Prol Capoeira de Mato Grosso se organizou em seis grupos de trabalho que refletem as demandas do segmento: “Capoeira, identidade e diversidade cultural”, “Capoeira e Educação”, “Capoeira e Fomento das Políticas Públicas”, “Capoeira, Esporte e Lazer”, “Capoeira, Profissionalização e Internacionalização” e “Capoeira e desenvolvimento sustentável”. Além disso, a Carta apresenta o apoio das lideranças capoeiristas às questões tangentes aos direitos igualitários, compreendendo a capoeira como um espaço de respeito às mulheres e à diversidade sexual.

A Comissão já teve avanços importantes com o Ministério da Cultura. Em maio de 2012 realizaram uma reunião com a Coordenadora-Geral de Salvaguarda do Iphan, Teresa Paiva, e com o diretor de Fomento e Promoção da Cultura Afro-brasileira da Fundação Cultural Palmares, Martvs das Chagas.

Os adeptos da capoeira em Mato Grosso acreditam que o movimento no Estado está passando por um processo interessante de construção de maturidade política. As capoeiristas e os capoeiristas compreendem que existe uma política pública federal que protege a roda de capoeira enquanto Patrimônio Cultural do Brasil. Por outro lado, eles percebem que é necessário articulação com o governo do Estado de Mato Grosso e com os municípios onde se fazem presentes. E a Carta da Capoeira de Mato Grosso não se resumirá a um documento de reivindicações, ela será fundamental para se compreender como uma base do movimento cultural no Estado está se articulando diante das políticas públicas nacionais e locais.

Para marcar esse momento de discussão das políticas culturais, a Carta da Capoeira de Mato Grosso será apresentada em meio a rodas de capoeira, danças afro e samba de roda. Como manda o enredo.

Fonte: http://www.diariodecuiaba.com.br

Rio Capoeira 2011 – 1º Forum Internacional de Capoeira

Capoeira tenta mudar regras para se transformar em esporte olímpico: Em fórum realizado no Rio de Janeiro, mestre afirma que mudança é essencial para que a luta ‘não fique para trás’ na busca por patrocínios

Quando inventaram a capoeira os escravos brasileiros não podiam imaginar até onde ela iria chegar. O que inicialmente surgiu de uma necessidade de libertação transformando o corpo em arma se tornou uma arte praticada em 150 países. Mas, hoje, os praticantes enfrentam o desafio de organizar o esporte para que ele seja reconhecido como modalidade olímpica. Uma mudança fundamental para o futuro da luta segundo o mestre Beto Simas (assista ao vídeo).

– Se nós não tivermos a organização de sermos um esporte olímpico a gente fica para trás. Hoje, todo mundo está patrocinando os esportes olímpicos.

No Rio de Janeiro, o Fórum Internacional de Capoeira reuniu representantes de diferentes países para discutir como a arte pode ser modificada a fim de participar das Olimpíadas. O mestre Djamir Pinatti explica os objetivos do encontro.

– Esse fórum serve para tentar uma união psicológica da classe, para tentar resolver todas essas questões problemáticas e variáveis da capoeira.

As alternativas são competições com contato físico ou como apresentação individual através de avaliação da técnica feita por um júri, como na ginástica olímpica.

– A gente só não pode perder a essência porque se não fica limitado, não fica a arte da capoeira – diz Simas.

A discussão sobre novos parâmetros para capoeira surge também de uma preocupação com o futuro de jovens atletas, como Gabriel Maia, de 9 anos, que revela praticar a arte há bastante tempo.

– Quando a minha mãe estava grávida ela tocava berimbau e eu já chutava a barriga dela.

 

  • Com o intuito de fortalecer e divulgar a capoeira como uma das maiores manifestações culturais do Brasil, o evento aconteceu de 13 a 17 de julho.

 

Fontes: http://sportv.globo.com

V Fórum Alagoano de Capoeira

Acontece hoje (05.11) às 19h, a solenidade de abertura do V Fórum Alagoano de Capoeira, no auditório do Espaço Cultural da Universidade Federal de Alagoas localizado em frente à Praça Sinimbu em Maceió-AL. A atividade é promovida pela Federação Alagoana de Capoeira (FALC) e conta com o apoio do Núcleo Zero, Secretaria Estadual de Cultura (Secult), Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel) e da Secretaria Estadual de Educação e Esporte. O tema central deste ano discutirá “Capoeira, Cultura e Esporte Olímpico” e as atividades serão desenvolvidas na capital alagoana e no município de União dos Palmares.

Para iniciar as discussões, terá a mesa de honra seguida de uma conferência sobre “A capoeira como prática esportiva – Olimpíadas no Brasil” ministrada pelo professor Higino José dos Santos, que é Especialista em Fundamentos Sócio Culturais da Educação Física, Esporte e Lazer. A atividade é aberta ao público e logo depois será servido um coquetel para os presentes.

Neste fim de semana, as palestras continuam no Colégio Theonilo Gama no bairro do Jacintinho, das 8h às 17h, com um curso de formação de árbitro oficial, além de explanações sobre condicionamento físico e o esporte, alimentação do atleta e alongamentos. Estarão presentes o Mestre Papuá, Presidente da Federação Sergipana de Capoeira e Árbitro Nacional da Confederação Brasileira de Capoeira (CBC); os árbitros nacionais da CBC, Mestre Elias e Mestre Antonio Paulo (Morcego); e o Contra-Mestre Márcio Rodrigues, Coordenador do Projeto Capoeira na Escola em Santos (SP).

Nos dias 14 e 15, terá a segunda etapa do Fórum, no auditório da Prefeitura de União dos Palmares, com as palestras sobre condicionamento físico e o esporte, alimentação do atleta e alongamentos, e no Espaço Cultural Acotirene terá uma oficina e simulação técnica de Campeonato de Capoeira. O evento é destinado para mestres de capoeira, contra-mestres, capoeiristas de vários grupos, acadêmicos de Educação Física e representantes de outras entidades do movimento social negro de Alagoas. Para participar de todo o Fórum, podem se inscrever no local: R$20 para membros filiados e R$40 para demais interessados.

 

FALC

De acordo com o Presidente da FALC e contra-mestre de capoeira, Marco Antonio Santos (Marco Baiano), o evento integra a programação celebrativa do mês da consciência negra, serve para exaltar a importância da capoeira e promover o intercâmbio entre os grupos oriundos de várias partes do Estado. Atualmente a instituição encontra-se com a gestão “Uma luta com responsabilidade” (2008-2012) e conta com 35 grupos filiados. Tem promovido várias atividades de formação para os capoeiristas e promovendo todo o primeiro e terceiro sábado de cada mês, rodas de capoeira no Memorial da República no bairro do Jaraguá em Maceió.

A capoeira une música, dança e luta. Foi intitulada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) em julho de 2009, como Patrimônio Cultural do Brasil. Praticada em mais de 150 países, trata-se de um segmento afro que congrega indivíduos das mais diversas faixas etárias, condições financeiras, ideológicas, religiosas e políticas.

 

SERVIÇO

O que? Abertura do V Fórum Alagoano de Capoeira

Onde: Auditório do Espaço Cultural, Praça Sinimbu – Centro – Maceió/AL

Horário: 19h

Aberto ao público!

Mais informações: (82) 9302-3272 (Marco Baiano) / 9381-7765 (Leto) / 8858-6771 (Denis)

http://federacaoalagoanadecapoeira.blogspot.com

 

Por: Helciane Angélica

Jornalista e integrante da COJIRA-AL

I Fórum de Capoeira do Grande Recife

Temos a honra de convidar a você e seu grupo de capoeira para participar dos debates do I FÓRUM DE CAPOEIRA DO GRANDE RECIFE, evento realizado pelo Laboratório de Patrimônio Cultural da Universidade Federal de Pernambuco sob a Coordenação do Prof. Dr. Frei Tito e a ONG “Respeita Januário”.

Tema: A CAPOEIRA PATRIMONIALIZADA – Desafios e Perspectivas Contemporâneas.

O Evento contará com a presença dos Pesquisadores do IPHAN que realizaram as entrevistas do Inventário da Capoeira em Pernambuco.

Esse importante evento e incentiva a todos a participar e contribuir com ideias para a Salvaguarda e Patrimonialização da Capoeira.

Estamos contando com o sua disponibilidade, esforço e idealismo neste FÓRUM, por se tratar de horário de dias de semana (estudo e trabalho,…).

Participe e contribua com sua opinião para enriquecer os debates.

Pedimos que nossos Capoeiristas Pernambucanos nos ajude a divulgar esse evento na comunidade capoeirística.

Inscrições no Blog: http://lpc-ufpe.blogspot.com

 

Salve Capoeira de Pernambuco Imortal!

 

ONG: UNICALEN

 

I FÓRUM DE CAPOEIRA DO GRANDE RECIFE

Auditório do Centro de Arte e Comunicação/UFPE

DIAS:

03/11/2010 (Quarta-feira) – ABERTURA das 17:30 às 20:30 horas.

04/11/2010 (Quinta-feira) – das 14:00 às 18:00 horas.

05/11/2010 (Sexta-feira) – das 14:00 às 18:00 horas.

Cultura: Boletim da SID nº 04

Cultura e Educação

SID/MinC participa de oficina, realizada pela OEA, na República Dominicana

Os Ministérios da Cultura e da Educação participarão, em São Domingo, República Dominicana, da oficina O papel das artes e dos meios de comunicação na educação para uma cultura democrática, que será realizada pela Comissão Interamericana de Cultura da Organização dos Estados Americanos(CIC/OEA) de 16 a 18 de junho de 2010.

Saiba Mais

 

Culturas Indígenas

Guarani é oficializado como segunda língua em município do Mato Grosso do Sul

O guarani é a segunda língua oficial do município de Tacuru, no Mato Grosso do Sul. O município é o segundo do país a adotar um idioma indígena como língua oficial, depois da sanção, pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, no dia 24 de maio, do Projeto de lei que oficializa a língua guarani em Tacuru. Com a nova lei, os serviços públicos básicos na área de saúde e as campanhas de prevenção de doenças neste município devem, a partir de agora, prestar informações em guarani e em português.

Saiba Mais

 

Professores do DF participarão de Fórum de Atualização sobre Culturas Indígenas

Curso visa formar docentes para ministrar aulas sobre o assunto no Ensino Fundamental

Os professores das escolas públicas e privadas de Brasília participam, de 16 a 18 de junho, na Escola de Aperfeiçoamento dos Profissionais da Educação (EAPE), do Fórum de Atualização sobre Culturas Indígenas – Módulo II. O evento integra o Projeto Séculos Indígenas no Brasil, que chega a sua terceira edição em 2010 e tem como objetivo preparar os professores do Distrito Federal para ministrar aulas de Cultura Indígena no Ensino Fundamental.

Saiba Mais

 

Comunicação SID/MinC

Telefone: (61) 2024-2379

E-mailidentidadecultural@cultura.gov.br

Acesse: www.cultura.gov.br/sid

Nosso Blog: blogs.cultura.gov.br/diversidade_cultural

Nosso Twittertwitter.com/diversidademinc

 

Mato Grosso: Sinop realiza a 1ª Jornada de Diversidade Cultural do Município

Fórum de Diversidade Cultural com início às 13:30 horas voltado a toda comunidade e produtores culturais do município.

Será realizado em Sinop, de 12 a 14 de março, a 1ª Jornada de Diversidade Cultural que inclui a inauguração do Ponto de Cultura do Projeto Aruandê Mato Grosso e do Ponto de Cultura Projeto Juventude Ativa, o 2º Fórum de Diversidade Cultural, Encontro Regional de Capoeira e apresentações culturais.

A proposta do Fórum é criar uma agenda de discussões do setor cultural.

No dia 13 o encontro “Capoeira tem vida” será realizado durante a manhã e a tarde com participantes de 15 cidades da região. Durante a noite serão realizadas atividades culturais com Roda de samba.

No domingo, 14, a partir das 15:00 horas diversos grupos locais se apresentam e ás 20:00 horas o show de encerramento será com a banda Macaco Bong, o rapper Linha Dura e Paulo Monarco. O show ocorre na Praça das Bandeiras. A participação no evento é gratuita.

O evento conta com o apoio da Secretaria de Estado de Cultura de Mato Grosso, Pontos de Cultura, Programa Mais Cultura e Ministério da Cultura.

Fonte: ExpressoMT – http://www.expressomt.com.br

Será realizado em Sinop, de 12 a 14 de março, a 1ª Jornada de Diversidade Cultural que inclui a inauguração do Ponto de Cultura do Projeto Aruandê Mato Grosso e do Ponto de Cultura Projeto Juventude Ativa, o 2º Fórum de Diversidade Cultural, Encontro Regional de Capoeira e apresentações culturais. 

A proposta do Fórum é criar uma agenda de discussões do setor cultural.

 

No dia 13 o encontro “Capoeira tem vida” será realizado durante a manhã e a tarde com participantes de 15 cidades da região. Durante a noite serão realizadas atividades culturais com Roda de samba.

 

No domingo, 14, a partir das 15:00 horas diversos grupos locais se apresentam e ás 20:00 horas o show de encerramento será com a banda Macaco Bong, o rapper Linha Dura e Paulo Monarco. O show ocorre na Praça das Bandeiras. A participação no evento é gratuita.


O evento conta com o apoio da Secretaria de Estado de Cultura de Mato Grosso, Pontos de Cultura, Programa Mais Cultura e Ministério da Cultura.

 

 

Fonte: ExpressoMT