Blog

júnior

Vendo Artigos etiquetados em: júnior

Jovens pacientes superam limites em aulas de capoeira inclusiva na AACD

Inclusão através do esporte para a superação de muitos limites. Essa é a fórmula para um grupo de 35 jovens pacientes da AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente), na Ilha Joana Bezerra, Zona Central do Recife. Todas as segundas, das 14h às 15h, eles têm encontro marcado com o mestre de capoeira voluntário Severino Santos de Almeida Júnior, o Mestre Júnior, responsável por levar ao universo das crianças a adaptação, do jogo, da luta, da tradição da Capoeira, criada pelos escravos africanos e trazida ao Brasil na época em que o País era uma colônia portuguesa.

O projeto, chamado de capoeira inclusiva, foi levado à entidade em Pernambuco pelo mestre em 2006, após um evento sobre a prática da capoeira na AACD de São Paulo, focada em pacientes amputados. “O que começou meio suspeito é, hoje, uma verdade”, comemora Mestre Júnior, de 44 anos, também professor de educação física e história, com 35 anos voltados à prática desse esporte e sua história, onde ele cita a seguinte máxima dita pelo Mestre Pastinha: “Capoeira é tudo que a boca come”. Confira videorreportagem do NE10:

A dinâmica da aula é desenvolvida após análise da ficha médica de cada aluno, assim como as atividades fisioterapêuticas desenvolvidas com a equipe da AACD. A partir dessa avaliação, o professor trabalha o lado lúdico do esporte e o enriquecimento muscular, já que a Capoeira trabalha o sistema Cardiovascular, Sistema auditivo que por sua vez aguça os reflexos do paciente e o Sistema Neurológico, através da música com os instrumentos da Capoeira (berimbau, pandeiro, atabaque e etc.) e ao som mecânico com CDS de Capoeira, associado aos valores desenvolvidos nos atletas: disciplina, superação e motivação. Apesar das diferentes especificidades, mestre Júnior garante: “A aula de um é para todos”. Para um dos alunos, Pedro Lucas, de 9 anos, conseguir entrar nas aulas, há três anos, foi a realização de um desejo. Entre risos envergonhados, o jovem afirma: “Eu queria muito entrar nesse grupo e minha mãe conseguiu”, conta. Quando questionado sobre de qual parte gosta mais, é taxativo: “Gosto mais de cantar”.

A capoeira inclusiva, além de desenvolver a habilidade social, auxilia na fisioterapia recomendada para cada aluno e contribui com a reabilitação do paciente. É o caso de Brenda Carlla, uma das mais velhas do grupo. “Eu percebi que desenvolvo mais. Antes da capoeira, eu caía muito quando pegava carona em bicicleta, agora não caio mais”, conta a jovem de 17 anos, que desde os dois anos de idade faz tratamentos na AACD e começou as aulas com o mestre Junior há seis anos. As aulas semanais são aguardadas ansiosamente não apenas pelos alunos, mas também por suas mães. Para Jacira Muniz, 45 anos, mãe de Thiago, de 14 anos, os resultados são gratificantes. “A gente que é mãe vê a evolução. A questão que ele faz de vir. Ele até mostra os movimentos que aprendeu. A capoeira faz a diferença”, comemora Jacira, que se dedica exclusivamente aos cuidados com o filho.

Marília Lima, 31 anos, mãe de José Ricardo, 7 anos, chegou a pensar em desistir de acompanhar os filhos na aula. O pequeno é portador da Síndrome de Lesch-Nyan, uma doença hereditária e metabólica rara que causa disfunção neurológica, cognitiva e alterações de comportamento. “Eu queria desistir, mas o mestre não deixou. Com a continuidade, ele melhorou bastante. Antes de entrar na capoeira, quase não tinha contato com outras pessoas. Agora, ele até pede para vir”, conta.

“Para mim foi muito importante. O pouco que eu consegui é muita coisa”

O outro filho, Matheus Guilherme, de apenas um ano e nove meses, também é portador de Lesch-Nyan. Se depender da mãe, será o mais novo paciente a ser apresentado ao poder de reabilitação da capoeira inclusiva.

Pedro Lucas já participa da capoeira inclusiva há três anos. O que mais gosta nas aulas é de cantar

AULAS – Para participar das aulas, o aluno precisa ser paciente AACD e enfrentar uma fila de espera com cerca de 70 pessoas. O requisito para começar o tratamento na entidade é a apresentação de um laudo médico que comprove a necessidade do paciente em realizar procedimentos de reabilitação física.

 

Além das aulas semanais, a instituição promove o Encontro de Capoeira Inclusiva. O evento marca o batismo e a troca de cordas das crianças e adolescentes que formam o grupo de capoeira da AACD. “Temos desde a graduação infantil especial, que são seis cordas, até a graduação adulta, com nove cordas”, explica Severino Júnior.
A Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD) é uma instituição sem fins lucrativos que atende crianças e jovens de 0 a 16 anos com deficiência física e adultos amputados e lesionados.

Inaugurada em 1999, a AACD Pernambuco já ultrapassou 149 mil consultas clínicas e 833 mil terapias realizadas para crianças de todo o Norte e Nordeste. Atualmente, é mantida através de parceria com o Sistema Único de Saúde (SUS) e realização de projetos com venda revertida à instituição.  Para marcar a triagem específica para cada patologia na AACD, o paciente ou seu responsável deve apresentar ao setor de Serviço de Atendimento Médico e Estatístico (Same) um relatório médico que descreva o diagnóstico e tratamento realizado na fase aguda ou inicial da doença, além das condições atuais em que o paciente se encontra. Após avaliação de uma equipe multidisciplinar, será elaborado o tratamento de reabilitação na AACD. Se por acaso a patologia não for tratada na associação, o paciente e família são orientados a realizarem o tratamento em instituições especializadas na deficiência relatada.

 

AACD Pernambuco
Endereço: Avenida Advogado José Paulo Cavalcanti, 155, Ilha Joana Bezerra Recife  Telefone: 3419.4000

Mestre Junior: (81)977018889/86192109

Foto: Malu Silveira / NE10

 

AACD: Superação através do Esporte

“Inclusão e Equilíbrio são alguns limites vencidos pelas crianças da AACD através da capoeira…”

Caros amigos, segue a metéria feita pela revista Fácil que será usada no TELETON de 2012, onde a nossa Capoeira é enfatizada como meio de ajuda a portadores de deficiência da AACD.

Aproveito o ensejo também e me ponho a disposição para palestras, workshops e cursos de Capoeira e capacitação para professores e Mestres que queiram trabalhar nesta vertente da nossa Arte Maior a CAPOEIRA.

 

Contatos:

Mestre Júnior – mestrejunior1@gmail.com

(xxx81)97701889 Tim – 86192109 Oi.

 

AACD: Gabriel José Mesquita Monteiro Dias – Marketing (Recife)  – gjdias@aacd.org.br

 

Iê maior é Deus, grande pequeno sou eu

 

 

Grupo de Capoeira Nação Recife/AACD

Recife: o trabalho de Capoeira com crianças portadoras de deficiências, começou em 2005 a princípio com uma desconfiança mais depois se tornou uma realidade, hoje o Grupo de Capoeira Nação Recife/AACD, sob a direção e coordenação do Mestre Júnior, Prof de Edc Física e História da Capoeira, coordena as aulas com movimentos de Capoeira adaptados para os pacientes (alunos), dentro da grande ludicidade que esta arte contém.

 

Serviço:

Workshop sobre Capoeira Inclusiva e os benefícios que ela pode trazer aos adeptos com necessidades especiais

Mestre Júnior

(81)97701889/86192109 – mestrejunior1@gmail.com

Associação Brasileira de Capoeira Regional “Mestre Bimba”

Criada a Associação Brasileira de Capoeira Regional “Mestre Bimba”

Proposta é fortalecer a filosofia de Mestre Bimba (criador da capoeira regional)

Fundada em Limeira, em 30 de agosto, a Associação Brasileira de Capoeira Regional “Mestre Bimba” (ABCR) surge como uma proposta em fortalecer, divulgar e propagar a filosofia do criador da capoeira regional, mestre Bimba.

A associação foi criada em uma assembléia realizada na sede do Centro de Aprendizado Metódico e Prático de Limeira (CAMPL) tendo como seus componentes o presidente Paulo César Junqueira Hadich, o advogado Marcos Aurélio Magalhães Faria Junior e a secretária Kelly Chinelatto Silveira.

Nesta assembléia foi eleita a diretoria executiva da ABCR Mestre Bimba para o primeiro mandato. A composição é a seguinte:

 

Presidente: Paulo Henrique de Oliveira (Professor Caverna)

Vice-presidente: César Antônio Parro (Fala Mansa)

1º Tesoureiro: Tupanema Terini

2ºTesoureiro: Jessé Magalhães Matias

1ºSecretário: Silvana Duarte Cavicchioli

2ºSecretário: Marcos Antônio Magalhães Junior

 

Consultivo:

1ºTitular: Renato da Silva Santos (Coca Cola)

2ºTitular Vanessa Peruck

3ºTitular Fabiano Caviquio

1ºSuplente Renan Balloni Rabelo

 

Fiscal:

1ºTitular Claudia R. dos Santos Prestes

2ºTitular Renan Neres de Campos Oliveira

3ºTitular Francisco Grazieldo da Silva Souza

1ºSuplente Ricardo Cavicchioli.

 

A Associação de Capoeira Regional irá funcionar com o suporte da escola de capoeira Filhos de Bimba e da Fundação Mestre Bimba que têm o apoio de Mestre Nenel e seus discípulos. “Nosso objetivo é somar o que é de nosso conhecimento a todos os amantes da Capoeira Reginal”, afirmou o professor Caverna, presidente da ABCR.

A associação foi fundada com trinta sócios, representantes das cidades de Limeira, São José do Rio Preto, Bady Bassitt, São Caetano do Sul, Ribeirão Preto e São Paulo.

Interessados em se associar a ABCR Mestre Bimba ou obter outras informações, devem entrar em contato com o Professor Caverna pelo telefone: (19) 9745-0953

 

Carta do Presidente da ABCR – Mestre Bimba

Você!

Sendo um Associado da ABCR – Mestre Bimba, estará fazendo parte de uma das mais fortes obras mundiais: A Filosofia Da Capoeira Regional.

Assim Contribuirá para a Perpetuação, Divulgação e Expansão do legado Cultural do Mestre Bimba.

O Sócio Contribuinte terá um suporte Metodológico, podendo com isso interar-se de recursos fantásticos, baseados na criação do Mestre Bimba! Abrindo caminhos para uma das metas da ABCR, a de conquistar espaços ainda não acessíveis ao mundo da Capoeira, Nossa Cultura!

Acreditando na seriedade de ser Regional, é que convido você, para ser parte integrante da Família ABCR – Mestre Bimba.

Ser Regional é uma Filosofia de Vida

Viver é saber Direcionar o seu caminho!

Paulo Henrique de Oliveira

Professor Caverna

Presidente da ABCR – Mestre Bimba

 

Para Mais Informações visite: http://abcrmbimba.blogspot.com/

Capoeira na Escola, uma luta com fundamento…

Meus amigos, boa tarde.

Em atenção a nossa ultima conversa, acertei com o Deputado Estadual Vicente Candido(SP), para realizarmos uma audiência pública em São Paulo, sobre a lei sancionada pelo Governador que leva a Capoeira para a Escola, em todo o estado Paulista. Na ocasião também vamos debater o projeto de Lei do Deputado Federal: Arnaldo Farias de Sá que institui e legaliza a profissão de Capoeirista. Essas propostas foram fruto da luta reforçada pelos congressos Nacional de Capoeira realizados em 2003 em São Paulo e 2004 no Rio de Janeiro.

A data sugerida é dia 3 de agosto, dia em que comemoramos no estado o dia da Capoeira, nesta audiência convidaremos os Secretarios de Estados de Educação,Esporte, Cultura e de Trabalho, além de personalidades do mundo Politico, Esportivo e cultural.

NA ocasião vamos também apresentar o projeto do Congresso Estadual de Capoeira que será realizado no mês de outubro em São Paulo.

Também apresentaremos a data de reunião com os Ministros de Educação e de Trabalho em Brasília logo após o recesso.

Divulguem pois a nossa luta esta já sendo vitoriosa e o resultado benificia a todos e não poderia ser diferente.

Forte abraço
Saudações Capoeiristicas

Jairo Junior 
J.Junior
MESTRE ROSA

Capoeira e Cantoria para todos

INFORMATIVO CULTURAL DO BRASIL REAL

Bom dia a todos, Saúde e Paz Sempre…

SÃO BENTO GRANDE E SANTA MARIA… (Homens e mulheres de bem com a vida )

O COURO NA MARCAÇÃO, AI O BERIMBAU APARECE, JUNTO COM O CAPOEIRISTA…

O gunga pergunta e a viola arenga, somente se souber o tocador.

Todos os jogadores, tocadores e mandingueiros estão convidados.

Todas as jogadoras, tocadoras e mandingueiras estão convidadas.

A praça é do povo que quer a praça. É assim a capoeira, do povo para o povo…

Neste sábado 25 de outubro das 16 as 18 horas,
continuamos com capoeira, ritmo, cantoria e jogo de camaradas.

ESTAMOS NA DÉCIMA RODA DO PASSEIO…

PUBLICAREMOS UMA RELAÇÃO DOS QUE JÁ ESTIVERAM NESTA FESTA.

VAMOS ATÉ DEZEMBRO DESTE ANO…

Um abraço Fraterno a todos e a todas…
Walter Júnior ( Capoeirista )

Capoeiristas de Ubatuba conquistam medalhas no mundial

Ubatuba fez história na capoeira mundial, ao voltar com duas medalhas da seletiva brasileira e duas do primeiro campeonato mundial da modalidade, disputado na cidade de Araras nos dias 8, 9 e 10 de fevereiro, interior de São Paulo.

O torneio, disputado por mais de 90 atletas de Brasil, Estados Unidos, Espanha, Alemanha, São Tomé Príncipe, México, Canadá, Indonésia, Bélgica e Armênia, teve a participação das atletas Mariana Zemel (senior leve feminino) e Talita Aline Narciso (juvenil pesado feminino) da Academia Unidos à Liberdade (Tradição) do mestre Junior Preguiça.

Mariana conquistou o primeiro lugar na seletiva e no mundial, enquanto Talita ficou em segundo em ambas as competições. Para Mariana a conquista foi muito importante : “A capoeira em Ubatuba tem obtido grande progresso e esse resultado no mundial vai aumentar a procura pela modalidade”, disse a atleta.

O secretário de Esportes e Lazer de Ubatuba, Bittencurt Jr. parabenizou as atletas “A capoeira de Ubatuba vem conquistando bons resultados e essas conquistas no campeonato mundial vem coroar o trabalho da modalidade no município. A meta da administração do prefeito Eduardo César é continuar investindo nas modalidades esportivas praticadas no município para obter resultados de sucesso, como esse”, comentou o secretário.

Os representantes de Ubatuba fizeram questão de agradecer pessoalmente a Prefeitura de Ubatuba, por meio da Secretaria de Esportes e Lazer na tarde de segunda-feira, 11, onde foram recebidos pelo coordenador de esportes Luiz Roberto Sant’anna.

Arbitragem internacional

O mestre Junior Preguiça, que também atuou como árbitro do evento explica como as lutas são disputadas: “ Cada confronto tem dois minutos e dois árbitros avaliam harmonia, técnica, eficiência dos golpes e volume de jogo (como no boxe), concedendo notas de zero a dez para os competidores.

“Queremos agradecer ao apoio da Prefeitura de Ubatuba, que tornou possível essa conquista”, declarou Junior.

Esporte Olímpico

O objetivo da Federação Internacional de Capoeira agora, é levar o esporte a uma Olimpiada. Atualmente a capoeira tem 6 milhões de praticantes em 132 países, mas só 16 deles fazem parte da Federação Internacional. Para entrar nas Olimpíadas, é necessária a adesão de mais 24 nações. (Fonte: Assessoria de Comunicação PMU)

Fonte: http://www.pindavale.com.br

Documentário: A Capoeiragem na Bahia

Documentário produzido pela TVE Bahia no ano de 2000, vale como uma importante referencia cultural aos capoeiristas dispostos a conhecer mais sobre a capoeira da Bahia… uma boa dica para a sua videoteca!
Luciano Milani


A Capoeiragem na Bahia, produzido pelo Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia / TV Educativa (IRDEB/TVE), documenta a capoeira, uma manifestação tão enraizada na cultura baiana, mas que, até então, não havia sido registrada em profundidade pela televisão e pelo cinema locais. O documentário aborda a questão controvertida das origens históricas da capoeira, sua imbricação africana-ameríndia-ibérica, sua relação com o Candomblé e as tradições desta dança/luta que se tornou um símbolo da manifestação corporal expressa no viço da ginga baiana. Além de enfocar as mudanças ocorridas na tradição e o surgimento das novas lideranças, o vídeo exibe imagens raras de duas grandes personalidades da capoeira da Bahia, os mestres Pastinha e Bimba – retiradas de películas das décadas de 50 e 60, telecinadas para exibição em TV pelo IRDEB -, e depoimentos de mestres da atualidade, do escultor Mário Cravo Júnior e do médico, ex-capoeirista e vice-governador Otto Alencar, que fala do preconceito de 30 anos atrás contra os que jogavam capoeira. A Capoeiragem na Bahia é o 33º documentário do Projeto de Mapeamento Cultural e Paisagístico da Bahia, uma iniciativa do IRDEB / TVE.

Título: A Capoeiragem na Bahia
Série:
Documentários
Duração:
57’
Gênero: Documentário

Sistema de Gravação: NTSC/Betacam
Realização: IRDEB/TVE/IAT
Ano: 2000

http://www.irdeb.ba.gov.br/videvideosacapoeiragemnabahia.htm