Blog

legião

Vendo Artigos etiquetados em: legião

Aulas de capoeira auxiliam na educação de jovens da LBV

Crianças e adolescentes que integram os programas socioeducativos da Legião da Boa Vontade (LBV) em João Pessoa estão participando de aulas de capoeira, ministradas voluntariamente pelo mestre Lucivan Laranjeira no Centro Comunitário de Assistência Social da Instituição.

A atividade é utilizada como ferramenta educacional para auxiliar no desenvolvimento motor, cognitivo, socioafetivo e do espírito de cooperação dos alunos e, ainda, para incentivá-los a valorizar a cultura brasileira e a prática esportiva.

Sobre a ação, o professor e mestre de capoeira, Lucivan Laranjeira, fala da satisfação de realizar a atividade com crianças e adolescentes da instituição. “Quando fiquei sabendo da possibilidade de desenvolver esse projeto na LBV, eu fiquei muito feliz. É mais uma oportunidade de contribuir. A minha recompensa maior é a de saber que um aluno meu poderia estar na rua fazendo o que não deve e hoje está aqui aprendendo sobre a cultura brasileira”, ressaltou.

A modalidade é caracterizada por golpes e movimentos ágeis e complexos, sendo uma expressão cultural brasileira que mistura arte marcial, esporte, cultura popular e música. O pequeno Pedro, de 7 anos, destacou o que já aprendeu participando das aulas de capoeira. “Já sei cantar as músicas que o professor ensinou e estou aprendendo os movimentos para um dia ensinar para outras pessoas”, concluiu.

Em João Pessoa, PB, o Centro Comunitário de Assistência Social, da Legião da Boa Vontade, está localizado na Rua das Trincheiras, 703 — Jaguaribe. Para outras informações, ligue: (83) 3198-1500.

 

http://www.ararunaonline.com

5º Encontro Alagoano Feminino de Capoeira

A capoeira é uma manifestação cultural brasileira que reúne características muito distintas. Trata-se de uma mistura de arte-luta praticada ao som de instrumentos musicais como o berimbau, o pandeiro e o atabaque.

A capoeira vem tendo aprovação das comunidades sendo incentivada em todos os locais que se faz presente. Sua prática vem sendo muito difundida no Estado entre as mulheres e encontramos resistência em praticá-la, desconhecendo que a atividade pode ser uma alternativa eficaz na melhoria das condições gerais do indivíduo, podendo, ainda, contribuir para a auto-estima e formação do caráter e da personalidade de quem a pratica.

Diante destes benefícios, podemos afirmar que a sua prática realmente se constitui em Política Pública, promovendo o Controle Social, através de Saúde, Educação, Esporte, Lazer, Cultura e Cidadania, pois somente por meio de uma prática cultural e física, é possível sanar vários problemas, podendo ser empregada para resgatar àqueles que já estão doentes, evitando que jovens e crianças enveredem pelo caminho das drogas.

Nos dias 16, 17 e 18 de agosto de 2013, sexta-feira (noite), sábado (tarde) e domingo (integral), realizou-se o 5º Encontro Alagoano Feminino de Capoeira (5º ENAFEC) e o 2º Batizado e Troca de Cordas do Grupo Legião Brasileira de Capoeira, com a presença de capoeiristas e comunidades dos diversos bairros, onde alcançamos nosso objetivo que é a integração social e comunitária, já que tivemos a presença de capoeiristas dos Estados de Pernambuco, Paraíba, Piauí, Sergipe, Bahia e Ceará. Durante os três dias, passaram pelo evento cerca de 270 pessoas, entre capoeiristas e simpatizantes.

No sábado, foi realizado o campeonato feminino, onde foram classificadas as capoeiristas que irão participar do Campeonato Sergipano de Capoeira no mês de setembro: Instrutora Pequena do Capoeira Muzenza, Graduada Lua do Ginga Brasil e a Graduada Muda do Capoeira Raça. Estiveram presentes vários grupos de capoeira, entre eles: Grupo de Capoeira Raízes Negras, Grupo Legião Brasileira de Capoeira, Capoeira Candeias, Centro Cultural Senzala de Capoeira, Grupo Capoeira Lua de São Jorge e Capoeira Escola Herança Brasileira. Destacamos, ainda, os novos graduados: Monitor André e Monitora Linda.

PROGRAMAÇÃO

Dia 16 – Praia de Sete Coqueiros (Pajuçara)
19h00 – Roda de Abertura

Dia 17 – SESC Poço
16h00 – Seletiva Feminina de Capoeira
Seleção de equipe feminina para participar do Campeonato Sergipano de Capoeira (Aracajú/SE)

Dia 18 – SESC Poço
07h30 – Inscrições
08h30 – Roda de abertura
09h00 – Benguela – Professora Smuft (Grupo Legião Brasileira de Capoeira)
09h30 – Maculelê – Monitora Índia e Instrutora Preta (Grupo de Capoeira Raízes Negras)
10h00 – Aulão Aberto – Instrutora Pequena (Capoeira Muzenza)
10h30 – Dinâmica para Crianças – Professora Larissa (FAL)
11h00 – Acrobacias – Professor Tubarão (Grupo de Capoeira Candeias)
11h30 – São Bento – Monitora Barbie (Grupo Legião Brasileira de Capoeira)
12h00 – Roda de intervalo
14h30 – Abertura do Batizado e Troca de Cordas com apresentação dos capoeiristas mais graduados
15h00 – Roda de Contramestres, Mestrandos, Professores, Instrutores e Monitores
15h40 – Roda de Crianças
15h50 – Roda de Mulheres
16h00 – Início do Batizado e Troca de Cordas
17h30 – Roda de encerramento
18h00 – Encerramento

PATROCÍNIO:

Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas – DIPS/SUVISA/SESAU
Secretaria de Estado da Mulher, da Cidadania e dos Direitos Humanos – SEMCDH
Serviço Social do Comércio – SESC

APOIO

Toka do Tatu (tatuagens)
Centro de Treinamento Leão de Judá
Trator Terra
Quentex Marmitas (quentinhas)
Nilda Moto
Quitéria Cabelos
WS Confecções
PH Água e Gás
Estúdio do Corpo (academia)
Só Esporte Magazine
CEFA – Centro Educacional Francisco de Assis
FMAC – Fundação Municipal de Ação Cultural
Escola Estadual Ladislau Neto
TV Pajuçara – Programa Esporte Campeão

MATÉRIA: http://tnh1.ne10.uol.com.br/video/esporte-campeao/2013/08/10/5-encontro-alagoano-feminino-de-capoeira

VÍDEOS

{youtube}vAxOoGP7-f8{/youtube}

{youtube}i7T3tjSCwdo{/youtube}

{youtube}_9ozsrWzhC0{/youtube}

 

AGRADECIMENTO

A Coordenação, Direção, Oficineiros, Palestrantes e Participantes do 5º Encontro Alagoano Feminino de Capoeira (5º ENAFEC) e do 2º Batizado e Troca de Cordas do Grupo Legião Brasileira de Capoeira realizado nos dias 16, 17 e 18 de agosto de 2013 agradecem e manifestam seu reconhecimento aos FUNCIONÁRIOS que compõem a administração do SESC Poço, diante do compromisso, responsabilidade e empenho em prestar apoio e assistência ao evento, contribuindo para o pleno funcionamento e na garantia de um evento tranqüilo.

Aconteceu: Projeto Capoeira, História e Musicalidade

Projeto Capoeira, História e Musicalidade faz apresentação na Rua do Lazer

O Projeto Capoeira, História e Musicalidade realizou na noite de sexta-feira (28), na Rua do Lazer, uma apresentação do grupo de capoeira Legião Brasileira.  O evento que está sendo desenvolvido através de uma parceria com a Fundação Antônio dos Santos Abranches (FASA)  e que foi idealizado por Andersom Fernando e Maresa Rebecca, ambos do curso de História da Católica, busca difundir essa expressão cultural brasileira que mistura arte-marcial, esporte, cultura popular e música, e que é originária dos povos formadores da nossa cultura, como os índios, negros e escravos.

Andersom Fernando falou que a ideia em lançar o projeto, nasceu de uma experiência fora do Brasil, através de um intercâmbio cultural do qual ele participou na Noruega. Além disso comentou sobre o preconceito que essa arte carrega aqui no país. “O projeto nasceu da experiência fora do Brasil, pois foi onde encontrei o ambiente perfeito para propor esse tipo de atividade pedagógica. Lá, eu realizei algumas apresentações culturais e pude perceber o imenso valor que as pessoas deram, ao contrário do Brasil. Então, esse foi o fator predominante, foi o que me motivou a trazer para a Universidade a capoeira e quebrar com esse estigma de que ela é marginalizada apenas por representar culturalmente a periferia”, destacou.

O projeto ao todo conta com quatro grupos de capoeira. O grupo Capoeira Gerais, do Curado I, o grupo Raízes de Angola, de São Lourenço da Mata, a Escola Perna Pesada, de Recife, além do grupo Legião Brasileira, de Camaragibe que se apresentou esta noite. O professor do grupo Legião Brasileira, Traíra, comentou sobre os objetivos e os benefícios que a prática da capoeira permite. ” Nosso maior objetivo é o de educar e socializar nosso alunos. Como boa parte moram de regiões de risco, ou seja, são de áreas periféricas, buscamos livrar todos eles do caminho das drogas, do álcool e do tráfico”, afirma.

A aluna de Jornalismo Daniele Monteiro conta sobre a importância do evento. “Eu acho muito importante a propagação dessas atividades, pois elas resgatam e valorizam a nossa cultura, que por sinal é muito rica”, diz.

Fonte: http://www.unicap.br

Aconteceu: XI Encontro Internacional da Associação Capoeira Interação

Ocorreu, no dia 11/02/2012, na quadra do Núcleo de Educação Física da UFPE, entre 14 e 18hs, o XI Encontro Internacional da Associação Capoeira Interação. O encontro, que sempre acontece na tarde do sábado que antecedo o sábado de carnaval, foi organizado pelo Prof. Tchê e pela Formada Cupido, com supervisão do Contramestre Vulcão.

Apoios: PROEXT-UFPE (Pró-reitor Edilson Fernandes), Coordenação do Curso de Licenciatura em Educação Física da UFPE (Dr. Vilde Menezes), Direção do NEFD-UFPE (Ms. Márcio Eustáquio) e Prof. José Luis (UFPE).

Referências da capoeira presentes e que somaram qualitativamente durante todo o evento:

Mestres: Galvão (Raízes), Dentista (Muzambê), Renato (Axé Liberdade), Peu (Movimento Quilombo), Grillo (Arte e Malícia), Miola (Arte Capoeira), Marco Angola (Volta que o Mundo Dá), Senzala (Volta que o Mundo Dá), Danone ( Rabo da Arraia), Babuíno (Candeias), Americano (Malunguinho), Cal (Bela Arte Capoeira), Pezão (Raízes de Salvador), Sérgio Tatu (Brazambuco), Cupim (Associação Ungo Capoeira), Gereba (Associação Ungo Capoeira) e Tonho Pipoca (Santuário da Capoeira). Contramestres: Selva (Legião Brasileira de Capoeira), Quadrado (Associação de Capoeira Axé Liberdade), Gilson (Associação de Capoeira Axé Liberdade), Cuscuz (Grupo Filho da Capoeira), Boiadeiro (Ginga Brasil), Pajé (Grupo Legião Brasileira de Capoeira), Macarrão (Grupo Legião Brasileira de Capoeira), Kadocá – Escola Brasileira de Capoeira, Enrrolado (Quilombo da Catucá), Bola (Santuário da Capoeira), José Radiola (Projeto Social Arte Livre), Dendê (Dendê Arte e Dança Capoeira), Gordurinha (Gaditas de Deus), Eduardo (sem filiação), Cipó (Capoeira Brasil), Maçaranduba (Lua de São Jorge), Bira (Movimento Quilombo) e Leto (Legião Brasileira de Capoeira). Professores: Douglas (Capoeira Nagô) Alf (Capoeira Nagô/Itália),Draguinha (Axé Liberdade), Zó (Associação de Capoeira Axé Liberdade), Caju (Associação de Capoeira Axé Liberdade), Pezão (Volta que o Mundo Dá), Peixe (Grupo Muzenza),Preguiça (Legião Brasileira de Capoeira), Traíra (Grupo Legião Brasileira de Capoeira), Bruce (Legião Brasileira de Capoeira), Peba (Capoeira Brasil), Carneiro (Santuário da Capoeira), Canário (Dendê Arte e Dança Capoeira), Língua (Dendê Arte e Dança Capoeira), Coelho (Arte e Dança), Graveto (Centro Cultural Senzala de Capoeira), Suíno (Ginga Brasil), Léo Pequeno (Meia Lua Inteira), Aldo (Capoeira Brasil), Jagunço e Rasta (Ginga Pernambuco). Treinel: Teco (Filhos de Angola/França).Instrutores/as: Kinha (Capoeira Brasil), Paulo Brasil(Ungo Capoeira/Bélgica), Esquilo (Ungo Capoeira/Bélgica), Parasita (Projeto Capomirim), Pallos (Força da Capoeira), Séla (Grupo Legião Brasileira de Capoeira), Sonic (Grupo Capoeira Brasil), Guri (Capoeira Brasil), Cachorro (Mandingueiros de Recife), Tibério (Capoeirarte), Papa-Léguas (Capoeira Nagô), Esquilo (Capoeira Brasil), Hiel (ASSOCAP), Bolado (Arte e Cultura) e Porno (Grupo Pé no Chão). Monitores/as: Denise (Quilombo de Catucá), Flaviana (Legião Brasileira de Capoeira), Bujão (Ginga Mundo), Zumbi (Grupo Muzambê), Chacal (Legião Brasileira de Capoeira), Sóia (Projeto Capomirim), Barão (Projeto Capomirim), Coelho (Ginga Mundo) e Boca (Santuário da Capoeira). Formados: Tropeço (Associação de Capoeira Axé Liberdade), Gasparzinho (Grupo Muzambê), Cabecinha (Gadita de Deus), Tibério (Capoeirarte), Félix (Jogo de Dentro), Cabeludo (Ungo Capoeira) e Tony (Axé Liberdade). Estagiário: Papa-léguas (Capoeira Nagô), Rato de Praia (Raízes de Salvador) e Cabeça (Bamba Capoeira). Graduados/as: Ceça (Grupo Legião Brasileira de Capoeira), Cajueiro (Grupo Força da Capoeira), Espirro (Ungo Capoeira), Juninho (Ungo Capoeira), Senzala (Ungo Capoeira), Henrique (Ungo Capoeira), Tuiuiu (Capomirim), Tartaruga (Arte Livre), Agulha (Dênde Arte e Dança), Aidê (Luanda/PB), Pequeno (Arte e Cultura) e Fátima (Escola Brasileira de Capoeira).

Referências da capoeira homenageadas durante o evento: Mestre Peu (Movimento Quilombo), Mestre Babuíno (Candeias), Mestre Cupim (Ungo Capoeira), Mestre Ulisses (Lua de São Jorge), Contramestre Cuscuz (Filho da Capoeira), Contramestre Macarrão (Legião Brasileira de Capoeira), Contramestre Pajé (Legião Brasileira de Capoeira), Contramestre Dendê (Dendê Arte e Dança), Prof. Peixe (Muzenza), Prof. Draguinha (Axé Liberdade), Prof. Preguiça (Legião Brasileira de Capoeira) e Grad. Cajueiro (Força da Capoeira).

MS: Crianças de CG aprendem a ginga e a história da capoeira

A Legião da Boa Vontade na capital sul-mato-grossense realiza o projeto Capoeira no Brasil. Na atividade, os meninos e meninas atendidos pela Instituição, por meio do programa LBV: Criança – Futuro no Presente!, fazem pesquisas sobre a forte influência histórica dos africanos no Brasil. Ao todo, 200 crianças com a faixa etária entre 6 e 12 anos participam da iniciativa, que será desenvolvida durante o ano todo.

A proposta da LBV é relacionar os conhecimentos do grupo sobre o tema, promover o respeito mútuo quanto à cultura de cada participante, produzir peças visuais, estimular a interpretação individual e conjunta do assunto proposto, além de ressaltar a herança cultural deixada pelos africanos.

Durante a atividade, meninos e meninas, interessados e com muita disposição, conheceram o gingado da capoeira. Porém, a educadora social da LBV Fabiana Leopoldina acrescenta: “Não basta ter ginga; é importante que as crianças saibam a origem da dança, que conheçam seus instrumentos musicais, ritmos e movimentos para um bom desempenho na atividade”.

É notório o entusiasmo das crianças não só pela capoeira, mas também por conhecer outras importantes contribuições dos negros à sociedade em que vivemos. “Foram os negros que nos ensinaram a fazer arroz-doce, tapioca, bobó, feijoada, arroz, milho e outros pratos. A criatividade dos povos escravizados contribuiu para melhorar nossas refeições. Eles nos ensinaram a utilizar os cereais”, diz, eufórica, a atendida Cibele, de 11 anos.

Vitória, de 10 anos, ressaltou: “O estudo sobre a capoeira é muito divertido”. Ela conta que, com a ajuda das educadoras, fizeram “alguns pratos para nossa própria degustação”.

Em Campo Grande, MS, a Legião da Boa Vontade está localizada na Av. Marechal Deodoro, 5.055, Conjunto Aero Rancho — Setor VII. Para outras informações, ligue: (67) 3378-1700.

 

Fonte: http://www.msnoticias.com.br/

Pernambuco: X Encontro Internacional, Batizado e Troca de Cordas da Associação Capoeira Interação

Ocorreu no dia 26/02/2011 no Núcleo de Educação Física da Universidade Federal de Pernambuco o X Encontro Internacional, Batizado e Troca de Cordas da Associação Capoeira Interação, organizado pelo Prof. Henrique Kohl “Tchê” e pela Formada Cupido com supervisão do Contramestre Vulcão.

O evento, que desde o segundo ano da associação acontece no sábado que antecede o sábado de carnaval, comemorou uma década de intervenções realizadas pela associação em parceria com importantes entidades representativas da capoeira de Pernambucana e setores da UFPE (Exs.: Laboratório de Sociologia do Esporte-DEF/CCS/UFPE, Programa de Pós-Graduação em Educação-PPGed/UFPE, Núcleo de Educação Física-NEFD/UFPE, Departamento de Educação Física-DEF/UFPE, Coordenação de Educação Física, Programa Cabeça de Área da TV Universitária/UFPE, etc.).

Na ocasião do evento, homenageamos o Prof. Dr. Edilson Fernandes de Souza e o Prof. Dr. José Luis Simões pelos espaços oportunizados pela extensão universitária em prol da capoeira; a Profª. Msª Daise França (IFPE-Belo Jardim/PE) recebeu moção de reconhecimento pelo trabalho da capoeira com a terceira idade; os mestres de capoeira Marco-Angola e Senzala (Associação de Capoeira Volta que o Mundo Dá), juntamente com a Srª Edna Gomes da Silva (Secretária Municipal de Programas Sociais e da Mulher do Cabo de Santo Agostinho) receberam moções relativas ao trabalho social com capoeira desenvolvido no estado e os mestres de capoeira Birilo e Mula (Associação de Capoeira Meia Lua Inteira) foram as referências da capoeira homenageadas no evento.

A Associação Capoeira Interação reafirmou durante todo o evento que todas as entidades presentes são importantes para a projeção qualitativa da capoeira pernambucana e que merecem mais reconhecimento pelas contribuições de inconteste importância delineadas até o momento. Abrilhantaram o evento alunos(as) das entidades convidadas, além das lideranças abaixo relacionadas:

Mestres

Galvão (Capoeira Raízes), Dentista (Muzambê), Renato (Axé Liberdade), Peu (Quilombo), Grillo (Arte e Malícia), Marco Angola(Volta que o Mundo Dá), Senzala (Associação de Capoeira Volta que o Mundo Dá), Maciano (Muzambê),Mula (Meia Lua Inteira),Babuíno (Candeias), Americano (Malunguinho),Pezão (Raízes de Salvador), Sérgio Tatu (Brazambuco), Til (Bamba Capoeira), Robocop (Capoeira Liberdade) e Ligeirinho (Capoeira Raízes).

Contramestres

Pernalonga (Grupo Arte Nossa/Portugal), Cupim (Ungo Capoeira), Gereba(Ungo Capoeira), Cuscuz (Filho da Capoeira),Pajé (Legião Brasileira de Capoeira), Macarrão (Grupo Legião Brasileira de Capoeira), Leto (Legião Brasileira de Capoeira), Pingo (Gingarte Capoeira), Kadocá (Escola Brasileira de Capoeira), Enrrolado (Quilombo da Catucá), Bola (Quilombo), Malhado (Quilombo), Gato (Quilombo), José Radiola (Projeto Social José Radiola) e Dendê (Dendê Arte e Dança Capoeira).

Professores

Soldado (Associação de Capoeira Volta que o Mundo Dá), Timão (Associação de Capoeira Volta que o Mundo Dá), Paçoca(Associação de Capoeira Volta que o Mundo Dá),  Zumbi (Grupo Capoeira Brasil),Peixe (Muzenza), João (Ginga Brasil), Caju (Axé Liberdade), Preguiça (Legião Brasileira de Capoeira),Pernalonga (Legião Brasileira de Capoeira), Bruce (Legião Brasileira de Capoeira) e Bira (Quilombo).

Instrutores(as)

Tom (ABADA Capoeira), Paulo Brasil (Ungo Capoeira/Bélgica), Parasita (Ungo Capoeira), Kinha (Capoeira Brasil), Guri (Capoeira Brasil), Bambinho (Ginga Brasil), Séla (Legião Brasileira de Capoeira), Pallos (Força da Capoeira) e Tibério (Capoeirarte).

Monitores

Erinho (Legião Brasileira de Capoeira), Paçoca (Volta que o Mundo Dá), Coruja (Associação de Capoeira Volta que o Mundo Dá), Tampinha (Legião Brasileira), Edu( Legião Brasileira de Capoeira), Pesado (Legião Brasileira de Capoeira), Bolado (Arte e Cultura), Mandinga (Oficina da Capoeira), Lampião (Oficina da Capoeira), Sóia (Ungo Capoeira) e Fêlix (Ungo Capoeira).