Blog

momentos

Vendo Artigos etiquetados em: momentos

A Capoeira Angola segundo Mestre Pastinha

Vicente Joaquim Ferreira Pastinha, conhecido como Mestre Pastinha, nasceu em 1889, em Salvador, aprendeu a lutar com um negro de nome Benedito, que, ao vê-lo apanhar de um garoto mais velho, resolveu ensinar-lhe os golpes, guardas e malícias da Angola.

Mestre Pastinha começou a ensinar capoeira em 1910, depois de um período de oito anos na Marinha de Guerra do Brasil. Seu primeiro discípulo foi Raimundo Aberê, que, por sua vez, se tornou um exímio capoeirista, conhecido em toda a Bahia.

{youtube}aowrcvjJ5uE{/youtube}

Vídeo de 1991, comemorativo dos Dez Anos de Atividades do Grupo de Capoeira Angola Pelourinho do Rio de Janeiro, realizado por Antonio Carlos Muricy. 
Editado a partir de uma seleção de vídeos VHS dos arquivos do grupo, reúne grandes bambas, grandes angoleiros, cariocas ou não, como os Mestres Moraes, Neco Pelourinho, Zé Carlos, Braga, Marco Aurélio, Armandinho, Angolinha, Lumumba, Rogério, Valmir, Brinco, Manoel, entre outros.

Apesar da precária qualidade técnica, retrata momentos extraordinários da Capoeira Angola carioca, e inclusive jogos raros, como o “Jogo do Dinheiro”, aqui registrado em dois grandes momentos, um o jogo de Mestre Neco Pelourinho com Mestre Braga, e o outro um jogo entre o Mestre Armandinho e Mestre Zé Carlos.

Traz também um momento raro de violência em uma roda de Angola, quando Mestre Rogério aplica um rabo de arraia em Mestre Lumumba e o atinge em cheio. É extraordinária a calma e serenidade de Lumumba, em se recuperar e responder no jogo, na Capoeira, a Rogério.

Traz reflexões de Mestre Pastinha, o Guardião da Capoeira Angola, e uma pequena história da Capoeira, narrados por Mestre Brinco e Mestre Neco Pelourinho.
Memória da Capoeira Angola carioca, ouro puro.

Luanda: JMPLA realiza exposição da arte de capoeira na Samba

Luanda – Uma exposição sobre a arte da capoeira decorre desde sábado no calçadão da Samba, em Luanda, no âmbito dos cinco anos da legião em Angola, numa promoção da JMPLA.

De acordo com o primeiro secretário municipal da JMPLA, Job Vasconcelos, que falava hoje, segunda-feira, à Angop, o acto que visa sensibilizar a juventude daquela circunscrição para a prática desportiva, será marcado pela demonstração de aulas ao vivo de capoeiras, entrega de certificados e outros.

Para o responsável, proporcionar momentos de lazer e desportivos a juventude é uma das acções daquela organização juvenil, no âmbito do programa de combate à delinquência e à prostituição.

Outro propósito deste evento é aproveitar de maneira correcta, as infra-estruturas que o governo vem proporcionando em prol do bem-estar da sociedade angolana.

http://www.portalangop.co.ao

GOIÁS PERDE UM DOS SEUS GRANDES LÍDERES: MORREU MESTRE ZUMBI

 
Após dedicar sua vida em prol da capoeira, Mestre Zumbi (48 anos) morre em Goiânia, por complicações de saúde.
Mestre Zumbi foi um grande ativista da capoeira em Goiás, ensinou a capoeira a milhares de alunos, formou dezenas de professores, realizou shows, campeonatos e batizados. < /DIV>
Foi diretor fundador da Federação Goiana de Capoeira.
Era ligado ao Mestre Suassuna, através do Grupo Cordão de Ouro.
Seus amigos, alunos e admiradores prestaram homenagem ao Mestre nos seus últimos momentos.
 
Salve Mestre Zumbi!
 
Obrigado!!!!!

FESTIVAL INTERNACIONAL DE CINEMA DO RIO DE JANEIRO 2005

FESTIVAL INTERNACIONAL DE CINEMA DO RIO DE JANEIRO 2005, que se realizará entre 22 de setembro e 6 de outubro selecionou o filme MESTRE BIMBA, A CAPOEIRA ILUMINADA para uma das suas mais importantes mostras: RETRATOS.
 
Uma grande noite de gala está prevista para o cinema ODEON, em data a ser comunicada pela imprensa, com a presença da equipe de filmagem e de alguns dos ex-alunos de Bimba que participam do filme.
 
Para esse festival, que trará os mais recentes filmes de prestígio de todo o mundo, estarão no Rio cerca de 200 convidados estrangeiros, entre eles executivos, produtores e diretores de 60 países. Todas as grandes empresas da indústria cinematográfica internacional estarão presentes aos locais de exibição e, principalmente, aos encontros de negócios do Festival.
 
Serão dois preciosos momentos que certamente proporcionarão visibilidade nacional e internacional para a capoeira, alem de uma grande oportunidade de divulgação para a comovente história do grande Mestre Bimba.
 
Se você estiver no Rio de Janeiro nesses dias, não deixe de comparecer nas sessões.
Leve o seu grupo. Queremos transformar esses eventos numa grande roda para toda a capoeira.
 
Um abraço do: Luiz Fernando Goulart

Frases e Citações

Frases e Citações da Capoeiragem

 

“Mandinga de escravo em ânsia de liberdade, seu princípio não tem método e seu método é inconcebível ao mais sábio dos mestres.”

Mestre Pastinha


 

“A Capoeira, tem origens e raizes africanas…seu ventre, sua mãe… é conhecida como cultura negra… seu pai a liberdade… mas nasceu e foi criada no Brasil, algures no reconcavo Baiano… cercada de malandragem e brasilidade… quando jovem foi rebelde, mal vista, perseguida… na adolecência se desenvolveu, cresceu… ganhou o mundo e respeito… tirou o seu passaporte…
Hoje, mais madura esta presente em todos os lugares… nos quatro cantos do mundo e tem o orgulho de dizer SOU BRASILEIRA.”
Salve a Capoeira…

Luciano Milani


 

“Capoeira é luta de bailarinos. É dança de gladiadores. É duelo de camaradas. É jogo, é bailado, é disputa – simbiose perfeita de força e ritmo, poesia e agilidade. Única em que os movimentos são comandados pela música e pelo canto. A submissão da força ao ritmo. Da violência à melodia. A sublimação dos antagonismos.
Na Capoeira, os contendores não são adversários, são ‘camaradas’. Não lutam, fingem lutar. Procuram – genialmente – dar a visão artística de um combate. Acima do espírito de competição, há neles um sentido de beleza. O capoeira é um artista e um atleta, um jogador e um poeta.”

Dias Gomes


 

” A capoeira não tem credo, não tem cor, não tem bandeira, ela é do povo, vai correr o mundo”.

Mestre Canjiquinha


 

“A Capoeira é um organismo vivo, ela evolui de acordo com as suas necessidades”…

Mestre Camisa


 

“Ninguém pode mostrar tudo
o que tem as entregas e revelações.
Têm que ser feito aos poucos. Isso serve
na capoeira, na família e na vida. Há momentos
em que não podem ser divididos com ninguém e
nestes momentos existem segredos que não
podem ser contados as todas as pessoas”. – 10/10/1980

Mestre Pastinha


 

“Capoeira é arte, sabedoria, conhecimento e cultura de um povo oprimido que encanta tanto os pobres quantos os ricos”. 15/06/05.

Marcelo Lampanche