Blog

naquela

Vendo Artigos etiquetados em: naquela

Produtores de Tekken dizem que capoeira inspirou lutador brasileiro

Os produtores de Tekken Tag Tournament 2, Katsuhiro Harada e Michael Murray, estiveram presentes no primeiro dia da Brasil Game Show 2012 e, em entrevista ao TechTudo, falaram a respeito do novo game da franquia. A dupla contou que o personagem brasileiro do jogo, Eddy Gordo, foi inspirado na capoeira, cujos movimentos se enquadraram bem no sistema 3D. Além disso, há planos para a produção de novos títulos em português.

Os autores compararam a dimensão da BGS com eventos maiores de games, a E3 e a GamesCom. Ambos ressaltaram que a diferença entre as feiras é que, no Brasil, as empresas concorrentes trabalham em conjunto para trazer as novidades para o país. Confira a entrevista:

TechTudo: O que vocês estão achando dessa primeira feira grande de jogos no Brasil? Chega perto do que vemos na E3 ou na GamesCom?

Katsuhiro Harada e Michael Murray: Os estandes são muito parecidos com o que temos nas feiras internacionais, mas um fato curioso é ver muitos distribuidores e publishers concorrentes trabalhando juntos para entrar no Brasil. Isso não acontece lá fora, mas já vimos acontecer concorrentes trabalhando em um mesmo estande na Rússia, e agora está ocorrendo no Brasil.

 

TT: De onde veio a inspiração para o Eddy Gordo, personagem brasileiro do Tekken?

KH e MM: Na verdade, a inspiração veio primeiro da arte marcial, depois pensamos no personagem. Criamos o Eddy há mais de quinze anos, e até então nunca tínhamos ouvido falar em capoeira. Vimos algumas matérias sobre capoeira em uma livraria e resolvemos encomendar algumas fitas VHS do Brasil para entendermos melhor.

Lembrando que naquela época nem tínhamos internet direito. Os movimentos da capoeira são muito originais e não vemos isso em nenhuma outra arte marcial. E o melhor é que a capoeria tem movimentos mais adequados para 3D do que para 2D. Ao analisarmos todo o material dissemos “sim, vamos fazer”! Depois disso, encontramos o mestre Marcelo Pereira, que naquela época morava na Califórnia. Trocamos e-mails com ele a aí começamos a criar o personagem.

TT: Vocês tem planos para títulos em português?

KH e MM: Fizemos vozes em português para Cristie e Eddy. Foi a primeira vez que fizemos. Encontramos algumas dificuldades, até porque ninguém na equipe entende português. Mas estamos trabalhando nisso e, no futuro, teremos mais conteúdo traduzido para português.

 

Fonte: http://www.techtudo.com.br

 

BIMBA

 
Bimba em 1939, detalhe da fotografia da formatura de Maia, Decanio e Onça Tigre

Manoel dos Reis Machado, Mestre Bimba, foi, sem dúvida alguma, o maior capoeirista de todos os tempos, o libertador da capoeira, o paladino da cultura negra, o criador da luta regional baiana ( cognome sob o qual a capoeira foi liberada, na década de 30, pelo interventor da Bahia, Ten. Juracy Magalhães, da proscrição pelo Código Penal).
Além de "tirar a capoeira de baixo da pata do boi", como dizia nas suas palavras simples, iniciou em 1946, durante o I Congresso Internacional de Neuropsiquiatria em Salvador, promovido pelos Profs. Edístio Pondé e Carlos Cerqueira (fundador do Sanatório Bahia), na casa do Babalorixá Camilo de Oxossi, na ladeira da Vila América (antiga ladeira do Currupio), as exibições públicas das manifestações culturais áfrico-baianas, que incluíram naquela data o samba de roda, a capoeira (regional naturalmente…) e o candomblé; deixando de incluir o maculelê, que foi recuperado na década de 50 graças a Tiburcinho de Jaguaripe, conduzido até Bimba por Decanio.
Sua importância histórica só encontra paralelo naquela de Mestre Pastinha, que conseguiu unir todos os demais Mestres de sua época em torno de sua figura carismática e conservar o primitivo jogo de capoeira sob o nome de "angola", fator de primordial valor na evolução evolução histórica desta brincadeira dos mestiços brasileiros.

Gravações históricas de Mestre Bimba

O amigo Matthias, da Universidade de Essex (Inglaterra), disponibilizou gravações históricas feitas por Mestre Bimba nos idos de 1940. As 10 faixas, pertencentes ao acervo da Universidade de Indiana (EUA), trazem 4 faixas com "Bimba e seu conjunto", como o apresentador se refere, e 6 faixas gravadas por Cabecinha (e seu conjunto, "Esperança Angola"). As gravações mostram um canto cheio de improvisos, extremamente rico quanto à musicalidade, e são um documento importante sobre a capoeira naquela época.


Caso você deseje uma cópia do album original, sem edição, favor contactar o Teimosia. Os CDs serão enviados mediante pagamento do preço da mídia (CD virgem) e das despesas de gravação e postais.

ASSINATURA DE MESTRE BIMBA (MANOEL DOS REIS MACHADO)

O detalhe abaixo foi retirado de um dos diplomas de Mestre de Luta Regional Baiana, emitidos pela Federação Baiana de Pugilismo e assinados por Manoel dos Reis Machado (Mestre Bimba), para outorga deste título aos sete (7) membros do futuro Conselho de Mestres, o qual deveria ser criado após a homologação pela Confederação Brasileira de Pugilismo do anteprojeto de regulamentação e regras esportivas da capoeira, elaborado pelo Dr. Angelo A. Decanio Filho com o aval do Mestre Bimba.

O Mestre assinando no campo de "secretário geral", em falta de local mais adequado por ser este o único modelo existente de diploma naquela FBP.

Em decorrência de modificações feitas pela Comissão Técnica d C.B.P. Mestre Bimba decidiu sustar as providências citadas e estes documento perderam sua indicação primordial, passando a ter valor puramente histórico e foram distribuídos pelo Dr. Decanio a alunos diretos do Mestre que desempenharam papel destacado no crescimento e difusão da regional.

GRAVAÇÕES HISTÓRICAS DE MESTRE BIMBA

O amigo Matthias, da Universidade de Essex (Inglaterra), disponibilizou gravações históricas feitas por Mestre Bimba nos idos de 1940. As 10 faixas, pertencentes ao acervo da Universidade de Indiana (EUA), trazem 4 faixas com “Bimba e seu conjunto”, como o apresentador se refere, e 6 faixas gravadas por Cabecinha (e seu conjunto, “Esperança Angola”). As gravações mostram um canto cheio de improvisos, extremamente rico quanto à musicalidade, e são um documento importante sobre a capoeira naquela época.

Caso você deseje uma cópia do album original, sem edição, favor contactar o Teimosia. Os CDs serão enviados mediante pagamento do preço da mídia (CD virgem) e das despesas de gravação e postais.