Blog

oficial

Vendo Artigos etiquetados em: oficial

Dez curiosidades sobre os hinos do futebol carioca

O professor e músico Bruno Castro uniu as duas paixões brasileiras, música e futebol, em livro que revela fatos curiosos sobre os hinos dos clubes cariocas

Você pode até entender tudo sobre futebol, ser capaz de descrever os melhores lances e ter na cabeça de cor e salteado a escalação dos times cariocas, mas o difícil é saber mais do que o professor e músico Bruno Castro sobre os hinos de cada um deles – tanto os oficiais quanto os populares. Aliás, você sabia que os não-oficiais do América, Flamengo, Fluminense e Vasco foram todos compostos na década de 40 pelo compositor popular brasileiro Lamartine Babo (que torcia pelo primeiro) em ritmo de marchinha? Castro conta essas e outras curiosidades no livro-CD Os Hinos do Futebol Carioca – de Coelho Neto a Lamartine Babo, que será lançado nesta quarta (27) na Livraria Travessa do Barra Shopping. Veja a seguir a palinha que ele deu para os leitores de VEJA Rio.

1 – Com exceção do Flamengo, que tem um hino oficial e um popular, Vasco, Fluminense, América e Botafogo possuem dois hinos oficiais e um popular.

2 – Todos os hinos não-oficiais – entoados pelos torcedores até hoje – foram escritos na década de 40 por Lamartine Babo em ritmo de marchinha carnavalesca. Americano fanático, o compositor protagonizou cenas memoráveis como a vez em que desfilou em carro aberto pelas ruas do centro do Rio, fantasiado de diabo, para comemorar o último campeonato do América em 1960.

3 – Ao contrário do que muitos pensam e é dito, os hinos populares de Babo não foram escritos todos de uma vez só, em um único dia. O primeiro foi o do Flamengo em 1945, depois o do América em 1947 e, em 1949, foram feitos os do Vasco, Fluminense e Botafogo.

4 – O Fluminense é o único time que não teve o hino extra-oficial composto exclusivamente por Babo. O compositor teve como parceiro o maestro Lírio Panicalli, encarregado da melodia para a letra que diz “sou tricolor de coração”.

5 – Já os hinos oficias dos clubes, extremamente rebuscados, são da década de 1910. De difícil execução, refletem um período em que o futebol ainda era bastante elitizado.

 

6 – O primeiro hino oficial do Vasco foi composto em 1918 por Joaquim Barros Ferreira da Silva e sua gravação original tem uma interpretação com sotaque luso bastante carregado.

7 – O Botafogo de Futebol e Regatas é o único clube que tem no estatuto a presença completa de seu hinário: primeiro hino oficial (Hino do Remo do Club de Regatas Botafogo) , segundo hino oficial (Glorioso Hymno do Botafogo Football Club) e o hino popular de Lamartine Babo escrito em 1949, período da fusão das duas agremiações alvinegras.

8 – Uma grande mágoa de Babo foi ter sido acusado de plagiar o hino do América, que teria sido criado, supostamente, em cima da canção norte-americana Row, Row, Row (1912), de Willian Jerome e James Monaco.

9 – O hino popular do Botafogo, chamado 1907, teve o título oficialmente reconhecido em 1989 pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro depois de conturbadas brigas judiciais.

10 – Ouça a seguir os primeiros hinos oficiais de cada time, tocados por Bruno Castro e um time de músicos. Uma provinha do CD que acompanha o livro. A obra reúne os 14 hinos oficiais e populares do América, Flamengo, Fluminense e Vasco, sendo que cindo deles permaneciam inéditos até então.

 

Clique na imagem para ver a linha do tempo dos hinos do futebol carioca

 

Para ouvir todos os hinos, clique aqui. Editora Abril S/A

Festival de Dança do Triângulo apresenta “Bahia de Todas as Cores”

O Balé Folclórico da Bahia (BFB) é a atração da abertura oficial da 22ª edição do Festival de Dança na Arena Tancredo Neves (Sabiazinho). O BFB apresentará ao público o espetáculo “Bahia de Todas as Cores”. Para conferir esta e outras atrações no Sabiazinho, é preciso trocar 1 litro de leite de caixinha pelos ingressos na bilheteria ou na Oficina Cultural, das 12h às 18h.

Formado por 20 bailarinos, cinco músicos e dois cantores, o grupo mostrou na noite de ontem (27), fragmentos do espetáculo, com as coreografias “samba de roda” e “capoeira”. A apresentação fez parte do lançamento oficial do Festival, que aconteceu no Largo do Rosário e reuniu um público de mais de mil pessoas. “Eu gostei muito do pouco que vi e acredito que o espetáculo completo deve ser muito bonito. Vou fazer de tudo para não perder o show”, disse Marlene de Fátima Ribeiro, 70 anos, que conferiu a primeira noite do evento e elogiou os movimentos precisos do BFB.

 

Todas as Cores

Divididas em sete atos, as coreografias do espetáculo mostram a origem do homem, a puxada de rede feitas pelos pescadores, a dança em comemoração à boa colheita de cana, os toques sagrados do berimbau, o samba de roda, o gingado da capoeira e a festa de afixerê, uma ode à felicidade de ser negro. A direção geral é de Walson Botelho, artística, de José Carlos Arandiba e musical, de José Ricardo Sousa.

Criado em 1988, o BFB tem trabalhos reconhecidos no Brasil e no exterior, no âmbito da pesquisa, da manutenção e da promoção das mais diversas tradições do povo baiano. “Nossos espetáculos envolvem dança, música e outros aspectos que ajudam a expressar as manifestações culturais existentes na Bahia. Com o Bahia de Todas as Cores, vamos mostrar um pouco desta identidade ao público”, disse Walson Botelho, diretor-geral do grupo.

Besouro leva lendário herói da capoeira às telas de cinema

Depois de três meses de filmagens em locações na Chapada Diamantina e no Recôncavo Baiano – e quase nove meses de árduo trabalho de pós-produção – o longa-metragem do diretor João Daniel Tikhomiroff sobre Besouro Mangangá, o lendário herói da capoeira brasileira, está pronto para sair do forno.

Veja o trailer de três minutos do filme Besouro, de João Daniel Tikhomiroff, produzido pela Mixer e pela Globo Filmes, e distribuído pela Miravista, com lançamento previsto para outubro de 2009

Besouro, o filme: trailer oficial de cinema

Visite o site oficial do Filme: http://www.besouroofilme.com.br

Mais informações: http://www.besouroofilme.com.br/blog/

Em breve o Portal Capoeira trará novidades sobre a parceria com o Filme Besouro, aguardem…

Vista esta idéia: Camiseta Oficial Portal Capoeira

Vista esta idéia e colabore com o Projeto Portal Capoeira!!!
Faça uma doação para ajudar a manter o projeto Portal Capoeira
E ganhe esta fantástica camiseta!
 

* Nesta primeira etapa somente estaremos aceitando doações  de países
localizados no continente Europeu.
(Estamos buscando uma forma de disponibilizar para outros países.) 
 
Vista está idéia... Camiseta Oficial Portal Capoeira
 
A Camiseta Oficial Portal Capoeira está disponivel na cor preta.
Em duas opções de estampas: Branca e Amarela.
 
Tamanhos: S, M, L, XL – Tecido 100% Algodão
 

Portal Capoeira e Capoeira-France juntos pela “capoeira iluminada”

O lancamento do filme Mestre Bimba a Capoeira Iluminada reuniu centenas de capoeiristas europeus em Lisboa e Porto no último fim de semana. Estiveram presentes mais de 700 capoeiristas e cerca de 40 profissionais da capoeira, reunidos em um encontro de amigos num ambiente iluminado que também destacou uma parceria : Portal Capoeira e Capoeira-france.com. A Capoeira-boutique.com (loja oficial da da Capoeira-France) quis participar dessa grande celebração voltada ao mestre Bimba e presenteiou os participantes do evento com camisetas da grife Cobracoral.
 
Um projeto Social:
 
A Capoeira-boutique.com (http://capoeira-boutique.com), é distribiudora oficial da marca Mestres (www.mestresbrasil.com), um projeto franco-brasileiro de comércio auto-sustentável que tem por meta a integração social de pessoas em risco social no Brasil, apoioando Ongs locais. 
 
Conteúdo dedicado aos capoeiristas francófonos:
 
O Capoeira-france.com (http://capoeira-france.com), oferece um conteúdo rico, multimídia, resgatando e ampliando e toda mandinga e raízes das artes afro-brasileira para um público francófono. Artigos, Fotos, Vídeos, Fórum dedicados aos capoeiristas da França…
 
Yê camará! Berimbau já chamou!

Nós do Portal Capoeira agradeçemos a parceria e o interesse em somar pela capoeira e desejamos a todos da família Capoeira-France.com muito sucesso para 2007 e que esta ação seja apenas o início de uma duradoura parceria.
 

Cinema: TOM YUM GOONG Capoeira X Muay Thai

A nossa Capoeira, na “grande tela”, representada por Lateef Crowder Dos Santos nascido em Salvador, Brasil. Do mesmo diretor de “Ong Bak – O Guerreiro” esta nova película com o fantástico ator-lutador Tony Jaa, protagosnista de “Ong Bak – O Guerreiro” trás uma sequencia muito bem elaborada com efeitos sensacionais… vale a pena conferir o Trailer e o site oficial do filme:  “TOM YUM GOONG”
Read More

Consciência Negra e Capoeira – prática constante

Nesta crônica estão apresentadas algumas considerações sobre o "Dia da Consciência Negra", chamando-se a atenção para a presença da Mulher – negra ou não – na luta pelas igualdades. Mestra Dandara (Por que não?) recebe justa homenagem!
Jornal do Capoeira – www.capoeira.jex.com.br
Edição 51 – de 27/nov a 3/dez de 2005
Manchinha – GCAIG
Colaboração: Moleza
Nov-05, São Paulo SP


O dia da Consciência Negra passou. Mais uma data no calendário oficial, que nos sugere um dia especial no meio de semanas e dias de puro trabalho e pouca reflexão. Apesar de cada vez mais termos meios de acessar as informações, o que se pode fazer com elas é ainda muito pouco, uma vez que os esforços e espaços para debates e trocas são limitados.
Eleito o dia 20 de novembro para representar toda nossa História Negra, por ser o dia da morte do líder Zumbi da república quilombola dos Palmares, fundada em 1597 onde hoje é o Estado de Alagoas e Pernambuco, no período auge de nossa vida colonial, essa data tem muito a representar. Gostaríamos de falar brevemente sobre o que essa representação pode oferecer ao debate da Capoeira como uma manifestação dessa parte da nossa História e que só agora, passados séculos de debates não-oficiais, está entrando nos mecanismos de divulgação da História Oficial.
Se uma data como essa permite pensarmos a vida de uma grande liderança como foi Zumbi, gerando a idealização de sua figura como a de um herói que deve ser colocado entre os heróis de nossa pátria-mãe tão pouco gentil com seu povo oprimido, também deveria permitir a conscientização do papel dos que estiveram atuando ao lado dessa figura, especialmente as mulheres, às quais fazemos questão de destacar aqui nesse texto e em outros que temos assinado sobre a presença feminina nos contextos de que participamos.

Site oficial do Filme: Mestre Bimba, A capoeira Iluminada

Salve meus amigos,
É com uma enorme alegria que venho divulgar a notícia que o "Site oficial do Filme: Mestre Bimba, A capoeira Iluminada" já esta no ar!!!
No site voces poderam encontrar:
Fotos, depoimentos, sinopse do filme, matérias exclusivas e o trailler do filme!!!
Visitem o site e fiquem por dentro de todas as novidades sobre este fantástico documentário de longametragem de um dos maiores Mestres da nossa Capoeira.
 

No ar o site oficial do Filme: Mestre Bimba A Capoeira Iluminada

Atualmente a capoeira é praticada em mais de 150 países dos 5 continentes por homens e mulheres de todas as idades, credos e descendências, em aulas ministradas por milhares de mestres brasileiros, de todas as classes sociais.
 

 

No Brasil, são mais de 5 milhões de praticantes.
 
Seus maiores mestres de todos  os tempos foram:
Mestre Bimba, criador da capoeira Regional e Mestre Pastinha, o mais importante nome da capoeira Angola.
 
E é de Bimba que trata esse documentário, dedicado aos capoeiristas de todo o mundo.
 
Visitem o site oficial do filme: www.mestrebimbaofilme.com.br