Blog

oito

Vendo Artigos etiquetados em: oito

África por ela mesma

Em parceria com a Unesco, governo brasileiro lança programa de ensino da história do continente baseado na primeira obra de referência escrita por especialistas africanos

A história da África contada pelos próprios africanos. Esse é o ponto de partida dos novos projetos pedagógicos que pretendem mostrar aos estudantes brasileiros como a trajetória de nosso país está ligada à dos povos que habitam a outra margem do Atlântico.

Em parceria com a Organização das Nações Unidas para Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), o governo federal está lançando um programa de ensino baseado na História geral da África, coleção em oito volumes lançada pela Unesco em 1981. A obra coletiva foi escrita por mais de 350 especialistas, dois terços deles africanos, e é o mais completo estudo sobre o passado do continente já publicado. 

A série já foi traduzida integralmente para o inglês, o francês, o árabe e o espanhol. Uma versão resumida foi lançada no Brasil entre 1982 e 1985, mas a edição está atualmente esgotada no país. Para suprir essa carência, os oito volumes da coleção estão sendo traduzidos e reeditados no Brasil e não serão vendidos, mas distribuídos para bibliotecas, universidades públicas e outras intituições de ensino. Uma versão digital da obra em breve estará disponível na internet. 

A coleção vai servir de fonte para a formação de educadores responsáveis por difundir o conhecimento sobre o assunto para estudantes brasileiros desde a educação básica até o ensino superior. “A obra é de grande importância e peculiaridade”, diz Marilza Regattieri, oficial de projetos em educação da Unesco. Ela lembra que a Lei 10.639, que tornou o ensino de história e cultura afro-brasileira e africana obrigatório nas escolas, foi sancionada em 2003.

 

* Heloísa Broggiato é jornalista, tradutora, cientista política e mestre em política internacional e segurança pela Universidade de Bradford, na Inglaterra

Mundial dá a Pipoquinha direito de disputar o Campeonato Europeu

Garoto de 11 anos coloca Rio Claro no mapa da capoeira mundial. Marcos Matheus, o Pipoquinha, conquistou no último fim de semana, no Rio de Janeiro, o 5º Campeonato Mundial Aberto de Capoeira Muzenza na categoria infantil – até 12 anos.

O jovem atleta rio-clarense foi eliminando um a um, em jogos mata-mata, os 63 concorrentes vindos de 15 países do mundo todo e de oito estados da federação. A disputa aconteceu em dois ritmos: Bengala e São Bento Grande.

Tal façanha lhe deu o direito de jogar o 3º Campeonato Europeu de Capoeira, que acontece na Espanha de 24 a 26 de abril. Pipoquinha vai à terra das touradas acompanhado do mestre Luís Roberto “Guerreiro”, seu professor no grupo Muzenza de Rio Claro, localizado no Arco-Íris.

Apesar dos 11 anos de idade, Pipoquinha já é veterano na capoeira. Começou a praticar a modalidade aos três anos, incentivado pelos pais. E hoje, oito anos depois, leva o nome da Cidade Azul mundo afora. Ele tem apoio da Café com Leite Moda Jovem, Mateco Materiais para Construção, Drogaria São Miguel e Academia Visual.

Encontro de Mestres do Mundo – Ceará

A Associação Brasileira de Capoeira Angola (ABCA) e o Forte da Capoeira participaram do I Encontro de Mestres do Mundo, evento que reuniu mestres de diversas artes populares no Ceará, o evento deu-se em agosto de 2005


Na semana de 23 a 28 de Agosto de 2005, o Ceará foi palco do I Encontro de Mestres do Mundo, evento promovido pelo Governo do Estado do Ceará.
 
Este evento pode ser considerado um marco histórico, que abre as portas para muitas ações em todo o território nacional. Um encontro de vários mestres dos saberes e fazeres das artes populares; Casaca, Maracatu, Congo, Reisado, Cordel, Sineiro, Bumba meu Boi, Boi Bumba, entre outras, vindos das mais diferentes regiões do Brasil e também de outros países como: México, Angola, Portugal, Índia, Argentina e outros

 
A Bahia se fez presente neste evento, através de oito renomados Mestres de Capoeira Angola:
 
Mestre Bola Sete – Mestre Virgílio – Mestre Neco – Mestre Pelé do Tonel
Mestre Pelé da Bomba – Mestre Raimundo Dias – Mestre Boca Rica – Mestre Gildo Alfinete
 
Para ler esta matéria na íntegra acesse o Jornal do Capoeira