Blog

palestra

Vendo Artigos etiquetados em: palestra

Buriti dos Montes: Profeesor de Capoeira realiza Palestra Sobre Drogas

O Professor de Capoeira Décio, realizou Neste último dia 07/11 uma palestra não só com os alunos da capoeira, como também alguns alunos das unidades de ensino do município, houve explicações sobre o uso indevido das drogas, suas conseqüências ao usar e seus efeitos com o uso excessivo de tais substancias. Assim mostrando para cada criança e adolescente os perigos dessa epidemia que tanto esta acabando com nossa juventude. “Esse trabalho foi simples mais muito gratificante, pois o conhecimento desde cedo sobre tal assunto é proveitoso para um futuro próximo, e nisso nossos jovens possam saber e jamais ingressar neste mundo sombrio.” Disse o professor.

 

Fonte: http://180graus.com

Fundação Palmares transmite ao vivo Ciclo de Palestras Cultura Afro-brasileira

A Fundação Cultural Palmares realiza nesta quinta-feira (17), a segunda etapa do Ciclo de Palestras Cultura Afro-brasileira: nosso patrimônio. A atividade promovida pelo Centro Nacional de Informação e Referência da Cultura Afro-brasileira faz parte do Ano Internacional dos Povos Afrodescendentes e do Dia Nacional da Consciência Negra.

A palestra está sendo transmida ao vivo neste momento pelo Ministério da Cultura. Confira no endereço http://portal.mec.gov.br/transmissao/?secao=ciclodepalestras.

Aberto ao público, a iniciativa tem por objetivo promover a discussão de temas ligados às comunidades quilombolas, ao valor histórico das religiões de matriz africana, à gastronomia afro-brasileira, à valorização da capoeira, ao Estatuto da Igualdade Racial, à Lei nº 10.639/03, às ações afirmativas e ao negro nos meios de comunicação. As próximas cidades a receber o ciclo de palestras serão: Salvador, Brasília e Belém.

 

Confira a programação:

Palestra: Conheça mais… O que é capoeira?

Palestrantes: Mestres Camisa (José Tadeu Carneiro Cardoso) e Luiz Renato Vieira

Palestra: Conheça mais… Gastronomia afro-brasileira

Palestrante: Ana Ribeiro – Chefe Executiva em Gastronomia

Horário: 14h às 18h

Local: Auditório da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro – Av. Graça Aranha, nº 1, 13º andar – Centro – Rio de Janeiro/RJ

 

SP: Congresso Brasileiro de Capoeira Escolar

Nos dias 26, 27 e 28 de Agosto de 2011 será realizado o Congresso Brasileiro de Capoeira Escolar no Centro de Práticas Esportivas da Universidade de São Paulo (CEPEUSP) sob a coordenação de Gladson de Oliveira Silva e Vinicius Heine.

No evento acontecerão Palestras, Oficinas, Mesas Redondas e Apresentação de Trabalhos e Rodas de Confraternização. Entre os convidados e palestrantes estarão:

– Antônio Cesar de Vargas – Mestre Toni Vargas; – Gladson de Oliveira Silva – Mestre Gladson; – Prof. Dr. Pedro Abib (Pedrão de João Pequeno); – Prof. Dr. Sergio Antônio Silveira; – Prof. Ms. André Luís de Oliveira; – Prof. Ms. João Perelli; – Prof. Esp. Marcio Rodrigues dos Santos – Contra-Mestre Márcio; – Prof. Esp. Mauricio Germano (Contra-Mestre Pelé); – Prof. Esp. MBA Vinicius Heine.

 

O objetivo do evento é gerar reflexões e ações acerca da Capoeira nos espaços educacionais como uma ferramenta de desenvolvimento humano e transformação social.

Nos últimos anos a Capoeira vem se consolidando como um poderoso elemento de formação humana em Escolas, Universidades, Praças, Parques, Projetos Sociais, entre outros, em função da sua riqueza e diversidade. Muitos resultados positivos têm sido obtidos através de projetos e ações que envolvem a Capoeira nesses espaços.

Em particular na escola, a Capoeira está presente nas aulas regulares, em diferentes disciplinas, como Educação Física, Artes, História, Geografia, entre outros. Ao mesmo tempo, a Capoeira tem sido oferecida em cursos extracurriculares e em projetos especiais e em muitos casos os programas são coordenados por profissionais da Capoeira (Mestres, Contra Mestres, Professores e Instrutores).

Enfim, são diversas as ações envolvendo a Capoeira no ambiente escolar, assim como diversos são os profissionais envolvidos nestas ações.

Mas afinal, quais são as tendências e perspectivas da Capoeira Escolar no Brasil e no mundo? Que ações realmente estão sendo feitas? Quais os resultados? Quais os caminhos para se potencializar a Capoeira nesses espaços? Quem são os profissionais envolvidos no desenvolvimento dessa área? Quais são os estudos e publicações relacionadas ao tema? Que tipo de estratégias tem sido implementadas? Quais as características da pedagogia da Capoeira Escolar? Quais ações governamentais tem sido levadas a efeito para uma maior presença da Capoeira no ambiente escolar? Que competências os profissionais devem desenvolver para atuar com a Capoeira no ambiente escolar? Quais as contribuições que a Capoeira, esta rica manifestação da cultura popular brasileira, oferece para a escola?

 

São muitas as questões e reflexões relacionadas ao tema Capoeira Escolar. Um tema rico, fascinante e multidisciplinar. Por isso, o Congresso Brasileiro de Capoeira Escolar: Educação, Cultura e Cidadania na Escola pretende ser um espaço para o encontro, a reflexão, a troca de experiências e a produção de novos olhares, novos saberes, novos entendimentos e novas perspectivas para a Capoeira, a Escola, a Pedagogia, a Criança, a Cultura, a Educação e a Cidadania no Brasil e no mundo.

 

PROGRAMAÇÃO:

26 de Agosto – Sexta-feira

15:00h – Chegada dos participantes e entrega do material

17:00h – Mesa de Abertura

Local: Auditório A – CEPEUSP

18:00h – Palestra e vivência de Abertura – Prof. Vinicus Heine

Tema: Capoeira Escolar – Tendências e Perspectivas

19:00h – Palestra com Prof. Dr. Sérgio Roberto Silveira

Tema: Currículo e Capoeira na Rede Pública Estadual de Ensino de São Paulo

20:00h – Palestra e Vivência com Gladson de Oiveira Silva e Vinicius Heine

Tema: Jogos e vivências educacionais em Capoeira

Local: Auditório A e NURI – CEPEUSP

27 de Agosto – Sábado

8:30h – Oficina de Abertura – Prof. Esp. Márcio Rodrigues dos Santos

Iê dá volta ao mundo: a Capoeira Angola na atualidade

O Grupo de Capoeira Angola Pelourinho – GCAP, estabelecido há vinte e sete anos no Forte de Santo Antônio Além da Carmo promoverá, no período de 09 a 13 de fevereiro próximo, mais um evento internacional de Capoeira Angola.  O evento contará com oficinas de movimento, rodas e palestras tendo como objetivo principal chamar a atenção da comunidade capoeirística e simpatizantes para os rumos que a Capoeira Angola tem tomado nos últimos tempos como consequência do processo globalizante da cultura afrobrasileira. Mestre Moraes, presidente- fundador do GCAP, doutorando em Cultura e Sociedade pela Universidade Federal da Bahia, irá ministrar as oficinas e conduzir as discussões sobre o tema no decorrer do evento. As palestras contemplarão temas diversos como a história do Forte de Santo Antônio enquanto prisão, relatos de viagens a Angola feitas pelo Mestre Cobra Mansa e outra que tratará das  subjacências da musicalidade da capoeira.  As atividades acontecerão no Forte de Santo Antonio Além do Carmo. Maiores informações através do e-mail gcap30anos@yahoo.com.br

 

Programação

Quarta-feira (09/02)

17:00 h – Credenciamento
19:00 h – abertura do evento – comemoração do aniversário do Mestre Moraes

Quinta-feira (10/02)

9:00 h às 11:00h – Oficina de capoeira
14:30 às 16:30h – Palestra: Na prisão um jardim: reconstruindo  a história do Forte de Santo Antônio. (M. Moraes e Cláudia)
17:00h – 19:00h Roda orientada: aspectos ritualísticos
19:300h – 21:30 Roda de capoeira ( restrita aos inscritos na oficina e aos mestres convidados )
Sexta-feira (11/02)

9:00h às 11:00h – Oficina de capoeira

14:30  às 16:30 – Palestra: “Em busca do N’golo: relatos das viagens a Angola –  2006 e 2010 ” (Mestre Cobra Mansa)

17:00 – 18:00 –  Oficina de rítmo

18:00 – 19;30 – Relato de experiência dos núcleos do GCAP – Japão e São Paulo (Contramestres Kayo e David)

20:00h – 22:00 – Roda de capoeira ( restrita aos inscritos na oficina e aos mestres convidados )
Sábado  (12/02)
9:00 às 11:00 – Oficina de capoeira
14:30 às 16:30h – Palestra: Inquices, voduns e tatas: a morte nas canções do Mestre Moraes (Contramestre Márcio)

17:00 a 18:00 – Confecção de berimbau

18:30 às 19:30 – Interpretações de ladainhas

19:30 às 21:30 – Roda de capoeira ( restrita aos inscritos e aos mestres convidados)

Domingo (13/02)
9:00h às 11:00h – Roda de encerramento aberta
12:00 – Feijoada para os inscritos e convidados.

Ponta Grossa: Festival Capoeira Contra as Drogas

Ilê de Bamba realiza palestra em parceria com Conselho Anti Drogras

O Centro Cultural Ilê de Bamba, desde o início de sua criação há sete anos, teve a iniciativa de aliar cultura à formação cidadã. As aulas de capoeira conquistaram o Jardim Ouro Verde e as regiões vizinhas, na Colônia Dona Luíza.

A cada encontro para as rodas de capoeira, mais crianças chegavam interessadas em aprender a ginga do movimento.

Crianças e adolescentes transformaram a sede do Ilê de Bamba em um local de interação familiar e aprendizado. Marcelo de Barros, o mestre Careca, percebeu a importância de conscientizar socialmente os participantes da roda de capoeira. São preceitos máximos do grupo não se envolver em  violência  das ruas, não fazer uso de drogas e frequentar a escola.

Hoje o Ilê de Bamba levanta muitas bandeiras de conscientização, que vão da valorização da cultura negra ao combate às drogas entre crianças e jovens da cidade. No dia 11 de novembro, o mestre Careca, em Parceria com o Conselho Municipal Anti Drogas, organizou uma palestra na sede do grupo, para a prevenção e combate do uso  de drogas e tráfico na cidade.

O grupo realizará ainda neste novembro o Festival Capoeira Contra as Drogas, que ocorrerá dia 20, no Centro de Cultura,  e 21, no Teatro Ópera, com a seguinte programação: http://www.portalcomunitario.jor.br/page.php?161.

Ponta Grossa é a segunda cidade no ranking do tráfico de drogas no Paraná, perdendo apenas para a capital Curitiba. O número 181 de Narcodenúncia registrou, em seis anos, 12 mil e 100 denúncias na cidade. Quanto às prisões de adultos envolvidos com o tráfico, Ponta Grossa aparece na terceira posição das cidades do Estado. Em seis anos,  o Sistema de Narcodenúncia registrou ainda a apreensão de 165 mil pedras de crack e 140 quilos de cocaína. Partindo desses dados, o Conselho Municipal Anti Drogas percebe a importância de realizar essas palestras.

“É preciso prevenir a sociedade sobre os malefícios das drogas. Para isso, procuramos falar sempre sobre a autoestima e a importância do esporte como um outro caminho”, explica a Sargento Maria de Lourdes que também é Diretora do Conselho  Municipal Anti Drogas.

Pesquisa do Programa Pró Egresso, projeto de extensão universitária  do Curso de Serviço Social da Universidade Estadual de Ponta Grossa,  constatou-se que,  em 2005, 100% dos envolvidos com as drogas eram do sexo masculino, sendo 63,4% solteiros. Constatou-se ainda que 43% estavam trabalhando com carteira assinada, dos quais 71,6% recebiam entre 1 e 3 salários mínimos. De acordo com a pesquisa, pessoas entre 18 e 30 anos são as que mais se envolvem com o consumo de drogas.

Quando levantou a bandeira de formação cidadã, o principal objetivo do Centro Cultural Ilê de Bamba era afastar as crianças  da  violência nas ruas, como o contato com o tráfico e consumo de drogas. A palestra é mais uma das conquistas do grupo e contou com a presença da policial civil Isabel Regina do Nascimento, que conscientizou os presentes sobre a importância da informação e prevenção às drogas.

Fonte:
http://www.portalcomunitario.jor.br/
http://iledebambapg.blogspot.com/

Aconteceu: II° SEMINÁRIO INTEGRADO DE CAPOEIRA EM PORTO ALEGRE

Dia 25 de setembro de 2010 marcará mais uma vez a história da Capoeira no Rio Grande do Sul. Com a participação das principais escolas, associações e grupos gaúchos, realizou-se no Teatro Glenio Perez da Câmara de Vereadores de Porto Alegre, o II Seminário Integrado de Capoeira do Rio Grande do Sul. Sob a coordenação da Federação Riograndense de Capoeira e da Liga Regional de Capoeira RS, presidida pelo Mestre Gavião, com o apoio da Super Liga Riograndina de Capoeira do presidente Graduado Pipoca, Liga Metropolitana de Gravataí do presidente Mestre Klaity e Metropolitana Liga de Capoeira de São Leopoldo do presidente Mestre Soneka. O evento teve a presença do Secretário de Esportes do Município de Porto Alegre o Senhor Edgar MeurerSecretário de Esportes de Eldorado do Sul senhor Paulo Sérgio BaicoaSecretário de Assitencia Social CRAS da Prefeitura de Tramandaí senhor Fernando Lopes Silva, representante do Deputado Federal Raul Carrion o companheiro Professor e Quilombola Waldemar Moura Lima (Pernambuco) .

Estiveram presentes mais de 150 lideranças da capoeira do Estado do Rio Grande do Sul cidades; Santo Ângelo, São Sepé, São José do Norte, Canoas, Esteio, Gravataí, São Leopoldo, Cachoeira do Sul.

Os objetivos do evento – valorização dos mestres de Capoeira; afirmação dos valores e dos fundamentos da capoeira perante a sociedade; integração dos capoeiristas das diferentes entidades e troca de experiências entre os participantes – foram alcançados com êxito.

Dia 25 de setembro de 2010

Iniciou as 09:00h – da manhã com a apresentação do Mestre Klaity que divulgou seu livro infantil “O Menino Mestre e o Rei Zumbi – arte da capoeira – abrindo um debate sobre o trabalho pedagógico na escola.

“O Menino Mestre e o Rei Zumbi é fruto do trabalho de pessoas que acreditam no potencial da capoeira, das crianças, no potencial dos sonhos e da fora que cada um carrega dentro de si. Conta nossa história, fala sobre o nosso povo, revive nossa origem e transmite sua mensagem com imensa beleza e amor.

As 10:00 – Após ouve um bate papo aonde a Federação Riograndense de Capoeira ouviu os anseios e necessidades do capoeirista local, a dificuldade de conseguir espaços para ministrar aulas de capoeira o comprometimento com a capoeira, foi discutido também a formação continuada para profissionais da área.

As 14:00 – Iniciou-se a palestra da Professora Adélia Kervalt Costa Atti (Didi).

Palestra “A Prática da Capoeira nas Escolas Especiais da Rede Municipal de Ensino de Porto Alegre, Rio Grande do Sul.”

Este Trabalho foi a monografia de conclusão de Curso de Educação Física na UFRGS, recebendo conceito (A) pela banca.

“Procuro descrever como se deu a inclusão da prática da Capoeira nas Escolas da Rede Municipal em POA.Desde seu Projeto inicial, Escolas beneficiadas, implementação

da Lei 10.639/ 11.645, luta das lideranças da Capoeira. Descrevo com mais profundidade as Escolas Especiais,com relato de observações, fotos e filmagens.

Logo após o Slides da apresentação a professora Adélia Kervalt Costa Atti recebeu nas mãos do Presidente da FERGS CAPOEIRA Mestre Gavião o Certificado de Honra ao Mérito pela luta de Políticas Públicas para Capoeira, recebendo também um presente da entidade.

As 15:00h – Foi aberta a Palestra do professor Ivan Dourado que palestrou sobre As Afirmações Afirmativas Para o Povo Negro, em uma profunda reflexão dos participantes do evento, na qual ouve um acirrado debate pela proposta apresentada, onde o companheiro Professor e Quilombola Waldemar Moura Lima (Pernambuco) e Mestre Gavião,saíram em defesa da palestra muito bem ministrada pelo Professor Ivan Dourado.

As 16:00h – Teve a entrega para o Mestre Vladimir Farias da cidade de Santo Ângelo e do Mestre Jean Batista Cleber Mestre Churrasco Certificado e medalha 52ª Legislatura da Assembléia do Estado do Rio Grande do Sul por serviços prestados pela luta de Políticas Públicas para capoeira.

As 17:00h – Tivemos a abertura do II Seminário de Capoeira com a participação de todos os colegas onde decidimos continuar com a luta do Movimento da Capoeira em todo o estado lutando pela inclusão da capoeira na Rede Escolar a nível estadual através da Lei 10.639/03 e também do estatuto da Igualdade Racial.

Após o Encerramento os colegas foram confraternizar na Banda da Saldanha, aonde foi realizado um churrasco e muito pagode.

Dia 26 de setembro de 2010.

Os capoeiristas se reuniram pela manhã para praticar um aulão e depois finalizar com a roda de capoeira, tivemos o apoio da Secretaria de Cultura na qual cedeu o som e microfones a Secretaria de Esportes entrou com Ônibus Brincalhão aonde as crianças e adultos puderam se divertir com jogos de ping pong cama elástica e muitas brincadeiras com os recreacionista da Secretaria de Esportes.

 

“Gostaria de agradecer o convite e afirmar que foi uma experiência maravilhosa e me sentí muito bem acolhido.

Quero agradecer o carinho de todos os mestres e futuros mestres de capoeira,

Parabenizar também a organização do evento, com a qualidade dos integrantes desse movimento social que luta, pela melhoria da educação pública  inserindo a capoeira no contexto formal de educação”.

Um abraço á todos e estamos em movimento e na luta,

Contem comigo.

Ivan Dourado

Mestre Gavião,

Muito obrigado!

Só tenho que agradecer, pela oportunidade de apresentar e de assistir a palestra do Ivan, que tensionou na medida certa, problematizando e levantando questões importantes!

O Evento, sem dúvida foi um sucesso!

Percebi a vibração de vários Grupos, que se tornaram um só, coeso, num só desejo…

…de crescer e evoluir com Capoeira aqui no Sul.

Todos foram valorizados pelo seu importante papel na Comunidade capoeiristica e foram ouvidos.

Isto é importante, dar ouvidos.

Pq ali se encontraram autoridades da Capoeira, conhecimento de causa.

Parabéns, pq foi um grande sucesso.

Um abraço,

Professora Didi

Olá Mestre, no momento que lhe cumprimento, aproveito a oportunidade para agradecer o convite para o II Seminário de Capoeira ocorrido no último sábado, Seminário promovido pela FERGS. Acredito que são momentos como estes que fortalecerão a Capoeira, bem como todo o capoeirista. Pois é, sem dúvidas, através de debates e troca de idéias é que faremos as mudanças necessárias que visão integrar de uma vez por todas a cultura da capoeira nas políticas públicas.

Fernando Lopes da Silva

Secretário Casa da Cidadania de Tramandaí

Mestre quero  parabenizar pelo  evento  meus alunos estiveram  e falaram muito  bem  eu  estava em  Foz do  Iguaçu em  outro  evento.

Se poder mande seus contatos vou realizar um  encontro  de capoeira em  novembro  ok  abraço! fabiano silveira silva Kabeça Muzenza

A Federação Riograndense de Capoeira agradece todos participantes que fizeram deste evento o maior encontro da Capoeira gaúcha das últimas décadas e convida seus filiados à participar das discussões da formação do Centro de Pesquisa da Capoeira do Rio Grande do Sul. Este Centro de Pesquisa será referência nacional nas pesquisas realizadas sobre a Capoeira no Brasil. Participe conosco da construção desta nova realidade da Capoeira gaúcha, filie-se à Federação Riograndense de Capoeira!

Participaram do evento capoeiristas da cidades: Caxias do Sul, Esteio, Gravataí, Santo Ângelo, Teotônia, Panambi, Uruguaiana, São Leopoldo, Sapucaia do Sul, Canoas, Eldorado do Sul, Cachoeira do Sul, Viamão, Rio Grande, Pelotas, São Sepé, Santo Augusto,  Lajeado, São Sepé, São José do Norte, Canoas, Cachoeira do Sul.

 

Entre em contato com Mestre Gavião FERGS CAPOEIRA (051)8400.5500 Entre nessa luta!

Att,

Mestre Gavião,

Presidente da Federação Riograndense de Capoeira,

Liga Regional de Capoeira RS

FONE: (051) 8400.5500

 

AGRADECIMENTO ESPECIAIS:

VEREADOR JOÃO BOSCO VAZ, DEP. RAUL CARRION, SECRETÁRIO DE ESPORTES EDGAR MEURER, SECRETÁRIA ADJUNTA DA CULTURA ANA FAGUNDESCOORDENAÇÃO DA DESCENTRALIZAÇÃO LUTTI PEREIRA, COORDENADOR DA USINA CACO COELHO, COORDENADOR DO TRANSPORTES DA PREFEITURA CTAROBERTO COSTA, COORDENADOR ETNIA MANOEL JOSÉ ÁVILA DA SILVA PALESTRANTES: IVAN DOURADO E PROFESSORA ADÉLIA KERVALT COSTA, SECRETÁRIO DE ESPORTES DE ELDORADO DO SUL SENHOR PAULO SÉRGIO BAICOA, SECRETÁRIO AÇÃO SOCIAL DE TRAMANDAÍ FERNANDO LOPES SILVA, AO INCANSAVEL COMPANHEIRO E VICE PRESIDENTE DA FERGS ROBERTO COSTA DE ÁVILA (MESTRE TUCANO)  AOS FUNCIONÁRIOS DA SME, SMC, TCA , CAMARA DE VEREADORES DE PORTO ALEGRE E AOS CAPOEIRISTAS EM GERAL QUE PARTICIPARAM DO NOSSO EVENTO.

9º Encontro Cultural e Intercâmbio Internacional de Capoeira Mangangá

CIDADES AONDE ACONTECERÃO OS ENCONTROS

Salvador: bairros – Pau Miúdo, Castelo Branco, Sete de Abril, Nova Brasília, Águas Claras, 
Bom Juá, Vale das Pedrinhas, Caixa D’água, Pelourinho e Santo Antonio.
Simões Filho: Sede da Mangangá na Rua Presidente Castelo Branco no Bairro Ponto Parada.
São Roque do Paraguaçu: Praça Pública e Sede dos Moradores.
Cachoeira: Praça Publica (Festa da Irmandade da Boa Morte).

PROGRAMAÇÃO

Dias 11, 12 e 13 – Seminário sobre Turismo Étnico Afro

Programação: Debate, feira de arte, roda de capoeira, apresentações culturais

LocalCENTRO DE CONVENÇÕES DA BAHIA) o dia todo.

Responsável: Coordenador do Turismo Étnico-Afro Billy Arquimimo

Dia 13 (sexta-feira) às 18:00 – BAIRRO: BOM JUÁ

Programação: Palestra, oficinas, cinema e vídeo, exposição e roda de capoeira

Local: Rua da Fraternidade S/N Marotinho

Responsáveis: Formado Negão Brasil e Graduado Laerte

Intercâmbio no evento do Grupo Zambiacongo

Dia 14 (sábado) ás 09:00 – MUNICÍPIO: SÃO ROQUE DO PARAGUAÇU

Programação: Palestra, roda de capoeira, oficinas e aulão

Local: Praça publica e quadra de esportes

Saída do Ferry Boat em Água de Meninos às 07:00

Despesas por conta dos participantes

Responsável: Formado Queno

Dia 15 (domingo) – Festa da Irmandade da Boa Morte – CACHOEIRA

Programação: Cortejo da Irmandade da Boa Morte, rodas de capoeira e tours

Local: (Recôncavo Baiano)

Ônibus Saindo às 07:00 da frente do Iguatemi

Responsável: Mestre Tonho Matéria

Dia 16 (segunda-feira) às 18:00 – BAIRRO: CASTELO BRANCO

Programação: Palestra Vivencia de Capoeira, Roda de Capoeira

Local: Rua D Quadra 09, 27-E Clube Social Unidos Castelo Branco

Responsáveis: Contramestre Cabeça e Professor Zanata

Dia 17 (terça-feira) às 15:00 – TERREIRO DE JESUS – PELOURINHO

Palestra: Memória da Bahia (Na Cantina da Lua)

Facilitador: Clarindo Silva

Giro cultural e roda de capoeira de rua

Responsáveis: Associação de Capoeira Mangangá e Mestre Já Morreu

Dia 18 (quarta-feira) às 15:00 – SETE DE ABRIL

Programação: Palestras e rodas de capoeira

Oficina de construção de berimbau

Facilitador: Mestre Malvina

Associação dos Moradores perto do Final de Linha de Ônibus

Responsáveis: Professor Josmar e Estagiário Robson

Dia 19 (quinta-feira) às 18:30 – FORTE DA CAPOEIRA

Programação: Apresentação da FECABA

Palestra: Marco legal da Capoeira no Brasil, políticas públicas que envolvem a Capoeira e 
possíveis propostas de leis que podem ampliar os direitos dos capoeiristas na Bahia

Facilitador: Advogado Dr. Sergio São Bernardo

Palestra: Emenda Parlamentar sobre aposentadoria dos Mestres de Capoeira

Facilitador: Deputado Federal Bispo Marinho

Roda de capoeira e vivencia com mestres de capoeira

Local: Forte da Capoeira

Responsáveis: Mestres Tonho Matéria, Máximo, Coentro, Geni e Zé Doró

Dias 20 e 21 Mestre Tonho Matéria – Intercâmbio no Evento do Mestre Burguês (Grupo Muzenza) no Rio de Janeiro.

Dia 22 (domingo) – Intercâmbio nos eventos dos Grupos Jalará, Kirubê e Gangara em Salvador

Dia 23 (segunda-feira) às 16:00 – BARRIO: ÁGUAS CLARAS

Programação: Aulão Publico (infantil) e rodas de capoeira

Local: Associação dos Moradores de Águas Claras e praça publica

Responsável: Graduado King Flyer

Dia 24 (terça-feira) às 16:00 BAIRRO: VALE DAS PEDRINHAS

Programação: Palestra e Roda de capoeira infantil feminina e masculina

Responsáveis: Mestres Tonho Matéria, Boa Gente, Bia e Careça

Dia 25 (quara-feira) às 15:00 – BAIRRO: NOVA BRASÍLIA

Programação: Oficinas, aulão, palestra, roda de capoeira

Estrada Velha do Aeroporto – Loteamento Vila Mar – Aeroporto Km6.5

Responsáveis: Contra Mestre Gean e Estagiária Claudia

Dia 26 (quinta-feira) às 09:00 – BAIRRO: BARBALHO – COLÉGIO ICEIA

Programação: Aniversario de 60 anos da Fanfarra Faniceia, rodas de capoeira, palestra, Exposição fotográfica e Confraternização com convidados

Local: Instituto Central de Educação Isaías Alves – ICEIA

Responsável: Professora Noélia Marcelina

DIA 27 (sexta-feira) a partir das 09:00 BAIRRO: PAU MIÚDO

Programação: passeata de capoeira, rodas de capoeira, aulão, berimbau, maculelê, cinema e vídeo, Oficinas de capoeira Angola e Regional.

Oficinas de dança afro com a Professora Marcela Barravento

Oficina sobre escultura em madeira

Facilitador: Gilson Nascimento

Palestra tema: Vivencia de Capoeira como Terapia Corporal

Facilitador: Mestre Claudio (Maceió – Alagoas)

Local: Rua Professor Soeiro 18

Responsáveis: Professor: Lú Ovelha, Formados: Allan e Tisi, Estagiários: Ícaro e Coyote, Graduados: Bicudo, Adriano, Thizyo e Andreza.

DIA 28 (sábado) 14:00 – SIMÕES FILHO

Programação: Palestra, roda de capoeira, oficinas e aulão

Local: Sede da Mangangá na Rua Presidente Castelo Branco no Bairro Ponto Parada –

Em Praça publica e quadra de esportes

Responsável: Professor Del

Intercâmbio com o Grupo de capoeira Gangara em Salvador

Dia 29 (domingo) às 80:00 – CAIXA D’ÁGUA – ESCOLA PARQUE

Programação: Apresentação de Teatro, Batizado, troca de corda, Capoeira Show, Maculelê, Puxada de Rede, Dança Afro, Samba de Roda e intercâmbio com diversos grupos de capoeira.

Presença dos mestres: mestres Pit Bull (Grécia), Val Boa Morte, Luizinho Barravento (Austrália), Magayver (México), Marcos Gytauna (Argentina) Zé Doró (França), Burguês (Muzenza do Rio de Janeiro, Portugal, Espanha, Itália, Holanda, Suiça, França e Alemanhã), Claudio (Alagoas), Alfredo (Jequié), Professor Santos, Estagiário Mandingueiro, Graduados Pemba e Lee (Moçambique), Graduado Dourado (São Paulo), Mestres: Boa Gente, Geni, Máximo, Malvina, Bia e vários mestres de Salvador.

Participação especial dos Grupos de Teatro Tá Na Cara, Az Tyazinhaz e Capoeira Jacobina Arte. Professora de dança afro: Marcela Barravento e do Deputado Estadual Domingos Leonelli

LocalTeatro da Escola Parque (Rua Saldanha Marinho Caixa D’água S/N

Supervisão Geral: Mestre Tonho Matéria


tmmanganga@hotmail.comtonhomateria@hotmail.com

Telefones: 00 55 71 – 81269333 – 32569806 www.capoeiramanganga.com.br

Bahia: Capoeira de Saia deve reunir mais de cinco mil participantes

Mais de cinco mil capoeiristas dos cinco continentes são aguardados na edição mundial do Projeto Capoeira de Saia 2010, que será realizado na Bahia na próxima semana. Palestras, vivências, mesas redondas, atividades culturais e rodas da capoeira integram a programação do evento, que passa por Salvador, Camaçari, Santo Amaro e Cachoeira, no Recôncavo Baiano, entre os dias 26 e 30 de maio. O objetivo do projeto, que tem edição mundial e faz parte do programa Capacitação em Capoeira, é promover o encontro dos praticantes, amadores e profissionais da luta de origem africana.

As inscrições para o evento Capoeira de Saia 2010 são gratuitas e podem ser feitas através do site oficial, no Forte da Capoeira (Santo Antônio) ou através do telefone (71) 3117-1488.

“Estamos na terceira edição do Capoeira de Saia. Uma das atividades que deve reunir o maior número de pessoas é a aula pública, que será realizada no dia 29, no Farol da Barra. A expectativa é de que 1.500 capoeiristas participem da roda”, conta uma das organizadoras, Carolina Gusmão, conhecida como mestre Brisa.

Outras ações, além das programadas para a próxima semana, estão incluídas no programa Capoeira de Saia. Entre os meses de outubro a dezembro, haverá o Curso de Qualificação e Formação para Capoeiristas, que vai oferecer quatro linhas de estudo: o Curso de produção, gestão e elaboração de projetos culturais em capoeira, Organização e planejamento do ensino em Capoeira, Historicidade e ancestralidade na Capoeira e Processo de formalização dos centros culturais de Capoeira. Os cursos têm parceria com a Universidade do Estado da Bahia (Uneb).

Turismo

A capoeira vem recebendo investimentos e projetos também da Secretaria de Turismo do Estado da Bahia (Setur). A primeira ação com vista no turismo por meio da arte de origem africana é o mapeamento de grupos internacionais e nacionais de capoeira. A iniciativa é inédita e foi apresentada no mês de fevereiro durante um encontro entre representantes da Setur e mais de 100 mestres baianos, com o objetivo de fazer do turismo uma ferramenta aglutinadora para a capoeira.

Na ocasião, a Setur apresentou a proposta de criação do site Capoeira da Bahia. “A internet tem de ser a nossa ferramenta de divulgação, articulação e mobilização para fazer da Bahia a Meca da capoeira”, afirmou a superintendente de Serviços Turísticos da Setur, Cássia Magalhães.

A iniciativa foi aprovada por grandes nomes da capoeira na Bahia, como os mestres Tonho Matéria, Boa Gente e Camisa Roxa. O músico Tonho Matéria, um dos provocadores do movimento, faz intercâmbio com quatro países e disse acreditar muito no projeto. “Muitos grupos trazem a capoeira para cá, vindos da Austrália, México, Alemanha, Argentina. Esse projeto deve trazer um diálogo aberto para entender a capoeira, que é uma das artes que mais difundem o Brasil e a língua portuguesa pelo mundo”, diz.

Um indício de que a capoeira baiana é bem difundida entre os turistas, especialmente a Capoeira de Saia, praticada pelas mulheres, está na grande quantidade de alunas estrangeiras que praticam a dança na Bahia ou fora do Brasil. A francesa Christine Zon-Zon, 51 anos, faz parte do Grupo Nzinga. “A capoeira está trazendo muita gente para cá, mostrando para os turistas, e isso não significa folclorizar a capoeira. Pelo contrário, isso é muito bom”. A sueca Rahel Kesete, há seis anos praticando na Suécia, concorda. “Vim ao Brasil porque aqui é o país da capoeira”, diz.

Programação

Quarta-feira (26/05) – Forte da Capoeira – Santo Antônio – Salvador

18h Credenciamento
19h Conferência de abertura com lideranças femininas contemporâneas | capoeiristas, autoridades políticas, artistas, sambadeiras, baianas de acarajé e lideranças religiosas
19h30 Palestra de abertura
20h30 Roda Oficial de Abertura do Capoeira de Saia

Quinta-feira (27/05) – Forte da Capoeira – Santo Antônio – Salvador

8h Credenciamento
8h30 Cadastramento | Excursão pelo Recôncavo Baiano
9h30 Palestra Lei Maria da Penha – Representante da Sepromi-BA
11h Palestra Conquistas e desafios do profissional de capoeira: panorama histórico, social, cultural e jurídico
14h Credenciamento
15h Vivências em rodízio | Capoeira Angola, Regional e Baiana
19h Mesa redonda Iê! Mestre quem foi sua aluna?
20h Show cultural e roda do Capoeira de Saia

Sexta-feira (28/05) – Cidade do Saber – Camaçari

7h Saída de ônibus
8h Credenciamento
9h Palestra Lei Maria da Penha: em busca de uma cidadania efetiva
10h Atividades nas salas e Ginásio Poliesportivo
13h30 Teatro da Cidade do Saber – Exibição do filme
16h Colóquio de mestras, contramestras, professoras e trenéis de capoeira
17h30 Palestra Profissionalização da mulher na capoeira: limites, conquistas e possibilidades
19h30 Caminhada para Praça Desembargador Montenegro | Camaçari
20h Show de manifestação popular de Camaçari e Roda Capoeira de Saia

Sábado (29/05) – Forte e Farol da Barra – Santo Antônio / Barra – Salvador

8h Credenciamento
09h Maculelê tradicional de Santo Amaro
10h Samba de Roda Tradicional | Marinalva Nascimento “Nalvinha”- Fumeb
11h Oficina Percussiva
15h Concentração e entrega das camisas do evento | Farol da Barra
15h30 Homenagem a autoridades e mestres convidados
16h Aulão de Capoeira | Convidadas de renome internacional
17h30 Rodas de Capoeira, maculelê e samba de Roda
18h Grupo de Samba Raízes de Santo Amaro
19h30 Show cultural Parafolclórico e Show de Banda

Domingo (30/05) – Recôncavo Baiano – Santo Amaro e Cachoeira

8h Saída de ônibus:
Salvador – Forte de Santo Antônio Além Carmo | Camaçari
9h30 Cidade de Santo Amaro – Palestra, oficina de samba e roda de capoeira | Teatro D. Canô, Casa do Samba e Praça da Matriz
13h Saída de ônibus | frente à Casa do Samba
14h Cidade de Cachoeira – Palestra e roda de encerramento do Capoeira de Saia | Auditório UFRB e Rodoviária
16h30 Retorno a Salvador – Forte de Santo Antônio | Camaçari

 

http://mestra-brisa.blogspot.com
http://www.capoeiradesaia.com.br
http://www.guetocapoeira.org.br
GUETO Brasil: +55.71.33634568
Salvador | Bahia | Brasil

Programa Capoeira de Saia 2010

Programa Capoeira de Saia 2010 – 3ª edição | o Mundial

Apresentação

A capoeira atualmente é uma das artes que mais cresce no Brasil e no mundo, estando presente em todas as unidades da federação brasileira e em mais de 120 países, o que faz com que a mesma esteja ganhando um espaço cada vez maior na mídia, firmando-se como um importante recurso para a construção de uma identidade saudável e cidadã, sendo assim viemos propor:

O “Capoeira de Saia” – Programa de Capacitação em Capoeira é um programa que será executado em três edições 2008, 2009 e 2010, em ambiência baiana, nacional e mundial respectivamente, e que aglutinará mulheres praticantes da capoeira e áreas afins, provenientes de todo os continentes, em Salvador-Bahia, promovendo um contínuo cronograma de atividades, dentre elas: palestras, festivais, excursões, cursos de extensão e  vivências ministradas pelos maiores mestres desta arte no Brasil.

A primeira edição – Baiana – foi realizada no dia 17/05/2008, na Fortaleza de Santo Antônio Além do Carmo _ Forte da Capoeira, das 08 as 20 h, reuniu 300 praticantes e inúmeros convidados (Mestre João Pequeno de Pastinha – ícone da capoeira mundial – aos 90 anos de idades foi um deles além de tantos outros).

A segunda edição – Nacional – foi realizada nos dias 01, 02 e 03 de maio de 2009, também na Fortaleza de Santo Antônio Além do Carmo – Forte da Capoeira, reuniu mais de 300 praticantes/dia, dentre elas mulheres baianas, paulistas, cariocas, paraenses, goianas, chilenas, colombianas, alemãs, argentinas e mais uma vez foi sucesso de público e programação…

Composta por palestras, projeção de filme | documentário inédito, oficinas, depoimentos dos diversos mestres presentes, seleção de atrizes para filme de cadeia internacional (filme Besouro: nasce um herói do diretor João Daniel Tikhomiroff) apresentações folclóricas e, o ponto alto, uma excursão ao Recôncavo Baiano que nos reportou ao berço cultural de nosso país.

No ano de 2010 realizaremos a edição Mundial deste programa reunindo praticantes dos 05 continentes em Salvador, numa vasta programação com atividades na Fortaleza de Santo Antônio Além Carmo (Forte da Capoeira – Salvador), na Cabana da Barra, aulão público com mais de 1.500 capoeiristas em pleno Farol da Barra, atividades na Cidade do Saber – Camaçari – durante um dia inteiro finalizando com show em praça pública, “repeteco” da excursão “Bebendo na Fonte… uma viagem ao Recôncavo Baiano”, berço da cultura afro-brasileira, dentre outras atividade na semana de 26 a 30 de maio, promovendo o encontro das (dos) praticantes de capoeira, amadoras (es) e profissionais, representantes dos cinco continentes na “terra mãe da capoeira”, onde encontram-se reunidos os mais antigos e renomados mestres desta nobre arte.

Dando continuidade ao programa Capoeira de Saia, realizaremos ainda em 2010 – entre os meses de outubro e dezembro – o Curso de Qualificação e Formação para Capoeiristas, com a oferta de quatro linhas de estudo: Curso de produção, gestão e elaboração de projetos culturais em Capoeira; Organização e planejamento do ensino em Capoeira; Historicidade e ancestralidade na Capoeira e Processo de Formalização dos Centros Culturais de Capoeira. Este programa tem como intuito garantir a formação qualificada das (dos) capoeiristas inscritos e será desenvolvido em parceria com a Universidade do Estado da Bahia – UNEB, garantindo assim o suporte técnico-pedagógico necessário, bem como a chancela de uma das mais respeitadas universidades do país.

Este programa nasce com o compromisso principal de promover o fortalecimento da participação e auto-estima da mulher na capoeira, possibilitando um maior intercâmbio entre as instituições culturais, enfocando o processo de ensino-aprendizagem da capoeira para este público, as discussões de gênero, bem como a abordagem sobre sua inserção, importância e contribuição no desenvolvimento histórico-social da capoeira, possibilitando desta maneira a ampliação do nível de informação das profissionais e praticantes, o aprimoramento técnico-teórico das mesmas para que possamos a partir dessa proposta encontrar mulheres e homens dividindo espaços de capoeira de forma harmônica e igualitária, no que tange a democracia de acesso aos conhecimentos e “fundamentos” desta arte ancestral.

 

Justificativa

Este projeto se faz necessário pelo fato de possibilitar um maior intercâmbio entre as praticantes e profissionais da área de capoeira, a partir da realização de palestras, festivais, cursos de extensão, encontros mundiais, excursões, vivências e seminários, que darão estrutura ao programa de qualificação, objetivando atingir prioritariamente as mulheres capoeiristas e não capoeiristas, praticantes e/ou profissionais que atuam no ensino da capoeira, possibilitando a ampliação de conhecimento nessa área, tendo como produto final a alavancagem no processo de profissionalização da mulher na capoeira, a melhoria na qualidade do serviço prestado por estas profissionais à sociedade civil, bem como um maior reconhecimento da prática da capoeiragem enquanto importante ferramenta educativa, expressão e cultura de um povo.

Tem sua importância alicerçada no processo de formação profissional das mulheres na capoeira, tendo em vista a difícil realidade encontrada, principalmente, no norte e nordeste brasileiro onde, por questões históricas, sociais, culturais e econômicas, a mulher não consegue seguir no processo necessário a sua profissionalização.

Estas ações inclusive estão previstas e respaldadas no Plano Estadual de Políticas para as Mulheres, nas suas áreas estratégicas, e no Plano Nacional de Política para as Mulheres nos seus eixos, e juntas, podem promover a formação de novas gerações de capoeiristas em condições de repudiarem o racismo, o sexismo  e a homofobia/lesbofobia.

Plano Estadual de Políticas para as Mulheres / PEPM, áreas estratégicas contempladas:

1- Autonomia Econômica e Igualdade no Mundo do Trabalho com Inclusão Social;

2- Educação Inclusiva, Não-Sexista, Não-Racista, Não-Homofóbica e Não-Lesbofóbica;

4- Enfrentamento a Todas as Formas de Violência Contra a Mulher;

5- Participação das Mulheres nos Espaços de Poder e Decisão;

8- Cultura, Comunicação e Mídia Igualitárias, Democráticas e Não-Discriminatórias;

9- Enfrentamento do Racismo, do Sexismo e da Lesbofobia;

10- Enfrentamento das Desigualdades Geracionais que atingem as Mulheres, com Especial Atenção às Jovens e Idosas;

 

Plano Nacional de Políticas para as Mulheres/PNPM, eixos condutores:

4. Enfrentamento à todas as formas de violência contra as mulheres;

5. Participação das mulheres nos espaços de poder e decisão;

9. Enfrentamento ao racismo, sexismo e lesbofobia;

Discutir esta realidade, suas dificuldades e propor desafios e mudanças para este quadro indesejado é a proposição do Programa de Capacitação Capoeira de Saia que terá ações continuadas por todo o ano e culminâncias marcadas anualmente, como foi o exemplo em 2008, 2009 e será em 2010 – edição baiana, nacional e mundial respectivamente.

Vale à pena ressaltar, que o “Capoeira de Saia” – Programa de Capacitação em Capoeira, se firma também como um importante evento cultural e turístico, que vem trazer entretenimento, informação e lazer para a cidade de Salvador, Camaçari, Santo Amaro da Purificação e Cachoeira, além de possibilitar o conhecimento e divulgação das belezas naturais dessas cidades, com visitas programadas aos seus pontos turísticos, estimulando o turismo e o comércio da região no evento, promovendo a divulgação das cidades e de nossos patrocinadores.

 

Objetivos

Possibilitar um maior intercâmbio entre as mulheres (e homens) capoeiristas da Bahia, do Brasil e do mundo;

Promover a ampliação das informações das (dos) profissionais da área de capoeira;

Reunir mulheres capoeiristas de renome internacional e debater suas importantes construções e contribuições como estratégia para elevar a auto-estima das participantes, e assim alavancar o processo de profissionalização desse público, tendo em vista os inexpressivos números de mulheres que conseguem tornar-se profissionais (em relação a representação quantitativa de profissionais do gênero masculino) e do baixo nível de qualificação das profissionais encontradas no mercado de trabalho por questões históricas, políticas e culturais;

Incentivar o turismo na capital baiana, aumentando seu fluxo turístico nacional e internacional dentro de períodos de sazonalidade, destacando e difundindo a capoeira como representante genuína da ancestralidade africana, elemento chave do Turismo Étnico-afro, de forma a reconhecer a Bahia enquanto “Terra mãe da Capoeira”;

Discutir as contribuições das diversas áreas do conhecimento no processo de ensino-aprendizagem da capoeira;

Discutir a roda de capoeira enquanto espaço de mulheres e homens, essencialmente político e que revela um grande potencial na transformação das relações humanas, onde seus atores devem primar por uma capoeira mais plural e em condições de valorizar as diferenças como entendimento necessário à promoção e garantia dos Direitos Humanos e da Justiça Social;

Propor a Transversalidade como eixo nas discussões sobre a capoeira, discutindo com representantes da sociedade civil, das entidades privadas sem fins lucrativos (ONG’s), dos organismos de representação comunitária, etc., formas de dialogar e construir, a curto e médio prazo, ações conjuntas com as áreas do poder público responsáveis por:

– Educação (garantia de acesso e qualidade no ensino, etc.);

– Turismo (capoeira x economia criativa, economia da cultura, processo de folclorização, mulheres x turismo sexual, etc.);

– Esporte (cuidados, limites e possibilidades no processo de esportivização da capoeira, prevenção aos efeitos “Olimpíadas 2016”, etc.);

– Trabalho e Renda (garantia de acesso ao mercado de trabalho – políticas públicas para capoeira e seus diversos campos de atuação – educação / turismo / artesanato, etc);

– Meio Ambiente (plantio de espécies florestais nativas da Mata Atlântica brasileira, de rápido crescimento e valor econômico, utilizadas na confecção dos instrumentos da capoeira (berimbau, pandeiro, reco-reco, caxixi, etc.), são elas a cabaça, a biriba, etc.;

– Igualdade Racial e de Gênero (violência a mulher x sociedade civil x racismo x capoeira, etc);

Levantar e discutir as questões de gênero que influenciam na continuidade da mulher na capoeira apontando não apenas para as questões relacionadas às violências contras a mulher (física, moral, psicológica, patrimonial, etc.), mas também colaborando na defesa e divulgação da Lei Maria da Penha, buscando atuar na construção de redes de prevenção e enfrentamento (atitudinais, legais, etc.) a este fenômeno inaceitável, inserindo aqui também a luta contra a exploração sexual de meninas e mulheres e contra o turismo sexual que alimenta o tráfico de mulheres;

Debater, defender e divulgar a Lei Maria da Penha no intuito de contribuir com identificação das diversas formas de violência (física, moral, psicológica, patrimonial, etc.) contra as mulheres e os mecanismos de enfrentamento.

 

Programação

1. Capoeira de Saia | Encontro Mundial 2010

Nesta edição as atividades acontecerão do dia 26 a 30 de maio, com uma programação compostas por oficinas, palestras, aulão público no Farol da Barra, sessão de cinema com diversos filmes / documentários, mesas redondas abordando temas atuais importantes na formação dessas praticantes, excursão às cidades históricas do Recôncavo Baiano como mecanismo de reconhecimento da história das culturas afro-descendente na Bahia, dentre outras. Tudo isso “regado” a muita alegria, integração e produção de conhecimento, elementos propulsores de uma boa formação.

 

26/05/2010

Quarta

Fortaleza de Santo Antônio

18:00 Credenciamento

19:00 Conferência de abertura com lideranças femininas contemporâneas

| capoeiristas, autoridades políticas, artistas, sambadeiras, baianas de acarajé e lideranças religiosas

19:30 Palestra de abertura:

Mãe Stella de Oxossi | Ilê Axé Opô Afonjá

20:30 Roda Oficial de Abertura do Capoeira de Saia

27/05/2010

Quinta

Fortaleza de Santo Antônio | Salvador

08:00 Credenciamento

08:30 Cadastramento | Excursão pelo Recôncavo Baiano*

09:30 Palestra Lei Maria da Penha

| Representante da SPM – SEPROMI | Governo do Estado da Bahia

11:00 Palestra “Conquistas e desafios do profissional de capoeira: panorama histórico, social, cultural e jurídico”

14:00 Credenciamento

15:00 Vivências  em rodízio | Capoeira Angola, Regional e Baiana

19:00 Mesa redonda

“Iê!” Mestre/a quem foi sua aluna? – Leitura social estratégica a partir da fala de quem educa | Mestras/es convidados (as)

20:00 Show cultural FUMEB e roda do Capoeira de Saia

28/05/2010

Sexta

Cidade do Saber – Camaçari

07:00 Saída de ônibus:

Salvador – Farol da Barra| Lauro de Freitas| Abrantes e Arembepe

08:00 Credenciamento

09:00 Palestra “Lei Maria da Penha: em busca de uma cidadania efetiva”

| Representante da SPM – SEPROMI

10:00 Atividades nas salas  e Ginásio Poliesportivo

13:30 Teatro da Cidade do Saber

Exibição do filme “Besouro: nasce um herói” ou “Pray in the will” mulheres da África

16:00 Colóquio de mestras, contramestras, professoras e trenéis de capoeira |Convidadas de renome internacional

17:30 Palestra “Profissionalização da mulher na capoeira: limites, conquistas e possibilidades” | Carolina Magalhães – Mestra Brisa (UNEB | GUETO)

19:30 Caminhada para Praça Desembargador Montenegro | Camaçari

20:00 Show de manifestação popular de Camaçari e Roda Capoeira de Saia

 

29/05/2010

Sábado

Cabana  da  Barra  e Farol da Barra | Salvador

08:30 Credenciamento

09:00 Maculelê  tradicional de Santo Amaro | M. Macaco – ACARBO Santo Amaro

10:00 Samba de Roda Tradicional | Marinalva Nascimento  “Nalvinha”- FUMEB

11:00 Oficina Percussiva | Mestre Lua Rasta

15:00 Concentração e entrega das camisas do evento | Farol da Barra

15:30 Homenagem a autoridades e mestras (es) convidados

16:00 Aulão de Capoeira|Convidadas de renome internacional

17:30 Rodas de Capoeira, maculelê e samba de Roda

18:00 Grupo de Samba “Raízes de Santo Amaro”

19:30 Show cultural Parafolclórico FUMEB e Show Banda Didá

 

30/05/2010

Domingo

Santo Amaro da Purificação e Cachoeira

“Bebendo na fonte… um passeio pelo Recôncavo Baiano”

08:00 Saída de ônibus:

Salvador – Forte de Santo Antônio Além Carmo | Arembepe| Camaçari |Lauro de Freitas

09:30 Cidade de Santo Amaro – Palestra, oficina de samba e roda de capoeira

| Teatro D. Canô, Casa do Samba e Praça da Matriz

12:00 Intervalo para almoço

13:00 Saída de ônibus | frente à Casa do Samba

14:00 Cidade de Cachoeira – Palestra  e roda de encerramento do Capoeira de Saia

| Instituto Danemann e Rodoviária

16:00 Entrega de Kit Lanche

16:30 Retorno a Salvador – Forte de Santo Antônio | Camaçari | Lauro de Freitas | Arembepe

 

2. Capoeira de Saia 2010 | Curso de Qualificação e Formação para Capoeiristas

Em sua 1ª edição piloto o curso terá divulgação realizada a partir de março até outubro, inscrições abertas a partir de agosto, seleção de aprovados pela comissão dôo curso divulgada em setembro para então iniciar suas atividades no dia 1º de outubro, com encerramento previsto para meado de dezembro onde as (os) alunas (os) deverão estar participando da cerimônia de certificação no Teatro Caetano Veloso na Universidade do Estado da Bahia – UNEB.

O curso será composto por quatro linhas de estudo que oferecerão 40 vagas por cada linha, totalizando a qualificação de 160 capoeiristas certificadas (os) pela UNEB.  São elas:

  • Curso de produção, gestão e elaboração de projetos culturais em Capoeira;
  • Organização e planejamento do ensino em Capoeira;
  • Historicidade e ancestralidade na Capoeira;
  • Processo de Formalização dos Centros Culturais de Capoeira;

 

www.capoeiradesaia.com.br

capoeiradesaia@hotmail.com | capoeiradesaia@gmail.com

Carolina Magalhães | Mestra Brisa

Mestra de Capoeira | Produção Geral

brisacapoeira@msn.com | brisacapoeira@gmail.com

055.71.87935400 | 81349904

ACANNE: Programação de Maio

Maio: Abolição?

Em Maio, é o momento de nos questionarmos que espécie de abolição foi realizada, que liberdade queremos e como conquistá-la.

Importantes guerreiros da luta popular serão homenageados: Mestre Caiçara, Milton Santos, Malcolm X e Bob Marley.

Os debates relativos aos temas de sexta se concentrarão durante a semana, permitindo que os corpos se expressem livremente no ritual da roda.

Nosso quilombo continua de portas abertas. Axé!!!

 

7 – SEXTA – Roda de capoeira angola em homenagem ao nascimento de Milton Santos (dia 3) e Mestre Caiçara (dia 8)

14 – SEXTA – Roda de capoeira angola em homenagem à passagem de Bob Marley (dia 11), ao nascimento de Malcolm X (dia 19) e questionamento à falsa abolição.

21 – SEXTA – Palestra com Eduardo Oliveira: “A cosmovisão africana e a capoeira angola”. Roda de capoeira angola e mesa de frutas.

28 – SEXTA – Roda de capoeira angola em homenagem ao Dia da África (25) e aos nossos ancestrais.

 

São duas velas acesas, um cova cavada, entra eu ou você.

Vou pedir licença à morte pra jogar.

Só basta nós morrermos, colega velho, no dia que Deus quiser…

Mestre Caiçara

 

Capoeira Angola e Harmonia Ancestral

 

A possibilidade de nos harmonizarmos com a natureza, nos integrando ao todo (a Divindade) através do retorno à ancestralidade, foi uma das grandes lições da palestra de Jorge Conceição. Segundo ele, as desigualdades sociais e a agressão à natureza são resultantes do mesmo padrão de pensamento racionalista, cartesiano e eurocêntrico. A capoeira angola, imitando movimentos de animais e nos permitindo conhecer o corpo, nos propicia uma sintonia com o cosmos e é uma via de profunda transformação espiritual, social e ambiental.

 

Em Abril, começamos nossa compostagem orgânica com as cascas de frutas das sextas-feiras. Em breve, nossa horta comunitária poderá ser saboreada em companhia dos malungos.