Blog

possamos

Vendo Artigos etiquetados em: possamos

Reflexão: Capoeira Angola: Uma idéia, não um estilo!

Entendo que a capoeira angola, finalmente, seja uma idéia, não um estillo!

Agrega valores que a define como um caminho, um ideal, uma causa, uma ação ligada diretamente para causas sociais, o sindicato dos excluidos, o grito dos humildes, a voz da plebe e de todos que necessitam de discernimento, independente de estilos, que já é próprio, inerente, sendo que expressamos em movimentos o que somos.

Precisamos mudar o conceito atual, que a capoeira angola é o estilo dos velhos, dos lentos, da capoeira sem combatividade, do jogo embaixo, somente, é tudo isso e muito mais.

É a idéia dos velhos sim, não o estilo.

Estamos herdando toda essa idéia dos velhos, e estamos deixando essa idéia se perder por falta de discernimento, responsabilidade, compromisso, atitude.

Temos que treinar, estudar, treinar, ler, treinar, vivenciar, treinar e treinar, para mudar esse conceito ridículo que está levando todos para outras vertentes.

Temos que fazer da capoeira angola realmente uma filosofia, compromisso para que possamos moralizá-la. Chega a ser desleal, sendo a capoeira angola a que embate ao sistema, somos naturalmente excluídos das mídias, tornando nossas idéias ainda mais ocultas.

Penso que seje essa a identidade da capoeira da Ilha, capoeira angola, agregada a todos esses valores, onde jogamos em baixo, em cima, no meio, voando, onde os berimbaus arrepiam os pêlos, onde a ladainha cala fundo em que ouve, onde o Mestre ainda tem autoridade sem ser autoritário, sem excluir as pessoas por não estarem de cintos ou sapatos, com malandragem, revide, educação, combatividade, resistência discernimento cultural, compromisso e muito treino para que possamos estar nas ruas com a nossa idéia moralizada, para que possamos dar visibiliade e atrair pessoas para compartilharem dessa idéia chamada angola.

Sinto que alunos e até alguns mais velhos não sentem orgulho da vertente, acabam por desistirem e desistimulam futuros angoleiros. Rodas ecléticas, cada qual com seu estilo dentro de uma idéia chamada angola, onde cada qual leva o que tem e trás o que precisa para sua vida.

Sem esteriotipar os sentimentos, os movimentos,os pensamentos.

Essa idéia que chamo de angola é a força é o meio, e não devemos distorcer nem permitir que deturpem, criando outro conceito que nada irá contribuir para o esclarecimento de toda essa estrutura escravista que está aí nos oprimindo.

Temos que ter orgulho do que somos, sou angoleiro, sim sinhô!!!

 

QUILOMBOLA CAPOEIRA ANGOLA

Mestre Pinoquio – mpinoqcap@hotmail.com

Reunião – FECAES

Vitória/ES, 03 de Abril de 2008.

Aos

Ilmº. Srs. Especialistas no Ensino da Capoeira

M.D. “Formados, Monitores, Instrutores, Contramestres e Mestres do ES”

CONVOCAÇÃO
 
Convocamos todos os Especialistas no Ensino da Capoeira que atuam no Estado do Espírito Santo, área de competência e atuação desta Federação, a participarem de reunião às 16:00h do dia 05 de Abril de 2008 no Centro de Treinamentos Martinho Lutero – Bento Ferreira – ES (próximo a sede da Federação e na mesma rua da Secretaria Municipal de Esportes de Vitória), onde serão discutidos as seguintes temáticas:

Reorganização da Capoeira do Estado do ES:

    * Orientação para Registro e Regularização dos Grupos de Capoeira do Estado do ES;
    * Apresentação do Calendário de Eventos dos Grupos para que possamos interceder na captação de apoio aos mesmos;
    * Apresentação da Diretoria da FECAES e suas funções;
    * Conselho Superior de Mestres – CSM: Banca Examinadora para coibir com os falsos Especialistas;
    * Apresentação da Programação de Cursos de Capoeira para 2008;
    * E outras deliberações.

Esta reunião se faz necessária dado as inúmeras denúncias do surgimento de “pseudos” Professores de Capoeira, formados, não sabemos onde nem por quem; criando seus próprios grupos sem qualquer ordem, organização, qualificação, experiência,…, enfim sem qualquer condição para isso, prejudicando todo trabalho sério desenvolvido por nós em 11 (onze) anos de existência.

Elaboração de Proposta à SEDU – Secretaria de Estado da Educação para fiscalizar os “Professores de Capoeira” e suas qualificações, atuantes no Projeto Escola Aberta, e, melhoria da ajuda de custo oferecida aos verdadeiros Especialistas no Ensino da Capoeira.

Solicitamos àqueles que possuírem; trazerem toda e qualquer documentação referente ao registro e / ou CNPJ / MF de seus grupos, para que possamos orientar-vos na construção ou reformulação estatutária, redação das Atas, Registro em Cartório, obtenção do CNPJ / MF, construção de Projetos, etc..

P.s. Convidamos a todos os Especialistas no Ensino da Capoeira e seus amigos docentes de capoeira atuantes no estado a se fazerem presentes a esta reunião, esta remessa via e-mail se dá pela deflagração da greve nos Correios reiteramos esta convocação.
 

Me. Alcebíades Milton Cabral
Presidente – FECAES  / 

Cme. Bert Karl Breuel
Diretor Institucional para Assuntos Estratégicos e Políticos