Blog

quarta

Vendo Artigos etiquetados em: quarta

‘Herança Africana’ é apresentada no palco do Teatro Amazonas

Espetáculo do Balé Folclórico do Amazonas retrata a influência negra. 
Duas apresentações serão realizadas nesta quarta-feira e domingo.

Capoeira, lundu, gambá, dança do rapachão e o samba são manifestações com influências negras. Essa ‘Herança Africana’ é o tema de um espetáculo do Balé Folclórico do Amazonas, que será apresentado nesta quarta-feira (2) e domingo (6), no Teatro Amazonas, Centro de Manaus. As apresentações serão às 21h e 19h, respectivamente. Os ingressos custam R$ 10 e R$ 20 e podem ser adquiridos na bilheteria do teatro (pelos telefones: (92) 3622-1880/3622-2420) ou pelo site www.bestseat.com.br.

O espetáculo é dirigido por Conceição Souza e é resultado da pesquisa dos colaboradores Eliberto Barroncas e Railda Vitor. ‘Herança Africana’ vai destacar algumas manifestações regionais deixadas como legado cultural do negro.

A concepção do espetáculo aproveitou o trabalho realizado no projeto Escada Sem Degraus, iniciativa que envolve pesquisas de música regional e artes visuais. “Visitamos grupos de dança lundu em Itacoatiara, composto em sua maioria por mulheres, cujo estilo de dança é diferente daquele apresentado em Belém. De acordo com a localidade, a mesma dança possui características diferentes”, explica Railda.

O Balé Folclórico do Amazonas foi criado em 2001. A companhia, composta por 33 bailarinos e que se encontra com elenco renovado desde novembro de 2013, já participou de eventos como o Festival Amazonas de Ópera e Concerto de Natal.

 

Fonte: http://g1.globo.com/

Manaus: aniversário do Grupo Matumbé

Manaus – Com 400 integrantes e quase um ano de fundação, o Grupo Matumbé de Capoeira do Amazonas exportou o gingado para o exterior com o trabalho abnegado de vários mestres, entre eles ‘Capacete’.

Há três anos, ele dá aulas da modalidade em Barcelona, na Espanha, onde decidiu criar uma filial do projeto.

Capacete voltou recentemente a Manaus para comemorar, no final deste mês, o aniversário do Grupo Matumbé e receber o título de contramestre. Na programação especial, que começa nesta quarta-feira (25) e vai até domingo (30), serão organizados mesas redondas, rodas de capoeiras e o batizado anual de novos alunos.

Nesta quarta-feira, a abertura com as tradicionais rodas começam às 18h no Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), na Avenida André Araújo, em Petrópolis, zona sul de Manaus.

Nos quatro dias seguintes do evento, o local vai mudar para o Centro de Convivência da Família, na Aparecida, zona sul, onde na quinta-feira (27) o mestre Kaká Bonates, fundador do Matumbé, dará uma palestra aberta ao público.

Na sexta-feira, em uma mesa redonda, Capacete pretende resgatar a experiência com a capoeira na Europa. Ambos os eventos serão no horário das 18h.

Após um intervalo das atividades no sábado, o encerramento no domingo será dedicado à formatura de cinco praticantes e à festa de fundação do Grupo Matumbé.

“Antigamente, éramos todos do Grupo Cativeiro, que existia há 20 anosem Manaus. No ano passado, mudamos o nome para Matumbé (que no tupi-guarani significa berimbau) para ser mais regional. Nós praticamos a capoeira tradicional baiana (com origem em Angola). Temos também grupos na Islândia, Jamaica e Barcelona. Nossa filosofia é não participar de competições, porque acreditamos que a capoeira trabalha mais a solidariedade e o respeito entre as pessoas. Não queremos nada competitivo”, explicou o mestre Kaká Bonates.

Capoeira celebra aniversário do Grupo Matumbé e reúne praticantes em Manaus

 

http://www.d24am.com – Redação . [email protected]

Frevo: 105 anos de resistência popular

O ritmo frenético com influências do maxixe e elementos da capoeira completa nesta quinta-feira (9) 105 anos de sua autenticidade.

O termo de origem frevo era a gíria que designava algo que estava fervendo ou na linguagem popular “frevendo”, o que lembrava milhares de pessoas com gingado inconfundível de passos soltos fervendo nas ladeiras de Olinda.

O frevo é a essência do carnaval pernambucano cantado em uníssono pelas troças carnavalescas e está presente na musicalidade de vários compositores e intérpretes da música Brasileira. Canções como “Não Puxa Maroca” pela orquestra Vitor brasileira comandada por Pixinguinha, “Frevo Mulher” de Zé ramalho, “Frevo rasgado” por Gilberto Gil e Bruno Ferreira e “Frevo Diabo” por Chico Buarque e Edu Lobo entre outros clássicos.

Apesar da comercialização do carnaval, o frevo permanece com suas raízes evidenciando um verdadeiro fenômeno de resistência popular que vem conquistando adeptos em todo mundo. Dessa forma a paixão dos brasileiros pelo ritmo que mais representa a maior festa popular está declarada nas canções de Alceu Valença.

Os 105 anos de Frevo-de-Rua, Frevo-Canção e Frevo-de-Bloco será comemorado em todo país com blocos, troças e bailes traduzidos numa manifestação musicalmente e coreograficamente pela legitimidade do nosso patrimônio cultural. A comemoração vai para além da quarta-feira de cinzas, a quarta-feira ingrata que nos deixa saudade “Quem tem saudade, não está sozinho. Tem o carinho, da recordação”, dizia os mestres do frevo, Nelson Ferreira e Aldemar Paiva no canção “Frevo da Saudade”.

Supervisão: Thayanne Magalhães

Fonte: http://primeiraedicao.com.br

Pinda tem campeão mundial de capoeira Estilo Contemporâneo

O estilo Capoeira Contemporâneo tem no pindamonhangabense Elthon Luiz de Souza Rocha o novo campeão mundial.

No Rio de Janeiro, de 19 a 21 de agosto, Elthon conseguiu o título mundial na categoria juvenil, enfrentando competidores do mundo inteiro. Foi o 6º Campeonato Mundial de Capoeira Muzenza, que aconteceu no Teatro da Universidade estadual do Rio de Janeiro (UERJ).

Eu consegui essa vitória, sem nenhum patrocínio, mas estou feliz, tive uma recepção muito legal. Nessa semana iniciei uma atividade em Taubaté, estou com um trabalho lá todas as terças e quintas e estamos com um trabalho aqui em Pinda, de segunda a quinta.”

O jovem capoeirista nasceu no dia 20 de fevereiro de 1988 e reside no Parque das Nações, em Pindamonhangaba. Começou as atividades na luta de roda quando tinha sete anos, quando tinha como instrutor professor Chakal. Era o projeto ‘Gingando para o Futuro”.
A referência no estilo é o Mestre Busca Longe, nascido em Pindamonhangaba. Contra-Mestre ‘Busca Longe’ vive hoje em Guarulhos onde busca sua evolução profissional e pessoal. “Ele foi pra fora, tornou-se bicampeão mundial e está conseguindo seu espaço. E quando se fala em estilo Contemporâneo, a grande referência mundial, o grande nome do estilo, é o contra-mestre Busca Longe..

A Capoeira Contemporânea é voltada para mais para a arte da luta, não deixando de lado suas tradições e tem uma proposta de evolução. “Aqui em Pindamonhangaba,  a gente empunha essa bandeira e nosso grupo tem o fundamento de propor a profissionalização do capoeirista, incentivando a pessoa a estudar e com o estudo propor um trabalho para a capoeira. “Eu mesmo estava fazendo Administração e consegui fazer um trabalho sobre a capoeira… Tem como você ganhar dinheiro hoje, com a capoeira.”

Atualmente, Elthon está envolvido no projeto do Grupo Muzenza de Capoeira, do Contra-Mestre ‘Busca Longe’.
O projeto trabalha com pessoas, desde crianças na faixa de idade de 2 anos, e sem limite de idade. No Crispim, a escolinha de capoeira do projeto funciona segunda e quarta, das 19h30. Já no Ouro Verde, as atividades ocorrem na segunda e quarta, das 20h45 às 21h45; e terça e quinta no Santa Cecília, das 18h30 às 19h30.

Em Taubaté, o capoeirista auxilia no desenvolvimento de atividades sociais na Academia Vida Ativa, às terças e quintas, das 20h00 às 21h00, em Quiririm.

 

Fonte: http://www.agoravale.com.br/

Frente Parlamentar da Capoeira será lançada na quarta-feira

Será lançada na quarta-feira (5), às 16 horas, a Frente Parlamentar da Capoeira. O ato de lançamento ocorrerá no Hall da Taquigrafia, com apresentação de berimbaus durante o Hino Nacional. Às 16h30, deputados falarão sobre os objetivos da frente, na sala de reuniões da Comissão Mista de Orçamento.

Às 16h50, haverá apresentação de dança Puxada de rede, uma encenação de pescadores saindo do mar. Às 17h10, haverá apresentação de Roda Tradicional da Capoeira Regional.

O presidente da frente será o deputado Márcio Marinho (PRB-BA). O vice-presidente será o deputado Flávio Bezerra (PRB-CE).

Reconhecimento

Em 2008, a Câmara aprovou o Projeto de Lei 7150/02, do deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), que reconhece a prática de capoeira como profissão. O projeto aguarda votação no Senado.

Pela proposta, o capoeirista passa a ser considerado atleta profissional, apto a ser remunerado pela participação em eventos públicos ou privados. A capoeira já é reconhecida como manifestação cultural de dança, de luta ou de outras formas de competição.

 

Autor: Agência Câmara – http://www.jusbrasil.com.br

Paulo dos Anjos: Autoridade Ancestral

Paulo dos Anjos Autoridade Ancestral que alicerça um jeito ACANNE de ser!

Mestre Paulo dos Anjos, se ainda neste mundo, completaria em 15 de Agosto 73 anos de caminhada sobre a terra. Há uma década no plano dos ancestrais, continua iluminando os guerreiros de angola em sua luta por libertação.

Marcando este importante momento, a Associação de Capoeira Angola Navio Negreiro realiza o evento Paulo dos Anjos: Autoridade Ancestral que alicerça um jeito ACANNE de ser!

 

As oficinas de capoeira angola são gratuitas para não capoeiristas e têm a intenção de sensibilizar pessoas para a prática desta rica manifestação cultural, despertando sua herança adormecida.

A família Acanne presta reverência a seu antepassado e convida [email protected] a participarem desta semana de vivências e homenagens.

 

PROGRAMAÇÃO:

  • 10/08, Segunda, 19h – Oficina de Capoeira Angola com o Mestre Renê Bittencourt; Bate-papo sobre a vida e os ensinamentos do Mestre Paulo dos Anjos.
  • 12/08, Quarta, 19h – Oficina de Capoeira Angola com o Mestre Renê; Exibição de vídeos sobre o Mestre Paulo dos Anjos.
  • 14/08, Sexta, 19h – Roda de Capoeira Angola em homenagem ao Mestre Paulo dos Anjos; Samba de Roda e coquetel de frutas

 

 

Todas as atividades acontecerão na sede da Acanne: Rua do Sodré nº 48 Largo 2 de Julho, Salvador-BA.

1ª Conferência Brasileira de Capoterapia

1ª Conferência Brasileira de Capoterapia
de 10 a 14 de Agosto de 2005

PROGRAMAÇÃO:
 
10/08 QUARTA-FEIRA às 7:30h
LOCAL: Centro de Saúde n.º 02 Praça do Bicalho
TEMA: Workshop de Capoterapia
 
10/08 QUARTA-FEIRA às 9h
LOCAL: Universidade Católica de Brasília / Tag. Sul
TEMA: Workshop de Capoterapia
 
11/08 QUINTA-FEIRA às 9:30h
LOCAL: Secretaria de Ação Social de Águas Lindas / Prefeitura Municipal
TEMA: Vivência da Terapia do Abraço
 
11/08 QUINTA-FEIRA às 15h
LOCAL: Corpo de Bombeiros de Ceilândia
TEMA: Vivência da Terapia do Abraço
 
12/08 SEXTA-FEIRA às 10h
LOCAL: Prédio da CNPQ / W3 Norte
TEMA: Vivência da Terapia do Abraço para servidores
 
13/08 SÁBADO às 9h
LOCAL: Centro de Ensino Médio n.º 02 Ceil. Norte
TEMA: Troca e entrega de lenços
 
14/08 DOMINGO às 9h
LOCAL: Clube de Águas Lindas / Secretaria de Ação Social de Águas Lindas
TEMA: Troca e entrega de lenços
 
14/08 DOMINGO às 15h
LOCAL:  Associação dos Idosos de Taguatinga / Paradão
TEMA: Troca e entrega de lenços
 
 
Informações:61 3475-2511 / 2160  Mestre Gilvan 9962-2511
Sede Ladainha: Av. Hélio Prates, QNL 30 Conjunto “A” Lotes 31/33 Taguatinga Norte
 
[email protected]

2º FESTIVAL MUNDIAL CAPOEIRA GERAIS

data: quarta-feira, 3 de agosto de 2005
hora: 09:00
local: matriz do grupo
cidade: Belo Horizonte 
  
2º FESTIVAL MUNDIAL CAPOEIRA GERAIS   
Evento do Grupo Capoeira Gerais, do Mestre Mao Branca.
 
Maiores informações no site www.capoeira.esp.br
O evento está aberto a todos que queiram participar.