Blog

realizado

Vendo Artigos etiquetados em: realizado

Semeando 2013/14 – VIII Encontro Internacional de Capoeira Angola

Semeando 2013/14 – VIII Encontro Internacional de Capoeira Angola

Evento realizado pelo Grupo de Capoeira Semente do Jogo de Angola vai reunir alunos, Contra Mestres e Mestres de vários países

Entre dezembro de 2013 e janeiro de 2014 acontece o Semeando – Encontro Internacional de Capoeira Angola, realizado pelo Grupo Semente do Jogo de Angola. O objetivo do evento é reunir alunos de vários estados brasileiros e de outros países, além de capoeiristas interessados em aprender e trocar informação sobre a história Afro-Brasileira. A programação vai incluir Capoeira Angola, Dança Afro, Samba de Roda, Maculelê, Oficinas de Berimbau, Caxixi, Atabaque, Percussão, Palestras, Mostras de Vídeo, Afoxé e Caminhada Ecológica.

O Encontro é realizado de 2 em 2 anos, desde 2004, em Salvador e na Ilha de Cacha Pregos (BA), onde está sendo construída a sede do Grupo de Capoeira Semente do Jogo de Angola. Em 2013, o evento vai ampliar as atividades para dois lugares históricos: Santo Amaro, no Recôncavo Baiano, e Chapada Diamantina. A ideia não é só jogar Capoeira, mas levar todos os interessados para vivências em lugares históricos, tais como: Baixa do Sapateiro, Lagoa do Abaeté, Ilha de Itaparica, Santo Amaro, Cachoeira, São Félix, Lençóis e Vale do Capão. 

O Grupo de Estudos dos Núcleos Semente de Angola apresentará um trabalho teórico sobre História do Brasil até 1808/1810, data da chegada da Família Imperial no Rio de Janeiro. Este acontecimento histórico coincide com o começo da perseguição policial aos negros e capoeiristas. Este trabalho, o qual será apresentado por alunos do Grupo, permanecerá no Espaço na Ilha para estudos. As aulas de Capoeira durante o Encontro serão ministradas pelo Mestre Jogo de Dentro, Contramestres do Grupo Semente do Jogo de Angola e Mestres presentes. 

INFORMAÇÕES 

Site: http://www.sementedojogodeangola.org.br
Telefone: (71) 8727 7127 / 3319 0227

 

Fonte: http://www.iteia.org.br

Qual é a sensação de jogar capoeira?

A grande sensação de jogar capoeira é saber que, em geral, todos os integrantes da roda são admiradores da serenidade, da confiança, do conhecimento, da cortesia, dos bons valores morais, do valor, da saúde, da bondade, da atenção, do falar, da beleza e da intensidade de um jogo pausado. Portanto, todos nós que somos jogadores de capoeira, sabemos que isso pode ser emitido pelo gingar do vai e vem do nosso jogar.

É prazerosa a sensação de saber que no jogo da capoeira habitam dois ícones em uma mistura de curiosidade, destreza e confiança, que exploram a experiência com dificuldade em um caminho feito por um jogo duvidoso, onde reina o perder e o ganhar.

Neste jogo que imita a vida, além de termos um coração que pode sentir a música, é primordial termos uma mente e um olho que saiba evoluir de oitiva para absorver as informações de um círculo mágico chamado roda. Uma alma que saiba cultivar as emoções e mãos que possam tocar um instrumento com discernimento e sabedoria para impulsar o jogo dos camaradas com motivação.

Nesta mistura intrigante entre dois corpos, é primordial termos também, uma mente que possa indagar e que saiba compreender as nuances de um simples jogo que alberga o ataque e contra-ataque surpresa de um verdadeiro jogador de capoeira.

Visto assim, podemos simplificar tudo isso dentro de uma alma que possa elevar-se dentro do próprio jogo. A alma de um corpo que sabe reagir com o tum marcado pelo atabaque. Uma alma que diz que estarmos dentro desse processo de jogar capoeira, pode ser simplesmente, conhecer a alegria e a tristeza em um mesmo segundo. Uma fração de um instante, onde se mantém a esperança de que tudo pode acontecer. De que tudo é válido e válido para melhor. Da mesma forma, diremos que dentro do jogo da capoeira é possível conhecer a desilusão de um jogo não realizado, assim como é possível a conquista por tê-lo realizado.

Com firmeza e definição em nossas palavras, expressamos que além da frustração, da desgraça, da satisfação, da impaciência, da expectativa, da apreensão, da música, do som, da arte e da harmonia, somos todos realmente conhecedores dos fracassos, das emoções, dos erros, do apreciar, do vislumbrar-se das maravilhas e da admiração por um sábio jogador de capoeira. Portanto, reconhecemos que, saber que tudo isso pode ocorrer a um jogador de capoeira é uma coisa, mas admitir que isso ocorre em nós é muito mais.

Por isso, a grande satisfação de jogar capoeira, é o grande desejo de saber que vale apena sonhar com um jogador que nos estimula a jogar e que compartilha os mesmos desejos.

É um sentimento positivo que surge quando um jogador experimenta uma atenuação em seu estado de mal-estar. É a sensação de ter atingido o objetivo ou a meta traçada.

Em resumo, a satisfação de jogar capoeira tem uma duração breve, ainda que ocasionalmente, pode ser como um estado de prazer intenso, de agradabilidade, satisfação, realização, motivação, maior tolerância à frustração, elevação da auto-estima, agilidade do processo cognitivo e de ajudar ao menos capacitado para realizar um jogo de capoeira.

 

Wellington de Oliveira Siqueira – Mestrando Cinzento – Valencia (Espanha).

www.aluacapoeira.com

Campo Grande recebe o 3º Festival Cultural Roda de Bamba

A Associação de Capoeiristas Roda de Bamba realiza o 3º Festival Cultural Roda de Bamba em Campo Grande. O evento, que tem apoio da Fundação de Cultura do Governo de Mato Grosso do Sul (FCMS), será realizado na Praça Ary Coelho em comemoração ao mês da Consciência Negra e terá início neste sábado (10) e vai até o dia 17 de novembro.

O festival tem como objetivo oferecer entretenimento e cultura para acidade com manifestações histórico-culturais, como Maculelê, que resgatam a luta de Zumbi dos Palmares e de outros quilombolas que foram importantes no processo contra a escravidão no Brasil, segundo o informado pela assessoria da fundação.

Apresentações de puxada-de-rede, capoeira show, tradicional batizado dos novos alunos e a formatura do instrutor Murilo Gadelha também farão parte das comemorações.

Também haverá um workshop, no dia 15 de novembro, sobre capoeira com o Mestre Adilson de São Paulo, com 50 vagas disponíveis. O curso será realizado na concha acústica Helena Meireles, no Parque das Nações Indígenas, com o valor de R$ 35,00.

Diversos mestres de capoeira irão participar do evento, dentre eles, Adilson (SP), Okan (SP), Cicinho (SP), Liminha (MS), Reinaldo (SP), Pernalonga (MS).

Serviço: o evento é destinado ao público em geral e tem a entrada franca. Mais informações podem ser obtidas com Mestre Leandro 9918-0209/9217-3578 e Professor Arnaldo Sorriso – 9218-0209, ou ainda pelo site www.rodadebamba.com.br.

 

Fonte: Capital News (www.capitalnews.com.br)

Laranjal Paulista – SP: Projeto oferece aulas gratuitas de capoeira

Aulas serão realizadas na Vila Zalla para crianças, adolescentes e adultos.
Outras atividades já são oferecidas para as crianças carentes do município.

O projeto ‘Espaço Amigo’, realizado em Laranjal Paulista (SP), vai oferecer aulas de capoeira para crianças adolescentes e adultos no centro educacional no bairro Vila Zalla.

As aulas serão ministradas aos domingos, das 9h30 às 11h30, no Centro Esportivo ‘Paulo Roberto dos Santos’. Atualmente, o projeto já oferece às crianças atividades como teatro, dança, karatê, artesanato, canto e grafite.

As aulas são gratuitas e abertas para a população, mas tem como público alvo crianças carentes da cidade. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (15) 3283-6576.

 

Projeto

O ‘Espaço Amigo’ conta com aproximadamente 260 inscritos este ano. O projeto trabalha com crianças e adolescentes carentes do município.

Suas ações oferecem oportunidades para que seus participantes desenvolvam potenciais se utilizando de atividades que enriqueçam o aprendizado de forma lúdica e prazerosa.

O projeto conta com três unidades. Além da Vila Zalla, também é realizado no bairro Maristela e Laras atendendo crianças com faixa etária de 6 a 12 anos. As atividades são realizadas conforme o período em que as crianças estudam.

Os participantes praticam atividades como vôlei, futebol, coral, recreação, jogos, artesanato, pintura, karatê, dança, teatro e grafismo, todas acompanhadas por monitores. Além das atividades, as crianças também recebem alimentação durante as aulas.

 

Fonte: http://g1.globo.com

Secretária de Políticas para Mulheres destaca o “Outubro Rosa”

Considerando dados estatísticos que apontam as mulheres como maioria populacional no Brasil (52%), a secretária de Políticas Públicas para as Mulheres, Vera Lúcia Barbosa, destacou hoje (27) a campanha do governo estadual de massificação do exame de mamografia em toda a Bahia. A iniciativa faz parte do chamado “Outubro Rosa”, movimento popular realizado mundialmente contra o câncer de mama.

Em audiência pública promovida na Assembléia Legislativa, a secretária disse que “o governo está fazendo a sua parte”, ao se incorporar à luta de movimentos sociais e de mulheres para a detecção e tratamento eficaz da doença. Ela citou o mutirão realizado pela Secretaria Estadual de Saúde do Estado, que vai percorrer 28 microrregiões nos próximos meses.

A senadora Lídice da Mata reforçou a necessidade de promover a saúde integral das mulheres. “O câncer de mama e de útero são as principais causas da mortalidade de mães no Brasil. Precisamos de uma atenção especial para esta questão”, disse. O deputado estadual Rosemberg Pinto, proponente do debate, reforçou: “Se detectarmos precocemente o câncer, vamos salvar a vida de muitas mulheres”, frisou.

 

Assessoria de Imprensa:

Kleidir Costa  – 71 3117- 2819 / 8224-2737

I DEUTSCHE CAPOEIRA TURNIER

A meta deste evento, é divulgar a Capoeira ainda mais aqui no pais da  alemanha, porico se chama Tournee por que realizaremos varias etapas por toda a alemanha. Sendo a primeira em Hamburg e as outras em Köln, Berlim, wofsburg e Achen. hoje este esporte é práticado por  mais de 160 paises, com a estimativa de 05% dos praticantes sao idosos, 35% criancas e 60% sao jovens e adolecentes. A capoeira atualmente esta sendo uma valiosa ferramenta para todo mundo, como educacao, esporte e cultura especialmente como acao social. A  capoeira esta sendo práticada em academias, escolas, associacoes, presidios e universidades, sem nem um preconceito social, de raça ou de cor.

 

Nosso objetivo é realizar o 1° DEUTSCHE CAPOEIRA TURNIER, com o apoio da TSG Bergedorf Hamburg e do grupo Internacional capoeira vip na supervisao de Mestre Bigodinho. O evento contará com a presenca dos práticantes de capoeira da alemanha.

 

Como será realizado:

Todo o evento será aplicado com atividades da Capoeira, Averá shows de acrobacias, danza, musicalidade e competicao de capoeira, Tambem Será realizado um workshop gratutito de capoeira especialmente para  os leigos, no intuit de conquistar novos alunos, tambem averá um workshop aberto para quem já prática capoeira no intuit de engrandecer o conhecimento dos mesmos.E por fim realizaremos um competicao de capoeira com normas e regras elaboradas por mestre bigodinho no intuito de oferecer uma opcao a mais para os capoeiristas continuarem a treinar forte, tambem fazer de tres em tres meses o mesmo encontro para integrar com socialismo e ao mesmo tempo construer uma cidadania entre os praticantes mostrando os valores pessoais e nao de grupo.

 

Quando será realizado:

A primeira etápa está programado para  ser na cidade de Hamburg alemanha nos dias 04, 05 e 06 de novembro de 2011.

 

BRASIL E ALMANHA, UNIDOS PELA ARTE DA CAPOEIRA

 

WORKSHOP E CAMPEONATO

NOVEMBER 04, 05 e 06 de 2011 Aulas com:

Mestre Bigodinho (ritmos e músicas com técnicas)

Mestre Bailarino (técnicas da capoeira)

Mestrando Moreno (aula para leigos)

Professor Fumaca e Instrutor Zoreia (acrobacias e floreios)

 

 

Programacao:

Dia 04  (Freitag)

Am 18.00 bis 19.30  (Treino aberto).

Am 19:30 bis 21.00  (Roda aberta).

Am 22:00 bis 23.30  ( cinema familiar).

 

Dia 05 (Samstag)

Am 08.30  – Café da manha

Am 09.30  – Palestra  (importancia da educacao fisica na capoeira).

Am 10:00  – Técnicas de  entrada e finalizacao com quedas. ( mestre bigodinho)

Am 11.00  – técnicas de benguela, regional e S.G.A. (30 min de roda) (Mestre Mailarino, Prof. Fumaca)

Am 12.30  – Roda todos juntos

 

Am 13.00  – (pause para comer)

 

Am 14.00  – aula de coliografia de maculelê com ritmo e cantigas  no final roda    ( Mestre Bailarino, instructor zoreira, Professor Fumaca)

–  aula de iniciantes  para leigos    ( Mestrando Moreno)

–  preparação dos atletas para as competicoes   (Mestre Bigodinho)

 

Am 15.30                   – campeonato  (e roda aberta no final)

 

Am 20.00  – jantar ( após o jantar paty livre pela cidade de Bergedorf)

 

Dia 06 (Sonntag)

Am 09.00  – café da manha

Am 10.00  -workshop de roda (postura, comportamento, deveres, com Roda de benguela, regional e S.G.de A).

Am  13.00 – Diversao geral  (futebol, piscina  ou passeio livre)

 

 

 

Info: 0177 870 22 81 –   MESTRE BIGODINHO www.capoeiravip.eu

 

Iniciativa: grupo internacional capoeira vip

Organização geral: Mestre Bigodinho

Support: TSG BERGEDORF

Realização: praticantes de capoeira da Alemanha

Africa do Sul: Carnaval com o bloco do Berimbau

O Mestre Estivador da Fundacao SulAfricana de Capoeira ao longo dos anos vem  tentando ajudar e desenvolver varias atividades  nas comunidades de baixa renda da Africa do Sul no combate contra o racismo e  xenofobia . As atividades serao demonstradas atraves de manifestacoes culturais mais um ano no Carnaval,  dia 3 de Setembro de 2011.

O Carnaval  ” O Pale Ya Rona Carnival”  sera realizado no distrito de Soweto, um bairro da periferia de Johannesburgo conhecido como símbolo de resistência durante o regime do apartheid imposto pela minoria branca, onde o Nelson Madela morou ateh antes de sua prisao e agora tem o suntuoso estádio Soccer City tao sediado durante a copa do mundo.

Este ano a cultura brasileira, sera representada pela criancas das escolas publicas em quatro estilos ( Ala 1 demonstrando a danca Frevo , Ala 2 com o bloco do berimbau com participacao dos capoeiristas, Ala 3 com os alunos da escola Real Samba e Ala 4 com os percussionista do BATALA).

Apesar do pais ter passado pelo o apartheid  ainda existem muitos resquicios  e os capoeiristas sao incentivados a dar todo o suporte, diz o Mestre Estivador. Apos a escola as criancas teem a oportunidade de participar de atividades socio culturais tais como; aula de  capoeira , aula de dancas afro brasileiras , aulas de percussao brasileira e  etc , alem das visitas a abrigos e Ong’s  onde o projeto “Capoeira & Solidariedade” realizado por mulheres capoeiristas do grupo, sob a coordenacao do mestre contribuem de forma positiva na inclusao social, tirando as criancas de situacoes de riscos.

A grande recompensa disto tudo , eh ver o sorriso as criancas e jovens apos as aulas comenta o mestre.

(Enviaremos fotos do evento)

Espero que gostem do assunto! Para nos brasileiros que moramos aqui, ver os estrangeiros curtindo nossa cultura, compartilhando e tentando ajudar a sociedade e o racismo ainda eh presente , eh muito delicado, dificil mas a capoeira so nos tras alegrias…..bjs Iso.

www.capoeira.co.za

ABC da Capoeira de Bocaiúva do Sul apresenta resultados

ACONTECEU, no município de Quatro Barras o 10º Encontro Intermunicipal de Capoeira com a participação de várias cidades onde o Grupo Raízes de Capoeira está instalado. O projeto ABC da Capoeira que é oferecido pela SMEL Bocaiúva do Sul começa a colher os resultados do bom trabalho realizado pelo Mestre Carvoeiro.

O projeto que é oferecido às crianças e jovens de toda rede de ensino do Município tem como objetivo enriquecer a cultura e demonstrar respeito às regras alem de tornar essas crianças e jovens pessoas comprometidas com o próximo e com o município, afastando-as de situações de riscos. No 10º Encontro três atletas bocaiuvenses se destacaram, conseguindo ótimas classificações.

O atleta Edilson Miranda Oliveira ficou em 2º lugar na categoria até 16 anos; Julio Cesar Missioneiro Pereira ficou em 2º lugar na categoria até 11 anos e Willian Dal´lin de Oliveira com o 3º lugar na categoria até 7 anos. A SMEL Bocaiúva do Sul e a Secretaria de Educação e Cultura estão satisfeitas com os resultados obtidos nos últimos festivais, lembrando que o 9º Encontro Intermunicipal foi realizado no Município de Bocaiúva do Sul no dia 30 de Outubro.

Fonte: http://agoraparana.uol.com.br

Capoeiristas do Sul e Sudeste fazem roda de discussão no Rio

Rio de Janeiro – Capoeiristas dos estados do Sul e Sudeste se preparam para uma roda de discussão, a partir de hoje (27), no Rio. A meta é levantar sugestões para um plano nacional de salvaguarda, com medidas principalmente para a profissionalização. No evento, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) lança um prêmio para os mestres da modalidade.

Capoeirista há 40 anos, mestre Levi Tavares de Souza, de 53 anos, diz que os professores querem empregos formais e aposentadoria. Com a profissionalização, ele acredita que ficam protegidos os saberes tradicionais da prática, conhecida por aliar arte, cultura e história. O mestre lembra que desde que a capoeira deixou de ser crime, na década de 30, a questão não foi discutida.

“A capoeira não sofre mais o preconceito de antes – não é mais associada à marginalidade”, disse, lembrando que a luta que mistura golpes rápidos e movimentos acrobáticos à dança, ao som de atabaques, foi criminalizada dois anos depois da Abolição da Escravatura (1888). “Mas os mestres esbarram na exigência do diploma de educação física e na formalização”, reclamou.

No encontro chamado Pró-Capoeira, os participantes também debatem a internacionalização da prática, levada para fora do país por vários mestres, além de formas de organização social, ações que estimulam o uso da capoeira na educação e no lazer e maneiras de garantir a preservação do meio ambiente na elaboração de instrumentos musicais como o berimbau.

“Os instrumentos são fabricados de madeira e sementes. São materiais que exigem formas adequadas de manejo”, destaca a coordenadora-geral de salvaguarda do Departamento de Patrimônio Imaterial do Iphan, Teresa Paiva Chaves. “A roda de capoeira precisa da musicalidade, precisa desses instrumentos, mas com sustentabilidade”, acrescenta.

Considerados Patrimônio Cultural Imaterial pelo Iphan há dois anos, a Roda de Capoeira e o Ofício dos Mestres passaram a exigir políticas públicas de promoção e de preservação. Nesse sentido, o instituto também lança hoje o prêmio Viva meu Mestre, que oferecerá R$ 15 mil para os professores mais velhos, em situação de vulnerabilidade social.

O edital será conhecido no encontro e contemplará professores escolhidos pelos próprios alunos. Podem participar do lançamento do prêmio e do encontro  praticantes e instituições ligadas à capoeira no Sul e Sudeste. O evento será realizado no Centro de Convenções SulAmérica, no centro, e contará com representantes da Fundação Palmares e do Ministério da Cultura.

As sugestões aprovadas no Rio para o plano nacional de salvaguarda  se somarão a contribuições de todo o país, que voltarão a ser discutidas no ano que vem em Brasília. O documento ainda contará com contribuições da roda de discussões da Região Centro-Oeste, que se reúne em  novembro. O Pró-Capoeira no Nordeste foi realizado em setembro, em Recife.

Edição: Graça Adjuto

Fonte: http://agenciabrasil.ebc.com.br

Lançamento do 1º CD da Orquestra de Berimbaus do Morro do Querosene

A Orquestra de Berimbaus do Morro do Querosene lança seu primeiro CD, Sinfonia de Arame, com berimbaus cuidadosamente afinados e agrupados em naipes (berimbau gunga ou berra-boi com som grave, berimbau de centro com som médio e o berimbau viola ou violinha com som mais agudo), com o berimbum, criação de Dinho Nascimento de som super-grave tocado com arco de violoncelo, e o berimbau de lata também tocado com arco, parecendo uma rabeca.

Vozes entoam os versos das ladainhas, corridos, chulas, samba e samba-de-roda. Alguns instrumentos como o guimbarde ou trump (berimbau de boca), kalimba, caixa do divino, agogô, pandeiro, reco-reco, ganzá, triângulo, atabaque, matraca, efeitos diversos e palmas completam a sonoridade.

A Orquestra mostra a versatilidade do berimbau interpretando toques da capoeira e ritmos da música brasileira, com arranjos e regência de mestre Dinho Nascimento.

Este CD promove a acessibilidade do deficiente visual possuindo escrita em Braille, desenvolvida para leitura dos cegos através do tato.

Convidados muito especiais participam em Sintonia de Arame: a Orquestra de Tambores de Aço (na música Amazonas), o Quarteto Pererê (em Peixinhos do Mar), Tião Carvalho (em Puxada de Rede) e Toninho Carrasqueira (em Toque de Mestre e Sertão de Caicó).

 

Read More