Blog

sebastião

Vendo Artigos etiquetados em: sebastião

São Sebastião – Projeto Capoeira Serra do Mar promove batizado em Boracéia

São Paulo: Litoral Norte – Por meio das Oficinas Culturais da Sectur (Secretaria de Cultura e Turismo), o projeto Capoeira Serra do Mar realizará, na tarde do próximo domingo (12/09/2010), o 1º batizado de capoeira no bairro de Boracéia, na Costa Sul do município.

A iniciativa envolve aproximadamente 45 alunos, entre crianças, adolescentes, jovens e adultos, os quais receberão cordões e certificados de participação do grupo Água Branca.

Os núcleos ficam em Uberaba (MG) e Bertioga (SP) sob a responsabilidade do mestre Água Branca. Em São Sebastião, as aulas são ministradas pelo coordenador Leandro Andrade dos Santos, o contra-mestre Morf.

De acordo com Santos, o projeto Capoeira Serra do Mar é desenvolvido em Boracéia há pelo menos um ano e seis meses, na unidade escolar do bairro. “Nosso objetivo é fazer com que os alunos continuem no projeto e transformem-se em cidadãos de bem para a cidade e o país”, afirma.

O evento terá a presença de vários mestres de capoeira vindos das cidades de Praia Grande, Guarujá, Bertioga, entre outras. Durante o batizado, também haverá apresentação de um grupo bertioguense de Karatê, com o mestre Pageu.

Serviço: O batizado acontece a partir das 14h, na Escola Municipal de Boracéia. No local, as aulas são ministradas gratuitamente todas as segundas, quartas e sextas-feiras, das 17h às 18h (crianças) e das 18h às 20h (adultos).

 

Fonte: http://www.onoticiado.com.br/

Mestre Gilvan e o projeto: “Gingando para o Futuro”

A Associação de Capoeira Ladainha, oferece a comunidade
  • 400 vagas gratuitas de Capoeira e Capoterapia
  • 200 vagas para IDADE: 07 a 21 anos
  • 200 VAGAS  40 a 90 anos Capoterapia
A capoeira é uma modalidade social, cultural, educativa e desportiva, de grande mobilização e êxito comprovado, como confirmam os registros das experiências que temos.
 O Projeto Iniciar Capoeira desenvolve a socialização da criança e do adolescente através da prática da capoeira, que é utilizada como esporte, cultura, arte, é altamente disciplinar e de caráter psicoterapêutico, com excelentes resultados.
 A clientela inclui jovens de comunidades carentes, geralmente privados de uma estrutura familiar sadia. Muitos apresentam distúrbios de personalidade, como agressividade, rebeldia, indisciplina na escola, baixa rendimento e apatia nos estudos. Grande parte dessas crianças e adolescentes são meninos de rua que se evadiram da família ou foram abandonados. Outros mergulham no submundo do crime e do consumo de drogas.
 Para tirá-los das ruas é preciso desenvolver trabalhos de prevenção, prepará-los e reintegrá-los à sociedade, garantindo-lhes um futuro melhor. Para isso é preciso muito trabalho, dedicação e serenidade. É necessário superar os métodos ortodoxos, que já não atendem mais às expectativas do trabalho social conseqüente.
 
Read More

Mestre Gilvan e o Projeto “Gingando para o Futuro”

A Associação de Capoeira Ladainha, oferece a comunidade
  • 400 vagas gratuitas de Capoeira e Capoterapia
  • 200 vagas para IDADE: 07 a 21 anos
  • 200 VAGAS  40 a 90 anos Capoterapia
 
A capoeira é uma modalidade social, cultural, educativa e desportiva, de grande mobilização e êxito comprovado, como confirmam os registros das experiências que temos.
O Projeto Iniciar Capoeira desenvolve a socialização da criança e do adolescente através da prática da capoeira, que é utilizada como esporte, cultura, arte, é altamente disciplinar e de caráter psicoterapêutico, com excelentes resultados.
 A clientela inclui jovens de comunidades carentes, geralmente privados de uma estrutura familiar sadia. Muitos apresentam distúrbios de personalidade, como agressividade, rebeldia, indisciplina na escola, baixa rendimento e apatia nos estudos. Grande parte dessas crianças e adolescentes são meninos de rua que se evadiram da família ou foram abandonados. Outros mergulham no submundo do crime e do consumo de drogas.
 Para tirá-los das ruas é preciso desenvolver trabalhos de prevenção, prepará-los e reintegrá-los à sociedade, garantindo-lhes um futuro melhor. Para isso é preciso muito trabalho, dedicação e serenidade. É necessário superar os métodos ortodoxos, que já não atendem mais às expectativas do trabalho social conseqüente.
 
Read More