Blog

secretário

Vendo Artigos etiquetados em: secretário

1º Interbairos de Capoeira Macapá

Está confirmado para o dia 31 de março de 2013, na sede campestre da OAB Macapá, a primeira edição do INTERBAIRROS DE CAPOEIRA. A decisão foi tomada em um encontro entre Jefferson Passarinho (Raízes do Brasil) e Paulo Cesar – Super Preto (Guerreiros do Campões) coordenadores dos grupos de capoeira, com o secretário do IMPROIR (Instituto de Promoção da Igualdade Racial de Macapá) Jorge Maciel, mais conhecido como Jorginho entre os capoeiristas.

O secretário Jorge Macial – Improir, frisou que, embora represente uma pasta com uma relação muito ligada a capoeira, são os representantes dos grupos que vão sugerir a melhor forma para a condução do evento. “Nós sugerimos itens que consideramos viáveis para um bom evento, mas compete aos representantes dos grupos aceitar, discordar e sugerir outras alternativas para o sucesso do evento, daí a importância da participação de todos os grupos de capoeira de Macapá”.

O Interbairros de Capoeira irá movimentar vários grupos de bairros da cidade, contribuir para a integração entre as famílias, o lazer e, consequentemente, a melhoria da qualidade de vidas de nossas crianças e jovens que praticam capoeira em Macapá.

O evento será divulgado nas mídias: Rádio, TV e Jornal impresso e todo o material de divulgação será entregue aos grupos participantes.

Você que tem interesse em participar como nosso colaborador entre em contato pelos fones: 96. 9143 9196 ou 9189 1304

A coordenação

 

Passarinho (Raízes do Brasil-AP)
Super Preto (Guerreiros dos Campões-AP)
Coodenadores do evento

mais informações: www.raizesdobrasilap.blogspot.com

Festas e rituais da Bahia são homenageados em samba enredo da Portela

“Madureira sobe o Pelô, tem capoeira / Na batida do tambor, samba ioiô / Rola o toque de olodum… lá na Ribeira / A Bahia me chamou”.

Era esse o som que se ouvia na quadra do River Futebol Clube na tarde deste sábado (03/12), no Rio de Janeiro. O estado da Bahia, representado pela Bahiatursa – na pessoa de Domingos Leonelli, secretário de turismo da Bahia -, foi homenageado pela escola de samba Portela no samba enredo do Carnaval 2012.

Na feijoada do Grupo Recreativo Escola de Samba Portela, a Bahiatursa e mais de 200 operadores e agentes de viagens baianos eram convidados especiais. Com muita alegria, Leonelli contou que a Bahia será destaque na “passarela do samba” durante 160 minutos no Carnaval do ano que vem.

“Em 2012, nosso Estado será homenageado por duas escolas de samba cariocas. A Portela homenageia com o enredo sobre rituais e festas baianos. Já a Imperatriz Leopoldinense destaca a Bahia ao homenagear Jorge Amado. É uma exposição extraordinária, além de ser uma honra, é claro”, disse.

Muito além do enredo, que deixa o Estado em evidência na mídia internacional por conta da visibilidade do Carnaval do Rio, a Secretaria de Turismo da Bahia tem realizado muitas ações para aproveitar ao máximo a exposição.

“É uma sorte muito grande e precisamos maximizar os efeitos desse momento. Estivemos com a Portela na última Abav, no Soccerex e,hoje, na feijoada. Convidamos mais de 200 agentes e operadores da Bahia. Em breve, a Bahiatursa também estará na reinauguração da quadra da Portela. E a Portela, aliás, também tem participado de ações na Bahia e participará do Salão de Turismo em março do ano que vem. Ontem, o Diogo Nogueira, sambista e portelense, participou de uma ação no Elevador Lacerda, em Salvador. E não pararemos por aí. Estamos trabalhando nas ações para o pós-Carnaval”, contou o secretário.

A presença da Bahia no Carnaval carioca atrai atenção para o Estado, divulga sua cultura e agrega benefícios econômicos. Entretanto, Leonelli destaca outro aspecto que é beneficiado. “É muito bom ver a Bahia, que é terra do samba, presente no Carnaval do Rio. O turismo se beneficia, é claro, mas essas oportunidades despertam o que o setor tem de melhor: as relações interpessoais”, comentou.

Quem estava presente também era Luiz Carlos Brasileiro, secretário de Cultura e Turismo de Maragojipe, a 120 quilômetros de Salvador. Ele contou que o a cidade terá uma ala exclusiva no desfile da Portela. “Nosso Carnaval é muito tradicional, com mascarados e tudo mais. A essência do samba nasceu no recôncavo baiano e agora tem reconhecimento internacional”, contou.

“Está ouvindo? Esse é o melhor samba enredo do Carnaval de 2012. Vai ganhar, com certeza!”, despediu-se Leonelli. Eram esperadas 3 mil pessoas no evento, que contou com a presença de representantes da Bahiatursa; da diretoria, bateria e musas da Portela; da rainha de bateria e atriz, Sheron Menezes; e do compositor baiano Nelson Rufino, além de show de Gilsinho e Seus Capangas.

 

Fonte: http://www.mercadoeeventos.com.br

Palmares promove o Seminário Quilombo Vivo

Para discutir a promoção e proteção da cultura quilombola será realizado nos dias 14 e 15 de setembro o Seminário Quilombo Vivo: Promover e proteger o patrimônio cultural quilombola. Para participar, será necessário inscrever-se pelo site da Palmares, preenchendo este formulário. As vagas são limitadas a 150 participantes.

Direcionado a lideranças quilombolas, especialistas em políticas culturais e gestores públicos da área da cultura, o Seminário tem o objetivo de debater estratégias de ação para garantir o reconhecimento, a preservação e a promoção do patrimônio cultural das mais de 1.700 comunidades remanescentes de quilombos certificadas.

Com base nos artigos 215 e 216 da Constituição Federal de 1988, o Seminário pretende discutir maneiras de realizar as propostas do Estatuto da Igualdade Racial e do Plano Nacional de Cultura. O evento é resultado de uma parceria entre a Fundação e a Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados.

Entre os temas debatidos estão: as criações artísticas, os bens culturais e o registro da memória das comunidades quilombolas; o desenvolvimento da economia da cultura nessas comunidades; a participação e o controle social dessa população na formulação e implementação de políticas culturais; o financiamento, a descentralização e a implementação de políticas públicas culturais para as comunidades quilombolas.

Serviço

O quê: Seminário Quilombo Vivo – Promover e proteger o patrimônio cultural quilombola
Onde: Auditório Freitas Nobre – Anexo IV Subsolo – Câmara dos Deputados – Brasília
Quando: 14 e 15 de setembro
Inscrições: clique aqui

 

Programação

Dia 14/09/2011

9h – 12h
Painel 1: Reconhecimento, valorização, promoção e proteção do patrimônio cultural quilombola.
Painelistas:
Ana de Hollanda – Ministra da Cultura
Eloi Ferreira – Presidente da Fundação Cultural Palmares/MinC
Luiz Fernando de Almeida – Presidente do Iphan/MinC
Cynthia Martins – Professora da Universidade Federal do Estado do Maranhão

14h – 17h
Painel 2: A proteção e promoção das criações artísticas, dos bens culturais e dos registros da memória das comunidades quilombolas.
Painelistas:
Sérgio Mamberti – Secretário de Políticas Culturais/MinC
Ilka Boaventura Leite – Doutora em Antropologia, Professora da Universidade Federal de Santa Catarina e Coordenadora do Núcleo de Estudos sobre Identidades em Relações Interétnicas

Dia 15/09/2011

9h – 12h
Painel 3: O desenvolvimento da economia da cultura em comunidades quilombolas.
Painelistas:
Cláudia Leitão – Secretária da Economia Criativa/MinC
Henilton Parente de Menezes – Secretário de Fomento e Incentivo à Cultura/MinC
Mário Theodoro – Secretário Executivo da SEPPIR/PR

14h – 17h
Painel 4: O financiamento, a descentralização e a implementação de políticas públicas culturais para as comunidades quilombolas com participação e controle social.
Painelistas:
Bernardo Machado – Diretor de Programas Integrados da Secretaria de Articulação
Institucional / MinC
Albino Rubim – Secretário de Cultura do Estado da Bahia
Aniceto Catanhede Filho – Doutor em Antropologia e Professor da Universidade Federal do Maranhão

Ji-Paraná: Secretário participa dos Jogos Mundiais de Capoeira

A Secretaria de Esportes de Ji-Paraná, por meio de seu Secretário, Cleberson Jair, o Biro Biro, participou do 8º Jogos Mundiais de Capoeira, que aconteceu no Rio de Janeiro, no período de 15 a 22 de agosto. O Secretário representou o estado de Rondônia acompanhado do esportista, Ronildo Farias, graduado em capoeira.

Segundo Biro, o encontro foi um grande momento para a troca de experiências entre gestores municipais. “Participamos de várias palestras, entre elas a de Gestão Pública do Esporte. Durante o evento o nosso professor de capoeira da Semes, o Roni, recebeu a graduação cordas azul e verde, o que muito nos orgulha, por ser ele de Ji-Paraná e principalmente por ser parceiro da Secretaria na realização de aulas de capoeira para crianças carentes do município”, disse.

Roni é da Associação da Arte da Capoeira de Ji-Paraná e atualmente atende 300 crianças em situação de risco no município com aulas nos bairros Duque de Caxias, JK e BNH (Cedel). Segundo Biro Biro, um convênio firmado pelo Poder Executivo Municipal permitirá que este atendimento seja expandido para os bairros Habitart Brasil e São Francisco, podendo dobrar o número de crianças atendidas.

Também participaram do evento no Rio de Janeiro esportistas da Alemanha, África, Polônia, Emirados Árabes e países da Europa, perfazendo um total de mais de mil participantes.

 

Fonte: http://www.rondoniadinamica.com

Aconteceu: Alunos do Escola Aberta abrem seminário de educação na Uerj de Caxias

Cerca de 30 alunos da oficina de capoeira do Programa Escola Aberta da Escola Municipal Meninos de Deus, em Nova Iguaçu, abrirão nesta segunda-feira, dia 04, às 17h, o Seminário da turma de Mestrado em Educação, no polo da Uerj em Duque de Caxias. A meta é mostrar como projetos fora da sala de aula podem contribuir para a comunidade escolar e bairros que cercam a escola.

Para o Secretário Adjunto Pedagógico da Secretaria Municipal de Educação (Semed), José Reginaldo Bastos da Cruz, a participação dos alunos é positiva. “Hoje, de acordo com a orientação da prefeita Sheila Gama, trabalhamos em uma perspectiva de Educação Integral. Uma metodologia que não se importa só com o conteúdo, mas que tenha um olhar direcionado para a formação de cidadãos críticos e que possam interferir para melhorar seu meio social” explicou o secretário.

O convite para a apresentação partiu da estudante do curso de mestrado, Ana Lúcia Iglesias Vila. Segundo ela, serão mostrados trabalhos relacionados à educação desenvolvidos nas periferias, como é o caso do Escola Aberta, programa do Governo Federal que abre a escola para a comunidade nos fins de semana. Realizado em parceria com as prefeituras, o mesmo oferece oficinas profissionalizantes, culturais e de lazer. Em Nova Iguaçu está presente em 55 das 126 escolas municipais.

Os mesmos alunos vão participar no dia 17, do 1º Intercâmbio Infantil Centro Cultural Raízes Brasileiras, junto com outros nove grupos, na Escola Municipal França Carvalho, no bairro da Prata. O evento terá apresentações dos mestres de capoeira Monge, Lagarto, Buldog e outros capoeiristas da Baixada Fluminense.

 

Fonte: http://www.baixadafacil.com.br/

Aconteceu: II° SEMINÁRIO INTEGRADO DE CAPOEIRA EM PORTO ALEGRE

Dia 25 de setembro de 2010 marcará mais uma vez a história da Capoeira no Rio Grande do Sul. Com a participação das principais escolas, associações e grupos gaúchos, realizou-se no Teatro Glenio Perez da Câmara de Vereadores de Porto Alegre, o II Seminário Integrado de Capoeira do Rio Grande do Sul. Sob a coordenação da Federação Riograndense de Capoeira e da Liga Regional de Capoeira RS, presidida pelo Mestre Gavião, com o apoio da Super Liga Riograndina de Capoeira do presidente Graduado Pipoca, Liga Metropolitana de Gravataí do presidente Mestre Klaity e Metropolitana Liga de Capoeira de São Leopoldo do presidente Mestre Soneka. O evento teve a presença do Secretário de Esportes do Município de Porto Alegre o Senhor Edgar MeurerSecretário de Esportes de Eldorado do Sul senhor Paulo Sérgio BaicoaSecretário de Assitencia Social CRAS da Prefeitura de Tramandaí senhor Fernando Lopes Silva, representante do Deputado Federal Raul Carrion o companheiro Professor e Quilombola Waldemar Moura Lima (Pernambuco) .

Estiveram presentes mais de 150 lideranças da capoeira do Estado do Rio Grande do Sul cidades; Santo Ângelo, São Sepé, São José do Norte, Canoas, Esteio, Gravataí, São Leopoldo, Cachoeira do Sul.

Os objetivos do evento – valorização dos mestres de Capoeira; afirmação dos valores e dos fundamentos da capoeira perante a sociedade; integração dos capoeiristas das diferentes entidades e troca de experiências entre os participantes – foram alcançados com êxito.

Dia 25 de setembro de 2010

Iniciou as 09:00h – da manhã com a apresentação do Mestre Klaity que divulgou seu livro infantil “O Menino Mestre e o Rei Zumbi – arte da capoeira – abrindo um debate sobre o trabalho pedagógico na escola.

“O Menino Mestre e o Rei Zumbi é fruto do trabalho de pessoas que acreditam no potencial da capoeira, das crianças, no potencial dos sonhos e da fora que cada um carrega dentro de si. Conta nossa história, fala sobre o nosso povo, revive nossa origem e transmite sua mensagem com imensa beleza e amor.

As 10:00 – Após ouve um bate papo aonde a Federação Riograndense de Capoeira ouviu os anseios e necessidades do capoeirista local, a dificuldade de conseguir espaços para ministrar aulas de capoeira o comprometimento com a capoeira, foi discutido também a formação continuada para profissionais da área.

As 14:00 – Iniciou-se a palestra da Professora Adélia Kervalt Costa Atti (Didi).

Palestra “A Prática da Capoeira nas Escolas Especiais da Rede Municipal de Ensino de Porto Alegre, Rio Grande do Sul.”

Este Trabalho foi a monografia de conclusão de Curso de Educação Física na UFRGS, recebendo conceito (A) pela banca.

“Procuro descrever como se deu a inclusão da prática da Capoeira nas Escolas da Rede Municipal em POA.Desde seu Projeto inicial, Escolas beneficiadas, implementação

da Lei 10.639/ 11.645, luta das lideranças da Capoeira. Descrevo com mais profundidade as Escolas Especiais,com relato de observações, fotos e filmagens.

Logo após o Slides da apresentação a professora Adélia Kervalt Costa Atti recebeu nas mãos do Presidente da FERGS CAPOEIRA Mestre Gavião o Certificado de Honra ao Mérito pela luta de Políticas Públicas para Capoeira, recebendo também um presente da entidade.

As 15:00h – Foi aberta a Palestra do professor Ivan Dourado que palestrou sobre As Afirmações Afirmativas Para o Povo Negro, em uma profunda reflexão dos participantes do evento, na qual ouve um acirrado debate pela proposta apresentada, onde o companheiro Professor e Quilombola Waldemar Moura Lima (Pernambuco) e Mestre Gavião,saíram em defesa da palestra muito bem ministrada pelo Professor Ivan Dourado.

As 16:00h – Teve a entrega para o Mestre Vladimir Farias da cidade de Santo Ângelo e do Mestre Jean Batista Cleber Mestre Churrasco Certificado e medalha 52ª Legislatura da Assembléia do Estado do Rio Grande do Sul por serviços prestados pela luta de Políticas Públicas para capoeira.

As 17:00h – Tivemos a abertura do II Seminário de Capoeira com a participação de todos os colegas onde decidimos continuar com a luta do Movimento da Capoeira em todo o estado lutando pela inclusão da capoeira na Rede Escolar a nível estadual através da Lei 10.639/03 e também do estatuto da Igualdade Racial.

Após o Encerramento os colegas foram confraternizar na Banda da Saldanha, aonde foi realizado um churrasco e muito pagode.

Dia 26 de setembro de 2010.

Os capoeiristas se reuniram pela manhã para praticar um aulão e depois finalizar com a roda de capoeira, tivemos o apoio da Secretaria de Cultura na qual cedeu o som e microfones a Secretaria de Esportes entrou com Ônibus Brincalhão aonde as crianças e adultos puderam se divertir com jogos de ping pong cama elástica e muitas brincadeiras com os recreacionista da Secretaria de Esportes.

 

“Gostaria de agradecer o convite e afirmar que foi uma experiência maravilhosa e me sentí muito bem acolhido.

Quero agradecer o carinho de todos os mestres e futuros mestres de capoeira,

Parabenizar também a organização do evento, com a qualidade dos integrantes desse movimento social que luta, pela melhoria da educação pública  inserindo a capoeira no contexto formal de educação”.

Um abraço á todos e estamos em movimento e na luta,

Contem comigo.

Ivan Dourado

Mestre Gavião,

Muito obrigado!

Só tenho que agradecer, pela oportunidade de apresentar e de assistir a palestra do Ivan, que tensionou na medida certa, problematizando e levantando questões importantes!

O Evento, sem dúvida foi um sucesso!

Percebi a vibração de vários Grupos, que se tornaram um só, coeso, num só desejo…

…de crescer e evoluir com Capoeira aqui no Sul.

Todos foram valorizados pelo seu importante papel na Comunidade capoeiristica e foram ouvidos.

Isto é importante, dar ouvidos.

Pq ali se encontraram autoridades da Capoeira, conhecimento de causa.

Parabéns, pq foi um grande sucesso.

Um abraço,

Professora Didi

Olá Mestre, no momento que lhe cumprimento, aproveito a oportunidade para agradecer o convite para o II Seminário de Capoeira ocorrido no último sábado, Seminário promovido pela FERGS. Acredito que são momentos como estes que fortalecerão a Capoeira, bem como todo o capoeirista. Pois é, sem dúvidas, através de debates e troca de idéias é que faremos as mudanças necessárias que visão integrar de uma vez por todas a cultura da capoeira nas políticas públicas.

Fernando Lopes da Silva

Secretário Casa da Cidadania de Tramandaí

Mestre quero  parabenizar pelo  evento  meus alunos estiveram  e falaram muito  bem  eu  estava em  Foz do  Iguaçu em  outro  evento.

Se poder mande seus contatos vou realizar um  encontro  de capoeira em  novembro  ok  abraço! fabiano silveira silva Kabeça Muzenza

A Federação Riograndense de Capoeira agradece todos participantes que fizeram deste evento o maior encontro da Capoeira gaúcha das últimas décadas e convida seus filiados à participar das discussões da formação do Centro de Pesquisa da Capoeira do Rio Grande do Sul. Este Centro de Pesquisa será referência nacional nas pesquisas realizadas sobre a Capoeira no Brasil. Participe conosco da construção desta nova realidade da Capoeira gaúcha, filie-se à Federação Riograndense de Capoeira!

Participaram do evento capoeiristas da cidades: Caxias do Sul, Esteio, Gravataí, Santo Ângelo, Teotônia, Panambi, Uruguaiana, São Leopoldo, Sapucaia do Sul, Canoas, Eldorado do Sul, Cachoeira do Sul, Viamão, Rio Grande, Pelotas, São Sepé, Santo Augusto,  Lajeado, São Sepé, São José do Norte, Canoas, Cachoeira do Sul.

 

Entre em contato com Mestre Gavião FERGS CAPOEIRA (051)8400.5500 Entre nessa luta!

Att,

Mestre Gavião,

Presidente da Federação Riograndense de Capoeira,

Liga Regional de Capoeira RS

FONE: (051) 8400.5500

 

AGRADECIMENTO ESPECIAIS:

VEREADOR JOÃO BOSCO VAZ, DEP. RAUL CARRION, SECRETÁRIO DE ESPORTES EDGAR MEURER, SECRETÁRIA ADJUNTA DA CULTURA ANA FAGUNDESCOORDENAÇÃO DA DESCENTRALIZAÇÃO LUTTI PEREIRA, COORDENADOR DA USINA CACO COELHO, COORDENADOR DO TRANSPORTES DA PREFEITURA CTAROBERTO COSTA, COORDENADOR ETNIA MANOEL JOSÉ ÁVILA DA SILVA PALESTRANTES: IVAN DOURADO E PROFESSORA ADÉLIA KERVALT COSTA, SECRETÁRIO DE ESPORTES DE ELDORADO DO SUL SENHOR PAULO SÉRGIO BAICOA, SECRETÁRIO AÇÃO SOCIAL DE TRAMANDAÍ FERNANDO LOPES SILVA, AO INCANSAVEL COMPANHEIRO E VICE PRESIDENTE DA FERGS ROBERTO COSTA DE ÁVILA (MESTRE TUCANO)  AOS FUNCIONÁRIOS DA SME, SMC, TCA , CAMARA DE VEREADORES DE PORTO ALEGRE E AOS CAPOEIRISTAS EM GERAL QUE PARTICIPARAM DO NOSSO EVENTO.

Aconteceu: Seminário Regional de Capoeira na Casa da Cultura da Baixada

Também foi lançada uma revista que conta a história da capoeira na Baixada

A organização não-governamental Casa da Cultura da Baixada promove nos dias 11 e 12 de setembro, das 9h às 14h, o primeiro Seminário Regional de Capoeira da Baixada Fluminense.

O evento que conta com o apoio da ActionAid Brasil e da Fundação Cultural Palmares, pretende resgatar e fortalecer a prática da capoeira, e fomentar o debate sobre a importância de investimentos do poder público no setor, além da utilização da luta nas políticas públicas de cultura e educação.

Na ocasião, estarão presentes mestres de capoeira, representantes do Ministério da Cultura, da Fundação Cultural Palmares, da Secretaria Estadual de Cultura, das Secretarias Municipais de Cultura da Baixada, e da Federação de Capoeira do Estado do Rio.

Publicação relembra trajetória da capoeira

No sábado, além do seminário, a ong vai lançar a “Revista Capoeira – Resistência da Cultura Afro-Brasileira na Baixada Fluminense”, que conta a história social da capoeira na região da Baixada Fluminense. A intenção é dar voz aos mestres, relembrando histórias, cantigas, mitos, lendas e verdades sobre essa importante manifestação cultural do povo negro. A capoeira tem uma história riquíssima, passando por várias fases: resistência, perseguições, manifestação cultural, celebrações, esporte, dança e luta.

A Casa da Cultura fica na Rua Machado de Assis, 12 – Praça da Bandeira, São João de Meriti. Informações podem ser obtidas através dos telefones 2751-8112 / 2751-5825.

Serviço:

Seminário Regional de Capoeira Angola

Dias: 11 e 12 de setembro

Horário: Das 9h às 14h

Local: Rua Machado de Assis, 12 – Praça da Bandeira, São João de Meriti

Informações: 2751-8112 / 2751-5825

Programação:

Sábado, 11 de setembro.

9h – Mesa de abertura

Apresentação do Balé Afro Contemporâneo

Sandro Matos – Prefeito de São João de Meriti

Antônio Carlos Titinho – Presidente da Câmara de Vereadores de São João de Meriti

Adair Rocha – Representante do Ministério da Cultura no Rio de Janeiro

Zulu Araújo – Presidente da Fundação Cultural Palmares

Mestre Ninguém – Federação de Capoeira do Estado do Rio de Janeiro

Lançamento da Revista Capoeira – Resistência da Cultura Afro-Brasileira na Baixada Fluminense

10h – Mesa: A capoeira nas políticas públicas de cultura e educação

Ecio Salles – Secretário de Cultura e Turismo de Nova Iguaçu

Jonathas Bragança Quintanilha – Secretário de Cultura de Queimados

Alcemir Tebaldi Junior – Secretário de Cultura, Esporte e Lazer de São João de Meriti

Augusto Vargas – Secretário de Cultura e Turismo de Nilópolis

Adair Rocha – Representante do Ministério da Cultura no Rio de Janeiro

Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro

Mestre Magal – Capoeirista

12h30 – Almoço

14h – Exibição do filme Besouro, de João Daniel Tikhomiroff

Domingo, 12 de setembro.

9h – Mesa: A difusão da capoeira na Baixada Fluminense

Ligas de capoeira

Federação de Capoeira da Baixada

10h30 – Homenagem da Secretaria Municipal de Assuntos Institucionais e Direitos Humanos

Homenagem aos mestres e contra-mestres de capoeira

11h30 – Roda de capoeira

Fonte: http://noticias.sitedabaixada.com.br/

Alto Paraíso sediará 2º encontro internacional de capoeira

O município de Alto Paraíso será palco mais uma vez de atração internacional, desta vez voltada para a roda de capoeira. Trata-se do 2º encontro internacional de Capoeira e 10º batizado e troca de corda. Duas atrações internacionais estarão no município nos dias 11 e 12 de setembro, Mestre Ray e Besouro “Airton Carmo”.

O Secretário Municipal de Esporte, Turismo, Cultura e Lazer, Luiz Carlos Batista, falou da importância que tem esses personagens de renome internacional da Capoeira, no município de Alto Paraíso. “Os jovens de Alto Paraíso recebe esse presente, que empenhamos com o objetivo de incentivará o aluno permanecer na escola. Com o apoio da prefeitura e da equipe da SEMATUR, realizaremos mais um evento que promete entrar para o calendário cultural de Alto Paraíso e do Estado” disse o secretário.

Mestre Ray como é conhecido, Raimundo Ferreira de Sousa Nascido na cidade de Gonzaga-MG em 15 de agosto 1962, aos cinco anos de vida passou foi morar em Belo Horizonte, passando por orfanato.

Iniciou se na capoeira no fim dos anos 70 com professor Joel Dias Faria, Em 1882 quando inaugurou o parque “Guilherme Lage” no bairro São Paulo as rodas se transferiram pra lá e também para o Centro social Urbano do Bairro em Belo Horizonte. O grupo Oficina da Capoeira hoje mantém representantes em 15 países, 7 estados do Brasil e mais que 30 cidades no interior do estado de Minas Gerais.

Em 2006, forma seu primeiro mestre na Capoeira: Carlos Fernando da Silva, Mestre Gato, em 2007, Mestre Ray cria nos Estados Unidos o “Oficina de Capoeira Foudation”.

Mestre Ray, Realiza cada ano no Brasil o “Festival Internacional Oficina da capoeira” no mês de Dezembro e visita todos os Países, Estados e cidades onde existe uma oficina da Capoeira.

Fonte: http://www.rondoniaovivo.com/

Projeto da prefeitura de Quatis forma capoeiristas

A Secretaria Municipal de Esporte, Cultura, Lazer e Turismo, realiza neste sábado (4), a cerimônia de Batizado e Troca de Cordas dos alunos que participam do projeto de capoeira, mantido pela prefeitura de Quatis.

O evento, realizado em parceria com o Grupo Muzenza, tem como objetivo a formação de novos profissionais da capoeira, bem como novos cidadãos.

Segundo o supervisor do grupo Muzenza em Quatis, André Nascimento, também conhecido como Mestre Quati, este é um momento único para aluno, que oferece oportunidade de crescimento cultural e profissionalizante.

“O batizado e a troca de corda possibilitam ao capoeirista o conhecimento cultural e aprimoramento técnico, pois a capoeira é uma luta e a cultura, uma sabedoria”, disse André.

A abertura da cerimônia será às 18h, com um curso de roda aberta ministrado pelo diretor nacional do Grupo Muzenza de Capoeira, Mestre Burguês, e apresentação de saltos. Logo após, haverá o batizado dos novos capoeiristas, que receberão das mãos do Mestre Quati, a corda de cor cinza – representando o primeiro estágio de um lutador de capoeira.

“Depois dos iniciantes, os graduados trocarão as cordas. Aí, um a um fará uma apresentação ao Mestre Burguês, que avaliará o ritmo e a parte técnica do atleta, entre outros”, explicou o supervisor do grupo.

De acordo com o secretário de Esporte, Cultura, Lazer e Turismo, Carlos Vagner, este momento é muito válido para o aluno, porque, além de trazer cultura e educação, aplica ganhos como a valorização pessoal e a propagação da capoeira.

“Para a cidade, um evento como este proporciona a busca da valorização e o resgate da arte da capoeira. Sem falar em lazer e entretenimento para a população”, destacou o secretário.

A cerimônia de Batizado e Troca de Corda do Grupo Muzenza de Capoeira acontecerá no Ginásio Poliesportivo, no bairro Nossa Senhora do Rosário.

 

http://www.diariodovale.com.br/noticias/4,27477.html

Seminário de Políticas de Ensino Superior e Povos Indígenas

SID/MinC participa do evento em Brasília

O Ministério da Educação, por intermédio da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (SECAD), realiza de 07 a 09 de junho de 2010, em Brasília, o Seminário de Políticas de Ensino Superior e Povos Indígenas: construindo as bases para uma política pública diferenciada de acesso e permanência. O evento conta com o apoio da Coordenação Geral de Educação da Fundação Nacional do Índio (CGE/FUNAI).

O seminário pretende apresentar as novas diretrizes/orientações que irão nortear o Programa de apoio à formação superior e licenciaturas indígenas (PROLIND) e debater as condições de acesso e permanência de estudantes indígenas em instituições de ensino superior no país e, a partir desse panorama, construir uma agenda interinstitucional para a efetivação de diretrizes governamentais direcionando para uma política pública que atenda adequadamente às demandas desses estudantes e suas comunidades.http://www.cultura.gov.br/site/wp-content/uploads/2010/06/dsc_0237-243×163.jpg

O painel de abertura, realizado na tarde desta segunda-feira, no Hotel Nacional, contou com a participação do secretário da Identidade e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura (SID/MinC), Américo Córdula, do reitor da Universidade Estadual do Amazonas (UEAM), Dr. Carlos Eduardo;  do representante da  Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES),  Dr. Jorge Guimarães, do secretário da SECAD/MEC, André Lázaro, do presidente da FUNAI, Márcio Meira, e do representante da Comissão Nacional de Educação Escolar Indígena (CNEEI), Joaquim Maná Kaxinawá.

O secretário da SID/MinC apresentou o projeto Encontro de Saberes, resultado de uma parceria entre o Ministério da Cultura, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Secretário Américo Córdula falando sobre o projeto Encontro de SaberesTecnológico (CNPq) e a Universidade de Brasília (UnB), que tem como objetivo promover diálogos entre os saberes acadêmicos e os saberes tradicionais e populares.

O projeto busca reconhecer os mestres de artes e ofícios populares e indígenas como docentes no ensino superior, aliando os saberes tradicionais aos conhecimentos científicos. Serão realizadas diversas ações interculturais, como, por exemplo, um seminário sobre o tema Interculturalidade e a oferta de uma disciplina no calendário da graduação, ministrada por mestres de conhecimentos tradicionais e populares, em conjunto com docentes da UnB.

O projeto tem, ainda, referência nos princípios e objetivos da Convenção sobre a Proteção e a Promoção da Diversidade das Expressões Culturais da Unesco, especialmente no seu artigo 10, que trata da Educação e Conscientização Pública. Além disso, visa concretizar a aplicação da lei 11.645 que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da rede de ensino a obrigatoriedade da temática História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena.

Programação do seminário

Amanhã, dia 08, às 11h, será realizada uma mesa sobre o Mapeamento de Políticas Línguisticas dos Povos Indígenas e suas relações com o Ensino Superior com a participação da Coordenadora de Fomento à Identidade e Diversidade Étnica da SID/MinC, Giselle Dupin, e de representantes do Departamento de Patrimônio Imaterial do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (DPI/IPHAN), do Museu do Índio (FUNAI), do Museu Paraense Emílio Goeldi (MCT) e do Fórum PROLIND.

Confira, aqui, a programação completa do seminário.

(Comunicação/SID)

Comunicação SID/MinC

Telefone: (61) 2024-2379

E-mail: identidadecultural@cultura.gov.br

Acesse: www.cultura.gov.br/sid

Nosso Blog: blogs.cultura.gov.br/diversidade_cultural

Nosso Twitter: twitter.com/diversidademinc