Blog

seguir

Vendo Artigos etiquetados em: seguir

I Batizado e Entrega de Cordas do Projeto Gingando pela Paz no Haiti

Após um ano de labuta realizamos o I Batizado e Entrega de Cordas do Projeto Gingando pela Paz no Haiti. Sem dúvida um momento que irá permanecer em nossas lembranças. Dentre os momentos mais emocionantes, a caminhada pelo bairro de Bel-Air, considerado zona vermelha pela ONU, e o batizado dos nossos alunos, que teve início com o batizado do pequeno Bimba. filho de haitiano e francesa, o pequeno foi registrado com o nome do grande mestre após seus pais assistirem ao documentário, exibido no Centro Cultural do Brascil no Haiti. Um momento marcante.

Mais infomações sobre o evento

Este primeiro ano foi repleto de lutas, muito trabalho, muitas dificuldades, foi sim. Porém, cheio de alegrias e realizações. As dificuldades serviram para testar nossa capacidade de seguir acreditando em nossos sonhos; nossas quedas, para nos ensinar a levantar, sacudir a poeira e seguir caminhando e nossas vitórias para nos mostrar que estamos no caminho certo e que nunca, “nunca-em-tempo-algum”, devemos desistir dos nossos sonhos (recordando Augusto Cury). Devemos seguir reinventando, recriando. Pois cada dia é novo, cada luta é nova e nos renova; cada sede é nova ( inspirado em belo, belíssimo poema de Elisa Lucinda). Devemos seguir nos apaixonando pela vida, pelo bem, pelo desejo de fazer o bem, renovando a nossa fé a cada instante, essa deve ser a nossa oração, sempre, estejamos caídos ou de pé.

Que este ano seja repleto de lutas, pois sem elas não há vitórias, realizações… E que o Grande Arquiteto do Universo nos permita ter sabedoria para elas; que saibamos a hora de pegar em armas e de esperar. E que nossas armas sejam:

C oragem: para arriscar

A stúcia: para enfrentar os obstáculos sem ir de encontro a eles.

P aciência: qualidade essencial para quem deseja ser um vencedor.

O uvir: pois a palavra é prata, mas o silêncio é ouro.

E sperança: sem ela não existe sonhos.

I nteligência: para transformar os momentos difícies em oportunidades de aprendizado.

R esponsabilidade: consigo e com os outros.

A mor: esta Energia maravilhosa capaz de realizar os maiores milagres, de mover a maior de todas as montanhas: a nossa própria vontade.

E, claro, muita Ginga pela Paz, pela Harmonia, pelas coisas bonitas (inspirado em música da Fernandinha Abreu)

Fraternal Abraço a todos em nome da família Gingando pela Paz!

Saudade
Contramestre em Capoeira
Coordonnateur Projet Gingando pela Paz
www.vivario.org.br
Mobile: (509) 38540202
http://flaviosaudade.wordpress.com

Capoeira & Jogos Premiados

Depois do sucesso do jogo criado pela www.spiritonin.com, o CAPOEIRA FIGTHER, uma safra de produções brasileiras, premiados pela Abragames, entidade que promove o desenvolvimento de jogos eletrônicos no país, como o caso de "BR Zumbi, o Rei dos Palmares" e de "Capoeira Experience", jogos com temática a cultura e a história nacionais, ganham espaço com a premiação no concurso JogosBR.

O concurso JogosBR propiciou em suas duas primeiras edições a criação e desenvolvimento de idéias originais por empresas do ramo e profissionais iniciantes.

Capoeira Experience

Capoeira Experience é uma simulação da jornada por auto-conhecimento de um capoeirista. Evidentemente o jogador viaja por cenas populares interagindo com costumes e estereótipos brasileiros, mas a jornada consiste principalmente de enfrentar o próprio corpo.
Apesar da ação constante e ritmada, Capoeira Experience não é sobre repetições e rotinas – cada movimento leva a luta para uma nova situação. Muito mais amplo que no xadrez, o universo de Capoeira Experience é sobre o sentido e elo entre movimentos.
Aprenda os rudimentos e parta pra arte. Use a criatividade para dominar o adversário e a platéia.

Andre Ivankio Hauer Ploszaj – Okio

Zumbi, o rei dos Palmares

Zumbi, Rei dos Palmares é um jogo de ação com gráficos "estilizados", jogado em terceira pessoa. O jogador controla Zumbi, tendo como objetivos resgatar escravos, proteger povoações negras e indígenas e seguir até as cidades costeiras para negociar alimentos e itens para os povoados.

Nicholas Lima de Souza

A ABRAGAMES, Associação Brasileira das Desenvolvedoras de Jogos Eletrônicos, é uma entidade sem fins lucrativos que tem como principal objetivo fortalecer a indústria nacional de desenvolvimento de jogos.

a Abragames disponibiliza em seu site os demos e jogos completos que tiveram destaque e foram premiados no concurso.

Bara baixar o Jogo Capoeira Experience, Visite nossa seção de Donwloads.

Apresentação de jovens para Bush teve capoeira e música brasileira

São Paulo – Uma apresentação de CAPOEIRA E SAMBA, feita por uma organização não-governamental (ONG) para crianças e jovens na zona sul de São Paulo, foi o último programa da segunda visita oficial ao Brasil do presidente dos Estados Unidos, George W. Bush. O presidente e a primeira-dama, Laura Bush, estavam acompanhados da secretária de Estado, Condoleezza Rice.

Mostrando-se descontraído desde a sua chegada, Bush aproveitou o final da apresentação na ONG Meninos do Morumbi para tirar o paletó, tocar ganzá e dar uma sambadinha ao som de "Aquarela do Brasil". Condoleezza Rice e Laura Bush também ensaiaram movimentos de dança. A ONG foi criada há dez anos pelo músico Flávio Pimenta. A entidade oferece atividades suplementares para crianças, adolescentes e jovens de poucos recursos, que estudem em escolas públicas. Ela oferece aulas de inglês e informática, música e dança, entre outras.
 
A visita de Bush começou por uma das salas de informática, na qual 20 jovens esperavam o casal presidencial, cada um em um computador. O presidente conversou com vários alunos, querendo saber o que estavam fazendo, sua idade e preferências. Laura Bush também conheceu toda a sala conversando com os estudantes. O aluno Silas Alves Marinho Batista, 16 anos, mostrou a Bush a letra em inglês de "Wave," de Tom Jobim. Tatiane Pedreira, também 16 anos, exibiu ao presidente uma pequena fotomontagem com textos falando da poluição e do aquecimento global. Em outra apresentação, com uma gravação de trabalho da instituição, as garotas acabaram por dançar na sala. Bush convidou todos os jovens a posar com ele para uma foto.
 
A seguir foi realizado um encontro reservado numa sala do andar superior do edíficio, numa mesa de reuniões, na qual o presidente norte-americano pode se inteirar dos trabalhos da instituição. Além de Bush, participaram da mesa o fundador da organização, Flávio Sampaio, colaboradores da igreja e de empresas, além de membros do corpo diplomático norte-americano, como o embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Clifford M. Sobel, e integrantes da Câmara Americana de Comércio.
 
A imprensa foi convidada a acompanhar apenas os primeiros dez minutos, em que falaram Bush, o fundador e uma das ex-alunas da instituição, agora formada em curso superior. “Eu acredito na construção de uma sociedade alicerçada na compaixão. E creio que você pode mudar a sociedade, um coração de cada vez. Isso requer pessoas que desejam fazer sacrifícios. Flávio conduz um lugar de amor e grande compaixão. Isso é um lugar no tecido social que ajuda a curar corações alquebrantados e dar esperança para o futuro. A razão principal de eu estar aqui é dizer muito obrigado. Nós somos todos membros da família de Deus”, disse Bush.
 
Foto: Marcello Casal Jr/ABrElogiando o trabalho da instituição, Bush disse que “é um prédio muito bonito, para um espírito muito bonito”. No pátio de apresentação, também em um andar superior do prédio, Bush viu primeiro uma apresentação rápida de capoeira e, a seguir, a canção "Brasil Pandeiro", dos Novos Baianos, com os versos de “O Tio Sam está querendo conhecer a nossa batucada”, escolhida de propósito por Flávio Pimenta.
 
Em "Aquarela do Brasil", de Ari Barroso, a gravação da música foi acentuada por uma forte batucada, com a percussão dividida entre jovens e crianças do ensino básico. O grupo ainda tocou outros ritmos brasileiros como maxixe e baião. Bush deixou a ONG com forte esquema de segurança e seguir para Guarulhos, de onde partiu para o Uruguai. 

Convite Open Fest 2005 em Palmas – TO

Amigos,
 
tenho o prazer de enviar com a antecedencia que foi possivel, o convite para nosso evento deste ano, em Palmas-TO, onde estaremos promovendo uma grande festa em torno da capoeira e suas questões…
 
Contamos com todos voces, em particular os que estejam próximos e peço o seu apoio para ajudar na divulgação deste movimento, que traz em si o grande desafio de fazer a capoeira seguir seu curso, onde estiver, sempre com a busca desse espírito fantástica do axé!!
 
Todos serão bem vindos e enriquecerão a festa!
 
Axé e obrigado.
Mestre Squisito

Roda de Angola – Prof. Lambari

 
Professor Lambari, Butantã, São Paulo, convida para Roda de Capoeira no próximo sábado (30/abril).
 
RODA DE ANGOLA
O Professor Lambari estará realizando Roda de Capoeira Angola neste final de semana, dia 30 de Abril, à partir das 11h00 da manhã.
 
O endereço:
Rua EDIWADI CAMILO, 840
"Cidade Balneário Mario Moraes"
Próximo ao bairro Jardim Ferreira, Butantã-SP

 
Para chegar, seguir pela Rua Eliseu de Almeida, sentido Taboão. Passar pelo MACRO, e em seguida pelo Farol; Virar a Direita.

Qualquer informação adicional, ligar para (11) 3751-2034.

Foto por Luiz Carlos Big: Mestres Pinguim, Careca & Lambari – Out2004
 

Alongamento versus treinamento de força

Introdução:

Recentemente, em um dos meus cursos, está questão foi levantada. É válido realizar um alongamento após um treinamento de força? A questão é polemica e abriu uma série de outras questões que valem a pena serem discutidas. A princípio, vamos tratá-las de maneira geral para depois aproximá-las do universo da capoeira, nosso foco principal.

Alguns esclarecimentos iniciais.

Nunca é demais lembrar definições básicas para que possamos melhor tratar nosso tema. A seguir a definição moderna de alongamento e flexibilidade.

Flexibilidade

“Capacidade que as articulações detêm de terem uma amplitude de movimento (ADM) para as quais foram projetadas (todas as articulações têm um limite de amplitude).”

E alongamento.

“É o conjunto de técnicas utilizadas para se manter ou para se aumentar a amplitude de movimentos.”

Partindo destes conceitos podemos estabelecer que o alongamento é um conjunto de técnicas que tem por objetivo aumentar a flexibilidade do nosso atleta.

Esta colocação nos leva à determinadas questões:

Depois de um trabalho de força um alongamento terá realmente seu melhor efeito?

Não seria melhor um trabalho especifico objetivando o alongamento? Ou este é realmente o momento ideal isto?

Claro que tudo isto importa é muito para o capoeirista, visto que força e flexibilidade são duas valências fundamentais para o seu bom desempenho.

Portanto, vamos começar a tentar elucidar esta questão. Retomando também o conceito de força.

Desenvolvimento.

Os autores de uma forma geral tendem a definir força em um contexto de trabalho muscular, da capacidade de influenciarmos o ambiente através do trabalho de um ou mais músculos. Esta valência, em particular, se desenvolve a partir de uma sobrecarga obedecendo ao princípio da adaptação que estabelece um equilíbrio instável entre os vários sistemas orgânicos, isto quer dizer, que para se aumentar a força é preciso “stressar” a musculatura, trabalhando-a com afinco, o que o nosso dia-a-dia também nos indica.

A questão é que ao se trabalhar determinada musculatura objetivando força a tendência de suas fibras é o “encurtamento” como qualquer que tenha se submetido a um treinamento de força sabe. Os músculos ficam “encurtados” neste momento um trabalho de alongamento leve irá sem dúvida nenhuma recompor as microfibras desgastadas, aumentar a absorção do ácido lático, redirecionar as fibras musculares propiciando uma melhor adaptação ao trabalho e uma maior recuperação. Este ponto não nos parece passível de discussão, principalmente no caso do capoeirista que não pode ficar com a musculatura “endurecida”.

Porém esta não é realmente a questão. Para que possamos realmente aumentar os níveis de flexibilidade de nosso atleta é necessário submete-lo a um trabalho de alongamento que traga sua musculatura para angulações ainda não alcançadas. Novamente passar do limite. Acontece que os dois treinamentos força e alongamento apontam para direções opostas no quesito fibras musculares, o treinamento de força trabalha concentricamente e com alta carga de intensidade lática; o alongamento trabalha as fibras no seu sentido longitudinal, atingindo sobremaneira a mobilidade articular e extensibilidade dos tendões e ligamentos.
 

Read More

DANIEL JUNOWICZ

Hola. 
Mi nombre es Daniel Junowicz y soy un estudiante de capoeira de angola en argentina.
 Queria felicitarlos por su página web. 
Me parecia la mejor pagina en internet a la que tube la suerte te acceder.
 Lo mas importante es que esta hecha con mucho respeto e informacion. 
Esta información que aqui encontre me sirve seguir formandome como angolero y para difundir la capoeira en argentina. 
Los libros a los que uno puede acceder en su pagina son muy ineteresantes, y creo que sobre todo reflejan los intereses y objetivos de los grandes mestres introductores de la capoeira. Intereses que no pasan por discutir si la capoeira regional es mejor a la capoeria de angola. 
Lamentablemente no me pude bajar en libro "Falando en capoeira".
 Me gustaria mucho si me pueden indicar otra forma de obtener este texto. 
Volviendo a lo que me motivo a ecribirles este mail, lo que me gusta de su pagina es que hay un real interés en difundir la capoeira, mas alla de hacer propaganda a una escuela determinada. 
Gran parte de las pagina de internet sobre capoeira estan dedicadas a la comercializacion de la capoeira. A venderla como un producto. Tengo que aclarar que no me parece que esto sea malo, siempre y cuando no se pierdan el verdadero significado de la capoeira.
Quiero felicitarlos por que me parece que la informacion que poseen, y de la cual esta hecha la pagina web, es muy valiosa y por lo tanto, dificil de conseguir. 
Esta pagina me ayuda a seguir investigando sobre la capoeira, no como un deporte, sino como una filosofia.

Les deseo suerte,
atentamente,
Daniel Junowicz.

junowicz@arnet.com.ar