Blog

umuarama

Vendo Artigos etiquetados em: umuarama

Umuarama celebra a igualdade racial

Mesa de discussões, apresentações culturais e palestras sobre racismo marcaram as discussões sobre a consciência negra em Umuarama

Umuarama e toda a Nação brasileira comemoram hoje o Dia da Consciência Negra, que é dedicado à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira. Diversas atividades alusivas ao dia foram e estão sendo realizadas no município, entre mesa de discussões, apresentações culturais, palestras e outras. As atividades serão encerradas na quarta-feira com a eleição da Miss Beleza Negra.

Hoje, em comemoração ao O Dia da Consciência Negra será realizada apresentação de escolas de samba e capoeira na Praça Miguel Rossafa, além de comemorar o dia da consciência a data marca a morte de Zumbi dos Palmares, falecido há 312 anos.

Porém, o dia dos grandes debates foi ontem, com uma palestra sobre o racismo na sociedade e no espaço escolar. A palestra foi ministrada por Luiz Carlos Paixão da Rocha, secretário de Políticas Sociais da APP Sindicato e coordenador do coletivo da Igualdade Racial. Após a palestra os presentes realizaram um debate sobre o racismo.

Segundo a professora Maria Madalena Lopes de Lima, o racismo é algo que está embutido na consciência das pessoas e ainda vai precisar de muito tempo para isso mudar. “Quando estamos lecionando observamos formas de racismo vindo dos alunos, mas não é culpa deles. Como uma piadinha sobre negros, que os pais fazem em casa e isso vai se transformando em algo normal para as crianças”, disse Madalena.

A professora ressaltou que quando fala que trabalha em uma escola, logo a pessoa pergunta se é zeladora ou cozinheira. “Não estou desmerecendo a classe das zeladoras ou cozinheira, que fazem grande trabalho nas escolas, mas porque uma mulher negra não pode ser uma professora?”, indagou Madalena.

No período, às 13h30, o presidente do Conselho Estadual de Educação, Romeu Gomes de Miranda, explanou sobre a Lei 10.639-03 e sobre a Deliberação 04/06, que tratam sobre o ensino da cultura negra na formação da História do Brasil. E às 19h, apresentações artistas músicas, danças e capoeira finalizaram o dia de debates.

As comemorações serão finalizadas no dia 21, com a escolha da mulher negra mais bela, com o concurso Miss Beleza Negra, no Centro Cultural Schubert, às 20h. Estão participando do concurso 12 lindas mulheres que no final apenas uma irá representa a beleza da raça negra de Umuarama e região.

Fonte: Umuarama Ilustrado – http://www.ilustrado.com.br/

Umuarama – PR: Arte da capoeira é levada aos bairros

Mestres de Umuarama levam a arte até os bairros da cidade, trazendo o resgate da inclusão social
 
A capoeira de Umuarama tem ganhado um importante destaque entre as artes praticadas pelos apaixonados pelo esporte. Um bom exemplo disso são os grupos que trabalham com crianças nos bairros da cidade e fazem um trabalho de resgate social. Além do Grupo Chora Menino que foi tema de reportagem desse jornal na semana passada, a Associação de Capoeira Afoxé e o Sucena, vem trazendo disciplina e técnica aos jovens que vêem na arte um modo de inclusão.
O pioneiro da capoeira e em atividade ainda em Umuarama é o mestre Luiz, que desde 1986, quando foi fundado o Afoxé vem tentando introduzir a capoeira no município. “No início dos anos 80 jogava a chamada ‘capoeira de rua’ mas com a chegada de alguns mestres aprendi a técnica”, diz. Segundo ele, há 21 anos quando o Mestre Valdir fundou o grupo em Umuarama ele continua tentando passar a arte do esporte às gerações futuras. “Faço da capoeira um trabalho de amor à arte, sem pensar em ganho financeiro. Vários professores e mestres que estão na cidade já trabalharam comigo. Meu filho é professor e até minha netinha de 5 anos está engajada no esporte”, diz emocionado.
 
Atualmente, o grupo Afoxé conta com uma parceria com o Ceprev – Centro de Prevenção – e trabalha com comunidades carentes dos bairros Laranjeiras, D. Pedro II, Daniele e 1º de Maio, num projeto social chamado “Capoeira para Todos”, visando despertar no jovem a consciência para o respeito ao próximo. “Queremos desmistificar esse preconceito de que a capoeira é praticada apenas por negros e favelados. Estamos levando o projeto para todos os cantos da cidade”, revela o mestre. “Além disso queremos levar o trabalho para outras classes sociais para mostrar que o esporte nada tem de marginal”, completa ele.
 
Mestre Luiz ressalta também que hoje os mestres de capoeira estão tentando diminuir o conceito de religiosidade africana que a arte traz. “As músicas estão sendo modificadas para trazer um aspecto mais cristão ao esporte. Isso tira o mito de que capoeira só se relaciona a umbanda e candomblé”, revela.
 
Troca de graduação – No próximo dia 29 de abril o grupo Afoxé estará realizando em Umuarama, no Ginásio Amário Vieira da Costa mais um “batizado de capoeira”. O evento contará com a participação de capoeiristas de várias cidades da região como Paranavaí, Campo Mourão, Cascavel, Terra Boa, São Jorge do Patrocínio, Guaíra, entre outros. Serão cerca de 80 alunos fazendo a troca de graduação. Da programação, consta uma roda na feira livre, às 10h30, almoço às 12h00 e às 14h00 início do evento com a presença de vários mestres, com destaque para o Mestre Guerreiro, 60 anos, uma das grandes personalidades de Dourados e membro da Confederação Matogrossense de Capoeira. “É intenção formarmos uma Associação no Noroeste para difundir melhor a arte”, revela o mestre Luiz.

Paraná: Capoeira de Terra Roxa recebe apoio de alemães

Os participantes do Grupo de Capoeira Condão de Contas fecharam o ano com mais um motivo para comemorar. O grupo desenvolve um trabalho social com apoio da administração municipal junto à sociedade terra-roxense, proporcionando aos jovens a oportunidade de uma opção saudável de lazer e entretenimento.
 
O trabalho desenvolvido pelo grupona comunidade de Terra Roxa despertou a atenção de um grupo de profissionais alemães. A seriedade e a importância da ação realizada pelo projeto, oferecida pelos professores de capoeira, foi reconhecida pelos empresários, os quais vêm prestando seu apoio.
Na última segunda (18), todos os capoeiristas foram homenageados com um almoço especial e uma cesta de natal. Os presentes foram entregues pelo representante alemão Dieter Euler.
 
Segundo Euler, o objetivo principal é proporcionar a cada capoeirista a oportunidade de um Natal mais feliz. Para o Professor Gilmar, instrutor do grupo, o apoio recebido é indispensável no sucesso das atividades desenvolvidas junto à comunidade.
O prefeito Donaldo Wagner e a Secretária de Educação, Cleonilda Maria Tonin Farcas, acompanharam a entrega dos presentes e destacaram o valor social que o grupo de Capoeira representa para Terra Roxa.
 

Fonte: Umuarama Ilustrado – Umuarama,PR – http://www.ilustrado.com.br