Blog

vice

Vendo Artigos etiquetados em: vice

Novo documento na seção de “Downloads da Capoeira”

O DUPLO CATIVEIRO
Escravidão urbana e o sistema prisional no Rio de Janeiro
1790 – 1821
 
Carlos Eduardo Moreira de Araújo
 
Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em História Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro, como requisito parcial para obtenção do Grau de Mestre em História.
 
Orientador: Dr. Marcos Luiz Bretas
 
RESUMO
Resumo da Dissertação submetida ao Corpo Docente do Departamento de História do Instituto de Filosofia e Ciências Sociais, Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, como parte dos requisitos necessários à obtenção do Grau de Mestre em História Social.
 
Esta dissertação apresenta um estudo do sistema prisional no Rio de Janeiro no período de 1790 – 1821. Procuramos traçar um panorama dos cárceres na capital do Vice Reino do Brasil no final do século XVIII e acompanhar as mudanças e permanências a partir da vinda da Corte portuguesa. Paralelo a isso analisamos diversos aspectos da escravidão urbana e o grau de interferência do Estado nas relações senhor-escravo.
Com a expansão urbana a partir de 1808, escravos transformados em prisioneiros foram amplamente utilizados nas obras públicas. Surgia assim o duplo cativeiro. Os cativos passam a ter dois senhores: o poder privado e o poder público. Como esses escravos prisioneiros agenciaram sua convivência no interior dos cárceres? Como experiências extragrades foram fundamentais para conseguirem suportar a perda da autonomia de que desfrutavam no ambiente escravista urbano? Essas e outras questões nortearam a pesquisa.
 
Além dos cativos, outros agentes sociais urbanos estão presentes nesta análise: libertos, homens livres pobres e militares também passaram pelas prisões do Rio de Janeiro que neste período se resumiam a Cadeia Pública – posteriormente transferida para o Aljube, Calabouço e as masmorras das diversas fortalezas que circundavam a Baía de Guanabara.
A investigação se concentrou nos relatórios dos Vice Reis, na documentação da Casa de Suplicação e Correspondência da Intendência Geral de Polícia da Corte.
 
Palavras- chave: Sistema prisional, escravidão urbana, Rio de Janeiro.
 

Cortesia Bruno Souza – Teimosia
 

Japão: Liga Japão de Capoeira

  • Informativo do Japão
     
    Foram Realizados as Primeiras Reuniões da Liga Japão de Capoeira 
Muito prazer meu nome e Renato Leão sou Prof. do Grupo Corrente Negra aqui no Japão e gostaria de informar no Brasil que ja tivemos duas reunioes estabelecidas uma no dia 02 /01/2006 na Região de Aichi Ken Nagoiya do qual foi estabelecida o Nascimento Da Liga Japão de Capoeira com Direcao de Paulo Rogerio Marques de Oliveira o Prof. Paulão do Grupo Mandinga e Vice Presidente o Prof. Renato Leão do Grupo Corrente Negra.
 
Estavam presentes na votacao os seguintes Dirigentes de Grupos : Mestre Vitor Do Grupo Wakonda, Contra Mestre Sílvio do Grupo Cais do Mar, Contra Mestre Moleza do Grupo Gaviões do Morro, Prof. Negao do Grupo Barauna, Prof. Alemao e Josef do Grupo Meninos da Bahia,rnProf. Eder e Felipe do Grupo Muzenza, Prof. Kenji do Grupo Garras de Ouro, Prof. Calunga do Grupo Guerreiros da Senzala, Prof. Trator do Grupo Marília Brasil,  Gilson, Panga entre outros presentes em seguida tivemos a segunda reunião que foi no dia 29 /01 /2006 na Região de Kansai e naquele presente momento foram discutidas pautas como:
 
Read More

Documentário: A Capoeiragem na Bahia

Documentário produzido pela TVE Bahia no ano de 2000, vale como uma importante referencia cultural aos capoeiristas dispostos a conhecer mais sobre a capoeira da Bahia… uma boa dica para a sua videoteca!
Luciano Milani


A Capoeiragem na Bahia, produzido pelo Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia / TV Educativa (IRDEB/TVE), documenta a capoeira, uma manifestação tão enraizada na cultura baiana, mas que, até então, não havia sido registrada em profundidade pela televisão e pelo cinema locais. O documentário aborda a questão controvertida das origens históricas da capoeira, sua imbricação africana-ameríndia-ibérica, sua relação com o Candomblé e as tradições desta dança/luta que se tornou um símbolo da manifestação corporal expressa no viço da ginga baiana. Além de enfocar as mudanças ocorridas na tradição e o surgimento das novas lideranças, o vídeo exibe imagens raras de duas grandes personalidades da capoeira da Bahia, os mestres Pastinha e Bimba – retiradas de películas das décadas de 50 e 60, telecinadas para exibição em TV pelo IRDEB -, e depoimentos de mestres da atualidade, do escultor Mário Cravo Júnior e do médico, ex-capoeirista e vice-governador Otto Alencar, que fala do preconceito de 30 anos atrás contra os que jogavam capoeira. A Capoeiragem na Bahia é o 33º documentário do Projeto de Mapeamento Cultural e Paisagístico da Bahia, uma iniciativa do IRDEB / TVE.

Título: A Capoeiragem na Bahia
Série:
Documentários
Duração:
57’
Gênero: Documentário

Sistema de Gravação: NTSC/Betacam
Realização: IRDEB/TVE/IAT
Ano: 2000

http://www.irdeb.ba.gov.br/videvideosacapoeiragemnabahia.htm

III Concurso Regional de Capoeira em Itaquaquecetuba SP

A Secretaria Municipal de Cultura de Itaquaquecetuba realizou no dia 03 de Julho de 2005, o  III Concurso Regional de Capoeira
 
Foi realizado no último dia 03/07/05, domingo, o III Concurso Regional de Capoeira de Itaquaquecetuba, sob a organização e realização da Profª. Vera da Penha Rodrigues Siqueira (Secretária Municipal de Cultura) e do Profº. Elizeu de Miranda Corrêa (Diretor do Departamento de Cultura).
 
O concurso que foi realizado no CEMI (Centro Esportivo Municipal de Itaquaquecetuba), e teve como principal objetivo valorizar, reconhecer e  difundir a Capoeira como uma manifestação da cultura popular brasileira, proporcionando assim, o intercâmbio entre os diversos grupos e/ou academias de capoeira do município de Itaquaquecetuba.
Aproximadamente 250 pessoas compareceram ao evento. Estiveram presentes as autoridades: Drº Oscar Cabreta Bera (Vereador Vice Presidente da Câmara Municipal), Srº Testinha (Vereador da Câmara Municipal de Poá), Srº Laudelino Felix dos Santos (Secretário Municipal de Esportes), Profª Tânia Regina (Coordenadora do Grupo da Melhor Idade de Itaquaquecetuba), Srº Luís Orlando Lopes (Presidente do PC do B de Itaquaquecetuba).

 
Leia mais


Fonte: Jornal do Capoeira – www.capoeira.jex.com.br

Confederação Brasileira de Capoeira

CBC TEM NOME PRESIDENTE

No auditório do Ministério do Esporte em Brasília dia 12 de Janeiro as 16h, tomou posse da Presidência da Confederação Brasileira de Capoeira, o Sr. Gersonilto Heleno de Sousa, conhecido na capoeira como Mestre Neguinho e também Presidente da Associação de Capoeira Novos Baianos.

A assembléia se deu nos dias 11 e 12 e contou com representantes de várias federações, ligas e associações e que apostaram em um futuro promissor desta entidade nesta nova gestão. Ficou definido os seguintes cargos:

Vice-presidente Planejamento Ricardo de Amapá; Vice-presidente Cultura Augusto Januário da Bahia; Vice-presidente Administração Ely Carvalho de Goiás; Os demais cargos serão constituídos posteriormente. O atual presidente promete abrir a CBC para todos os praticantes de capoeira do país e criar uma nova política de adesão à entidade, com intuito de somatizar e consolidar a família capoeira.

Gilvan Alves de Andrade – Ms. Gilvan/DF

Assessoria de Comunicação
Brasília 12 de fevereiro 2005

Mestre Brasília

Mestre Brasília
 
Antônio Cardoso Andrade, mestre Brasília, é também um dos pioneiros da Capoeira paulista. Aprendeu com mestre Canjiquinha, de quem foi amigo dedicado. Veio para São Paulo, gostou, acabou ficando. Praticava capoeira na antiga CMTC, com mestre Melo, e na academia do mestre Zé de Freitas, no Brás. Conheceu então mestre Suassuna, e juntos fundaram uma academia, a “Cordão de Ouro”, que viria a se tornar no pólo principal da Capoeira paulista. Joga com extrema elegância e habilidade. Mantém academia e casa de espetáculos em São Paulo, à rua Pedroso de Moraes,645 3 andar fone é 011 30970607. É vice-presidente cultural da Federação de Capoeira do Estado de São Paulo, entidade filiada à Confederação Brasileira de Capoeira e à Federação Internacional de Capoeira; atualmente, é presidente do Conselho Superior de Mestres – seção São Paulo.