Blog

aprendendo

Vendo Artigos etiquetados em: aprendendo

Aulas de capoeira auxiliam na educação de jovens da LBV

Crianças e adolescentes que integram os programas socioeducativos da Legião da Boa Vontade (LBV) em João Pessoa estão participando de aulas de capoeira, ministradas voluntariamente pelo mestre Lucivan Laranjeira no Centro Comunitário de Assistência Social da Instituição.

A atividade é utilizada como ferramenta educacional para auxiliar no desenvolvimento motor, cognitivo, socioafetivo e do espírito de cooperação dos alunos e, ainda, para incentivá-los a valorizar a cultura brasileira e a prática esportiva.

Sobre a ação, o professor e mestre de capoeira, Lucivan Laranjeira, fala da satisfação de realizar a atividade com crianças e adolescentes da instituição. “Quando fiquei sabendo da possibilidade de desenvolver esse projeto na LBV, eu fiquei muito feliz. É mais uma oportunidade de contribuir. A minha recompensa maior é a de saber que um aluno meu poderia estar na rua fazendo o que não deve e hoje está aqui aprendendo sobre a cultura brasileira”, ressaltou.

A modalidade é caracterizada por golpes e movimentos ágeis e complexos, sendo uma expressão cultural brasileira que mistura arte marcial, esporte, cultura popular e música. O pequeno Pedro, de 7 anos, destacou o que já aprendeu participando das aulas de capoeira. “Já sei cantar as músicas que o professor ensinou e estou aprendendo os movimentos para um dia ensinar para outras pessoas”, concluiu.

Em João Pessoa, PB, o Centro Comunitário de Assistência Social, da Legião da Boa Vontade, está localizado na Rua das Trincheiras, 703 — Jaguaribe. Para outras informações, ligue: (83) 3198-1500.

 

http://www.ararunaonline.com

Vamos Vadiar no Jogo de Angola…

Com Mestre Roxinho-BA
 
Brasília – DF
 
Programação
 
Dia 09/9 sexta – feira
19:30 Palestra: e reflexão sobre a “Diáspora na Capoeira da Bahia ” e Roda de Capoeira Angola
 
Dia 10/9 Sábado
9:30 ás 11:30h Aula de movimentos 12:00 ás 13:30h Almoço
14:00 ás 16:00h aula de toques e ritmos e uma vivência entre os participantes .

Dia 11/9 Domingo
9:30h Aula de movimentos e Roda de encerramento .

Inscrição

P/ os três dias R$ 25,00 até dia 8/9 após R$ 35,00

Pacote oficinas + CD = R$ 40,00 até dia 08/09

Preço por oficina R$ 15,00 CD avulso R$ 25,00

Banco Nossa Caixa AG: 0109-1 C/C 01014297-2 Edielson da S. Miranda

Banco Bradesco AG: 548-7 C/C 74912-5 Ângela damasceno Gonçalves

Informações e confirmação: (61) 8432-4931 Sálvio

E-mail : mestreroxinho@hotmail.com ou salviofernandes@ig.com.br

Local: Associação pró-educação Vivendo e Aprendendo Fone 3321-3581

Via L 3 Norte quadra 604 (Atrás do Clube unidade de Vizinhança)

Realização : ECAMAR – Escola de Capoeira Angola Mato Rasteiro

Apoio Cultural :

Associação pró-educação Vivendo e Aprendendo

APRENDIZADO DE MÚSICA EM CAPOEIRA

Fernando Rabelo de Souza – Capoeira Cambará – Belém Pará
Formatação/Editoração modificada por AADF1

Olhaí o Professor José Nunes querendo esclarecer como aprendemos/ensinamos música na Capoeira.
Na nossa Academia Cambará — em síntese de 4 parégrafos, fazemos o seguinte:

Um ouvir vendo e aprendendo que predomina: os mais novos e mais interessados vão aprendendo com os mais antigos de dentro e de fora; eventualmente realizamos aulas extras, aos sábados, com o objetivo específico de facilitar esse processo;

Seguimos, também, princípios de ordenação veiculados nos cursos e estabelecidos pela FICA/CBC/Federação relativos a formação da orquestra e os toques requeridos para a prãtica do jogo da Capoeira;

Quanto ao estudo do som do Berimbau, a mim me parece, do que vi até agora, que a melhor abordagem está no "A Percussão dos Ritmos Brasileiros Sua Técnica e Sua Escrita – The Percussion Instruments Of the Brazilian Typical Rhythms, Its Techniques and Its Musical Writing" Caderno 1 – Edição Europa – Rio de Janeiro – Brasil – 1990 – Autor: Luiz Almeida da Anunciação (Luiz D’Anunciação). Hé, porém, dois outros companheiros que trabalham na Cambará e que não utilizam este recurso, ainda;

Berimbaus e pandeiros ficam disponíveis o tempo todo a todos os membros da Academia.

Em resumo é assim que fazemos na nossa Academia. Que outras vozes se ouçam.

1 – Mestre Nenel, Salvador/Ba, na Fundação Mestre Bimba – FUMEB, ensina as tocar berimbau por método próprio. Nota de AADF