Blog

aprovada

Vendo Artigos etiquetados em: aprovada

Assembléia Geral da FICA – Principais Deliberações

ASSEMBLÉIA GERAL DA FICA – PRINCIPAIS DELIBERAÇÕES

1- Aprovada por unanimidade a prestação de contas do período anterior e o regimento financeiro para 2008

2- As Federações Nacionais aprovam o reconhecimento da FICA pelo COI

3- Aprovou-se a proposta da Presidência e não será mais exigido o uso de graduação oficial para a filiação na FICA , nem em suas filiadas. As graduações serão de responsabilidades dos próprios grupos e demais entidades. Com isto abre-se a possibilidade de filiação dos grandes grupos e dos praticantes de Capoeira Angola. Com isto a FICA dá o primeiro passo para a unificação e o fortalecimento mundial da Capoeira.

4- Lançado o Plano Mundial de Capacitação Técnica, Desportiva e Cultural, que será implantado já em 2008, através de convênios com institutos educacionais.

5- A FICA realizará o Primeiro Congresso Técnico Mundial de Capoeira Contemporânea e irá inserir esta prática nas competições mundiais;

6- Aprovou-se a filiação direta na FICA nos locais onde não houver entidades filiadas ou reconhecidas. Bastará consultar por e-mail em capoeira.fica@gmail.com .

7- Somente a FICA formará árbitros estaduais, nacionais e internacionais. Nenhuma outra entidade terá tal prerrogativa.

8- Prof. Dr. Sergio Vieira foi eleito por aclamação pela quarta vez consecutiva. Vice-Presidente Geral será o Sr. E. Javier Rubierta Cuervo (Espanha). O Vice-Presidente Técnico-Desportivo: Mestre Valentim Rodolfo Mussarelli (Tim) e o Vice-Presidente Cultural (Mestre Miguel Machado).

9- Aprovada a instalação da Sede Geral da FICA na Suíça, da Sede Européia na Espanha e da Sede Executiva na Brasil.

FICA – Prof. Sergio Vieira – capoeira.fica@gmail.com

 

ADOÇANTE SINTÉTICO

Pessoas que adoram alimentos e bebidas doces, mas temem ganhar calorias extras, terão em breve uma nova opção: a sucralose, que é 600 vezes mais doce do que o açúcar, mas não tem calorias nem causa danos aos dentes. A substância foi aprovada pela Administração de Drogas e Alimentos dos Estados Unidos (FDA), depois da análise de mais de cem estudos conduzidos durante 20 anos. A sucralose foi desenvolvida em 1976.
A sucralose é feita do açúcar e tem o mesmo sabor dele. A adição de cloro, porém, faz com que o adoçante não seja digerido e possa ser integralmente excretado pelo organismo – disse Neil Polo, gerente de uma empresa que está produzindo sucralose em Nova Jersey.
A sucralose foi aprovada para uso em bebidas não alcoólicas, chicletes, café e chá, gorduras e óleos, sobremesas congeladas, sorvetes de frutas, gelatinas, pudins, sucos de frutas, substitutos do açúcar, molhos doces e xaropes. O produto também poderá ser adicionado diretamente à comida pelos consumidores.
Os testes feitos com animais em laboratório não mostraram nenhum efeito cancerígeno da substância.
De acordo com especialistas da FDA, como a sucralose não altera os níveis de açúcar no sangue, ela poderá ser utilizada sem risco por pessoas diabéticas.