Blog

atinge

Vendo Artigos etiquetados em: atinge

A Tríade da Mulher Atleta

A prática excessiva e desregrada de esportes e uma alimentação inadequada podem fazer mal a qualquer pessoa. Isso todo mundo sabe. O que muita gente não sabe é que a mulher tem um motivo (ou três) a mais que o homem para se preocupar com isso.

A Tríade da Mulher Atleta é um termo que surgiu na década de 80 para englobar três problemas de saúde que tendem a se apresentar em conjunto ou em sequência em mulheres que malham e se alimentam de forma desequilibrada: distúrbios alimentares, amenorréia e osteoporose.

O problema atinge principalmente mulheres que praticam atividades físicas nas quais é preferível ter um corpo magro, seja por motivo estético ou por melhorar o desempenho na atividade, e modalidades que estabelecem índices de peso corporal por categorias. Alguns exemplos que se enquadram nos casos acima são: ginásticas rítmicas e artística, nado sincronizado, corrida de fundo, maratona, lutas em geral e até mesmo o balé.

A tríade também atinge mulheres que praticam esportes ou frequentam academias sem acompanhamento médico, independente da modalidade, principalmente quando existe o objetivo de perder peso. Portanto é aconselhável que toda mulher conheça a tríade,

suas causas, seus sintomas e como evitar.

 

Conhecendo o inimigo

É fato que quem pratica atividade física gasta mais calorias e, portanto, precisa se alimentar bem. Mas se de forma consciente, com o objetivo de emagrecer por vontade própria ou exigência do esporte, ou por simples descuido, a atleta consome menos nutrientes do que o corpo precisa para a prática esportiva, este balanço energético negativo pode desencadear a tríade da Mulher Atleta.

O que parece um simples “erro” alimentar pode evoluir para distúrbios como anorexia e bulimia nervosa. A amenorréia (irregularidade ou ausência de menstruação) é outra conseqüência desta deficiência alimentar, pois na falta de nutrientes para a produção de energia, o corpo “desliga” a função reprodutora, desregulando a produção hormonal da mulher.

Em conjunto, o desequilíbrio hormonal e a carência alimentar desencadeiam o terceiro sintoma da tríade: a osteoporose precoce. Desse modo a atleta fica mais sujeita a fraturas que, com a atividade física, podem se tornar frequentes. A osteoporose indica que a tríade está em um estágio avançado e pode até mesmo ser irreversível.

 

Como evitar

Quem pratica esportes deve ter um acompanhamento médico regular. Este é o principal modo de evitar a tríade da mulher atleta

e também outros problemas de saúde. E se você quer emagrecer, nada de seguir a dieta que a amiga fez e deu certo. Procure um

especialista e deixe-o a par das suas atividades físicas.

Mas, se emagrecer não está nos seus planos e, mesmo assim, você percebe que está perdendo peso, infome seu médico, pois pode ser um sintoma da tríade.

Também fique atenta às irregularidades menstruais, pois, no caso de tríade, quanto mais cedo tratar, melhor.

 

Fontes:

Olhar Vital
Por dentro do 9 de Julho

 

Neila Vasconcelos – Venusiana

capoeiradevenus.blogspot.com

Gran Mestre – Mestre e outros títulos mais…

Esta manhã ao ler a reportagem em anexo, no Diário de Marília, via internet, uma questão logo me chamou a atenção… talvez por despreparo ou ignorância do reporter ou talvez por vaidade…  o Título da Matéria me pareceu bastante peculiar…
 
"Pereira atinge grau máximo da capoeira"
 
Voltamos a colocar na roda uma discussão que foi muito bombardeada nos meios de comunicação virtual, quer pelo grupo de discussões CAPOEIRA CBC, quer pela ROD@ VIRTUAL do Mestre Jeronimo:
 
Gran Mestre – Mestre e outros títulos mais…
 
O que realmente me chama atenção no texto é a Idade do Gran Mestre, 32 anos!!!
 
"Sou discípulo que apreende…  sou Mestre que dá lição…"
 
A primeira preocupação de um "Capoeirista educador responsável" deve ser a utilização da 
capoeira como meio de crescimento pessoal em todos os níveis, uma ferramenta de inclusão social e cidadania. É procurar compartilhar a sua experiência com seus alunos… é caminhar… e trabalhar em prol da capoeiragem…
 
Todos concordamos que a organização, a hierarquia, as graduações e títulos na capoeira são 
Assuntos delicados e complexos…  fica a reflexão…
Iêêê… vamos embora….

Pereira atinge grau máximo da capoeira
16-12-2005
Edvaldo Pereira dos Santos, o mestre Pereira, 32, acaba de atingir o grau máximo da capoeira, conhecido por Gran Mestre.
A avaliação foi feita durante o Open Capoeira Brasil, realizado de 9 a 11 de dezembro, no ginásio do Sesi, no bairro Boqueirão, em Curitiba, que reuniu cerca de 4.000 pessoas e 625 atletas receberam a graduação na capoeira.
 
Segundo mestre Pereira, do Grupo Marília-Brasil, a avaliação foi feita por uma bateria de mestres, com toque de instrumento (berimbau), canto e jogo (fundamento e tradição).
 
“Fiquei bastante feliz, pois consegui realizar meu sonho. Com esta graduação máxima, posso promover diversos eventos importantes de capoeira em Marília”, disse Pereira.
 
Ele está na capoeira desde os 14 anos de idade. “Tive apoio físico e psicológico do mestre Maurílio Borba, que é um dos grandes incentivadores da minha carreira. Agradeço a ele e as empresas que estão sempre me apoiando, como o Sindimmar, Casa do Norte, RT Mix, Baba Gril e Auto Peças Mirauto.
 
Read More