Blog

cabeça

Vendo Artigos etiquetados em: cabeça

Porto Alegre: Professor de Capoeira vítima de racismo e agressão

Após suposta aposta entre amigos, homem é agredido no banheiro da estação do trensurb na Capital.
Antes da violência, agressor de 21 anos teria dito a amigo que atingiria um negro ou mendigo.

Antes de embarcar para o trabalho, o professor de capoeira Cleber Figueira Machado Pedroso, 24 anos, foi agredido com uma garrafa de vidro na cabeça no banheiro da Estação Mercado do Trensurb, na Capital. O caso aconteceu por volta das 19h desta sexta-feira, e o agressor, Daniel Faleiro La Roque, 21 anos, não conhecia a vítima. Conforme versão dada por ele à Brigada Militar e a um segurança, teria apostado com um amigo que acertaria uma garrafa no primeiro negro ou mendigo que visse.

Após cometer a agressão, Roque tentou embarcar no trem, mas foi detido por seguranças da Trensurb. Acudido por outros usuários do local, Pedroso recebeu os primeiros socorros na estação e foi levada ao Hospital de Pronto Socorro (HPS) Porto Alegre. Cerca de uma hora depois, ele foi liberado com pontos na cabeça e medicação.

— Acredito que foi racismo, porque tinha um monte de gente no banheiro e foi justamente em mim. Quando vi, tomei uma garrafada. Na hora já começou a sangrar e fiquei tonto.

Segundo um funcionário da Trensurb, que pediu para não ser identificado, foi usada uma garrafa de uísque que estava guardada em uma mochila. O professor foi atingido pelas costas, sem chance de defesa. Policiais do 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM), que fica a poucos metros da estação, algemaram Roque e o levaram até a 2ª Delegacia da Polícia de Pronto Atendimento (DPPA). O sargento Silvio Luis Ferreira Gomes disse que, quando indagado sobre o motivo do crime, o agressor teria confirmado a versão dita anteriormente aos seguranças da Trensurb:

— Ele disse que fez uma aposta com um amigo de que acertaria o primeiro negro ou mendigo que aparecesse pela frente.

A delegada Liege Machado Pereira autuou Roque em flagrante por injúria qualificada (ofensa, com elemento de raça e lesão). Ela estipulou a fiança de R$ 2 mil, que não foi paga e, por isso, o agressor será levado ao Presídio Central de Porto Alegre. Em depoimento à delegada, Roque permaneceu em silêncio.

 

Fonte: www.zerohora.com.br – leticia.costa@zerohora.com.br

Nestor Capoeira & Lançamento de seu Novo Livro

Lançamento de livro: CAPOEIRA A CONSTRUÇÃO DA MALÍCIA E A FILOSOFIA DA MALANDRAGEM – 1800 – 2010 de Nestor Capoeira

Alo rapaziada, em alguns meses lanço um novo livro.

É um livro de responsa, com 560 páginas, muitas ilustrações, papos com Velhos Mestres já falecidos, as melhores partes de meu doutorado (mas em linguagem do dia-a-dia), e ampla bibliografia (autores de 1886 para cá e, em especial, as últimas pesquisas).

O novo livro enfoca em profundidade a malícia; e também, como sempre, uma parte prática de treinamentos para o iniciante, o médio, e o aluno formado.

Se no passado, há 10 ou 20 ou 30 anos atrás, algum dos meus livros te deu uma nova visão do que realmente é o Jogo de Capoeira; então prepare-se: este novo livro vai fazer tua cabeça, é um passo além.

Estamos criando “grupos de estudo”. Já existem alguns na Europa e agora vamos ampliar para o Brasil e outros países.

Eu envio um capítulo, você lê, reune-se com seus amigos do “grupo de estudo” umas 2 ou 3 vezes para discutir o assunto; concordar ou discordar; bolar outras idéias. Então entram no blog do livro com suas dúvidas e intervenções, para discutirmos e “trocar figurinha”.

Paralelo a isso, você vai ver os outros grupos de outras cidades que também estarão entrando no blog com suas contribuições.

Um mês depois, eu envio novo capítulo e repetimos o lance.

 

Como criar um “grupo de estudo”?

Basta você ler o texto que está no arquivo anexo, e envia-lo para amigos que também curtam o lance.

Você e seus amigos (1, 2, 5 ou 20 amigos) é que vão criar o seu “grupo de estudo”; resolver quando vão se reunir; e depois mandar as suas idéias, dúvidas, e contribuições para o blog.

É totalmente gratuito. Não tem nada a ver com seu “grupo de capoeira”, sua academia, ou o seu estilo.

No entanto, há uma regra: no blog só discutimos o capítulo que está sendo estudado. Não discutimos outros aspectos da capoeira, ou dos capoeiristas.

 

Você pode participar sozinho?

Claro que sim.

Mas lembre-se que para jogar capoeira é preciso uma dupla, e mais outro para tocar berimbau. Aqui é a mesma coisa; a troca num “grupo de estudo” é mais rica do que a cabeça de uma só pessoa.

 

Então aí vai, no arquivo anexo, os 2 primeiros capítulos.

 

Breve você vai receber o endereço do blog.

Tudo de bom, muito axé,

Nestor Capoeira.

TV Alternativa: Cabeça de Área, Capoeira e Inclusão Social

CAPOEIRA E INCLUSÃO SOCIAL

O programa Cabeça de Área de hoje, 09/07, apresentou um debate e duas matérias sobre a forma como a capoeira vem sendo utilizada como instrumento de inclusão social. Os convidados desta semana foram o Mestre Kinkas, do Grupo Força da Capoeira – Paraná e o Mestre Ulisses do Grupo Capoerira Lua de São Jorge – Olinda.

Foram produzidas duas matérias pelas reporteres Wândella Jokastra e Amanda Oliveira. A primeira delas foi realizada na Universidade Católica de Pernambuco, onde o Mestre Corisco desenvolve um extraórdinario trabalho com criaças, jovens e adultos com necessidades especiais.

{youtube}RyNHD909rUo{/youtube}

 

A segunda foi feita no Cabo de Santo Agostinho com Projeto Camarada Comandado pelo Mestre Angola.

 

{youtube}_fdgS5v8ols{/youtube}

 

Dados do programa veiculado:

Programa Cabeça de Área n.260 (TVU de PE-Canal 11)
Dia/Horário: 09 de julho (Sábado)/12:30hs às 13:00hs.
Tema: Capoeira e Inclusão Social.

Convidados: Joaquim Guedes da Silva Alcoforado Neto “Mestre Kincas” – Força da Capoeira e Olicio João da Silva “Mestre Ulisses” – Grupo Lua de São Jorge.

Direção: Edilson Fernandes de Souza. Apresentação: Edilson Fernandes e Henrique Kohl “Tchê”. Produção: Rizo Trindade. Reportagem: Wândella Jokastra e Amanda Raquel Silva de Oliveira. Trabalhos Técnicos: Flávio Soares e Sadraque Régis.

Fonte: http://programacabecadearea.blogspot.com/

Aconteceu: Clínica de Movimentos Acrobáticos de Capoeira e Ginástica Olímpica

Aconteceu nos dias 10 e 11 de maio a Clínica de Movimentos Acrobáticos de Capoeira e Ginástica Olímpica. Realizado pelo CEPEUSP (Centro de Práticas esportivas da Universidade de São Paulo) em parceria com a Projete Liberdade Capoeira, sob a coordenação do Mestre Gladson e dos Professores Vinicius Heine e Leandro Romualdo. O evento contou com a participação de 80 pessoas, entre crianças, jovens e adultos, todos capoeiristas, provenientes de diferentes grupos de São Paulo.

O Mestre Geraldinho e o professor Andrezinho, do Grupo Cordão de Ouro – Associação Santa Maria, estiveram presentes com um grupo de alunos.

Mestre Nelson do Grupo Ginga Paulista também marcou presença com seus alunos.

O curso aconteceu em clima de descontração e amizade. Foram trabalhadas diversas técnicas acrobáticas da Capoeira, tais como Parada de mãos, a Parada de cabeça, Flic, flac, Salto Mortal de frente e de costas, Reversões, Quipes de cabeça e de nuca, entre muitos outros.

Clínica de Movimentos Acrobáticos de Capoeira e Ginástica OlímpicaClínica de Movimentos Acrobáticos de Capoeira e Ginástica Olímpica
Na Fotos da esquerda para a direita: Professores Ivan, Renato, Mestre Nelson, Mestre Gladson,
Professores Vinicius Heine e Roberto MacFadeen da Projete Liberdade Capoeira.
Professor Leandro Romualdo demonstrando a importância do alongamento.

 

Além da parte técnica, aconteceram duas palestras que engrandeceram a programação do curso. Uma sobre Aspectos Nutricionais aplicados ao Treinamento da Capoeira, proferida pela nutricionista Patrícia Peres e outra sobre Aspectos Psicológicos do Treinamento da Capoeira, proferida pelo professor e psicólogo Roberto MacFadden.

O Curso de Movimentos Acrobáticos acontece uma vez por ano, sempre no mês de maio e está na sua quinta edição. Em geral a aceitação do curso tem sido bastante grande, já que os conteúdos trabalhados possibilitam aos praticantes vivenciarem as técnicas acrobáticas da Capoeira dentro de uma proposta pedagógica e didática. O objetivo é incentivar os alunos a inserirem as acrobacias no jogo de Capoeira de forma equilibrada e responsável, de maneira a não ferir a essência do jogo da Capoeira e, principalmente, não ferir a si mesmos, já que sabemos que a execução dos movimentos acrobáticos apresentam um alto índice de incidência de lesões musculares e articulares. Para que isso não aconteça é preciso treinar gradativamente, adaptando-se ao movimento.

Para os professores e Mestres de Capoeira este curso é uma excelente oportunidade de aumentar o seu conhecimento acerca da didática par o ensino dos movimentos acrobáticos da Capoeira.

Foi reafirmada e idéia de que as acrobacias são uma parte da Capoeira, que tem como movimentos principais os ataques, as defesas, os contra ataques, os movimentos ritualísticos (como as chamadas de Angola) e os movimentos de chão. Os movimentos acrobáticos contribuem com a beleza e a plasticidade do jogo da Capoeira. Quando pensamos em acrobacias não devemos pensar em eficiência do jogo e sim em arte e expressão. O importante é executar as acrobacias em harmonia com os demais movimentos. Um jogo com ataques, defesas e contra-ataques, onde são realizados alguns movimentos acrobáticos torna-se um jogo bonito de admirável.

Agradecemos a todos que participaram do evento e esperamos contar com a presença de outros capoeiristas no próximo ano.

Maiores informações e fotos do evento podem ser acessadas no site www.projeteliberdadecapoeira.com.br ou no blog www.projeteliberdadecapoeira.blogspot.com ou ainda através do e-mail gladson@usp.br com o Mestre Gladson ou vheine@gmail.com com o professor Vinicius Heine.

 

Clínica de Movimentos Acrobáticos de Capoeira e Ginástica Olímpica

 

Local: CEPEUSP (Centro de Práticas Esportivas da Universidade de São Paulo)
Data: 10 e 11 de Maio de 2008
Programação: Sábado das 8:00 as 18:00hs e domingo das 9:00 as 13:00hs
Objetivos: promover a aprendizado e o aperfeiçoamento das técnicas acrobáticas da Capoeira.
Inscrição: 50,00 (Cinqüenta Reais)
Informações: 11-3091-3304
Maiores informações nos telefones 3091-3304 ou 3091-3361.

Coordenação Mestre Gladson, Professor Vinicius, Professor Leandro Romualdo.
As vagas são limitadas e as inscrições já estão abertas!

A Clínica é uma excelente oportunidade para ampliar conhecimentos e habilidades na execução dos principais movimentos acrobáticos da Capoeira, especialmente aqueles relacionados com a Ginástica Olímpica, tais como saltos mortais, flic, Quipe, Roldante, Reversão, Macaco, S Dobrado, entre outros.

Dentre os professores que ministrarão o curso, estará o Professor Leandro Romualdo, professor de Ginástica Olímpica do CEPEUSP, com ampla experiência na modalidade.

Serão utilizadas seqüências pedagógicas e educativas para a execução dos movimentos, respeitando os limites de cada aluno e oferecendo o máximo de segurança.

A Clínica é aberta para alunos avançados e iniciantes, com ou sem experiência prévia em Capoeira e Ginástica.

As inscrições poderão ser encaminhada via fax (11) 3091.3304 com comprovante de depósito bancário Nossa Caixa Nosso Banco Ag.08648 c/c 13000294-8. (Centro De Práticas Esportivas da Universidade de São Paulo). O comprovante deverá ser trazido e apresentado no dia do curso.

Por que participar?

A Capoeira é uma arte marcial que tem como característica a presença dos movimentos acrobáticos. As acrobacias como são conhecidas, na verdade, são uma parte desse jogo que tem como movimentos principais os ataques, as defesas, os contra ataques, os movimentos ritualísticos (como as chamadas de Angola) e os movimentos de chão.

Dentre os movimentos acrobáticos podemos destacar a Parada de mãos, a Parada de cabeça, o Bico de papagaio, o Flic, flac, o macaco, o S-dobrado, o Aú giratório, o Salto Mortal, o Quipe de cabeça e de nuca, o Pião de cabeça, o Relógio, a Queda de rins, entre muitos outros.

Os movimentos acrobáticos contribuem com a beleza e a plasticidade do jogo da Capoeira. Quando pensamos em acrobacias não devemos pensar em eficiência do jogo e sim em arte e expressão. O importante é executar as acrobacias em harmonia com os demais movimentos. Um jogo, onde o capoeirista executa apenas movimentos acrobáticos não pode ser chamado de jogo de Capoeira. Mas um jogo com ataques, defesas e contra-ataques, onde são realizados alguns movimentos acrobáticos torna-se um jogo bonito de admirável.

Os movimentos acrobáticos possuem diferentes graus de dificuldades. Alguns são mais fáceis de executar, outros mais difíceis. A execução destes movimentos exige do praticante uma boa dose de força, potência, flexibilidade, resistência cardio-respiratória, técnica e coordenação motora. Com certeza a técnica é o elemento mais importante, pois ela diminui em muito o esforço para a execução da acrobacia.

Os movimentos acrobáticos de maior complexidade devem ser aprendidos dentro de uma seqüência pedagógica, que vai do simples para o complexo e do parcial para o total. É como um caminho a ser percorrido e que dá maior segurança ao aluno. Querer fazer um salto mortal completo já na primeira tentativa pode ser muito arriscado e pode levar ao acometimento de lesões musculares e articulares. Por isso, existem os educativos que levam o aluno a entender gradativamente a dinâmica do movimento, sentindo-se aos poucos mais seguro para realizá-lo.

 

Vinicius Heinevheine@gmail.com

Mestre Cabeça e o Grupo Capoeira Brasil – 1º Batizado de capoeira à Lyon – FR

 Do 13 ao 15 de maio o instrutor Cacique sobre à supervisão o Mestre Cabeça e o grupo capoeira brasil, estaram organizando o primeiro batizado de capoeira à lyon.
 
Na programação cursos de capoeira regional, percussão, barimbau, maculelê, samba, floreio.
Estaram presentes o formando Azul Mestre Cabeça Aracaju Seg, Suissa, Formando Caxias USA, professor Dengoso Lyon France, Professor Caudio Basilio Paris france, professor Molejo grupo candeias TouLouse France, Intrutora Sapeca Lyon France, instrutor Tiago toulouse France, Instrutor Espanto St Laurent du Maroni Guyane Française, Graduado Peruca e Moçanba Belém Para brasil.
 


 Maiores Informações: gcbneyboc@hotmail.com

ARPÃO-DE-CABEÇA

… um estranho giro vertical sobre os pés…
… com os braços abertos…
… aguardando uma cabeçada…
… anulada com uma joelhada na face do colega…
… que já entrava com as mãos cruzadas…
… em defesa do joelho hostil!
…!? ARPÃO?!…
…!? de CABEÇA !!!???…

No “Aurélio” encontramos…
ARPÃO: ferro em feitio de seta
fixado a um cabo para ser cravado na presa.
… entendemos!
… ” a seta é a cabeça”…
… “o cabo é o tronco encurvado”…
… “as pernas são a força propulsora…
… procurando cravar o arpão <a cabeça>…
… no peito exposto <braços abertos>…
… de quem pede”…
… assim é o “pedido de arpão de cabeça”!

ARPÃO-DE-CABEÇA

… um estranho giro vertical sobre os pés…
… com os braços abertos…
… aguardando uma cabeçada…
… anulada com uma joelhada na face do colega…
… que já entrava com as mãos cruzadas…
… em defesa do joelho hostil!
…!? ARPÃO?!…
…!? de CABEÇA !!!???…

No "Aurélio" encontramos…
ARPÃO: ferro em feitio de seta, fixado a um cabo para ser cravado na presa.
… entendemos!
.. " a seta é a cabeça"…
… "o cabo é o tronco encurvado"…
… "as pernas são a força propulsora…
… procurando cravar o arpão <a cabeça> …
… no peito exposto <braços abertos>…
… de quem pede"…
… assim é o "pedido de arpão de cabeça"!

Jogo de Balões – Cintura Desprezada

Jogo de balões criado por Mestre Bimba, é uma seqüência de golpes ligados e balões, também conhecidos como Movimentos de Projeção da Capoeira, onde o capoeirista projeta o companheiro, que deverá cair em pé ou agachado jamais sentado. Tem o objetivo de desenvolver a auto-confiança, o senso de cooperação, responsabilidade, agilidade e destreza.
Definição segundo o Doutor Angelo Augusto Decanio Filho, Mestre Decanio, em seu livro: “A HERANÇA DE MESTRE BIMBA – Lógica e Filosofia Africanas da Capoeira", da Coleção São Salomão.
 
SEQÜÊNCIA DE BALÕES:
 
… ensina… a saltar ante a ameaça duma projeção… a cair com segurança e
elegância…
—evidencia a interdependência dos jogadores…
… sem a qual não se joga, nem aprende a capoeira!
deve ser executada no início de cada treino…
… com pele ainda seca… camisa de malha de algodão…
… em piso firme… não escorregadio.
…nas primeiras sessões o calouro deve praticar com o mestre…
… o contra-mestre… ou um formado confiável…
… para evitar acidentes.
nas sessões subseqüentes… um veterano mais hábil
poderá colaborar neste exercício.
compõe-se dos seguintes movimentos:
cintura desprezada, balão cinturado, balão de lado e balão em pé.
 
CINTURA DESPREZADA
O calouro dá um aú bem espichado… em direção ao contra-mestre…
… o qual avança, agachado, de modo a receber e equilibrar sobre um dos
ombros
a sua cintura durante um instante…
… a seguir o contra-mestre levanta-se… segurando a cintura do calouro
com o braço
e o lança… cuidadosamente… para o alto, de modo a que venha a cair em
pé…
… sem fazer ruído… como gato preto em telhado de zinco!
… diria Erico Verissimo se jogasse capoeira…
 
BALÃO CINTURADO, BALÃO DE LADO E BALÃO EM PÉ
1ª. Parte – Balão cinturado:
o contra-mestre pede um arpão de cabeça…
e o calouro simula aplicar uma boca-de-calça…
à aproximação do calouro… o contra-mestre se abaixa,
abraça o calouro pela cintura, o levanta do solo eo projeta para trás…
… por cima dos ombros, de modo que caia…
suavemente, em pé…
 
2ª. Parte – Balão de lado:
… enquanto o calouro completa o percurso aéreo,
o contra-mestre se desloca para a frente do mesmo,
ficando de costas, com os joelhos em ligeira flexão…
… e levemente inclinado por diante deste…
… e simultaneamente aplica um colar de força alto no calouro…
e o projeta para diante num giro sobre o seu (do contra-mestre) quadril,
pela inclinação e rotação do tronco para diante…
… enquanto estende os joelhos…
… durante a projeção, o atacante deve
apoiar o pescoço do parceiro para evitar acidentes,
queda de costas ou de cabeça!
 
3ª. Parte – Balão em pé:

novamente, o contra-mestre passa à frente do calouro,
joelhos em semiflexão, aplica uma gravata cinturada alta,
e o projeta para a frente, pela inclinação do tronco para diante
e extensão das pernas…
durante a projeção o atacante deve apoiar o pescoço do parceiro,
para evitar acidentes, queda de costas ou de cabeça!
… o calouro deve tocar o solo com a ponta dos pés,
joelhos em flexão discreta, coluna relaxada e
levemente fletida para diante…
… jamais com os calcanhares,
nem com os joelhos e coluna enrijecidos!

 


Texto extraído de “A HERANÇA DE MESTRE BIMBA – Lógica e Filosofia Africanas da Capoeira", da Coleção São Salomão, escrita e editada pelo autor – Doutor Angelo Augusto Decanio Filho, Mestre Decanio. Este livro, a verdadeira Bíblia da Capoeira, deveria ser conhecido e lido por todos os capoeiristas do mundo.
Read More