Blog

capacidade

Vendo Artigos etiquetados em: capacidade

Espanha: Projeto Reeducando a Capoeira

REEDUCANDO A CAPOEIRA
 

Este projeto nasce da colaboração do Mestre Madeira (Capoeira Movimento e Expressão) com a Fundação Ser, Esta Fundação dedica-se a ajudar a pessoas com incapacidade intelectual, e há vários meses o Mestre colabora com eles como voluntário.

 

Desde o princípio tanto os alunos como o Mestre conectaram de maneira muito especial e isso ajudou a que as classes sejam mais amenas e produtivas.

Os alunos conhecem e executam os movimentos básicos da capoeira e acompanham com as palmas e o coro as músicas que vão aprendendo, e inclusive os que podem, pesquisam sobre a capoeira e lhe trazem textos e desenhos para que o Mestre os veja.

 

 

Espanha: Projeto Reeducando a Capoeira

 

 

Eles mesmos reconhecem que a capoeira lhes ajudou a ser mais flexíveis, mais expressivos, mas, sobretudo, a confiar em sua própria capacidade de aprender e ter mais confiança em si mesmo.

 

Por todo isso, o Mestre, o Grupo Movimento e Expressão e a Fundação Ser quiseram lhes dar o reconhecimento que eles se merecem como alunos iniciantes, preparando um batizado onde receberão a sua 1º corda.

 

É por isso pelo que elegemos o titulo de Reeducando a Capoeira, porque através dela e tudo o que a envolve (esporte, música, cultura etc.) todos os que fazemos parte deste projeto aprendemos que na roda de capoeira todos somos iguais.

 

Todos os que vocês queiram estão convidados a participar neste evento do domingo 28 de Junho.

 

Muito obrigado

BID seleciona projetos culturais de pequena escala

O Centro Cultural do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) anuncia sua convocatória de propostas para concessões de ajuda financeira em 2009 a projetos de desenvolvimento cultural de pequena escala. As propostas devem ser enviadas antes de 31 de janeiro de 2009 para as Representações do BID nos 26 países da América Latina e do Caribe que são membros mutuários do Banco. As doações únicas, em valores que variam de US$ 3.000 a US$ 10.000, serão concedidas a propostas que satisfaçam uma necessidade local, contribuam para os valores culturais, estimulem a atividade econômica e social de forma inovadora e bem-sucedida, apóiem a excelência artística e contribuam para o desenvolvimento dos jovens e da comunidade.

O Programa de Desenvolvimento Cultural foi concebido para estimular o desenvolvimento de projetos inovadores, preservar e recuperar tradições e conservar o patrimônio cultural, entre outros objetivos. Os projetos são avaliados de acordo com sua viabilidade, alcance educativo, uso eficaz de recursos, capacidade de mobilizar recursos financeiros adicionais e impacto de longo prazo sobre a comunidade. O BID pode financiar até dois terços de um projeto. As organizações locais são responsáveis por proporcionar o resto dos recursos e apoiar o projeto de modo sustentável. Desde 1996, o Programa de Desenvolvimento Cultural tem demonstrado a eficácia de microinvestimentos em empresas culturais comunitárias para a geração de empregos e desenvolvimento de capacidade.

Fonte: http://www.comunicante.jor.br/

Letícia Núñez Almeida
Núcleo de Políticas Públicas para o Povo Negro
Coordenação de Direitos Humanos
SMDHSU- Prefeitura de Porto Alegre

Tels: 51 32897037, 32897049, 32897017

Crônica: Capoeira, um caminho para a vitória pessoal

Todos nós trazemos "marcas" emocionas, advindas de nossas experiências corpóreas. Na jogo da capoeira, estas vivências ajudam a moldar a nossa personalidade e a desenvolver nossas emoções. É através de desafios, fantasias, aventuras e competições que conhecemos a tão almejada vitória ou a frustrante derrota, duas vertentes da qual vivenciamos a cada "volta ao mundo" e que é responsável pela formação da nossa poderosa representação mental.

O jogo da capoeira alimenta as nossas emoções, proporcionando a mente uma idéia viva e concreta de conquista, quando conseguimos dar um salto, fazer uma parada de mão ou quando simplesmente jogamos capoeira, desenvolvemos soberanamente um verdadeiro êxtase de crença em nossa capacidade de realização e habilidade, assim impregnamos em nossa mente e materializamos, através do corpo físico, alicerces emocionais para o sucesso e a vitória. Porém não devemos esquecer o outro lado, onde fracassos e derrotas também ficam gravados. A derrota se bem administrada pode ser o nosso trampolim para a vitória, já que é através dela que podemos perceber e refletir sobre as nossas dificuldades e assim trabalhar para que elas sejam sanadas e nossos objetivos sejam alcançados. Assim estaremos encontrando soluções para que a tão gratificante e almejada vitória seja alcançada.
 
Tudo que vivenciamos no jogo da capoeira fica arquivado em nossa mente. Podemos utilizar este arquivo a qualquer momento, percebendo as experiências vitoriosas que obtivemos através das conquistas obtidas pelo corpo durante a prática da capoeira. Estas vivências com certeza alimentam e reforçam a nossa capacidade de acreditar em nós mesmos e são transferidas para outros contextos como trabalho, escola, família etc. Se eu consigo me esquivar de uma meia lua de compasso em alta velocidade, fica fácil se esquivar de pessoas mal intencionadas ou de qualquer forma de opressão que venha anular a nossa capacidade de conquista, se eu canto e me expresso na roda de capoeira, fica fácil falar em público e transmitir minhas idéias, se eu coopero com meu parceiro de jogo eu coopero nas minhas relações pessoais, se eu perder o emprego, não irrei ficar depressivo e desistir dos meus objetivos, pois aprendemos que levar uma rasteira pode parecer uma derrota, mais ensina a grandeza de cair sem se machucar e a levantar com elegância e continuar o jogo.
                             
Além disso, a riqueza de movimentos da capoeira, é de relevante importância para o desenvolvimento da nossa inteligência, durante o jogo adquirimos o conhecimento de espaço, tempo, distância, visão espacial e agilidade de raciocínio. Para conseguirmos realizar todas estas façanhas, exigimos mais do nosso cérebro, resultando na dilatação e ampliação da nossa mente.
 
Como isto acontece: nós capoeiristas somos privilegiados, já que a capoeira é um dos poucos “esportes” considerados individual e coletivo ao mesmo tempo, recebendo os benefícios de ambos. A Capoeira como prática individual fornece a crença e a perseverança, gerada através da luta solitária e pela busca da auto-superação, assim é reforçada a capacidade de acreditar em si. Esta capacidade é materializada para o plano emocional, fazendo com que venhamos a apreender a lidar com os problemas de nossas vidas e a resolvê-los da melhor maneira possível. Como prática coletiva a capoeira é extremamente eficaz para a integração social, uma roda de capoeira é uma aula de sociedade, onde existem regras, e leis. Todos se revezam em suas funções, em quanto uns cantam outros batem palmas, outros jogam ou tocam, assim nos submetemos a um grupo, a um ritual e desta forma nos aprimoramos como ser social
 
Dento deste contexto o mestre de capoeira deve perceber e valorizar o talento individual de cada um. Promovendo, estimulando e reforçando cada conquista obtida pelo aluno, por menor que seja. A prática do elogio faz com que o aluno reconheça que uma pequena evolução, é uma grande vitória. Enfim, é durante muitas “voltas ao mundo”, e jogando com diversos capoeiristas que construiremos o nosso caráter e desenvolveremos a nossa personalidade.
 
Devemos apenas tomar cuidado para que a capoeira não se torne uma vilã, sendo responsável pela construção de homens sem valores, e sem o sentido intrínseco de educação. E pior, fazer com que ela deixe de ser sinônimo de alegria, festa, saúde, brincadeira e poesia, visando apenas à competição e a vitória a qualquer custo. Portanto, a capoeira deve se tornar um meio para que venhamos a explorar o extraordinário potencial humano que existe em cada um de nós.
 
Um grande Axé a todos.

Professor Renato e DavidRenato Bendazzoli é Professor de CAPOEIRA do Grupo Mar de Itapuã, iniciou nos mistérios dessa arte, em 1994, com MESTRE PEQUENO, vindo a se formar, em 1998. Em 1999 começou a lecionar, em 2003 se formou em Educação física. Durante todos esses anos de dedicação a capoeira, à atividade física e ao esporte, atendeu a muitos alunos, colocando em prática meu método de ensino, que utiliza o corpo como ferramenta para o desenvolvimento físico, intelectual e emocional. Assim, procura implementar o potencial de cada pessoa que passa por suas mãos. Atualmente, leciona capoeira em colégios, academias e treinamento individual.
Contato:
renato.prof@uol.com.br

Que é cidadania?

Cidadania é liberdade com responsabilidade e civilidade

2.2.22 – …"construir para os infantius[1]"…
"é dever de dos construir para os infantius uma personalidade — digna de admiração, não devem faltar as regras da disciplina, civilidade, do respeito às atenções, a bôa disposição, o bôm humor, a solidariedade, a lealdade, e o amor a verdade; estes são os alicerces que darão estabilidade à estrutura moral do ser,"…

(72b,17-23;73a,1)
…é dever de todos…
…. legar aos nossos sucessores uma tradição…
… capaz de melhorar e equilibrar os homens..
… e a sociedade…

…“os alicerces…

… que darão estabilidade à estrutura moral do ser”…

… “as regras da disciplina…

… civilidade…

… do respeito às atenções…(etiqueta, boas maneiras)

… a bôa disposição… (tolerância)

… o bôm humor…

… a solidariedade…

… a lealdade…

… e o amor a verdade”…

… filosofia e poesia crioulas!

2.2.23 – …"nos deveres, como capoeirista"…

"Como penso eu nos deveres, como capoeirista é fazer cogitações, reclamar uma atitude, um gesto, a cada passo uma palavra que implique no comprimento do dever, sim, sem prejudicar, a moral do seus camaradas. e nem criar causo[2]; ninguem deve subtrair-se (furtar-se a cumprir o dever) é prejuiso, é grande a finalidade da capoeira, seja justamente essa (a obrigação) prestada ao centro, e na academia; disciplinar, é executar uma serie de obrigações, (que) fazem parte integrante do regime da propria academia; cumprir o dever é ser honesto de si mesmo (consigo): é respeitar-se a si proprio, e agir com conciencia esclarecida; todo o dever cumprido representa o resgate de uma obrigação; é um impulso para frente no sentido da evolução;"…

(73b,9-23)

…sem comentários!

2.2.24 – -…"responsabilidade"…

… "cada capoeiristas responde pelo que é do seu dever, sabendo as responsabilidade com elas o dever, aumentam o seu crescimento do seu saber: o amigo antes de associa-se,[3] não compromeita[4] a produzir, mais do que permita sua capacidade; dentro de suas possibilidades, não vacile, em prometer sem reservas, deve ser ao seu alcance fazer; dai vem a razão de ser privinido, e estar sempre vigilante, sempre alerta, sempre atento em seus deveres, sempre convicto de cumprir ao centro, academia, e ao seu negocio particula[5]."

(73b,23;74a,1-10)

… "cada capoeiristas responde pelo que é do seu dever”…

… a consciência da responsabilidade…

… e do cumprimento do dever…

… conduzem ao crescimento pessoal…

… o compromisso de cada um…

… deve corresponder à capacidade de cada um….

… na “academia”…

… na atividade particular…

2.2.52 – …"o mundo é a escola"…

"Os capoeirista tem que aprender, o mundo é a escola que nos aprendemos, é a natureza que nos dá prazer, procuramos os elementos de bôa vontade, que ofereça a lições para o bem-esta dos nosso interesse,

(80b,20-23;81a,1)

2.2.56 – … o dever é ser honesto de si mesmo””…

…” cumprir o dever é ser honesto de si mesmo, é respeitar-se a si proprio, é agir com conciencia esclarecida; todo o dever cumprido representa o resgate de uma obrigação. um impulso para frente no sentido da evolução;”…

(82a,16-21)

4.6.6 – …"é a mais amavel"…

…”A capoeira entre as lutas é a mais amavel que existe no mundo Deus designou[6] fosse puro e belo:”…

(93b,3-6)

A Escola-Parque, inaugurada em 1950, procurava oferecer à criança uma educação integral, cuidando de sua alimentação, higiene, socialização, preparação para o trabalho e para a cidadania.Nesta Escola, também as artes plásticas estavam incluídas, muitas vezes sob a orientação de artistas de renome, como, por exemplo, Caribé e Mário Cravo. Sua importância para o ideal da cidadania está resumida na frase de Anísio Teixeira:

"Só existirá democracia no Brasil no dia em que se montar no país a máquina que prepara as democracias.Essa máquina é a da escola pública"

[1] Infantis, em referência à juventude
[2] Caso, problema
[3] Associar-se
[4] Não se comprometa
[5] Particular
[6] Desejou, destinou

 


 

Texto sugerido por: Bruno Souza (Teimosia) – Semana Decanio