Blog

carmo

Vendo Artigos etiquetados em: carmo

Aconteceu: Lançamento do livro “O Pelé da Capoeira”

Salvador – O Forte de Santo Antônio Além do Carmo, no Centro Histórico de Salvador, sediou, o lançamento do livro autobiográfico “O Pelé da Capoeira”. A obra trata da história de vida do mestre capoeirista baiano conhecido como “Pelé da Bomba”, registrado civilmente como Natalício Neves da Silva, autor do livro.

Nascido em 1934, no distrito de Cipoá, município de Governador Mangabeira, no Recôncavo baiano, Mestre Pelé da Bomba se iniciou na capoeira em 1946, logo após a 2ª Guerra Mundial, na rampa do antigo Mercado Modelo, na Cidade Baixa, em Salvador. Teve como mestre, Bugalho, já falecido, considerado um dos maiores tocadores de berimbau da Bahia.

Mestre Pelé da Bomba fez história nas rodas de capoeira das festas de largo da capital baiana, como na Conceição da Praia, Boa Viagem e Lavagem do Bonfim, ficando conhecido como “gogó de ouro” por sua voz original e inconfundível. Ensinou no Corpo de Bombeiros da Bahia, onde era membro da corporação, daí o nome “Bomba”.

Por sua experiência, o mestre é sempre convidado para palestras, exibições públicas e já viajou por diversos países da Europa representando a Capoeira Angola da Bahia. No livro, são narrados o significado e a história da Capoeira Angola e do samba de roda na Bahia. A idéia é que a publicação auxilie na propagação da cultura popular e na preservação de elementos fundamentais para a cultura local, como memória, oralidade, temporalidade, ancestralidade e ritualidade.

Em atividade desde a década de 1960, tempo em que poucos eram mestres de fato, o Mestre Pelé da Bomba é frequentemente convidado por escolas e instituições diversas, do Brasil e do exterior para palestras e simpósios. Segundo dados recentes do Ministério da Cultura (MinC), a capoeira é o produto cultural brasileiro mais difundido no mundo.

 

Bahia – Lançamento do Livro: O Pelé da Capoeira – Mestre Pelé da Bomba

 

Dia: 05 de Novembro de 2010.

Horário: 18:00h

Local: Espaço do Forte Santo Antônio Além do Carmo.

 

Cordialmente

 

Mestre Pelé da Bomba

Contra-Mestre Lene

 

Tel.: (71) 3387 – 0485 / 8824 – 7869 / mestrepele@hotmail.com

 

Fonte: http://www.jornaldamidia.com.br/

Bahia – Lançamento do Livro: O Pelé da Capoeira

A Associação de Capoeira Angola Mestre Pelé da Bomba, convidam a todos os Capoeiristas, Associações, Grupos, Academias, simpatizantes da arte em geral a participar do lançamento do LIVRO “O PELÉ DA CAPOEIRA”, que será realizado no Forte Santo Antônio Além do Carmo.

 

Bahia – Lançamento do Livro: O Pelé da Capoeira – Mestre Pelé da Bomba

 

Dia: 05 de Novembro de 2010.

Horário: 18:00h

Local: Espaço do Forte Santo Antônio Além do Carmo.

 

Cordialmente

 

Mestre Pelé da Bomba

Contra-Mestre Lene

 

Tel.: (71) 3387 – 0485 / 8824 – 7869 / mestrepele@hotmail.com

Capoeirista “Besouro” leva lenda de herói negro ao Festival de Berlim

Berlim, 15 fev (EFE).- A lenda do capoeirista Besouro, herói da tradição negra brasileira pela luta em favor dos ex-escravos, chegou hoje ao Festival Internacional de Cinema de Berlim pelas mãos do cineasta João Daniel Tikhomiroff.

O filme “Besouro”, estreado na seção Panorama, fora de competição, chegou ao festival após ter sido um sucesso no Brasil, com bilheteria de mais de 500 mil espectadores.

“Para mim era importante mostrar esta história primeiro aos brasileiros, dos quais 95% não sabe que Besouro existiu de verdade e não é apenas um mito. Depois preferi ensiná-la ao resto do mundo”, explicou Thikomiroff à Agência Efe.

A história do lendário capoerista, apelidado de “Besouro”, chegou ao cineasta pelo romance “Feiojada no Paraíso” de Marcos Carvalho sobre a figura de um homem que se transformou em herói popular por seu empenho em praticar a capoeira, embora estivesse proibida, e em defender à população negra das discriminações.

“É um personagem fantástico que, além disso, permite refletir sobre a realidade social do início do século XX. Embora a escravidão já tivesse sido abolida, os negros ainda eram marginalizados e discriminados”, apontou.

Manoel Henrique Pereira, conhecido como “Besouro”, nasceu em 1897 em Santo Amaro da Purificação (Bahia) e passou ao imaginário popular como valente capoerista que enfrentava os armados patrões dos engenhos de açúcar com base em força e habilidade na luta.

O filme opta por um duplo enfoque: o da lenda, com um super Besouro capaz de se transformar em besouro e voar – estimulado pelos deuses da natureza dos Orixás – e o clássico, com dois amigos enfrentados pelo amor de uma menina, um malvado pistoleiro e uma terrível traição.

“Quis transitar entre esses dois mundos, entre o real e o imaginário. É o que faz esta história fascinante, a dúvida de se o que um está vendo é sonho ou realidade. Essa é a beleza do filme”, apontou o cineasta.

Para o papel protagonista, Thikomiroff escolheu Aílton Carmo, um jovem professor de capoeira, sem experiência interpretativa, mas a quem podia “ensinar a viver” a transição do jovem, de rapaz rebelde a fonte de inspiração para outros, mas que tivesse aptidões reais para a dança e para a luta.

Segundo o cineasta, é uma “pena” que nos últimos 20 anos não se tenham feito filmes sobre a capoeira, declarada bem cultural, que neste caso está “no coração” da história.

Carmo decidiu embarcar no projeto porque, desde criança, sonhava em demonstrar a sua mãe que podia fazer um filme de ação com um protagonista negro e que lutasse a ritmo de capoeira, igual aos filmes de Arnold Schwarzenegger, explicou à Agência Efe.

Jessica Barbosa atua no filme como Dinorá, a amiga de infância do protagonista, e na Orixá Iansã, deusa do vento e da chuva. “Em outros países existem o Batman e o Homem-Aranha. No Brasil, temos o Besouro, que é nosso próprio herói nacional”, ressaltou.

Para o cineasta, quase 100 anos depois da história, a realidade brasileira tem 55% de população negra “que continua vivendo algum tipo de discriminação”.

“Este filme mostra uma bela história sobre esse coletivo”, acrescentou. EFE

 

Fonte. O Globo – http://g1.globo.com

CECA – Feira Cultural Arte de Aprender

“Noventa e dois anos de arte e vida”

Objetivando propiciar um terreno fértil para a troca de informações sobre arte e cultura, o Centro Esportivo de Capoeira Angola – CECA, Academia do Mestre João Pequeno de Pastinha (Forte do Santo Antonio) está organizando uma Feira Cultural com atividades que permeiam diferentes linguagens artísticas, como oficinas de capoeira, dança, percussão corporal, confecção de instrumentos, e ainda oficinas ministradas por artesãos focados no trabalho de reciclagem,  na confecção de bonecos e esculturas. Além das oficinas oferecidas, ocorrerá à feira de artesanato, roda de capoeira angola sobre o comando do Mestre João Pequeno de Pastinha, mostra de vídeos que revelam aspectos da cultura regional, e o lançamento do DVD do evento Tributo ao Mestre Ferreirinha.

Onde: FORTE DO SANTO ANTONIO – Bairro: Santo Antonio Alem do Carmo. Rua. Barão do Triunfo S/N

Quando: De 06/11 a 08/11/2009

O evento acontecerá das 14h do dia 06/11 dando prosseguimento pelo dia 07/11 a partir das 10h ate 21h30min e no dia 08/11 das 10h as 19h:30min

 

Inscrições:

A partir de 26-10 no CECA – Centro Esportivo de Capoeira Angola – Academia do Mestre João Pequeno de Pastinha (Forte do Santo Antonio Além do Carmo) segundas, quartas e sextas das 19h30min às 21h30min.

Quanto: Entrada Gratuita

Realização: Centro Esportivo de Capoeira Angola- Academia do Mestre João Pequeno de Pastinha- Forte Santo Antonio
Contato: Tel.: (71) 33230708 – 87466141 – 81159235

e-mail: feirartedeaprenderajpp@gmail.com

Protagonista de BESOURO pensou que não conseguiria fazer filme

Capoeirista Ailton Carmo, de 22 anos, estreia sua carreira como ator em filme de João Daniel Tikhomiroff

Com o jeito simples de quem não sabe que está prestes a ser conhecido na rua a cada esquina, Ailton Carmo – protagonista do filme “Besouro” – confessa que depois de ter passado no teste, pensou em desistir. Antes de cogitar estar no primeiro longa de João Daniel Tikhomiroff, ele era “apenas” um grande lutador de capoeira, além de guia turístico na cidade de Lençóis, na Bahia.

“Para mim foi uma experiência nova (estar em um filme). Eu nunca havia sonhado com isso. Depois de passar no teste e ser informado de que seria o protagonista, cheguei para a Fátima (Toledo, preparadora de elenco) e disse que não ia dar para fazer. Ela só me respondeu que seria difícil, mas não impossível”, contou, ressaltando que ficou alegre e nervoso ao mesmo tempo. “Ela estava confiando em mim.”

Capoeira e efeitos especiais podem fazer de Besouro o novo heroi brasileiro 

Após as aulas de interpretação e coreografias com o chinês Dee Dee ( “Kill Bill”), ele ainda não sabe se quer seguir a carreira adiante. Ele, que já deu aulas de capoeira na Bélgica, agora tenta oportunidade de viajar para a Polônia. “Penso em me desenvolver como ator, mas precisarei estudar muito.”

Segundo Ailton, de todos os esportes que já fez, a capoeira é o único que não larga. “Nela, você não tem apenas o esporte, também há o instrumento, a música, a dança… Até mesmo com o pé quebrado você pode participar. Quero ver você lutar boxe com o pé quebrado.”

Atores não decoraram textos

Para todos os atores participantes de “Besouro”, um dos grandes desafios foi trabalhar com a preparadora de elenco Fátima Toledo. Ela e o diretor fizeram com que nenhum dos intérpretes tivessem textos. “A Fátima trabalha a partir do ator vivendo a história. Não há um texto. Quando eu me dei conta, já estava me comportando como os meninos. Eles até falavam `fecha essas pernas!”, diverte-se Jéssica Barbosa, que faz a personagem Dinorá e Iansã no longa.

Quem também participou dessa preparação foram os atores Flávio Rocha (Coronel Venâncio) e Irandhir Santos (Noca de Antônia), ambos integrantes da minissérie “A Pedra do Reino” (Globo). “Para mim, o desafio foi não enxergar as belezas da capoeira. Me distanciava do grupo deles. Tinha que encontrar meu lado mau nos palavrões, no cuspe, no vômito…”, revela Irandhir.

“Passei por má pessoa para alguns colegas de elenco. Isso porque passava boa parte do tempo guardando energias ruins para o personagem. Outra coisa que fiz foi andar com um punhal e furar tudo que via pela frente. Precisei encarar meu inimigo na vida real”, completou Flávio.

Bahia: Forte Santo Antônio sedia “Capoeira de Saia”

Forte de Santo Antônio Além do Carmo vai sediar nos dias 01, 02 e 03 de maio, das 14h até às 18horas, o programa de capacitação “Capoeira de Saia”, organizado por grupos de mulheres  capoeiristas profissionais e amadoras-praticantes. As inscrições são limitadas, gratuitas e  podem ser realizadas no próprio Forte Santo Antônio Além do Carmo.

O encontro tem como principais objetivos informar profissionais da área, discutir o processo de ensino-aprendizagem e desenvolver propostas que visem a melhora da qualidade no ensino da capoeira.

Segundo os organizadores o compromisso principal será a capacitação e promover o fortalecimento da participação da mulher na capoeira, possibilitando uma troca maior entre as instituições culturais, as discussões de gênero, relação e contribuição no desenvolvimento histórico e social da capoeira.

Mestre Curió: Oficina de Capoeira Angola Solidária

O PONTO DE CULTURA ESCOLA DE CAPOEIRA ANGOLA IRMÃOS GÊMEOS DE MESTRE CURIÓ
Oferece: OFICINA DE CAPOEIRA ANGOLA Solidária VOCÊ! Angola ou Regional Participe!

Entrada

1 pac. Fralda Geriátrica, 1 lata de leite em pó ou Material de limpeza para ser doada ao abrigo D. Pedro II, lugar onde M. Pastinha viveu seus últimos dias de VIDA!

ESTA OFICINA  É EM  HOMENAGEM AO GRANDE E INESQUECÍVEL MESTRE PASTINHA PELA PASSAGEM DO DIA DE SEU NASCIMENTO 05 de Abril.

Programação:

04/04 – Sábado

Oficina de Capoeira Angola com M. Curió.

 9 às 11h.

15 às 16h.- Bate Papo – Tema: Capoeira Angola e M. Pastinha.

Local: R. Gregório de Matos nº. 09,  2º andar – Pelourinho- Salvador

05/04 – Domingo

9:30 às 11:30h– Roda de Capoeira Angola aberta.

Local: Forte de Stº Antonio além do Carmo, sala 05

Encerramento com um delicioso MUNGUNZÁ.

Informações e Inscrições: Esc. de Cap. Angola Irmãos Gêmeos de M. Curió

R. Gregório de Matos nº 09 , 2º andar- Pelourinho-Centro Histórico – Salvador
Fone: 71 3321-0396 / 9998-1813 M. Curió ou M. Jararaca.

OBS: Inscrições abertas apartir de 20 /03 à 03/04/2009

Apartir de 10: às 17:h da tarde exceto sábado e Domingo

Jaime Martins dos Santos – Mestre Curió

            Presidente

Lançamento livro: Mestres e Capoeiras Famosos da Bahia

Amigos, convido a todos para o lançamento do livro “Mestres e Capoeiras Famosos da Bahia”, sobre a biografia dos grandes mestres de capoeira da Bahia já falecidos. Esse livro foi elaborado a partir de pesquisa coordenada por mim, que teve como participantes os pesquisadores do Grupo MEL – Midia, Memória, Educação e Lazer da Faculdade de Educação da UFBA.
 
O lançamento será no próximo dia 12 de março (quinta-feira) no Forte da Capoeira – no Largo de Santo Antonio além do Carmo, em Salvador, a partir das 19 horas.

Segue anexo o convite. Peço que ajudem na divulgação
 
Abraços
 
Pedro Abib
(71)8150-2882

Bahia: 30 capoeiristas recebem certificado de “capoeirista-educador”

No próximo dia 03 de setembro, às 15h, será realizado no Forte de Santo Antônio Além do Carmo o encerramento da turma João Pequeno de Pastinha e aula inaugural da 2ª turma do curso "Capoeira – Educação para a Paz". Durante o evento 30 capoeiristas receberão o certificado de "capoeirista-educador".

Iniciativa da Superintendência da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SECULT), o curso se insere na ação de aplicação da Lei Federal Nº. 11.645/2008, que institui a obrigatoriedade do tema "História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena" no currículo oficial da rede de ensino no Brasil.

Durante 45 dias, os alunos participaram de 27 módulos que incluíram aulas de direitos humanos, educação das relações étnico-raciais, elaboração de projetos, aspectos históricos da violência racial e de gênero, arte e resistência negra na Bahia e outros conteúdos que aproximaram o caráter dialógico e inclusivo da capoeira, as vivências pedagógicas colaborativas a exemplo do "círculo de cultura", metodologia desenvolvida pelo educador Paulo Freire.

O curso "Capoeira – Educação para a Paz" será uma ação permanente do Forte de Santo Antônio Além do Carmo. O forte fica localizado na Praça Barão do Triunfo, mais conhecida como Largo de Santo Antônio, no bairro de Santo Antônio Além do Carmo – Centro Histórico de Salvador, e é o mais novo espaço administrado pelo Instituto de Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC), autarquia da Secult.

Geovan Adorno Bantu
Assessoria de projetos
do Forte de Santo Antônio Além do Carmo
(71) 8721-9265/3117-1492/3241-4695
msn: eueeumesmo_2@hotmail.com

Forte da Capoeira e UNIFACS: Capoeira Festa

É pra homem, menino, mulher,
Venha ver como é!

 

Será realizado no dia 12 de maio de 2007, sábado, de 14:30 às 19:00h, no Forte da Capoeira, Santo Antônio Além do Carmo, o Capoeira Festa, que é um evento idealizado por alunos da Turma III do Curso de Planejamento e Organização de Eventos da Universidade Salvador – UNIFACS, que se uniram formando a equipe Aê Camará Entretenimentos.

O evento será a “Celebração da Capoeira na Bahia”, que levará aos participantes a oportunidade de conhecer mais sobre a história, cultura e tradição da capoeira, associando diversão e entretenimento, através de palestras, “rodas” com mestres de capoeira, visitas às Escolas de Capoeira do Forte e às oficinas de instrumentos musicais, cânticos e ladainhas, além de exibição de vídeos e exposição de mostra fotográfica sobre o tema.

Tudo isto acontecerá em um espaço de referência da história nacional, o Forte de Santo Antônio, totalmente reformado, tendo sua arquitetura e características originais preservadas. Assim, o evento Capoeira Festa acontecerá, incentivando a valorização e preservação da capoeira na Bahia.
 

A programação do evento inclui a  realização de  palestras, Roda de Capoeira com Mestres, mostra de vídeos, exposição fotográfica, visitação às oficinas de instrumentos musicais do Forte, além da apresentação especial da  "Orquestra de Berimbaus" , que será regida pelo Maestro Fred Dantas.

Data: 12 de Maio de 2007 – Sábado
Horário: 14:30 às 19:00 h
Local: Forte da Capoeira – Santo Antônio Além do Carmo – Salvador – Bahia
 

Visite: http://www.capoeirafesta.com