Blog

certificados

Vendo Artigos etiquetados em: certificados

SP: Seminário Internacional de Desenvolvimento Econômico para Afrodecendentes

Seminário Internacional de Desenvolvimento Econômico para Afrodecendentes no Município de São Paulo

Vimos convidá-lo para participar deste Seminário, que traz ilustres palestrantes, como Mr Tony Regusters, Produtor de Comunicação, Consultor Internacional, Secretário e Cineasta, e Ms Alison Moses, Consultora/Perita em Desenvolvimento Internacional, Consultora do Banco Mundial, Projetos, Programas e Avaliações na América Latina e outros países, ambos de Washington/DC, além de especialistas do cenário nacional.

Informamos que, serão fornecidos Certificados de participação.

Na certeza de considerar a relevância do evento, o público envolvido e os temas em debate, agradecemos sua atenção.

Gratos

 

IV Macaé Festival de Capoeira

O espectador interessado em capoeira, cultura negra, história, vai se deleitar vendo o 4º Macaé Festival de Capoeira que acontecerá nos dias 03,04.05,06 e 07 de Setembro de 2009 com apresentações de Maculelê,Samba de roda,Puxada de rede ,jogos de capoeira,oficinas e outras…

Responsável
Alcimar Figueiredo (Mestre Grande)

Gênero
Festival Cultural de Capoeira

Classificação
Livre

Programação

•    03/09 Abertura do evento
Local: Praça Veríssimo de Mello
Horário 19h às 21h

•    04/09 Cursos de Capoeira
Local: Flamengo F. Clube /Bairro Miramar.
Horário 19h às 22h

•    05/09Jogos Internos de Capoeira
Local: Flamengo F. Clube /Bairro Miramar.
Horário 14h

•    06/09Jogos Abertos de Capoeira
Local: Flamengo F. Clube /Bairro Miramar.
Horário 10h

•    07/09Jogos Internos de Capoeira
Local: Flamengo F. Clube /Bairro Miramar.

Exame de cordas
Horário 10h
•    Entrega de Prêmios dos Jogos
•    Entrega de Certificados Amigos da Capoeira
•    Entrega de Certificados

Direção: Mestre Grande
(22) 9265-1348
Web site
www.afroartbrasilcapoeira.com
E-mail
afroartbrasilcapoeira@hotmail.com
afroartbrasilcapoeira@gmail.com

Espaço Cultural realiza ECCO Capoeira 2008

O Espaço Cultural Contemporâneo (ECCO), em Brasília, realiza no momento a temporada Olhares Afrocontemporâneos – Diversidade e Cultura Negra. O ECCO possui áreas livres em seu corpo físico de 550 m2 e 400m2, onde são adaptados auditórios, classes, oficinas e áreas para danças, práticas lúdicas diversas.

Considerando o registro patrimonial recente da Capoeira, a direção do ECCO decidiu celebrar essa classificação cultural com o evento “Ecco Capoeira 2008: Cultura e Pernada, o Tombamento”, que acontece na capital federal, nos dias 22 e 23 de outubro. A atividade será coordenada pelo mestre de capoeira Cláudio Danadinho.

O encontro terá palestras e uma roda de capoeira, com a presença de representantes do Iphan, dos pesquisadores Fred Abreu, Carlos Eugênio Líbano Soares e J. Bamberg (Mestre Angoleiro), além de expoentes capoeira brasileira, como os mestres Lua Rasta e Nenel.. Haverá distribuirá certificados e camisetas aos participantes. A inscrição deve ser acompanhada da doação de 1 kg de alimento não perecível ou 1 agasalho.

O Ecco funciona no SCN quadra 3 bloco C loja 5, próximo ao Shopping Liberty Mall. Informações: 3327 2027, ramais 20, 29 e 31.

(*) O autor é jornalista e colunista deste site.

Capoeira joga longe preconceito

Com síndrome de Down, participantes de oficina se destacam e conquistam etapas

 

Terminou ontem a oficina de capoeira no Lar Escola Rafael Maurício com destaque para dois participantes especiais. Você vai saber quem são logo abaixo.
 
Antes, é preciso dizer que 111 crianças e adolescentes receberam certificados.
 
A oficina faz parte do Projeto Interação, realizado em parceria com a Secretaria Estadual de Esportes.
Segundo a diretora do lar, Silvia Almeida, no semestre passado as aulas foram de dança de rua.
 
Os alunos são integrantes de projetos desenvolvidos pelo lar escola em parceria com a Sebes (Secretaria Municipal do Bem-Estar Social).
 
Um deles, o projeto Atitude, atende crianças e adolescentes de 7 a 14 anos, que freqüentam escolas regulares e fazem as atividades no lar em horário oposto.

Outro, o Alegria, atende crianças e adolescentes com deficiências leves e com dificuldades de aprendizagem. Os 40 abrigados da instituição também participaram da oficina.

Para o professor e mestre em capoeira, Paulo Cesar Ferreira, conhecido como mestre Amaral, trabalhar com pessoas especiais foi uma experiência incrível. “Eles têm potencial, é visível o quanto gostam da capoeira”, comenta. Desde 1984 ele trabalha nessa área.

Para fazer a entrega dos certificados atletas que irão concorrer nos jogos regionais estiveram presentes ontem.

O professor de educação física e treinador da equipe, Alberto Sobrinho, acredita que a capoeira proporciona momentos em que todos se tornam igual. “Não há preconceito entre os parceiros e isso transmite segurança”, diz.

Integrantes da oficina, José Roberto Liberte e Everson Aparecido Lopes, ambos de 24 anos e com síndrome de Down, destacaram-se nas aulas e já conquistaram etapas. “José passou do primeiro cordão (verde) para o segundo (amarelo) e Everson foi do segundo para o terceiro (azul)”, diz mestre Amaral. Ele lamenta não continuar as aulas com essa turma. “O projeto não permite que seja a mesma oficina na seqüência.” E afirma que, se pudesse, daria aulas gratuitas.

“O ideal é conseguir uma boa parceria. Eles são apaixonados pela capoeira.”
 
Fonte: Bom Dia Bauru – Brasil – http://www.bomdiabauru.com.br/index.asp?jbd=3&id=81&mat=79298

Acre: Incentivadores da Capoeira recebem certificado

I Amigos da Capoeira se reúnem no Theatro Hélio Melo
 
Incentivadores do esporte ganham certificado de reconhecimento
 
Representantes de entidades, empresas, secretarias e pessoas que incentivam a prática da capoeira no Estado, estiveram reunidos na manhã de ontem no teatro Hélio Melo para participar do I Amigo da Capoeira. Na oportunidade, foram entregues certificados – como forma de reconhecimento ao apoio cedido aos projetos de extensão da modalidade.
 
A iniciativa é da Universidade Federal do Acre (Ufac), que por meio do professor do departamento de Educação Física da instituição, Carlos Roberto, desenvolve desde 2004 o Projeto Calafate, que incentiva a prática da capoeira no bairro, resgatando tradições culturais e promovendo a auto-estima de crianças e adolescentes.
 
Roberto conta que este é um projeto multidisciplinar, que envolve acadêmicos, coordenadores e professores de vários cursos da Ufac. “Nós levamos as experiências teóricas que são aprendidas dentro da faculdade para serem aplicadas no aspecto prático, em benefício do Projeto Calafate”, ressalta.
 
Ele revela que o programa atinge atualmente 80 crianças do bairro, porém, mas de 600 jovens já passaram pelo projeto e a cada ano aumenta o alcance da iniciativa.
 
Para o secretário Extraordinário do Esporte, José Alicio, um dos agraciados com o certificado, a parceria entre governo do Estado, prefeitura de Rio Branco e Ufac em prol da modalidade é essencial. “Com este programa de inclusão social, as crianças e adolescentes do Calafate são beneficiados com educação, saúde e cidadania, o que reflete no afastamento destes jovens, que possivelmente estariam no mundo das drogas e da prostituição”, ressalta.
 
Ao todo, mais de 20 certificados foram distribuídos aos incentivadores da capoeira no Acre.
 
Página 20 – Rio Branco, Acre – http://www2.uol.com.br/pagina20

UNCLAM – PROFISSIONALIZAÇÃO DA CAPOEIRA

A todos os capoeirstas, interessados e

aos alunos pré-inscritos nos Cursos da UNICLAM
 
A Federação Internacional de Capoeira – FICA vem a público informar que os Cursos a Distância divulgados pela Universidade Livre de Capoeira, através do portal www.capoeira-fica.org serão ministrados através da parceria estabelecida entre a FICA e o INSTITUTO MONITOR. www.institutomonitor.com.br .
 
O Instituto Monitor é uma entidade credenciada pelo Conselho Estadual de Educação do Estado de São Paulo e trabalha com educação a distância desde 1939, destacando-se em cursos de formação, habilitação e aperfeiçoamento profissional. Com isto a FICA está avançando rumo à profissionalização do capoeirista e consequentemente promovendo a Capoeira em todos os seus aspectos.
 
Através desta parceria, todos os membros cadastrados ou filiados à FICA, terão 15% de desconto em todos os cursos do Instituto Monitor. A concessão deste benefício será feita por meio de intermediação da FICA, a qual enviará e-mail ao Instituto Monitor após solicitação do filiado.
 
Lembramos ainda que a FICA utilizará suas prerrogativas estabelecidas através de convenções internacionais para o chancelamento dos certificados internacionais para cada curso, assim como estará expedindo a certificação de TÉCNICO DESPORTIVO INTERNACIONAL DE CAPOEIRA a todos os participantes nos cursos seriados já publicados.
 
No primeiro momento tais cursos estão sendo oferecidos por um valor promocial de R$ 60,00 (preço normal R$100,00) a todos os não filiados. 
 
As matrículas serão encerradas no dia 10 de novembro e os dois primeiros cursos terão início no dia 21 deste mes.
 
Atenciosamente
 
Prof. Sergio Vieira
FICA