Blog

compromisso

Vendo Artigos etiquetados em: compromisso

II Encontro da Confraria Carioca de Capoeira

A CONFRARIA CARIOCA DE CAPOEIRA (C.C.C.)

Convida todos para o seu 2º Encontro no dia 15 de maio (Sábado) na Universidade Veiga de Almeida , na Rua Ibituruna, 108 bairro maracanã – ás 15 hs haverá uma palestra ( A GUARDA NEGRA DA PRINCESA ISABEL ) e logo após Roda de Capoeira.

Haverá tambem uma feira de troca de material , se voce tem material para trocar como Livros, Dvd, Cd, Revistas, Materia de Jornais para trocar leve para o encontro e aumente sua Biblioteca e sua Cultura.

A Confraria apresentará se novos Menbros Mestres Bocka, Boneco, Abano, Mamute etc.

Contamos Com sua presença pela união da Capoeira do Rio de janeiro.

A necessidade de manter o respeito aos fundamentos, o compromisso e seriedade com a Capoeira. A história da capoeira no Rio de Janeiro passa a ser vista com mais credibilidade quando há forças, de companheiros com o compromisso da nossa CAPOEIRA. Respeitar as diferenças , humildade, união e seriedade com a capoeira. Isto é a CONFRARIA CARIOCA DE CAPOEIRA – (C.C.C.)

FUNDADORES:

EDVALDO BAIANO – MARTINS – KING – MONTANA – GEGÊ – COLUMA – ARERÊ – HULK E BURGUÊS.

O COLEGIADO DA C.C.C

Reflexão: Capoeira Angola: Uma idéia, não um estilo!

Entendo que a capoeira angola, finalmente, seja uma idéia, não um estillo!

Agrega valores que a define como um caminho, um ideal, uma causa, uma ação ligada diretamente para causas sociais, o sindicato dos excluidos, o grito dos humildes, a voz da plebe e de todos que necessitam de discernimento, independente de estilos, que já é próprio, inerente, sendo que expressamos em movimentos o que somos.

Precisamos mudar o conceito atual, que a capoeira angola é o estilo dos velhos, dos lentos, da capoeira sem combatividade, do jogo embaixo, somente, é tudo isso e muito mais.

É a idéia dos velhos sim, não o estilo.

Estamos herdando toda essa idéia dos velhos, e estamos deixando essa idéia se perder por falta de discernimento, responsabilidade, compromisso, atitude.

Temos que treinar, estudar, treinar, ler, treinar, vivenciar, treinar e treinar, para mudar esse conceito ridículo que está levando todos para outras vertentes.

Temos que fazer da capoeira angola realmente uma filosofia, compromisso para que possamos moralizá-la. Chega a ser desleal, sendo a capoeira angola a que embate ao sistema, somos naturalmente excluídos das mídias, tornando nossas idéias ainda mais ocultas.

Penso que seje essa a identidade da capoeira da Ilha, capoeira angola, agregada a todos esses valores, onde jogamos em baixo, em cima, no meio, voando, onde os berimbaus arrepiam os pêlos, onde a ladainha cala fundo em que ouve, onde o Mestre ainda tem autoridade sem ser autoritário, sem excluir as pessoas por não estarem de cintos ou sapatos, com malandragem, revide, educação, combatividade, resistência discernimento cultural, compromisso e muito treino para que possamos estar nas ruas com a nossa idéia moralizada, para que possamos dar visibiliade e atrair pessoas para compartilharem dessa idéia chamada angola.

Sinto que alunos e até alguns mais velhos não sentem orgulho da vertente, acabam por desistirem e desistimulam futuros angoleiros. Rodas ecléticas, cada qual com seu estilo dentro de uma idéia chamada angola, onde cada qual leva o que tem e trás o que precisa para sua vida.

Sem esteriotipar os sentimentos, os movimentos,os pensamentos.

Essa idéia que chamo de angola é a força é o meio, e não devemos distorcer nem permitir que deturpem, criando outro conceito que nada irá contribuir para o esclarecimento de toda essa estrutura escravista que está aí nos oprimindo.

Temos que ter orgulho do que somos, sou angoleiro, sim sinhô!!!

 

QUILOMBOLA CAPOEIRA ANGOLA

Mestre Pinoquio – mpinoqcap@hotmail.com

A Confraria Carioca de Capoeira – C.C.C.

A CONFRARIA CARIOCA DE CAPOEIRA – (C.C.C.)

Nasceu de um grupo de amigos e com iniciativa do Mestres Burguês – Hulk – Arerê – Columar – King – Gegê – Edvaldo Baiano – Martins – Lua – Montana

A partir da necessidade de unir seus grupos com as seguintes propostas:

1- Trabalhar juntos com ideologias diferentes em prol da CAPOEIRA . (Esse é o nosso grande desafio)

2- Respeitar a individualidade de cada Grupo e de cada Mestre.

3- Enfocar uma comunidade de CAPOEIRA.

4- Os trabalhos de cada Grupo ou Mestre continuam individualmente mais, o objetivo principal é de reunir.

5- Juntar o saber popular com o saber academico.

6- Objetivo coletividade e não ao individualismo.

7- Pensar mais na CAPOEIRA e não no seu grupo.

8- O nosso grande instrumento é o diálogo.

9- Amadurecer a ideia de fazer um evento todos juntos.

10- NOSSO LEMA:

– RESPEITAR AS DIFERENÇAS

– HUMILDADE

– UNIÃO

A necessidade de manter o respeito aos fundamentos, o compromisso e seriedade com a Capoeira. A história da capoeira no Rio de Janeiro passa a ser vista com mais credibilidade quando há  forças, de companheiros com  o compromisso da nossa CAPOEIRA.  Respeitar as diferenças , humildade, união e seriedade com a capoeira. Isto é  a  CONFRARIA CARIOCA DE CAPOEIRA – (C.C.C.)

A CONFRARIA CARIOCA DE CAPOEIRA – C.C.C.

FUNDADORES:

EDVALDO BAIANO – MARTINS – KING – MONTANA – GEGÊ – COLUMA – ARERÊ – HULK – LUA E BURGUÊS.

LANÇAMENTO DA CONFRARIA DIA 27 DE FEVEREIRO DE 2010 GRANDE RODA NA PEDRA DO SAL (PRAÇA MAUÁ, Rio de Janeiro/RJ, Brasil)

O COLEGIADO DA C.C.C

CONFRARIA DE ESCRAVOS VOLTADA PARA A LIBERTAÇÃO DE OUTROS ESCRAVOS

CGC – Confraria Gaúcha de Capoeira

A Confraria Gaúcha de Capoeira – CGC nasce da reunião de diversos grupos, Mestres e Professores de Capoeira (Muzenza – Mestre Carson e Profº Salsicha, Pesquisa e Fundamento – Contra-Mestre Fabinho, Esporte Nacional – Mestre Delmar e Nação – Mestrando Paulo Grande e Graduado Cabeleira) com objetivos específicos calcados na preservação e divulgação dos elementos chave desta arte-luta. Esporte, cultura, educação, ritmos, ancestralidade, história, musicalidade, qualidade e filosofia de vida são alguns elementos contidos dentro da multidisciplinaridade e no largo espectro da mais brasileira de nossas expressões.

A necessidade de manter o legado, o respeito aos fundamentos, o compromisso e seriedade com a Capoeira em seu contexto latu, uniu grupos como: Pesquisa e Fundamento, Muzenza, Esporte Nacional, Nação e outros envolvidos no processo nesta mesma proposta.

A história da arte capoeira no Rio Grande do Sul passa a ser vista com mais legitimidade quando há um somatório de forças, exatamente, para amalgamar o compromisso de todos os integrantes, atletas, patrocinadores, incentivadores na composição desta irmandade.

Seriedade e respeito com a capoeira. Isto é o coletivo. Confraria Gaúcha de Capoeira – CGC.

Aconteceu:

Então, oficializando como representação da comunidade capoeirística gaúcha, haverá a celebração em coquetel para imprensa, políticos, convidados e toda a gama de pessoas afins que comungam de idéias. Este lançamento ocorreu quarta-feira, dia 23 de setembro, às 20h, no Museu do Esporte, no Shopping Total, em Porto Alegre.

Contato 9325-0023 ou 81148954.

 

Página do Grupo – http://www.grupos.com.br/group/confrariagauchadecapoeira

Bahia: Forte Santo Antônio sedia “Capoeira de Saia”

Forte de Santo Antônio Além do Carmo vai sediar nos dias 01, 02 e 03 de maio, das 14h até às 18horas, o programa de capacitação “Capoeira de Saia”, organizado por grupos de mulheres  capoeiristas profissionais e amadoras-praticantes. As inscrições são limitadas, gratuitas e  podem ser realizadas no próprio Forte Santo Antônio Além do Carmo.

O encontro tem como principais objetivos informar profissionais da área, discutir o processo de ensino-aprendizagem e desenvolver propostas que visem a melhora da qualidade no ensino da capoeira.

Segundo os organizadores o compromisso principal será a capacitação e promover o fortalecimento da participação da mulher na capoeira, possibilitando uma troca maior entre as instituições culturais, as discussões de gênero, relação e contribuição no desenvolvimento histórico e social da capoeira.

Notícias e Atualidades

As principais notícias e atualidades do mundo da capoeiragem. Fique por dentro de tudo o qua acontece no Brasil e no Mundo! Uma equipe empenhada em informar com qualidade, compromisso, dinamismo, coerência e responsabilidade.

Read More

Nota de Falecimento: Mestre Mão de Ouro de Sobradinho, cidade satélite de Brasília

Mestre Umoi, Grupo União na Capoeira, que se criou na capoeiragem em Sobradinho faz homenagem postuma a mestre Mão de Ouro, uma das referências da velha guarda da capoeiragem de Brasília.
 
Ele visitava muito meu primeiro mestre (mestre Cordeiro) no início dos meus caminhos na capoeira em 1974 e uma vez por semana nos dava formação de capoeira angola.
 
É uma das referências da capoeiragem antiga de Sobradinho e consequentemente de Brasília.
 
Elevo minhas orações ao Mestre Mão de Ouro, pedindo à capoeiragem da Roda Virtual, do Portal Capoeira e do mundo  que acredite em mim quando declaro aqui que um grande capoeira se foi e Sobradinho não esquecerá um dos seus ícones da capoeira.
 
Falo isso firmando um compromisso em honra e carinho ao mestre.
 
Que Deus o tenha e o coloque junto aos outros mestres que já se foram antes dele. Ele, certamente, merece…
 
Com profundo pesar e lamento,
Umoi