Blog

coragem

Vendo Artigos etiquetados em: coragem

Sergipe: Associação de Capoeira do Marcos Freire conquista o tetra

A Federação de Capoeira do Estado de Sergipe, gestão Genivaldo dos Santos; Mestre Papuá realizou nesse final de semana dias 28 e 29, o VIII Campeonato Sergipano de Capoeira. O evento aconteceu no Ginásio Charles Moritz pertencente ao SESC, situado no centro de Aracaju  e  contou com mais de 200 capoeiristas e o ginásio ficou lotado de expectadores e grupos de capoeira.
 
 A Associação de Capoeira Sete Quedas administrada pelo Mestre Coragem tem 23 anos de existência, situada no Conjunto Marcos Freire II,, foi classificada como o melhor grupo de Maculêlê do Baixo Cotinguiba, foi campeã e vice-campeã respectivamente das Copas Mirins do Estado de Sergipe(2005-2006), já representou Socorro e Sergipe em São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro, inclusive trazendo medalhas, tem a campeã do Campeonato Nacional de Capoeira, mais uma vez conquistou espaço de destaque na competição, alcançando o primeiro lugar com 177 pontos no cômputo geral, além de segundo lugar nas modalidades de conjunto e duplas. A conquista pela quarta vez consecutiva  leva o Grupo Sete Quedas  ao tetra  campeonato. Esse ano em substituição ao Mestre Coragem, o técnico ad hoc foi o capoeirista corda amarela Salvador Filho.
 
A cidade de N.S.Socorro teve dois representantes porém a Associação de Capoeira Sete Quedas foi destaque relevante e com a contagem geral dos pontos sagrou-se TETRACAMPEÃ.
 
Fonte: Infonet – Aracajú – www.infonet.com.br

Crônica: Criativa como CAPOEIRA

Capoeira Confiante Construindo Com Carinho!!!

Camarada Capoeira.
 
Costumamos caminhar contra crises, contratempos, complicações, confluências, constrangimentos, contrariedades. Contudo colocamos capricho, carinho, conquistas, companheirismo, conhecimento, consciência, cooperação, contribuição como cuidados com capoeirandos. Convictos, conversamos com controle consertando costumeiros confrontos. Capacitamos constantemente consciências consternadas. Criamos contatos confiáveis consolidados com compaixão, carisma, conduta. Como capoeiras; cambamos, caímos, cometemos criancices, covardias, comodidades. Contudo, consternados…calamos!
 
Conscientes, combatemos controvérsias convivendo com constância, coragem, consonância. Contornamos catástrofes completamente coerentes com “caminhos caquéticos”. Continuamos confiando! Construímos castelos confiando, clamando camaradagem. Costumeiramente colocamos cara, coragem, carreira, conquistas como calço. Cambaleamos cordialmente, concluindo confusos como calar-se, camuflar-se consegue comprometer caminhos consistentes. Corremos como campeões canalizando correntes coesas. Conhecemos colegas, compadres, comadres, crioulos, caucasianos, cooperadores, cafajestes, crucificados, crianças, cretinos, caiporas, caipiras, convencidos, conterrâneos, corporativistas, companheiros, credores.
 
 
Curamos crueldades colocando como contrapartida capacidades corrompidas. Criamos confiança, confluência, condolência; conscientizando cabeças cansadas. Corrupiamos com cautela conhecendo calmamente capoeiras corretos, contrários, contemporâneos, classificados, calculistas, companheiros, coroados, corruptos, capacitados. Clamamos companheiros construindo calabouços completamente camuflados congregando cambadas. Como convulsões, castelos caem contrariando confiança, companheirismo, camaradagem. Com cadência, continuamos capoeirando, confiantes como caciques cobertos com cocares coloridos. Comparamos capoeira constantemente com caminhos congruentes. Caminhos condutores com capacidades completamente concretas. Capazes categoricamente, com classe cardeal. Capoeira cai, contorna, continua conduzindo canais compatíveis. Capoeiramos, capoeirastes, capoeirás!
 
Continuamos como costumeiramente corrigindo cabeças confusas. Com cabeçadas conseguimos cambar capoeiristas. Compreensíveis, concluímos: cambamos como caxinguelês. Com cutiladas conquistamos cargos. Contudo criamos cobras.
 
Calma! Capoeiras clamam camaradagem. Compartilham companheirismos, confraternizações, contatos. Concluo confirmando com clareza: Capoeira congrega, constrói, cativa, comove, carrega confiança, cautela, companhia; compromissos, camaradagens. Capoeira caminha comigo, contigo, conosco, convosco!
 
Cordialmente
 
Capoeira Comum.
 
Colega capoeira, comente com C.
 
Professor Beija-Flor
 
http://bfcapoeira.vilabol.com.br
 
Nota: Em homenagem ao poeta GOG, inspirador e criativo.
 

Com criatividade, cabeça e coração o camarada Beija Flor, contribui com esta crônica… Gingando com C de CAPOEIRA, CORAÇÃO, COMPANHEIRISMO, CAMARADAGEM E CIDADADANIA.