Blog

dinâmica

Vendo Artigos etiquetados em: dinâmica

I Encontro Paraibano de Monitores

O Grupo Zumbi de Cultura Popular realizará o I Encontro Paraibano de Monitores, entre os dias 13 à 15 de Maio de 2005, na Paraiba
 
 
O Grupo Zumbi de Cultura Popular, primando pelos seus propósitos que é fortalecer a prática da cultura popular na Paraíba, através da dança, do maculelê, do maracatu e da capoeira, carro chefe nessa busca, irá realizar o I Encontro Paraibano de Monitores, no período de 13 à 15 de  maio do corrente ano, podendo participar todos aqueles que estejam no grau de monitor, exercendo ou não.
 
O êxito que o grupo vem conseguindo sistematicamente junto a sociedade paraibana, é fruto desses propósitos, bem como graças as constantes investidas em eventos voltados para a comunidade.
 
Diante disso, estaremos realizando esse encontro de monitores, que com certeza será inédito até como iniciativa para a busca de uma tomada de consciência no tocante a prática da capoeira no Estado da Paraíba.
 
O evento focará a importância da atividade do monitor dentro do grupo ou associação, conforme a definição de cada entidade. Respeitando cada particularidade, é objetivo desse encontro a proposição de novas idéias que venham a enriquecer as atividades de cada um.
 
Como Coordenador do Grupo Zumbi de Cultural Popular, e o Profissional de Relações Públicas, declaro que estamos visando, com esse evento, criar um canal mais eficiente de comunicação com a comunidade capoeirística e simpatizantes.
 
 
Benedito dos Santos
Coordenador
Grupo Zumbi de Cultura Popular
 
 
GRUPO ZUMBI DE CULTURA POPULAR
 
I ENCONTRO PARAIBANO DE MONITORES
SUPERVISÃO MESTRE NALDINHO – CAPOEIRA ANGOLA COMUNIDADE
 
BAIRRO DOS NOVAIS " JOÃO PESSOA – PB
  
 
F ICHA DE INSCRIÇÃO
 
 
NOME: _________________________________________________________________
 
 
 
ENDEREÇO:_____________________________________________________________
 
 
 
CIDADE/UF:_____________________CEP:__________BAIRRO:_________________
 
 
 
TEL.: (     ) __________________ EMAIL:_____________________________________
 
 
 
DATA NASCTO:_____/____/_____ESTADO CIVIL:____________________________
 
 
PAI:____________________________________________________________________
 
 
 
MÃE:___________________________________________________________________
 
 
 
DOCUMENTOS PESSOAIS:
 
 
 
IDENTIDADE Nº:______________ÓRGÃO EXPED.:_________DATA EXP.:________
 
                    
 
CPF:______________________________CNH__________________________________
 
COMPROVANTE DE INSCRIÇÃO
 
AGÊNCIA: 1234-3   – C/C 76104-4 EM NOME DE: BENEDITO DOS SANTOS
ENVIAR FICHA DE INSCRIÇÃO E COMPROVANTE DE  PAGAMENTO PARA O ENDEREÇO: RUA MANOEL PAULINO JUNIOR, 68 – TAMBAUZINHO – JOÃO PESSOA – PB. CEP: 58042-000 – TEL. (083) 244.8423  – (083) 8822.4866 .
 
PRAZO DAS INSCRIÇÕES: ATÉ 29/04/2005
 

PRIMEIRA PARCELA: 17,50 ATÉ 31//03/2005
 
SEGUNDA PARCELA: 17,50 ATÉ 29/04/2005

 
P  R  O  G  R  A  M  A  Ç  à O
 
LOCAL : Escola Estadual de Ensino Infantil e Fundamental PADRE DEHON.
 
DATA: 13 a 15 de Maio de 2005.
 
TAXA: R$ 35,00 (trinta e cinco reais), com direito a alimentação, hospedagem e certificado.
 
INSCRIÇÃO: ATÉ 29.04.2005
 
DIA 13.05.2005 – SEXTA
 
 
18:00       Credenciamento dos participantes
 
19:30       Palestra: Negritude – Globalização e Educação (João Balula – Diretor de Teatro, Poeta, Educador Popular e Ator).
 
20:30       Palestra: Capoeira e Violência   X   "O mito da marginalização" (Mestre Naldinho – Agente Público Estadual, Membro da Associação Paraibana de Arquidofilos e Educador Popular)
 
21:30       Passeio Noturno
 
DIA 14.05.2005 – SÁBADO
 
07:00 às 08:00   Café da Manha
 
08:30 às 12:00   Dinâmica com a turma de formandos em Educação Física do UFPB.
 
12:00 às 14:00   Almoço 
 
14:15 às 15:00   Avaliação da Primeira Dinâmica
 
15:00 às 15:30   Intervalo para  Lanche
 
15:30 às 17:30   Dinâmicas (Turma e tema definidos na hora)
 
17:30 às 18:00   Avaliação da Segunda Dinâmica
 
20:00                Jantar
 
21:00                Lazer Noturno
 
DIA 15.05.2005 – DOMINGO
 
 
07:00 às 08:00   Café da Manha
 
08:15 às 12:00   Dinâmicas (Turma e Tema definidos na hora)
 
12:00 às 14:00   Almoço 
 
14:00 às 15:00   Avaliação geral do i encontro paraibano de monitores
 
16:00 às 18:00   Roda de Confraternização na Avenida Carneiro da Cunha – Torre – Frente da Escola.
 
19:00 às 21:00   Brincadeira Popular com o Centro Popular de Xultura – CPC Bairro do Novais
 
DESPEDIDA DOS PARTICIPANTES E DESLOCAMENTO PARA REGRESSO AS SUAS ORIGENS DE TRABALHO.
 
REALIZAÇÃO:
 
GRUPO ZUMBI DE CULTURA POPULAR.
 
INCENTIVO CULTURAL
PARAÍBA – NOVO AMBIENTE MÓVEIS
 
 
APOIO:
REST. TENDA MINEIRA
ASSOCIAÇÃO CULTURAL DE CAPOEIRA ANGOLA COMUNIDADE – MESTRE NALDINHO
 
INFORMAÇÕES – telefone: 244.8423/8822.4866 (Bené) – beneditod@geap.com.br
 

Capoeira, Dinâmica e Informação

Crônica sobre a dinâmica da Capoeira e das informações nos veículos de comunicações virtuais
 
 
Mestre Edson Carneiro, respeitável folclorista e estudioso da cultura do Negro-Banto, e especialmente de Capoeira Angola, deixou diversas lições para todo bom Capoeira-Pesquisador.
 
O próprio título de um de seus livros – Dinâmica do Folclore – já é uma lição, onde o autor demonstra que não adianta tentar congelar as manifestações culturais como se fossem estáticas, e pior ainda, como se fossem Regionais.
 
Edson Carneiro tratou de descrever a Capoeira de sua época, mas dando a deixa de que a mesma poderia – e está – se modificando ou se adequando com o passar dos tempos. E é bem o temos visto ultimamente. Até mesmo como reflexo deste processo quase que inevitável da globalização.
 
Um bom exemplo disto é a apaixonante Capoeira Angola, que outrora estava por desaparecer, quando os Mestres Moraes e Cobrinha Mansa, ainda no Rio de Janeiro, entraram em campo – ou deveria dizer na Roda – e viraram o jogo. Coisas da angola… Para certificarem-se do que estou falando, basta ler o livro "Capoeira: pequeno manual do jogador", de autoria de Nestor Capoeira, edição de 1998.
 
Hoje, felizmente, podemos ter acesso a um número infinito de informações, seja em livros especializados sobre o tema Capoeira ou teses doutorais, também sobre o assunto. Algumas negando a Capoeira como Patrimônio Cultural Brasileiro. Outras, por outro lado, valorizando exatamente esta face de nossa arte. Alguns trabalhos vêem o componente Negritude como um dos pilares da Capoeira, outros, ao contrário, passam por cima disto e correm para uma Academia de Ginástica.
 
Além dos livros, teses e revistas, basta entrar em alguma ferramenta de busca na internet e digitarmos combinações de palavras-chave com os assuntos correlatos à Capoeira, e Chazan… aparece centenas e milhares de endereços para pesquisa. O problema, geralmente, é a qualidade das informações, ou seja, a maioria das páginas tem conteúdo repetitivo, buscando sempre fortalecer uma versão comercial unificada do que vem a ser, realmente, Capoeira. É claro, é jogada de marketing de uns e outros. Mas quem paga o preço, que aliás tem sito cada vez mais caro – vejam os preços dos workshops pelo mundo afora – é o próprio Capoeirista.
 
Read More